Criminal Minds

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Criminal Minds é um suspense centrado numa equipe de elite do FBI especializada em analisar os perfis dos mais temidos serial killers, antecipando seus próximos passos antes que eles voltem a atacar.



Índice

Primeira Temporada[editar]

Extreme Aggressor [1.1][editar]

Gideon: Joseph Conrad disse: "A crença numa fonte sobrenatural do mal não é necessária. Homens sozinhos são capazes de toda e qualquer maldade."

Hotchner: Esse é o Agente Especial Reid.
Reid: Doutor Reid.
Hotchner: Dr. Reid, nosso perito em... bem, tudo.

[cachorro late e pula no Reid]
Hotchner: Está tudo bem, é o que chamamos de Efeito Reid, acontece com crianças também. Sou o Agente Hotchner, e esse é o Agente Especial Dr. Reid.
Irmão da Heather: Doutor? Você parece muito jovem para ter feito medicina...
Reid: São PhD's, três deles.
Irmão da Heather: Você é um gênio ou algo assim?
Reid: Não acredito que inteligência possa ser quantificada corretamente, mas eu tenho um QI de 187, memória fotográfica e consigo ler 20 mil palavras por minuto. [recebe um olhar estranho] Sim, sou um gênio.

Morgan: Reid, você está bem com isso? Temos uma mulher que só tem mais algumas horas para viver, um perfil incompleto e um chefe de unidade à beira de um colapso nervoso.
Gideon: [entra na sala] Eles não chamam mais de colapso nervoso.
Reid: Agora é chamado depressão nervosa.

Gideon: Emerson disse: "Tudo é uma charada, e a solução para uma charada é outra charada."

Morgan: Da próxima vez, mostre um pouco a perna.
Elle: Ei Morgan, a única vez que você verá um pouco a minha perna, será quando eu estiver para chutar seu traseiro.

Gideon: "Tente de novo. Falhe de novo. Falhe melhor."
Reid: Samuel Beckett.
Morgan: "Não tente. Faça, ou não faça."
Reid: Yoda.

Garcia: Você ligou para Penelope Garcia no escritório do FBI de Gênios Supremos.
Morgan: Ei, é o Morgan. Preciso que você faça uma mágica aqui. Tenho um programa chamado "Deadbolt Defense" e uma garota com algumas horas de vida, então o que você sabe?
Garcia: Você tem um problema. "Deadbolt" é o software número um em resistência com senha por aí. Você vai ter que entrar na cabeça desse cara para saber a senha.
Morgan: Pensei que tinha ligado para o escritório dos Gênios Supremos.
Garcia: Bem, bonitão, você foi redirecionado para o escritório dos Muito, Muito Ruins.

Reid: [se referindo ao Gideon] Você sabe por que ele sempre me apresenta como Dr. Reid?
Hotchner: Porque ele sabe que as pessoas te veem como uma criança e ele quer garantir que todos te respeitem.

Gideon: Winston Churchill disse: "Quanto mais longe você conseguir olhar para trás, mais longe verá para frente."

Hotchner: [para Morgan] ...adivinha o que Gideon significa?
Reid: [passando] Poderoso Guerreiro. Apropriado.

Gideon: Nietzsche uma vez disse: "Quando você olha muito tempo para dentro de um abismo, o abismo olha de volta para dentro de você."

Compulsion [1.2][editar]

Gideon: Einstein uma vez disse: "A imaginação é mais importante que conhecimento. O conhecimento é limitado, a imaginação circunda o mundo."

Gideon: [para o Morgan] Você confia muito no precedente, nunca deixa lugar para o inesperado.

Gideon: Sem distintivos. Não quero satisfazer a vontade do suspeito deixando ele saber que o FBI está aqui. Tentem não parecer oficiais. [olha para a equipe] Tentem parecer "menos" oficiais.

Elle: Acelerador químico pode significar estudante de química.
Reid: Também pode significar professor de química.
Elle: Eu digo estudante. Você precisa de auto-confiança para dar uma palestra numa sala cheia com 30 alunos. Incendiários são socialmente incompetentes. Esse cara não vai à encontros, não vai à festas, não se sente confortável na frente de grupos. [Reid olha para Elle] E claro que ele é um total psicopata.
Reid: Claro.

Reid: Peter Dinsdale disse: "Sou devoto do fogo, o fogo é meu mestre."

Patrulheiro: Você é um dos caras do FBI. Um profiler, certo? Tipo, uma olhada na cena do crime e você pode dizer que tipo de shampoo um assassino usa.
Gideon: Você parece cético.
Patrulheiro: Talvez um pouco.
Gideon: Sua namorada acha que você vai terminar com ela.
Patrulheiro: Você está brincando, certo?
Gideon: Bem, você fica mexendo com o colar. Isso me diz que você não está acostumado a usar um, ou alguém te deu recentemente, e o símbolo Chinês significa "para sempre seu".

Garcia: Okay, sabe em Star Trek quando o Capitão Kirk pergunta ao McCoy para fazer algo totalmente impossível e o McCoy diz, "Droga, Jim, eu sou um médico, não um milagreiro!"?
Morgan: Ei, o que você quer me dizer? Não esperar um milagre?
Garcia: Não, estou dizendo que não sou médica.
Morgan: Essa é minha garota.

Morgan: Sabe, deve haver um jeito mais rápido de fazer isso. O que acha de mudarmos a primeira pergunta para "você namorou recentemente um piromaníaco homicida?".

Garcia: Se eu descobrir, eu ganho uma noite de amor?
Morgan: Com certeza, docinho. Com o Reid.

Elle: Bem, qual o lugar mais pecaminoso no campus?
Morgan: Qual é Elle, quando eu estava na faculdade era qualquer lugar.

Gideon: Você terminou com ela. Sem o colar.
Patrulheiro: É, eu meio que queria sair com outra pessoa.
Gideon: Qual o nome dela?
Patrulheiro: Brian.
Gideon: Ah. Bem, essa é... Essa é uma boa razão.

Gideon: James Reese uma vez disse: "Existem certas pistas na cena do crime que, por sua própria natureza, não se permitem ser coletadas ou examinadas. Como coletar amor, raiva, ódio, medo...? Essas são coisas que somos treinados a procurar."

Gideon: Faulkner uma vez disse: "Não tente apenas ser melhor que seus contemporâneos e antepassados. Tente ser melhor que você mesmo."

Won't Get Fooled Again [1.3][editar]

Gideon: Samuel Johnson escreveu: "Quase toda absurdidade de conduta vem da imitação daqueles com quem não podemos parecer-nos."

Morgan: Meus fragmentos da bomba – vamos remontar essa menina má.
Garcia: Para quê? Não é só colocar o pó para procurar digitais e... coisas assim?
Morgan: [rindo] Garcia, o que você está fazendo no FBI?
Garcia: Não entrei na faculdade de medicina.
Morgan: Por que isso não me surpreende?
Garcia: [bate no Morgan] Ai. Foi isso que meu pai me disse.
Morgan: Ok, vou te ensinar algo. Preste atenção.
Garcia: Ah, parece a escola.
Morgan: Como as peças são montadas indicam como o suspeito pensa.
Garcia: Agora você parece o Gideon.
Morgan: [bate no ombro dela] Ok, ai.

[juntando as pecinhas da bomba]
Garcia: Se houvesse outra peça como essa...
Morgan: Não, eu tentei. Não encaixa.
Garcia: Não, poderia ser parte de uma haste maior que passaria pelo começo até o fim.
[Garcia encaixa a peça e Morgan olha para ela surpreso]
Garcia: Tetris.

Elle: Talvez eu tenha algo. Barbara Keller estava tendo alguns problemas para fazer o seguro de algumas moedas que ela havia comprado. A companhia de seguros pensou que poderiam ser falsas.
Hotchner: Então a companhia de seguros está explodindo clientes chatos?

[Garcia está arrumando seu almoço e estava prestes a dar a primeira mordida]
Morgan:: Pronta para trabalhar?
Garcia: [coloca o sanduíche de volta no prato] Por que não? Nem dormi essa semana, deveria desistir de comer também.
Morgan: Ahh, pobre criança. Tente não deixar as lágrimas atingirem o papel, fica meio bagunçado.

Hotchner: Gastei boa parte da minha infância procurando por um centavo de 1944 que valia milhares.
[Elle e J.J. o encaram]
Hotchner: Sim, eu era um pouco nerd, isso é tão surpreendente?
Elle: Não para mim...

Plain Sight [1.4][editar]

Gideon: O poeta francês Jacques Rigaut disse: "Não esqueça que não posso ver a mim mesmo. Meu papel é limitado a ser aquele que olha no espelho."

[É o aniversário do Reid, ele está tentando apagar as velas do bolo]
Elle: Faça um pedido.
Morgan: Ah, vamos, cara. Sopre, baby! Sopre!
Elle: Pensei que você fosse cheio de ar quente, Reid.
Morgan: Anda, Reid.
[Reid continua tentando apagar as velas]
J.J.: São velas de brincadeira, Spence, ok? Elas vão acender de volta o tempo todo.
Morgan: [com a voz afetada] Ah, mamãe veio te salvar.
Reid: Mamãe?
Morgan: Significa que você é maior de idade agora?

Hotchner: Não é incrível que ele saiba o que sabe, e só ter 24 anos?
Gideon: Imagine o que ele vai saber com 50.

J.J.: O primeiro pedaço para o garoto aniversariante!
Reid: [para Gideon, sorrindo] Percebeu que ela é a única pessoa no mundo que me chama de Spence?

[J.J. entrega um pedaço de bolo para o Reid]
Morgan: Ei J.J., por que não dá na boca dele?

Morgan: Por que Tommy Killer?
Hotchner: Conhece ópera rock? Bem, esse suspeito cola os olhos das vítimas bem abertos.
Reid: Ele quer que elas o vejam.
Gideon: E o sintam.

O Poema entre a Morte e a Dama
'Bela dama, jogue fora suas preciosas vestes,
Não deixe mais que a glória seja seu orgulho;
Permita que tirem todos seus desejos de vaidade carnal,
Vim te buscar essa noite.'
'Não fale ao meio-dia! Você também poderá ser muda;
Não há tempo para a disputa da vaidade,
Suas riquezas, ouro e suas vestes, jóias brilhantes,
Sua casa, e sua terra, devem ser a luz de novos proprietários.' – A morte e a Dama, de Lesley Nelson-Burns

Hotch: [lendo o poema deixado na cena do crime] "Bela dama, jogue fora suas preciosas vestes/ não deixe mais que a glória seja seu orgulho/ Permita que tirem todos seus desejos de vaidade carnal..."
Reid: [continua] "...Vim te buscar essa noite". Uh.. é um poema do fim de 1600. Um dialógo entre a morte e uma dama.
Elle: Um poema do século 17?
Reid: É. Especificamente, uma mulher implorando à morte para viver.
Elle: Que tipo de pessoa conheçe esse poema? Estamos procurando por um professor de literatura?
Reid: Qualquer um com conexão da internet, na verdade. Você deveria ver o que aparece quando se digita "morte" em uma ferramenta de busca.
Morgan: Reid, nem pergunte porque você não consegue um encontro.

Gideon: Achar novas maneiras de machucar os outros é no que somos bons.

Reid: Você acha estranho eu conhecer aquele poema?
Elle: Reid, não sei como você sabe metade das coisas que você sabe, mas estou feliz que você saiba.
Reid: Acha que é por isso que não consigo um encontro?
Elle: Já chamou alguém pra sair?
Reid: [Reid mexe os olhos] Não.
Elle: Esse é o por quê de você não conseguir um encontro.

