José Linhares

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
José Linhares
José Linhares
José Linhares em outros projetos:

José Linhares (Baturité, 28 de janeiro de 1886 — Caxambu, 26 de janeiro de 1957) foi um advogado brasileiro e presidente da República durante três meses e cinco dias, de 29 de outubro de 1945 a 31 de janeiro de 1946.


Sobre[editar]

  • "Na noite de 29 de outubro de 1945, premido pelas circunstâncias, e sob as garantias de vida e segurança para si e para sua família, o ditador Getúlio Vargas renuncia, pondo fim a quinze anos ininterruptos de governo, sendo os quatro primeiros com a constituição rasgada, os três subseqüentes com a constituição ignorada e oito últimos sob o totalitarismo do Estado Novo.
José Linhares, presidente do Supremo Tribunal Federal, na ocasião, se achava em uma festa, em companhia de seus familiares e foi solicitado a comparecer, com a máxima urgência, no Ministério da Guerra, onde era esperado pelo ministro, general Pedro Aurélio de Góis Monteiro. Assim foi que, pelas duas horas da madrugada, já no dia 30, ficou sabendo do acontecimento, e de que deveria tomar posse, como Presidente interino, às duas horas da tarde, cabendo-lhe garantir a estabilidade do país e presidir as eleições gerais, marcadas para o dia 2 de dezembro".
- Paulo Victorino, in: História do Brasil - Segunda Parte; BRASIL - CEM ANOS DE REPÚBLICA (1889-1989) Transição de Regime - O Governo de José Linhares