Venceslau Brás Pereira Gomes

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wenceslau Braz
Wenceslau Braz
Venceslau Brás Pereira Gomes em outros projetos:

Venceslau Brás Pereira Gomes (Brasópolis, 26 de fevereiro de 1868 — Itajubá, 15 de maio de 1966), foi um advogado e político brasileiro; e Presidente do Brasil entre 1914 e 1918.


  • “... torpedeado (em 3 de abril de 1917) o navio Paraná, (o governo brasileiro) rompeu as relações diplomáticas e comerciais com a Alemanha.
Agora, o torpedeamento do segundo navio, em circunstâncias graves, sem aviso prévio, e a ameaça de cada dia ir diminuindo a nossa navegação e o nosso comércio com o exterior, obrigou o governo a pôr em prática medidas de defesa que o Alto Conselho do Congresso Nacional poderá inspirar.
Não deseja o governo, trazendo o assunto à vossa consideração, como é seu dever, eximir-se, contudo, da responsabilidade que lhe cabe, e de dar com franqueza a sua opinião. Parece-lhe que é urgente a utilização dos navios mercantes alemães ancorados nos portos do Brasil, excluída, entretanto, a idéia de confisco, que tanto repugna ao espírito da nossa legislação e ao sentimento do país.
A utilização acharia fundamento nos princípios da Convenção assinada na Haia, em 18 de outubro de 1907, e seria sem compensação, até que possamos verificar se trata de bens de propriedade particular que, mesmo em caso de guerra, devem ser respeitados, e o Brasil o fará, ou se pertencem a empresas que tenham quaisquer laços de dependência com os poderes ofìciais”.
- Em mensagem ao Congresso, no dia 26 de maio de 1917, justificando o envolvimento do Brasil na "I Guerra Mundial". [1]