Morgan: Odeio não ter um plano. Estamos procurando uma agulha num palheiro.
Reid: Na verdade, é mais como se estivéssemos procurando uma agulha numa pilha de agulhas.
Morgan: O que?
Reid: Uma agulha se sobressairia num palheiro.
Morgan: [rindo] Tudo bem, então não estamos procurando alguém que se sobressairia.
Reid: Não, estamos procurando por uma agulha específica, numa pilha de agulhas.

Gideon: Tem outra pessoa no avião que é um grande fã dos Skins.
Reid: Quem?
Gideon: A única pessoa no mundo que te chama de 'Spence'.
Reid: [olha para trás enquanto está levantando, e mexe sua peça de xadrez] Xeque-mate.

Gideon: Rose Kennedy uma vez disse: "Os pássaros cantam após uma tempestade; por que é que as pessoas não podem ser livres para aproveitar a luz do Sol que lhes resta?"

Broken Mirror [1.5][editar]

Gideon: Eurípides disse: "Quando um homem bom é ferido todos os considerados bons devem sofrer com ele."

[após ver outra agente flertando com Morgan e algumas garotas o encarando]
Reid: Deve ser difícil, cara.
Morgan: [ri] Na verdade não.
Reid: O que você quer dizer? Você não faz nada e essas mulheres se jogam em você.
Morgan: Estritamente fora dos limites, Reid.
Reid: Não tem um código de conduta dizendo que os agentes não podem socializar.
Morgan: Olha, meu código de sobrevivência diz "nunca se meta com uma mulher que carrega uma arma".

Sr. Davenport: [falando com Reid] Com licença, v-você consegue mesmo ler tão rápido assim?
Reid: Nosso consciente pode processar dezesseis bits de informação por segundo; entretanto, nosso inconsciente pode processar onze milhões.
[Sr. Davenport olha rapidamente para Gideon e Reid com um olhar assustado]
Reid: Sim, e-eu posso realmente ler rápido.

Elle: [sobre Cheryl, por ela dizer que podia sentir quando havia algo errado com sua irmã gêmea] Você acha que a Cheryl é louca porque ela diz que pode sentir a ansiedade de sua irmã?
Morgan: Nunca disse louca.
[Reid entra]
Reid: Na verdade, pode haver uma base fisiológica para isso: união com a irmã.
Morgan: Não pergunte.
Reid: Simetria reversa de óvulos, óvulos se separam tarde, entre nove e doze dias, o DNA é o mesmo até o último fio do código. Existem alguns casos documentados de dor fisiológica compartilhada.
Morgan: E você acredita nisso?
Reid: Não. Só estou dizendo que é possível. Eu não sei tudo. Quero dizer, apesar do fato de você pensar que eu sei.
Morgan: Nunca disse isso. Quando eu disse isso?
Reid: Todos os dias desde que te conheci.
Elle: Hoje no café da manhã.
Hotchner: Ontem quando ele te venceu nas cartas. Hm, temos um minuto.
Morgan: Alguém já ouviu falar de sarcasmo?
Elle e Reid: Un-hum.

Sequestrador: [no telefone] Se você desligar, eu vou rasgar ela em ped...
Gideon: Sinto muito, você deve ter ligado para o número errado. [desliga o telefone]
Sr. Davenport: Que diabos você está fazendo?!
Gideon: Salvando sua filha, Sr. Davenport.

Gideon: Eurípides disse: "O amor quando em excesso, não traz ao homem nem honra, nem mérito."

L.D.S.K. [1.6][editar]

Gideon: Nietzsche escreveu: "A irracionalidade de uma coisa não é argumento contra sua existência, mas sim uma condição para ela."

[Reid acerta as partes baixas do alvo no treinamento de tiro]
Hotchner: Elle te ensinou isso?
Reid: Vão tirar minha arma.
Hotchner: Profilers não precisam de armas.
Reid: É, e você carrega duas.
Hotchner: Quando entrei na BAU, Gideon disse: "você não precisa de uma arma para matar alguém."
Reid: Não entendi.
Hotchner: Vai entender.

Elle: Reid foi reprovado.
Gideon: Ele pode tentar de novo em duas semanas.
Elle: É, mas ele vai ficar envergonhado. [vira-se para o Morgan] Então não vamos falar nada.
Gideon: Calado, uh?
Morgan: Nem uma palavra.
[Reid entra na sala e Morgan se aproxima]
Morgan: Ei, estamos aqui por você. Sério. [Reid olha para ele] Se precisar de alguma coisa... [Morgan pendura um apito no pescoço do Reid e sopra] Basta apitar.

Reid: Olha pra mim, sem uma arma pareço um assistente de professor!

Hotch: Sabe por que tiraram a arma do garoto gênio?
Philip Dowd: Por que?
Hotch: Ele falhou na sua qualificação. Duas vezes no ano eu tive que ouvir ele se lamentando sobre a requalificação, então eu ensinei ele, e ele falhou de novo.
Philip Dowd: Acha isso difícil? Essas pessoas não fizeram nada a não ser tentar me arruinar desde que cheguei aqui.
Hotch: [sobre os reféns] Coloque-os perto do bloqueio, assim, quando eles entrarem, ambos os nossos problemas estarão solucionados. Esse tipo de coisa pode arruinar a carreira de um policial.
Philip Dowd: Você é um cara doente.
Hotch: Como acha que te encontrei?

Hotch: [para Dowd] Posso pedir um favor?
Philip Dowd: Pode falar.
Hotch: Imagino que minhas chances de sair daqui vivo são bem pequenas.
Philip Dowd: Então?
Hotch: [sobre Reid] Me deixe acabar com esse garoto? Ele fez minha vida miserável por três péssimos anos.
Philip Dowd: Pode acabar.

Hotch: [para Reid, enquanto o chuta no estômago] Vou te ensinar agora, garoto esperto! É olhar pra frente, apertar o gatilho e seguir em frente! Não é tão difícil, um dálmata conseguiria fazer isso!

Philip Dowd: [sobre Hotch chutando Reid] Sente-se melhor agora?
Hotch: Acho que ele entendeu a mensagem.

Hotchner: Shakespeare escreveu: "Nada é tão comum quanto o desejo de ser extraordinário."

Hothchner: [sobre o tiro na cabeça que Reid deu] Bom tiro.
Reid: Estava mirando na perna dele.
Hotchner: Bem, eu não deveria ter continuado te chutando. Tive medo que você não entendesse meu plano.
Reid: Entendi seu plano no minuto que você moveu os reféns para fora da minha linha de fogo.
Hotchner: Bem, espero que não tenha te machucado muito.
Reid: Hotch, eu era uma criança prodígio de doze anos numa escola pública de Las Vegas. Você chuta como uma garota de nove anos. [tenta devolver a arma]
Hotchner: Não, fique com ela. Dependendo de mim, você passou na sua qualificação.

Reid: Você estava certo, não é preciso uma arma para matar alguém.
Gideon: Não, não é.
Reid: Mas ajuda.
Gideon: É, ajuda.
Reid: Sei que eu deveria me sentir mal sobre o que aconteceu. Quer dizer, eu matei um homem. Sabe, eu deveria sentir algo... mas não sinto.
Gideon: Não saber o que você sente não é o mesmo que não sentir nada. Isso vai atingir você e, quando acontecer, existem apenas três fatos que você precisa saber: você fez o que tinha que fazer, e muitas pessoas boas estão vivas por causa do que você fez...
Reid: Qual o terceiro?
Gideon: Estou orgulhoso de você.

The Fox [1.7][editar]

Gideon Thomas Fuller escreveu: "Entre raposas, fingimos ser raposas."

J.J.: [sobre o bebê recém-nascido de Hotch] Ele é tão lindo.
Haley: Obrigada.
Reid: Se você acha careca e rugas atrativo. [Garcia dá um tapa nele]
Garcia: Olha só esse narizinho. [Morgan se aproxima] Não quer um para você?
Morgan: Humm. Prefiro praticar.

Gideon: "Quando você tiver eliminado o impossível, o que quer que sobre, por mais improvável, deve ser a verdade."
Morgan: Sherlock Holmes era um personagem fictício.

[Reid está no escritório da Garcia]

Garcia: Temos que parar com isso, Reid. As pessoas falam. Mas é só papo furado.

Reid: Ninguém faz terapia hoje em dia sem uma boa dose de medicação.
Garcia: O que você está sugerindo, Reid?
Reid: Que todo mundo é medicado.
Garcia: Você acabou de fazer uma piada?
Reid: Não, quero dizer, as estatísticas, elas-elas mostram isso...
Garcia: Reid, da próxima vez só diz sim.

Reid: Você está hackeando o banco de dados do plano de saúde do governo? Isso é legal?
Garcia: Claro que não. Nós iremos para a prisão e você vai ser a vadia de alguém.
Reid: Sério?

Morgan: Isso é o que todo mundo diz até achar o corpo no porão.

Morgan: Você se mexe, e eu vou quebrar seu pescoço.

Natural Born Killer [1.8][editar]

Gideon: Hemingway escreveu: "Não há caçada como a caçada do homem. E aqueles que caçaram homens armados tempo o suficiente e gostaram, nunca se importaram com outra coisa."

Reid: O que são essas fitas?
Morgan: Não sei, por que você e a Garcia não vão dar uma olhada e nos contam?
Garcia: Sim, noite de cinema, vou fazer pipoca.

[Garcia entra na sala com uma caixa de papelão.]
Morgan: Por favor me diz que você trouxe café-da-manhã.
Garcia: Acredite em mim, docinho. Você não vai querer comer quando ver o que tem aqui.

Elle: Aqui tem algo...[coloca seu copo de café na mesa da Garcia]... O que você pode me dizer sobre Vincent Sartori?
[Garcia coloca o copo no cesto de lixo]
Elle: Eu estava bebendo aquilo ainda.
Garcia: Esse equipamento não é só caro, também é extremamente sensível.
[Reid e Elle entreolham-se]

[Elle está falando sobre registros criminais confidenciais lacrados]
Elle: Você pode acessar esses arquivos?
Reid: Tirando o fato de que eles provavelmente foram deletados, ela pode encontrar o pálido eco da anulação, e com êxito recriar o arquivo, porém nos mandará para a prisão pelo delito de fraude de conta.
[Elle e Garcia se entreolham]
Elle: Nós podemos pagar a fiança.

Hotchner: Você só estava reagindo ao que você aprendeu Vincent. Quando você cresce num ambiente como aquele, um lar extremamente abusivo e violento... não é surpreendente que algumas pessoas cresçam para serem assassinas.
Vincent: Algumas pessoas?
Hotchner: O que?
Vincent: Você disse que algumas pessoas crescem para serem assassinas.
Hotchner: ...E algumas crescem para capturá-las.

Gideon: Carl Jung disse: "O homem saudável não tortura os outros, geralmente é o torturado que se torna o torturador."

Derailed [1.9][editar]

Reid: Discinesia tardia.
Morgan: Outra vez, para quem não tem memória enciclopédica?
Reid: Tiques faciais severos.

Gideon: Robert Oxton Bolt uma vez escreveu: "Uma crença não é meramente uma ideia que a mente possui, é uma ideia que possui a mente."

Morgan: Qual é Reid, do que você está falando, um truque de mágica?
Reid: Sim, estou falando sobre um truque de mágica.

Morgan: E lembre-se, finja a fantasia do cara, acredite nela.
Reid: Na verdade, sabia que dentistas e cirurgiões tem sido recrutados secretamente para implantar esse tipo de coisa durante procedimentos médicos comuns? Isso vem acontecendo desde o fim da década de 30. [Morgan olha para ele] Você me disse para acreditar.

[Reid está a ponto de entrar numa situação que envolve reféns]
Reid: Ei, vocês podem me fazer um favor?
Morgan: Qualquer coisa.
Reid: Poderia pelo menos um de vocês olhar pra mim como se fossem me ver outra vez?
[o resto da equipe se olha]
Hotch: Vemos você quando voltar.

Elle: Gideon, diga a ele que eu não preciso ir ao hospital.
Gideon: Regras são regras. Você está bem?
Elle: Estou bem, pai.
Gideon: Elle?
Elle: Sim?
Gideon: Nunca mais me chame de "pai".
[Gideon vai embora]
Elle: Será que ele gostaria de "mãe"?
Reid: Me avise quando for fazer isso, para eu poder correr.
Elle: Hm, Reid, você provavelmente salvou minha vida lá.
Reid: Provavelmente? Eu totalmente salvei sua vida. E tenho quase certeza de que foi gravado.

Reid: Albert Einstein fez uma pergunta que às vezes me enlouquece: "Serei eu ou os outros o louco?"

The Popular Kids [1.10][editar]

Gideon: Sir Peter Ustinov disse: "Infelizmente, uma super abundância de sonhos é paga com um grande crescimento potencial de pesadelos."

[vendo Reid colocando vários pacotes de açúcar em seu café]
Morgan:[Para Reid] Quer um pouco de café no seu açúcar?

Morgan: Então me diga, o que mantém o jovem Dr. Reid acordado durante a noite? Espere, deixe-me adivinhar. Memorizando algum livro obscuro? Não, não, não. Trabalhando na fusão a frio? Não, já sei, já sei, já sei. Assistindo "Star Trek" e rindo de todos os erros de física?
Reid: Na verdade, não existem tantos erros científicos assim em "Star Trek". Especialmente considerando quanto tempo faz que foi feito. Existem algumas improbabilidades, mas não tantos erros.
Morgan: Certo.

Gideon: [após descobrir que os jovens locais encontraram um corpo em decomposição no bosque e o observaram enquanto se decompunha durante um longo período sem reportar nada] Era um ser humano!!

Reid: O que aconteceu?
Morgan: Ele ter nos trazido aqui não era muita coincidência?
Reid: Não, isso eu entendi, mas você tinha que derrubar nós dois?
Morgan: De nada, Reid.

Gideon: O escritor de peças Eugène Ionesco disse: "Ideologias nos separam, sonhos e angústias nos unem."

Blood Hungry [1.11][editar]

[Gideon entra usando muletas]
Hotchner: O que aconteceu com você?
Gideon: Ah, eu tenho uma lista de coisas pra tentar antes que seja tarde demais.
Elle: E cirurgia ortopédica é uma delas?
Gideon: Não, pular de para-quedas. Aparentemente, está tudo na aterrissagem.

Gideon: Garcia?
Hotchner: Penelope...? A técnica de óculos...?
Gideon: A sala... com todas aquelas telas...? [Hotchner acena a cabeça] Ela é ótima.

[Morgan entra e assusta Elle]
Elle: Cara!
Morgan: Cara? Você está tensa demais.

Hotchner: Como está sendo ter o Gideon por perto?
Garcia: Pode tê-lo de volta quando você quiser.

Hotchner: Às vezes o que não fazemos é tão poderoso quanto o que fazemos.

Gideon: Harriet Beecher Stowe uma vez disse: "As lágrimas mais amargas derramadas sobre os túmulos são pelas palavras que não foram ditas e coisas que não foram feitas."

What Fresh Hell [1.12][editar]

Gideon: O poeta W. H. Auden escreveu: "O mal é comum e sempre humano. Divide nossa cama e come em nossa mesa."

Jornalista: Qual é, J.J. Me dê algo. Pelos velhos tempos.
J.J. : [suspira] Okay... [olha em volta e sussurra] Talvez você queira repensar essa gravata.

Garcia: Casa da Penelope de "como posso salvar sua bunda hoje?".

Gideon: Ei Hotch, você enviou flores pra aquela técnica Garcia e disse que elas vieram de mim?
Hotchner: Sim.
Gideon: Por que?
Hotchner: Jason, as pessoas precisam saber que são importantes e às vezes você esquece isso.
Gideon: Eu já havia lhe enviado um presente, um MP3 player. Isso dura mais, a menos que você derrube ou as baterias morram, o que vier primeiro.
Hotchner: Então ela ganhou dois presentes?
Gideon: E se ela pensar que eu tenho uma queda por ela?!

Gideon: "Não avalie o trabalho até que o dia tenha acabado e a tarefa tenha sido concluída." Elizabeth Barrett Browning.

Poison [1.13][editar]

Gideon: O filósofo romano Lucrécio escreveu: "O que é alimento para uns, é veneno amargo para outros."

Gideon: Sr. Fisher?
Eric Fisher: Psicólogo ou policial?
Gideon: Bem, sou um traçador de perfis do FBI, então acho que sou um pouco de ambos.

Gideon: Confúcio nos preveniu: "Antes de embarcar em uma jornada de vingança, cave duas covas."

Riding the Lightning [1.14][editar]

Gideon: "Quem derramar sangue de um homem, por um homem terá seu sangue derramado." Genesis 9:6

Gideon: Albert Pine disse: "O que fazemos por nós mesmos morre conosco. O que fazemos pelos outros e pelo mundo permanece e é imortal."

Unfinished Business [1.15][editar]

Gideon: Hmm... Você parece confortável aqui. Por que você não volta à UAC para dar uma palestra como convidado?
Ryan: Estou aposentado, lembra-se?
Gideon: Que maneira de relaxar, 323 páginas sobre um fugitivo.
Ryan: Ele não fugiu – e você não contou aquelas oito páginas de prólogo.

Ryan: Sentiu saudades?
Gideon: Não.
Ryan: Está aqui só para comprar o livro então, hein?
Gideon: O que posso dizer? Traçadores de perfis, eles me fascinam.
Gideon: Norman Maclean escreveu: "São aqueles com quem vivemos e que amamos que sabem como nos iludir."

Morgan: Então eles estiveram aqui a noite toda?
Hotchner: Aparentemente.
Elle: Onde mais poderíamos estar em uma noite de sábado? Não é como se tivéssemos vida ou qualquer coisa.
Morgan: Fale por você.

Reid: [sobre Max Ryan] Você já falou com ele antes?
Hotchner: Ele é bem centrado, ríspido. Não é muito agradável.
Elle: Não parece com alguém que conhecemos? [sobre Gideon]

Hotch: Ele se mudou para estar perto das cenas dos crimes.
Elle: Isso é aposentadoria?
Morgan: Estilo B.A.U.

Ryan: Há novidades no caso do Assassino de Keystone.
Elle: Novidades?
Gideon: Ele foi à palestra do Max ontem.
Morgan: O quê? E conseguiu fugir?
Ryan: Estaríamos aqui se o tivéssemos preso?

Reid: O que você acha do Ryan?
Hotchner: Ele não mudou muito.
Reid: Acho que podemos aprender muito com ele.
Hotchner: O que você poderia aprender que você já não saiba?
Reid: Hotch, pensamento repetitivo é o soar da morte para o cérebro. Para um completo uso do cérebro, estímulos diversos é a chave.

Ryan: [lendo a segunda nota] Para que a luz brilhe intensamente, a escuridão deve estar presente.
Gideon: Ele está citando Sir Francis Bacon agora.
Ryan: Eu usei essa citação em específico no meu...
Reid: No seu livro, na página 184. Eu li no avião.
Ryan: E você se lembra do número da página e da citação?
Morgan: Não pergunte.

Elle: Abraham Lincoln uma vez disse: "No fim, não são os anos de sua vida que contam. É a vida em seus anos."

The Tribe [1.16][editar]

Hotchner: Nietzsche escreveu: "O indivíduo sempre precisou lutar para não ser sobrepujado pela tribo."

Elle: Irmão... Tipo o irmão do Hotch?
Garcia: Talvez o Hotch seja adotado?

JJ: Aquele é irmão do Hotch? Não vejo como.
Hotchner: Sean, me ouça. Só estou dizendo que você tem 25 anos...
Sean: Quer saber? Não trace meu perfil Aaron. [vai embora]
JJ: Agora vejo.

Blackwolf: Samuel, diga aos homens do FBI quem os Ga'he são.
Reid: Os Ga'he são espíritos poderosos que habitam cavernas desertas.
Hotchner: Reid, o seu nome é Samuel?
Reid: Desculpe.
Gideon: Os Ga'he são bons espíritos ou maus espíritos?
Blackwolf: São ambos. Como os homens.

Blackwolf: [para Gideon] Você parece como um professor de universidade. [para Reid] Você parece como aluno dele. [para Hotchner] Você parece do FBI.

Blackwolf: Nós não fazemos massacres. Você faz.
Hotchner: Eu em particular?
Blackwolf: Seu governo.

Oficial: Está tentando nos dizer que os índios não seriam tão brutais?
Blackwolf: Não, estou dizendo que os índios não seriam tão confusos.

Gideon: O que vê?
Blackwolf: Tem um ditado: "Quando muito sangue for derramado no mesmo lugar, a terra desenvolve uma sede por ele".

[Blackwolf examinando a terra da cena do crime]
Reid: Percebi que você não carrega uma arma.
Blackwolf: Vinte-e-um pés.
Reid: O quê?
Blackwolf: Pergunte ao agente Hotchner, ele é o mão-armada verdadeiro.
Hotchner: Por que disse isso?
Blackwolf: Você carrega duas armas.
Hotchner: [para Reid] A distância máxima que um atacante com uma faca pode chegar perto e o tempo de reação de tirar a arma e atirar é de vinte e um pés..
Blackwolf: Dentro de vinte e um pés eu venço. Fora dos vinte e um eu tenho outras opções além de atirar em um homem.
Reid: Como negociar.
Blackwolf: Como correr.
Hotchner: Por que você disse que eu carrego duas armas?
Blackwolf: Sua pegada direita é mais pesada que a sua esquerda, e não parece que você tenha um pé direito pesado.
Hotchner: Você não pode dizer isso das minhas pegadas, não há diferença perceptível entre elas.
Blackwolf: Seu problema não é com as suas pegadas. É com sua percepção.

Reid: Ela responde à qualquer pergunta somente com seu nome e seu número de Seguro Social.
Hotchner: Como um prisioneiro de guerra.

[Hotch tira a arma]
Blackwolf: Coloque de volta.
Hotchner: O que?
Blackwolf: Você não precisa dela. Use seu bastão.
[Hotch respira]
Blackwolf: Existem muitos caminhos para um mesmo lugar. Acredite em mim.
Hotchner: Não sei se você sabe, mas você soa como um biscoito da sorte.
[Hotch tira seu bastão]

Gideon: As crianças?
Hotchner: Estão bem. As pegamos antes que eles chegassem aqui. Pegamos esses quatro.
Reid: Sem nenhum tiro?
Blackwolf: O Capitão América aqui atirou no número cinco.
Hotchner: De nada.
[Hotch e Blackwolf fazem uma pausa para trocarem olhares]
Hotchner: O número seis está cortado e bem mal, não acho que ele vá sobreviver.
Blackwolf: Pelo menos não atirei nele.
Morgan: Eu preferiria ter levado um tiro.
Hotchner: Existe um ditado Apache antigo: "você pode tomar vários caminhos para chegar ao mesmo lugar".
[Blackwolf sorri enquanto Hotch se afasta]

A Real Rain [1.17][editar]

Gideon: W. H. Auden disse: "O homicídio é único, pois anula o prejudicado. Assim, a sociedade deve assumir o lugar da vítima e em seu lugar exigir punição, ou garantir o perdão."

Reid: Eu gostaria de ver Nova York.
Morgan: Nunca esteve em Nova York?
Reid: Nunca tivemos um suspeito lá.
Hotchner: [para Gideon] Achei que você fosse falar com o Reid sobre férias.
Gideon: O que são férias?

Hotchner: Ok, aqui o que nós sabemo:. agressores relâmpago são quase sempre homens.
Morgan: Bem, ele conseguiu entrar num táxi em Nova York no meio da chuva, então ele definitivamente não é um "mano".

Reid: Nosso suspeito pode ser fã de serial killers famosos
Policial: Então estamos procurando por um ex-presidiário ou um doido com conta na Amazon?

Policial: [após ouvir o perfil do suspeito] Então estamos procurando por um cara pequeno, nervoso, branco e com um emprego diurno?

Garcia: [atendendo o telefone] Fonte de todo conhecimento. Pode me testar.
Hotchner: Verifique todas as vítimas e veja se alguma foi acusada de algum crime.
Garcia: Ok. Quer cronometrar ou devo surpreendê-lo sem relógio?

Garcia: Espancamento de esposa. Nojento.
Hotchner: Mas era inocente?
Garcia: Se quiser chamar assim. As acusações foram retiradas há quatro meses.
Hotchner: Você é um gênio.
Garcia: Só está dizendo porque é verdade.

Reid: [para a garçonete, depois de ter problemas com seus hashis ] Com licença, você poderia talvez me trazer um garfo? [o grupo ri] Sabiam que os especialistas atribuem a Confúcio a criação dos hashis? Ele compara facas à atos de agressão...
Morgan: Você não sabe como usá-los, sabe?
Reid: É como tentar jantar usando lápis nº 2!

Elle: Gente, estamos em Nova York, e mesmo quando não estamos falando sobre nosso caso, acabamos falando sobre outro traçador de perfis.
Hotchner: Você está certa. Então Elle, tem saído com alguém?

[sobre os hashis novamente]
J.J.: Como está indo?
Reid: Ótimo. [a comida cai dos hashis] É absolutamente incrível, 1.3 bilhões de pessoas se mantém nutridas comendo com essas coisas.

Reid: A mesma coisa aconteceu no tiroteio no metrô com Goetz nos anos 80.
Gideon: Você nem era nascido.
Reid: Eu leio muito.

Garcia: Quem você ama?
Morgan:Depende do que vai me dar.
Garcia: Não seja tão machão.

Morgan:Sinto um certo "mas"?
Garcia: Um pequeno "mas".
Morgan:Não é o que eu estava querendo.
Garcia: Você me mata com esse duplo sentido. "Mas" todos foram processados no Tribunal Criminal de Manhattan, na Center Street, número 100.
Morgan: [com sarcasmo] Você faz ideia de quantos casos passam por lá a cada ano?
Garcia: 122,998.

Hotchner: Já passou pela sua cabeça?
Gideon: Fazer a lei com as próprias mãos?
Hotchner: Não a lei, a justiça.
Gideon: Do que está falando? Os garotos em Iowa?
Hotchner: É só uma pergunta.
Gideon: Acho que se me permitir pensar nisso, os suspeitos entram na minha cabeça em vez de eu entrar na deles. E isso não seria uma boa ideia, seria?

Gideon: Gandhi disse: "É melhor ser violento, se existe violência em seu coração, do que vestir o manto da não-violência para disfarçar impotência."
Hotchner: Gandhi também disse: "Eu desaprovo a violência, pois quando ela parece fazer bem, o bem é apenas temporário. O mal que é feito é permanente."

Somebody's Watching [1.18][editar]

Gideon: Diane Arbus uma vez disse: "Uma fotografia é um segredo de um segredo. Quanto mais ela te fala, menos você sabe."

Parker Dunley: Spencer? Spencer Reid? Cara, cara. Olha pra você. Você parece o mesmo. Olha pra você cara, nada mudou. [para Gideon] Spencer era o único garoto de doze anos na nossa formatura. [para Reid novamente] Exatamente o mesmo.

Reid: Pareço com alguém de doze anos de idade?
Gideon: Quatorze?

[Numa exibição de arte]
Pinky: Um dos meus últimos trabalhos. Totalmente entediante.
Gideon: Ah, eu não acho. Digo, nada é só uma imagem. Se visto corretamente – o quer que seja que isso signifique – pode-se ter as visões do mundo, obsessões, manifestações do sub-consciente.
Pinky: Se eu não fosse lésbica, eu pegaria você. [Gideon tem um olhar vago] Sempre tive essa coisa por homens de meia-idade e você tem esses olhos penetrantes que me lembra do meu pai, que era um psicólogo, e eu estou tão afim.[Pinky é chamada por alguém] Não vá embora. [Pinky vai embora]
Lila: [olhando para a pintura com Reid] Isso irá fazer com que você sinta algo.
Reid: Como o que?
Lila: Não posso te dizer como sentir.
Reid: No momento me sinto muito bem.
Gideon: [passa por Reid] Estamos indo.
Reid: Ainda estamos vendo a exibição.
Gideon: Agora. [Reid vira para Lila e depois de volta para Gideon] Agora. Agora.
Reid: Acho que estamos indo.
Gideon: Reid, agora.

Reid: Gideon, existem pessoas batendo fotos nossas perto do jardim.
Detetive Owen Kim: Bem vindo a Los Angeles.

Morgan: [imitando Lila depois que ela toma um pouco do refrigerante de Reid] Você não liga de dividir comigo, liga?
Reid: Cala a boca. [dá as costas e vai embora]
Morgan: Vai lá pegá-la, garanhão.

[Reid tentando convencer Lila a sair da piscina]
Lila: Sério Spencer, você deveria viver um pouco..
Reid: Viver um pouco? Te conheço há 48 horas e sinto como se tivesse envelhecido uns 10 anos!

Garcia: [atendendo o telefone] Oráculo de Quântico. Fale se é condescendente a ouvir a verdade.

Gideon: Bernard Shaw uma vez disse: "Um americano não tem senso de privacidade. Ele não sabe o que isso significa. Não existe isso no país."

Machismo [1.19][editar]

Hotchner: Anthony Brandt escreveu: "Outras coisas podem nos mudar, mas começamos e terminamos com a família."

Jessica: Você está segurando-o como um melão.
Hotchner: Por que? Você acha que consegue fazer melhor? Tenta então, espertona.
[O bebê fica em silêncio com ela]
Hotchner: Ótimo. Quero ver você traçar o perfil de um psicopata desorganizado.
[Haley entrega o telefone para Hotch]
Haley: É sua esposa.
Hotchner: [atendendo] Sim?
Gideon: Ei, eu sei que é fim de semana...

Haley: Vai lá, tá tudo bem. Não estou brava. [vai embora]
Hotchner: Você a ouviu. Ela disse que estava tudo bem.
Jessica: Você é um péssimo traçador de perfis.

J.J.: Apesar das mortes acontecerem em vizinhanças pobres, de moradores locais...
Hotchner: Serial killers são má atrações turísticas.

J.J.: Pelo menos vai passar o fim de semana do seu aniversário no México.
Hotchner: É. Como é "casinha de cachorro" em espanhol?
Reid: La ca-sa del pair-o
Elle: La casita del perro.
Reid: Foi o que eu disse.
Elle: Encare isso chico, você só é um gênio em inglês.
Morgan: Espanhol? Desde quando?
Elle: Sou cheia de surpresas.

J.J.: Então podem haver menos serial killers na cultura mexicana?
Gideon: Na minha experiência, o mal não é um fenômeno cultural – é um fenômeno humano.

Morgan: Nada como um sono de avião, não?
Elle: É, meio que uma noite de bebedeira sem a bebida.

Reid: Dia dos Mortos. Feriado latino de três dias em que a alma dos parentes mortos retornam à terra para usufruir dos prazeres que conheciam antes.
Policial: Ele parece estar lendo isso de um livro.
Morgan: Acredite, ele é sempre assim.
Reid: Na verdade, eu estava lendo. Peguei um panfleto no aeroporto.

[Garcia fala sem parar algumas palavras num espanhol ruim]
Morgan: Calma aí Garcia, acho que você acabou de ofender a mãe de alguém.
Garcia: Cala a boca... Eu tive aulas de francês. O que posso fazer?
Morgan: Penelope, seu sobrenome é Garcia.
Garcia: É, eu sei. É o sobrenome do meu padrasto. Você quer minha genialidade ou não?

Elle: [após ver um esqueleto] Hotch!
Hotchner: Um pouco tarde.

Hotchner: Provérbio mexicano: "A casa não se firma na terra, mas sobre uma mulher."

Charm & Harm [1.20][editar]

Gideon: O filósofo francês Voltaire escreveu: "Existem alguns que só usam palavras com o propósito de disfarçar seus pensamentos."

Morgan: Por que você está agindo tão estranho?
Elle: Estamos sentados com um cara que sabe que existem em média 800 grãos de milho numa espiga...
Reid: ...Organizados em 16 fileiras separadas.
Elle: E você está me chamando de estranha?

Gideon: [após encontrar algumas das identidades falsas de Gregory] Olhe para todas essas habilitações, ele poderia iniciar seu próprio Departamento de Trânsito.

[O telefone de Elle toca]
Morgan: Ahh, deve ser o namorado.
Elle: Sim, é ele. [atende o telefone] Ei, Gideon.

Elle: Você não conhece alguém de verdade até que você sai de viagem com ele.
Morgan: O que está tentando dizer?
Elle: Olha esse carro, cara. Tem latas vazias de refrigerante e embalagens de lanche em todo lugar. Você é um porcalhão. Sabe, lá em Quântico, na sua mesa estava tudo limpo, mas aposto que se olhar nas suas gavetas, você ia encontrar uma bagunça.
Morgan: Okay, acho que já ficamos muito tempo na estrada.

Doug Gregory: Está me dizendo que jovens não são curiosos?
Gideon: Claro, eles são curiosos, mas nem todos espiam nas janelas.

Reid: Quantos anos ele tinha quando isso aconteceu?
Doug Gregory: Dez.
Reid: Eram próximos?
Doug Gregory: Ela era a mãe dele!

Hotchner [ao telefone]: Hotchner.
Garcia: Quem é a resposta para todos os seus sonhos?
Hotchner: Vou te colocar no viva-voz.
Garcia: Ah, você é um saco!

Garcia: Aaron, você tem ideia quantas pessoas se afogam todos os dias?
Hotchner: Bem, sim. Existem mais no verão por razões óbvias, mas acho que em média uns 6500 por ano, o que seria... 17 por dia?
Garcia: É o Reid falando?

Gideon: O autor François de La Rochefoucauld escreveu: "Estamos tão acostumados a nos disfarçar para os outros, que, no fim, ficamos disfarçados para nós mesmos."

Secrets and Lies [1.21][editar]

Gideon: Albert Einstein disse: "Quem quer que se arrisque a ser juiz da verdade ou conhecimento, será destroçado pelas risadas dos Deuses."

Gideon: A única praia que você verá é no cartão postal que vou te enviar das minhas férias.

Gideon: Quer minha ajuda?
Bruno: Sim.
Gideon: Então preciso da minha equipe.

J.J.: Sobre o que você acha que é isso?
Reid: Me chame de cético, mas considerando que são 2 da manhã, duvido que sejam boas notícias.
J.J.: Você é um gênio.

Elle: [para Gideon] Você disse que mandaria um cartão postal da praia. Você mentiu.
Reid: É. Você odeia praias.

Gideon: Uma coisa que aprendi nos anos ao traçar os perfis dos agentes da CIA, é que espiões são os mentirosos mais espertos do mundo. Sejam mais.

Garcia: Ei, sabe o que isso significa? Nós poderemos descobrir se a morte da Princesa Diana foi acidente mesmo!
J.J.: Acho que é exatamente por esse tipo de coisa que você está na lista.

Reid: [após descobrir que a CIA encenou o suicídio da vítima] Cara, estou contente de não ter que fazer aquele trabalho.

Garcia: Você trabalha para a CIA?
Gideon: Não oficialmente.

Gideon: George Orwell disse: "Numa época de mentiras universais, dizer a verdade é um ato revolucionário."

The Fisher King (Part 1) [1.22][editar]

Gideon: O escritor Elbert Hubbard disse: "Ninguém precisa tanto de férias quanto o homem que acabou de tirá-las."

Morgan: [sobre Reid] Ele parece bem pra você?
Elle: Ele está como eu estaria se tivesse que passar duas semanas com a minha família.

J.J.: [sobre o Sir Kneighf] Por favor, não me diga que você tem uma queda por um personagem fictício.
Garcia: Ele não é fictício. Ele é o alter-ego online de uma pessoa real.
J.J.: Hmmm, você nem sabe nada sobre ele, nem mesmo se ele é um... ele.
Garcia: Olha, nós nos encontramos online em horas específicas e ele nunca se atrasa. Gastamos horas nos aventurando e conversando e durante esse tempo eu tenho toda a atenção dele e ele esbanja elogios em mim. Quando foi a última vez que você teve um encontro tão bom assim?
J.J.: Veja se ele não tem um irmão fictício.

[Elle está dançando com um cara]

Morgan: Bem, você está bem, Greenaway?
Elle: Vai embora.
Morgan: Te vejo amanhã?
Elle: De tarde.
Rapaz: De tarde?
Elle: Não fale.

Elle: [após Reid explicar o significado medieval da palavra "noa"] Reid, não vá embora nunca mais!

Policial Jamaicano: Onde está a cabeça da vítima?
Elle: Bem, eu devo ter derrubado no meio do caminho vindo pra cá.

Killer: [em fita de vídeo] Vocês entenderão por que precisa ser assim. Vocês poderão até me agradecer.
Elle: Não acredite muito nisso, cretino.

Segunda Temporada[editar]

The Fisher King (Part 2) [2.1][editar]

Gideon: "Os defeitos e falhas da mente são como feridas no corpo. Depois de todo o cuidado possível para curá-los, mesmo assim, uma cicatriz ficará." Escritor Francês François de La Rochefoucauld.

Hotchner: Ele vive uma ilusão. Ele acredita ser um rei mitológico.
Gideon: Mas uma ilusão e esse nível de organização são quase exclusivos.

Reid: [Discutindo um poema de Chaucer] Minha mãe costumava ler pra mim. É vastamente considerado como o primeiro poema de Dia dos Namorados.
Garcia: Sua mãe lia poemas de Dia dos Namorados pra você? Olá terapia.

Garcia: "O caminho para o fim começa em seu começo. Para encontrá-la, tenha calma, o seu coração está muito partido. Ela se senta numa janela com segredos de seu cavaleiro. São suas aventuras que o mantem longe dela."

[Depois que a sala em que o UnSub estava explode fazendo com que o prédio fique em chamas]
Hotchner: Que que foi aquilo?
Reid: Ele tinha uma bomba.
Morgan: E você não pensou que nós precisaríamos saber daquilo?
Reid: Eu “disse” para vocês descerem.
Morgan: Você não disse “bomba”!

Reid: "Já foi dito que o tempo cura todas as feridas... Não concordo. A ferida continua. Com o tempo, a mente se protege da insanidade cobrindo a ferida com cicatrizes, e a dor diminui, mas nunca desaparece." Rose Kennedy.

P911 [2.2][editar]

Gideon: O teólogo Dietrich Bonhoeffer disse "O teste de moralidade de uma sociedade é o que ela faz com suas crianças."

[Depois da equipe capturar um pedófilo que estava leiloando um garoto de 7 anos]
Katie: O veradeiro nome do Peter é Dustyn Powers. Ele foi sequiestrado em Newark, Nova Jersey quando ele tinha 1 ano.
Gideon: Às vezes parece que não existe punição suficiente.

Morgan: [para Reid] Vai lá gênio, faça algo genial.

The Perfect Storm [2.3][editar]

Gideon: Mark Twain escreveu "De todos os animais, o homem é o único que é cruel. É o único que inflinge dor pelo prazer de fazê-lo."

Reid: É estranho que nesse caso o maltratado se transforme no matratador.
Garcia: Isso não acontece sempre?
Reid: Um caso em oito.
Garcia: Encontramos o um.

Hotchner: O filósofo Kahlil Gibran escreveu "Do sofrimento, emergem as almas mais fortes. Os personagens mais impressionantes estão coalhados de cicatrizes."

Psychodrama [2.4][editar]

Hotchner: "O homem é menos ele mesmo quando fala na sua própria pessoa, dê-lhe uma máscara e ele dirá a verdade." Oscar Wilde

Elle: "Bandido Pelado". Que horrível. Soa como se fosse ele quem tirasse a roupa.
Reid: Como o chamaria?
J.J.: Tarado?
Elle: Cretino?
Morgan: Eu o chamaria de filho da-
Hotch: Foco pessoal.

Hotchner: Bem, tem uma coisa que não digo aos estagiários.
Gideon: O quê?
Hotchner: Nós não somos bem pagos.
Gideon: Acertou em cheio.

Hotchner: Isso não faz sentido, são crianças.
Gideon: Ele está vivendo uma fantasia.
Hotchner: Sim, mas a fantasia é dele, as crianças são de outras pessoas.

Garcia: Uhm, gente, não fiquem surpresos, mas eu pensei que estava deixando passar algo evidentemente óbvio. Como você consegue ficar mais alto sem ser uma pessoa diferente ou fazer uma cirurgia chinesa esquisita?

Hotchner: Você levou 9 minutos para ligar para o 911.
Bank Manager: Eu estava pegando as fitas.
Hotchner: Antes de ligar para o 911?

Garcia: Hey, eu tenho quatro assaltos a banco filmados com qualidade de sistema de segurança, e você quer que eu faça o quê com eles?
Hotchner: Sabe aquele seu software de perspectiva digital sei lá o que?
Garcia: Análise de Perspectiva Digital?
Hotchner: Sim.
Garcia: Querido, eu só não sei o que é, eu ajudei a criar.

Garcia: Querido, se ele abrir a boca eu te direi o tamanho dos dentes.
Hotchner: Só mantenha nítido. E não me chame de “querido”.

Gideon: Pronto?
Morgan: Vamos roubar um banco.

Gideon: Salve uma vida, nós salvamos o mundo.

Hotchner: "O fundamento da vergonha não é algum erro pessoal, mas essa é a humilhação que aparenta para todos." Milan Kundera

The Aftermath [2.5][editar]

Morgan: Ah, uma última coisa. Procura as palavras “sexy” e “brilhante” nesse seu computador e me diga o que aparece.
Garcia: Olha só, sou eu.
Morgan: Você é uma deusa, mulher. Ciao. [ao perceber que várias mulheres da clínica de fertilidade estão prestando atenção] ...Era uma ligação de trabalho.

Gideon: Ninguém nunca vai para casa?
Elle: Você está aqui.
Gideon: Exatamente. Acredite em mim, não use minha vida social como modelo para a sua.

Callahan: Imaginei que você também não conseguiria dormir.
Gideon: O que faz aqui?
Callahan: Peguei um quarto no corredor.
Gideon: Você mora a quatro quadras daqui.
Callahan: Exatamente. Por que nos separarmos do trabalho?

Reid: Hotch é casado, o Morgan… você sabe… é o Morgan.

Reid: Elle, ele está morto. Você... você está aqui. Você venceu.
Elle: [levanta o copo] Então, à vitoriosa.

Morgan: Gostaria de fazer um pedido.
Garcia: Com essa voz excitante? Peça o que quiser.

Reid: Eu pensei que talvez… você quisesse conversar.
Elle: Não tente traçar meu perfil.
Reid: Elle, você levou um tiro na sua própria casa, e então você voltou à UAC como se nada tivesse acontecido. Achar que você quer conversar não é traçar perfil, é psicologia básica.

Gideon: Helen Keller uma vez disse "Apesar do mundo estar cheio de sofrimento, ele também está repleto de formas para compensá-lo."

The Boogeyman [2.6][editar]

Hotchner: Platão escreveu "Você pode facilmente perdoar uma criança por ter medo do escuro. A real tragédia da vida, é quando os homens tem medo da luz"

Morgan: A única coisa que eu tinha medo era do escuro.
Reid: Alguns de nós ainda têm.

Garcia: Reid, sério, as pessoas que vão para dentro da casa nunca saem. Assustadooooor.
Reid: Garcia, você poderia pelo menos fingir que não está gostando desse rumor já que eu estou dentro da casa?

Reid: Garcia, Estou sentado sozinho no escuro, obrigado.
Garcia: Enquanto você espera por um assassino em potencial voltar para casa? Meio perigoso. Meio sexy.

Morgan: [depois de assustar Reid] Você realmente tem medo do escuro.
Reid: Sim, bem, eu tenho trabalhado nisso.
Morgan: Sim, bem, talvez você devesse trabalhar mais.

JJ: O bosque era a única coisa que eu tinha medo na infância.
Morgan: Sério? Achei que você havia crescido numa cidade pequena.
JJ: Sim, cercada pelo bosque.

Reid: Vocês ouviram que a Elle foi liberada?
Morgan: Legítima defesa.
Reid: Então foi um bom tiro?
JJ: Bem, ela atirou no que ela estava mirando.
Reid: Não foi o que eu quis dizer.
JJ: Eu sei...

Gideon: Por que você machucou aquelas crianças?
Jeffrey: Porque eu quis.

Morgan: [sobre Elle] Ela quase morreu. Eu estaria bebendo também.

Morgan: [enquanto estava na casa do Finnegan olhando alguns trofeus de caça] Quando tudo se resolver, eu gostaria de pendurar a cabeça “dele” na minha parede.

Gideon: Vasilhas de creme de espinafre fechadas jogadas no lixo, cada uma lacrada com fita adesiva.
Reid: Uma em cada bandeja.
Morgan: Então estamos procurando por alguém que realmente odeia espinafre.
Reid: E quem não odeia?

Elle: Eu realmente quis ser parte da equipe.
Hotchner: Você foi.
Elle: Mas quando eu precisei da equipe, eu estava sozinha. Eu estava sozinha no único lugar onde eu tinha o direito de me sentir segura, e era minha casa.

Elle: Sabe, quando eu entrei para a equipe, eu não conseguia entender por que você nunca sorria. Agora eu acho que vou sentir falta disso.
Hotchner: [após Elle ir embora] Também vou sentir sua falta.

Morgan: Então, por quê o bosque, JJ?
JJ: Hmmm?
Morgan: Seu medo, você disse que era do bosque.
JJ: Err... Eu costumava ser conselheira do acampamento quando eu era adolescente, no bosque em volta de Vermont. Eu tinha pego o turno noturno, você sabe, colocar as garotas pra dentro, apagar as luzes, coisas de sempre. Tudo parecia bem. As crianças estavam dormindo, nada fora do comum. Até… Eu percebi que tinha um pouco de sangue no chão do corredor, então segui a trilha de sangue do corredor até a cabine do diretor do acampamento, caminhei até sua cama, e... ele estava lá, deitado, debaixo das cobertas, morto. Alguém o havia esfaqueado. Eu corri de lá tão rápido, passei pela porta, desci pelo corredor. Só consigo lembrar que estava muito escuro. Quando cheguei na porta, havia outra conselheira lá, acho que ela me ouviu gritar. Eles pegaram o zelador indo pra fora da cidade. Acho que ele ainda tinha a faca com ele. Que seja, acho que por isso que eu provavelmente decidi que não gostava do bosque.
Morgan: Você tá falando sério?
JJ: [bebe um gole de café olhando bem séria e faz uma pausa] Não!
[balança a cabeça]
JJ: Assim, vocês acreditaram na história?
[eles riem]
JJ: Que isso! Eu não sei porque tenho medo do bosque! Eu só tenho! Por que ele ainda tem medo do escuro?
Morgan: Sim, Reid, por que você ainda tem medo do escuro?
Reid: Por causa da inexistência natural de luz!

Morgan: [depois que Morgan e Reid descobrem que a história da JJ era mentira] JJ, essa foi muito boa. Mas saiba que a vingança está por vir.
JJ: Estou tremendo.

North Mammon [2.7][editar]

JJ: O lendário treinador de basquete John Wooden disse: "Não é importante quem começa o jogo, mas sim quem o termina."

Chief Yates: Escuta, essas pessoas… eles são meus amigos. São meus vizinhos, boas pessoas. Eu não quero ninguém presumindo que estão envolvidos.
Hotchner: Nós acabamos de chegar. Não estamos presumindo nada.

Hotchner: Pensei que todo mundo quisesse se tornar um traçador de perfis.
JJ: Desculpa.

Garcia: Aquele que busca a “Rainha de Todo o Conhecimento”, fale e seja reconhecido.
Reid: Garcia, estamos te enviando alguns cigarros.
Garcia: Por que não um vírus comedor de carne? Seria muito mais rápido e menos doloroso.

JJ: "A grande escolha de um homem e aquela em que ele se transcende é criar ou destruir, amar ou odiar." Erich Fromm

Empty Planet [2.8][editar]

Gideon: Robespierre escreveu "O crime sacrifica inocentes para assegurar um prêmio e a luta dos inocentes com tudo isso contraria os esforços do crime."

Garcia: Je suis toujours ici pour toi, mon cher. *
Morgan: Você me deixa louco quando me diz essas coisas de "voulez coucher". Pare.

(*Nota: “Eu estou sempre aqui para você, meu querido.”)


Gideon: [para Morgan] Já conversou com alguém que tenta continuamente mostrar que é mais inteligente que você?
Morgan: [mencionando Reid] Todos os dias.

JJ: [enquanto joga gin] Oh, estou ganhando de você gênio.
Reid: O gênio Dr. Reid deixou você ganhar.

Ursula Kent: [lendo o manifesto do bombardeiro] Com exceção das partes do meu livro que foram ostensivamente plagiadas, eu não reconheço nada. É apenas uma página após a outra de delírios de um lunático.

Morgan: Hey carinha de boneca, pronta para fazer alguma mágica para mim?
Garcia: Me desafie, seu analista comportamental lindo.

Reid: [Se referindo à chamada telefônica do bombardeiro avisando sobre um ataque “onde tudo começou”] Então Seattle é o “onde tudo começou”.
Morgan: Então nós precisamos entender o que tudo é, e na minha cabeça só consigo pensar em música grunge e café caro.

Dr. Cooke: Uma cientista cognitiva da MIT uma vez disse. “Coincidências são a fonte das nossas maiores irracionalidades.”
Reid: Nossas mentes veem coincidências e procuram...
Gideon: Eu o entendi.

Reid: Preciso parar numa livraria e pegar uma cópia de Empty Planet. Eu gostaria de relê-lo antes de conversarmos com a autora... Eu não leio ele desde que tinha seis anos.
Morgan: Seis? Eu ainda estava pedalando no meu triciclo quando tinha seis anos.
Reid: Você se importa? Só vai levar dez minutos.
Gideon: Para comprar ou ler?
Reid: Uh... os dois na verdade.

Garcia: ...Um cara entrou enlouquecido num laboratório de ciências cheio de computadores e gritou “Logo seremos escravos e as máquinas serão os mestres.”
Garcia: [Olhando em volta de si com vários computadores] Droga. Isso seria realmente péssimo pra mim. [sussurra] Estou cercada aqui.
Morgan: Qual é, do que você tem medo? Você tem a mim para te proteger.
Garcia: Hah! Agora isso fez meu sangue subir.

The Last Word [2.9][editar]

Gideon: Elbert Hubbard escreveu uma vez, "Se os homens pudessem apenas se conhecer, eles não se idolatrariam nem odiariam. "

Hotchner: Mahatma Gandhi uma vez disse, "Lembrem-se que durante toda a história, houve tiranos e assassinos, e por um tempo, eles pareciam invencíveis. Mas no final, eles sempre caem. Sempre."

Lessons Learned [2.10][editar]

Gideon: Dale Turner refletiu, "Algumas das maiores lições são aprendidas com erros cometidos. Os erros do passado são a sabedoria do futuro."

Reid: Também, as palavras “santa” e “Guerra” nunca apareceram juntas no Alcorão.

Gideon: Nós recebemos conforto nas nossas orações.
Jind Allah: Nós?
Gideon: Seres humanos. [pausa] Disse algo errado?
Jind Allah: Você nos colocou no mesmo nível.
Gideon: E não estamos?
Jind Allah: Bem, aqui, eu não sou menos do que um humano.
Gideon: E no seu jihad, eu sou.

Jind Allah: Quem é seu pior inimigo, agente Gideon?
Gideon: Não é um “quem”, e sim um “o quê”. Ignorância.

Gideon: Ralph Waldo Emerson said "Em ordem de aprender as lições importantes na vida, devemos todo dia superar um medo."

Sex, Birth, Death [2.11][editar]

Reid: T.S. Eliot escreveu "Entre a idéia e a realidade, entre o movimento e a ação, tomba a sombra."

Gideon: Esta última vítima definitivamente tinha uma mensagem. Você não larga um corpo do outro lado do edfício do Capitólio por acidente.

Reid: Eu sei o que é ter medo da sua própria mente.

Reid: Não há nada nos registros da adolescência.
Garcia: Okay, então pense que nem um aluno do colegial.
Reid: Eu tinha 12 e não havia chegado na puberdade ainda quando eu estava no colegial.
Garcia: Okay, apaga tudo. Eu penso que nem um aluno do colegial, você pensa como um profiler.

Reid: Você não é ele. Quem somos está constantemente evoluindo. Eu sou muito mais velho que você e estou mudando. Esse trabalho me muda... Você me mudou.

Reid: [A respeito de salvar a vida de Nathan] Quantas vidas eu coloquei risco no futuro?
Gideon: Perfis podem estar errados.
Reid: Mas e se não estiver? E se da próxima vez ele matar alguém?
Gideon: Então você o prende.

Reid: T.S. Eliot escreveu "Entre o desejo e o espasmo, entre a potência e a existência, entre a essência e a descendência, tomba a sombra. É o jeito que o mundo acaba."

Profiler Profiled [2.12][editar]

Morgan: "Todos os segredos são profundos. Todos os segredos se tornam obscuros. Esta é a natureza dos segredos." - Escritor Cory Doctorow.

JJ: Não está acontecendo nada.
Reid: Shhh observa [o mini-foguete decola, JJ e Garcia gritam, e ele acerta a cabeça da Emily]
Emily: Ooh ow, o que foi aquilo?
Reid: Oh, Eu sinto muitíssimo Emily!
Garcia: Não reconhece um foguete quando vê um?
Reid: Eu estava simplesmente demonstrando uma lei da física. Eu não queria que...
Emily: Ah, me mostra!
Reid: Virem-se.
Emily: Virar?
JJ: Sim, ele não vai te mostrar como é feito
Reid: Um mágico nunca revela seus segredos.
Emily: Pensei que você tinha dito que isso era física.
Reid: Física... mágica !
Garcia: Acredite em mim, não vai ser bom pra você argumentar com ele.

Hotchner: Mágica da física?
Reid: Sim, senhor.
Hotchner: Reid, nós falamos sobre isso.
Reid: Sinto muito, senhor.
Hotchner: [sorrindo] Você está mesmo começando a pegar uma boa distância com essas coisas.
Emily: Então ele tem mesmo senso de humor?
Reid: Às vezes.

Hotchner: Nós não podemos ter pessoas nessa equipe que tenham segredos.
Gideon: Ah qual é, Hotch, todos temos segredos. Você gostaria que nós traçássemos seu perfil?

Reid: "Alguém começa a mudar fatos para adaptar a teorias, em vez de teorias para adaptar fatos." É uma das citações favoritas de Sherlock Holmes.

Det. Gordinski: Você dormiu um pouco?
Morgan: Você sabe que não.
Det. Gordinski: Dormi que nem um bebê. Nem quis sair da cama.
Morgan: Sério? Então não era você o comedor de donuts sentado do outro lado a noite toda?

JJ: [para Garcia, a respeito da ficha criminal do Morgan lacrada] Deslacre.
Garcia: [com um tom meio desesperado] Mas é um arquivo LACRADO.
JJ: Garcia, estamos ajudando ele.
Garcia: Certo, ajudando ele. Ajudando ele...

Morgan: [para Det. Gordinski] O FBI inventou esses truques seu imbecil!!

Carl Buford: [para Morgan] Nunca te machuquei. Você poderia ter dito não.

Morgan: Eu SABIA que devia ter dito para alguém sobre você quando eu era criança! Deus, eu tinha tanto medo de você, tinha medo dos policiais, do que as pessoas diriam. Eu tinha medo de perder tudo que eu tinha conseguido.

Morgan: Uma criança aparece e quebra o silêncio, só uma, e então outra, e outra, porque elas não tem mais medo de você.

Morgan: Eu sou do tipo que gastaria o resto dessa vida tendo certeza que caras como você se ferrem!

Morgan: O único corpo que eu havia visto antes era do meu pai, e eu tinha 10.

Morgan: Me sinto responsável por ele, quer dizer, “era” eu quem o havia encontrado, certo?

Morgan: E você sente como se tivesse que fazer tudo que pode por ele, porque ele é o mais próximo de um pai que você já teve.

Morgan: [olhando através do vidro espelhado] Posso esperar o quanto vocês quiserem!

Sarah: O que você está fazendo na casa da minha mãe?
Detective: [Se referindo à Emily e ao Reid] Eles me pediram.
Reid: Na verdade não.

Reid: Na verdade, estatísticamente os oficiais da lei tem tantas chances de cometer um crime quanto qualquer outra pessoa. Olhando na intersecção da sociedade, há uma parcela da população e uma pequena fração dessa porcentagem...
Prentiss: Ele não está dizendo de verdade que acredita que o Derek esteja envolvido nisso.

No Way Out [2.13][editar]

Gideon: Aristóteles disse, "O mal torna os homens unidos."

Hotchner: [apresentando a equipe à xerife] Aaron Hotchner. Esse é Derek Morgan e o cara que às vezes esquece os bons modos é Jason Gideon.

Frank: [para Derek] Se eu tivesse sua aparência, sabe quão fácil teria sido minha vida?

Frank: Jason... da mitologia grega… curar. Gideon... um herói do Velho Testamento que liderou os israelitas contra os midianitas. Seus pais tinham grandes ambições pra você. Eu sou Frank... Alemão... Século III. Derivado do nome de um tipo de lança. Imagino que tipo de ambições meus pais tinham para mim.

Mark Davis: Mas aquele homem... ele também matou o motorista do ônibus escolar.
Xerife Georgia Davis: Como? Nós tínhamos a cidade toda fechada. Não havia escapatória.

Frank: [para Gideon e Morgan] Mas sabe qual a pergunta mais interessante ainda? O que o psicopata tem na bolsa, Jason.

Frank: [para Morgan] A beleza pode cobrir uma multidão de pecados, mas por baixo todos parecemos exatamente o mesmo.

Frank: Você acha que sou louco?
Gideon: Não brinque comigo. Você sabe exatamente o que você é. Um psicopata sádico sexual. Você se alivia na tortura brutal dos outros.
Morgan: E você soube no momento que chegou nessa cidade que você não tinha escapatória.

Prentiss: Todas essas mortes... trabalho de um homem só?
Gideon: O mais prolífico serial killer.

Frank: Minha esperança é que um dia você também se sentirá do mesmo jeito que eu me sinto.
Gideon: Se algum dia eu me sentir como você, eu me matarei.
Frank: Me chame primeiro. Adoraria pegar seu cérebro.

Prentiss: Esses sinos-dos-ventos são feitos de ossos. Acho que são costelas humanas.

Xerife Georgia Davis: [discutindo sobre a história do cativeiro da Jane] E sobre o fato dela conseguir se ver?
Gideon: Um teto espelhado.
Xerife Georgia Davis: Então suas vítimas conseguiam se ver sendo desmembradas... Cada vez que eu penso que isso não poderia piorar, piora.

Gideon: [para Frank] Pensei que eu tinha visto o pior que a humanidade poderia oferecer, até ver você.

Reid: Uma maluca com um apito. Isso não é tão esquisito.

Garcia: [olhando fotos de condenados com tatuagem de cadeia] Oh, isso é um caminho tão errado para o coração de uma garota!

Gideon: Você matou as crianças também?
Frank: Você vem traçando meu perfil por um bom tempo Jason. Você sabe que eu não mato crianças. Elas não fazem “nada” pra mim.

The Big Game [2.14][editar]

Gideon: O assassino condenado Perry Smith disse de suas vítimas, a família Clutter: “Não tinha nada contra eles e eles nunca fizeram nada de errado comigo, como outras pessoas fizeram durante toda a minha vida. Talvez eles só fossem aqueles que tiveram que pagar por isso."

Prentiss: [observando Morgan dançando entre duas mulheres] Hey Morgan, toma cuidado. Aquela atrás de você pode roubar sua carteira!
Morgan: É, isso aí. Eu vou ser um homem feliz sem dinheiro!

Reid: Referir-se a si mesmo na terceira pessoa é comum para um suspeito. Ted Bundy deu detalhes dos assassinatos, mas nunca admitiu que foi ele quem matou, ele só dizia “o assassino”

Tobias: Isso é um aviso, não um programa. O que há de errado com vocês?

Morgan: O suspeito está certo sobre uma coisa. O mundo está realmente ferrado.

Reid: Você parece triste.
Gideon: Eu “estou” triste. Estou cansado das pessoas usando a religião... para justificar as coisas terríveis que fazem.

Reid: Você não consegue gritar com sua garganta cortada.

Reid: Podemos entrar?
Tobias: Desculpe. Eu não deixo ninguém entrar na casa.
Reid: Na verdade, eu realmente preciso... você sabe, ir...
JJ: Precisa?
Reid: Sim, por uns trinta minutos.
JJ: Por que você não disse nada no carro?


Revelations [2.15][editar]

Hotchner: "Não existe na terra homem tão justo que faça o bem sem nunca pecar." Eclesiastes 7:20

Reid: Se você me disser onde estamos, posso dizer a meus amigos, e eles irão nos salvar.
Tobias: Não podemos ser salvos.

JJ: [sobre o sequestro de Reid] Eu fico pensando que a única coisa que nós precisamos para solucionar esse caso é o Reid.

Hotchner: Pense na casa como uma testemunha. Se ela pudesse falar, o que nos diria?
Garcia: Meu chute é que ela nos mandaria cair fora daqui.

Tobias: Eles se foram.
Reid: Quem eram?
Tobias: Sou só eu agora.
Reid: Quem, quem é você?
Tobias: Sou Raphael.

Reid: Você não precisa fazer isso.
Tobias: [como Raphael] Sou só um instrumento de Deus.

Morgan: [sobre Hankle torturando brutalmente Reid] Vou colocar a cabeça desse cara num espeto.

Reid: O Senhor disse a Moisés "Fale a toda congregação dos filhos de Israel e dize-lhes, Santos sereis porque Eu, o Senhor vosso Deus, sou santo."
Tobias: Você conhece Levítico?
Reid: Sei cada palavra da Bíblia. Posso recitar.
Tobias: O Demônio também sabe ler.
Reid: Eu não sou o demônio. Não sou o demônio, sou um homem, meu nome é Spencer Reid. Eu tenho uma mãe e tenho um pai assim como você e eles me ensinaram a Bíblia. Deixe-me, deixe-me só recitar a Bíblia.
Tobias: É hora da confissão, Spencer Reid [chicoteia o pé de Reid repetidamente]

Hotchner: [desesperadamente] Não estamos nem perto.
Gideon: O Reid é brilhante. Ele vai arranjar um jeito de sobreviver.
Hotchner: Eu sempre me aproveitei do Reid por causa de seu cérebro, mas nunca ensinei mesmo como lidar com as coisas emocionalmente.
Gideon: Você se guia pelo exemplo.
Hotchner: Que tipo de exemplo é esse?
Gideon: [calmamente] Ele vai conseguir.

Hotchner: Certo, todo mundo, agora, qual minha pior qualidade?
[a equipe fica em silêncio]
Hotchner: Tudo bem, vou começar. Não tenho senso de humor...
JJ: Você é brigão.
Hotchner: Sou brigão.
Morgan: Você dá uma de sargento às vezes.
Prentiss: Você não confia nas mulheres como confia nos homens.
Hotchner: Tudo bem, ótimo. Sou todas essas coisas, mas uma coisa que nenhum de vocês disse é que eu me coloco acima da equipe, porque não coloco. Nunca.

Tobias: [depois que Reid atirou nele, sobre sua segunda personalidade] Você o matou.
Reid: [tristemente] Tobias.
Tobias: Eu vou poder ver minha mãe de novo.
Reid: Sinto muito.

Hotch: [gentilmente] Reid, você está bem?
Reid: [enquanto abraçava Hotch] Eu sabia que você entenderia. [Reid vira e abraça JJ]
JJ: Eu sinto muito mesmo.
Reid: Tudo bem, não foi sua culpa.

Fear and Loathing [2.16][editar]

Gideon: "Dos desejos mais profundos, geralmente vem o ódio mais mortal" Sócrates

Prefeito Hughes: O que você acha que vai acontecer se nós formos à mídia e dissermos que o assassino está de volta?
Morgan: Hey, a melhor maneira de acabar com isso é encontrando o assassino. Nós apenas demos a maneira de como fazê-lo.
Prefeito Hughes: Dizendo à todos que procuramos um homem negro? Eles vão dizer que isso é um perfil racista.
Gideon: Não é um perfil racista. Perfil racista é escolher suspeitos pela sua raça. Nós demos a vocês um perfil completo, que inclui a raça.
Prefeito Hughes: Olha, o ponto é eu nunca soube de um negro serial killer e nem a comunidade afro-americana que já está bastante chateada com o que vem acontecendo aqui.
Hotchner: Você pode acreditar em serial killers negros ou não, mas o fato é, eles existem e é uma questão de tempo até ele matar outra garota.

Morgan: [para Reid] Você está bem?
[Reid não se mexe.]
Morgan: Reid.
Reid: Hmm?
Morgan: Eu disse, você está bem?
Reid: Estou bem. [olha de relance para trás] Obrigado por anunciar.
Morgan: Hey, fale comigo. O que quer que você diga pra mim em confiança, fica entre nós, você sabe disso não?
Reid: Eu não tenho nada a te dizer.
Morgan: Reid, me ouça. O que você passou, ninguém espera que você se recuper... [Reid interrompe]
Reid: Eu ainda consigo fazer meu trabalho tudo bem? Eu não vou surtar.
Morgan: Você não acha que eu não sei disso?
Reid: São as fotos da cena do crime.
Morgan: As fotos?
Reid: As garotas mortas nas folhas.
Morgan: Reid, já vimos piores.
Reid: Eu sei, eu sei que vimos coisas piores, mas pela primeira vez eu soube, eu olhei para elas e eu soube exatamente o que elas estavam pensando quando aconteceu aquilo, o que estavam sentindo...
Morgan: Isso é chamado empatia... e é uma coisa boa.
Reid: [Reid parece perturbado] Não é, quero dizer, isso mexeu comigo. Não sei como manter o foco. Não consigo fazer meu trabalho tão bem. [Reid faz uma pausa] Então, o que eu faço?
Morgan: Você usa isso. Faça com que isso te faça um traçador de perfis melhor, uma pessoa melhor.
Reid: [Reid parece aliviado] Uma pessoa melhor.

Reid: "A vida dos mortos se localiza na lembrança dos vivos." Cícero

Distress [2.17][editar]

Gideon: "Nossa vida é feita da morte dos outros." Leonardo da Vinci

Garcia: Você está sozinho no estado da Estrela Solitária? E você está usando calças de vaqueiro?
Morgan: Só nos seus sonhos Garcia.
Garcia: Ah, não necessariamente. Eu tenho Photoshop.

Morgan: Garcia, é melhor eu nunca encontrar uma foto minha 'photshopada' no seu computador.
Garcia: Oh, acredite em mim minha miragem, você NUNCA vai encontrá-las.

JJ: Como vamos encontrar um homem preso em sua própria cabeça?

Hotchner: Ele está revivendo o pior momento de sua vida, deve estar apavorado.
Reid: Sim.

Hotchner: [barulho de construção no fundo] O que é isso?
JJ: [com a boca cheia] A esposa de um dos detetives nos fez biscoitos.
Emily: Uau, biscoitos caseiros!?
JJ: Sim, acho que é o que eles chamam de 'hospitalidade sulista'.
Reid: O que você disse?
Emily: 'Hospitalidade Sulista'.
Reid: [vai até a janela e a fecha] Como alguém consegue ouvir com todo esse barulho?

Gideon: A primeira guerra descrita foi em 2700 A.C.
Gideon: Provavelmente guerras anteriores, mas a escrita não havia sido inventada ainda.
Hotchner: Quase 5000 anos matando uns aos outros...
Gideon: "Uma coisa em que os seres humanos tem sido consistentemente bons".
Hotchner: Nós fizemos tudo que podíamos por ele, você sabe.
Gideon: Sim. Mesmo sabendo que isso não é o suficiente...
Hotchner: Eu sei.

Hotchner: "Se tem que haver problemas, que sejam nos meus dias, para que minha criança possa ter paz" Thomas Paine

Jones [2.18][editar]

Gideon: Robert Kennedy disse uma vez: "A tragédia é uma ferramenta para os vivos adquirirem sabedoria, não um guia pelo qual viver."

Garcia: Qual foi a coisa que Jack o Estripador tirou de suas vítimas, além, é claro, de suas vidas?
Emily: Oh, uh...
Garcia: Mmm. Tic, tac, tic, tac.
Emily: Não sei.
Garcia: Um rim. Quão horrivelmente fantástico pode ser isso?
Emily: Hmm, e onde você quer chegar com isso?
Garcia: Só que eu encontrei um assassinato não resolvido que aconteceu há quatro meses atrás em Galveston, Texas, com o mesmo M.O. – estava faltando esse mesmo orgão na vítima. Eu mesma me surpreendo.
Emily: É, a mim também. Ótimo trabalho.

Ethan: Minha música me faz feliz. Não preciso ser um traçador de perfis para ver que você não está.
Reid: Não é fácil. E não... Eu... não acho que você acreditaria em algumas das coisas que eu vi.
Ethan: John Coltrane. Ele era um gênio também. Morreu de câncer. Mas a maioria das pessoas pensam foi a bebida e a heroína que fizeram isso com ele.
Reid: O que você está tentando dizer?
Ethan: Você parece péssimo.
Reid: Estou bem...
Ethan: Qual é cara, sou um músico de jazz em Nova Orleans, eu sei o como é quando alguém não está bem. Talvez seja a primeira vez que eu te diga algo que você não saiba. [aponta para a bebida de Reid] Isso pode fazer você esquecer, mas não vai fazer isso ir embora. E se eu posso te dizer... Você está cercado das melhores mentes do mundo. Se você acha que eles não perceberam, bem... Para um gênio, isso é burrice.

J.J.: Sempre bebe quando está trabalhando?
Will: É Nova Orleans, meu bem. É uma coisa cultural.
J.J.: Oh.
Will: De onde você é?
J.J.: Pensilvânia.
Will: Parece que o pessoal é bem rígido com as regras naquelas bandas. Se isso te faz sentir melhor, [coloca a bebida de lado] podemos trabalhar no estilo Pensilvânia essa noite.

Will: Por que não se casou?
J.J.: E o que isso tem a ver com o caso?
Will: Não tem. Só estou flertando.

Prentiss: As duas últimas vítimas estavam viajando em grupo. Estavam bebendo, em lugares píblicos, de bar em bar. Como os amigos não viram nada?
Morgan: É como quando o leão ataca o antílope.
Prentiss: Não entendi.
Morgan: É porque você, Emily Prentiss, nunca foi um antílope.

J.J.: Tem que adimitir. Esses caras tornam tudo muito fácil. Eu não seguiria um estranho em uma viela, mesmo bêbada.
Will: É, mas você não é homem. A testosterona segue uma mulher até a Tailândia. Descalça. É um fato.

J.J.: Você é a melhor do mundo.
Garcia: Awww... E você é a mais perceptiva!

Reid: Perdi o avião de propósito.
Gideon: Eu sei.
Reid: Estou lutando.
Gideon: Bem, qualquer um que tivesse passado pelo que você passou recentemente, estaria.
Reid: Eu fui treinado para isso. Eu nunca nem... nunca nem considerei outra opção.
Gideon: Agora você está se perguntando se é forte o suficiente para estar aqui?
Reid: Sim.
Gideon: Eu tenho feito esse trabalho, de um jeito ou de outro, por quase 30 anos. Eu me senti perdido. Eu me senti ótimo. Eu me senti assustado, enojado e louco. Eu não sei, mas acho que o dia que esse trabalho parar de atormentar sua alma... E as suas mãos, suas mãos pararem de ficar geladas, talvez seja a hora de sair.
Reid: Acho que apenas precisava entender se eu poderia largar esse emprego.
Gideon: E?
Reid: Nunca mais vou perder um avião novamente.

Ashes to Dust [2.19][editar]

Hotchner: "A tortura de uma consciência ruim é o inferno de uma alma viva" João Calvino.

Reid: Estatísticamente, 94% dos incendiários são homens, 75% são brancos e poucos são capturados.
Prentiss: Poucos? Não tem um percentual?
Reid: 16%. Esses 16% provocaram 30 incêndios ou mais, antes que fossem capturados. [para Emily] Estou tentando ser mais informal.
Prentiss: Ah. Não está funcionando.

Gideon: Para eles, o fogo é um substituto do alívio sexual.
Garcia: Então, se esses caras não transam, começam um incêndio?
Gideon: Ou, neste caso, queimam famílias inteiras até a morte.
Prentiss: Nenhuma estatístca?
[Reid balança a cabeça]
Gideon: Não. Não há estatísticas para esse cara. Ele é o único da espécie.
Garcia: Graças a Deus.

[J.J. apresenta Reid ao Detetive Castro enquanto ele derruba desastradamente tudo que estava carregando.]
Det. Castro: Um gênio você disse?
J.J.: Sim, uh, a coordenação dele diminui quando está pensando.

Garcia: Sintam-se provocados. Vou ensinar pra vocês o significado de L.U.S.T.
Gideon: Ela disse lust? [nota: lust = luxúria, em inglês]
Garcia: Cruzei referências sobre fatos em comum entre as vítimas e encontrei um website que conecta as companhias de Dannis Cutler e Matthew Jarvis numa lista de negócios suspeitos da L.U.S.T.
Hotchner: Perdi alguma coisa.
Garcia: Leaking Underground Storage Tanks [tradução:Tanques de Armazenamento Subterrâneo de Vazamentos]

Gideon: Quando ele chegar, passe os corpos falsos bem devagar, quero que ele dê uma boa olhada.
Tenente Vega: Lembre-me de nunca jogar pôquer com vocês.

Prentiss: Todas essas pessoas, sem bebida ou música. Ou é uma festa muito ruim ou uma reunião da EDF.

Hotchner: Eu capturo assassinos. Salvo vidas. Sou um heroi até girar minha chave na porta da frente, e então sou um pai e um marido que nunca está lá..
Gideon: Sim, entendi essa.
Hotchner: Aí está a coisa. Quando estou em casa, estou nesse pânico silencioso porque eu sei que tenho que ser o melhor que posso, o mais rápido que posso, porque a qualquer minuto o telefone vai tocar e meu tempo acabou.

Hotchner: Gandhi disse: "Viva como se fosse morrer amanhã, aprenda como se fosse viver para sempre"

Honor Among Thieves [2.20][editar]

Prentiss: Um antigo provérbio russo nos lembra: "Não há como existir o bem sem o mal."

Hotchner: [sobre a Sra. Chernus] Como ela está?
Prentiss: Como você estaria?
Hotchner: Certo.

Agente Josh Kramer: Ninguém coopera. Nem as famílias, nem as testemunhas. Nem as vítimas falam nada. Devem ter uma dúzia de caras por aí sem dedos anelares.
Gideon: Por quê?
Kramer: Porque nós estamos lidando com criminosos.
Reid: Obviamente.
Kramer: Não só os sequestradores, gênio.

Garcia: [atendendo ao telefone] Oráculo cordial das coisas reconhecíveis e irreconhecíveis, a seu serviço.

Reid: Aquelas tatuagens são como livros em sua pele. Elas contam a história toda de sua vida.

Arseny Lysowsky: [para Gideon e Reid] Gostariam de algo para comer? Esse borscht é delicioso, é a receita da terra natal da minha mãe.
Reid: Você não renunciou a todos os seus parentes quando jurou ao Código dos Ladrões?
Arseny Lysowsky: Não renunciei às suas receitas.

Garcia: São migalhas de pão.
Prentiss: Como assim?
Garcia: É uma combinação de endereços e senhas. Um caminho. Está vendo? Estou indo de site para site, país a país, e sempre aparece um cursor. Eu coloco o endereço e as senhas.O equivalente às migalhas de pão de João e Maria.

Prentiss: "Famílias felizes são todas iguais. Toda família infeliz é infeliz à sua maneira." Leo Tolstoi.

Open Season [2.21][editar]

Gideon: "A vastidão deserta de um é o parque temático de outro." Autor desconhecido.

Prentiss: [em um bar, como se estivesse muito empolgada] Meninas, esse é o Brad – um agente do FBI de verdade!
Garcia: Sério?
Prentiss: Sério.
JJ: Impossível!
Garcia: Isso é empolgante! Como é em Quan-ti-co?

JJ: Deve ser difícil manter todos aqueles segredos.
Brad: É uma habilidade, que nem qualquer outra coisa. Carpinteiros são bons construindo coisas, medindo. O FBI é bom em guardar segredos e chutar a bunda de criminosos.

Prentiss: Podemos ver?
Brad: Ver o que?
Prentiss: Seu distintivo.
Garcia: Por favor?
Brad: Sinto muito, é confidencial.
Prentiss: [mostra seu distintivo] Me diz Brad, ele parece com esse aqui?
JJ: [mostra o dela] Ou esse?
Garcia: [mostra o dela] Ou talvez, esse?
[Brad sai apressadamente]

Morgan: Você está bem? Nunca a vi com o aspecto assim, hã--
Prentiss: Tranqüilo.
Morgan: O que se passa?
Prentiss: Bobbi Baird fez-me uma pergunta que está mexendo comigo.
Morgan: O que foi?
Prentiss: Ela perguntou-me como eles podem fazer isto. Como esses homens puderam...caçar e matar pessoas nas matas.
Morgan: O que disse a ela?
Prentiss: Que eles não pensam como nós. Mas... a verdade é que nós pensamos como eles.
Morgan: Sim, nós pensamos. Porque é nosso trabalho. Precisamos saber como se sentem.
Prentiss: Nós caçamos estas pessoas diariamente. A pergunta é, como somos diferentes? Nós e eles?

Prentiss: O historiador britânico James Anthony Froude uma vez disse, "Animais selvagens nunca matam por esporte. O homem é o único que acha a tortura e a morte de seus semelhantes uma forma de diversão."

Legacy [2.22][editar]

Hotchner: "De todas as rídiculas pretensões da humanidade, nada excede às críticas aos hábitos dos pobres feitas pelos que tem boa moradia, estão bem aquecidos e bem alimentados." Herman Melville.

Morgan: [para Mona, uma moradora de rua] Tome cuidado, me ouviu? Esse mundo precisa de todas as suas moças bonitas, e isso significa que é você também.
[Mona sorri e vai embora]
Emily: Você é um cara legal.
Morgan: Você acha?
Emily: Sim, você faz as pessoas à sua volta se sentirem bem.

Hotchner: Você tem Chaplin em película?
Gideon: Meu tataravó era contador em um dos primeiros estúdios de cinema.
Hotchner: Ele estava na Califórnia?
Gideon: Não não não, Chicago. Essanay Studios fechado em 1920. Antigamente de cada cinco filmes feitos no EUA, quatro eram feitos em Chicago. Eles fecharam e deixaram meu avô levar, er... algumas cópias extras pra casa.
Hotchner: Eles "deixaram"?
Gideon: [rindo] Bem, essa é a história da família... vamos continuar com ela.

Reid: Sabe, a palavra "coincidência" implica mais...
Morgan: Hey! Hey, cara. Nós não precisamos de uma aula de vocabulário agora.
Reid: Tudo bem. Desculpa.

Morgan: O que vocês conseguiram?
Hotch: Bem, Reid conseguiu propostas de todas as prostitutas que nós conversamos, mas não conseguimos encontrar ninguém que tenha visto o suspeito.

Hotch: "Nada é permanente nesse mundo perverso – nem mesmo nossos problemas" Charles Chaplin.

No Way Out (Pt. 2): The Evolution of Frank [2.23][editar]

Gideon: "Eu escolho meus amigos pela sua boa aparência, meus conhecidos pelo seu bom caráter, e meus inimigos pelo seu bom intelecto." Oscar Wilde.

JJ: [para Reid] Não importa o que aconteça dessa vez, não vamos nos separar, fui clara?
Reid: Claríssima!

Hotch: Frank.
Frank: Agente Hotchner. Não tinha tido o prazer de uma apresentação formal.

Erin Strauss: Acredito que você não é mais eficaz no seu posto.
Hotchner: Mobília moderna... Revistas colocadas estrategicamente, diplomas emoldurados, a arte na parede... eles estão em conflito com suas fotos de família. Você tem três crianças, mas você gosta mais do filho do meio.
Erin Strauss: O que você acha que está fazendo?
Hotchner: Claro, você ama suas crianças, mas não como seu filho.
Erin Strauss: Basta!
Hotchner: O bonsai que você cuida obsessivamente é para compensar seus sentimentos de ter falhado como mãe...
Erin Strauss: Agente Hotchner, eu disse que basta!! Minha posição não está em questão aqui. Como sua superior eu estou questionando sua habilidade de liderar sua equipe...
Hotchner: Minha equipe? Deixa eu te contar sobre minha equipe: o Agente Morgan luta para proteger sua identidade das poucas pessoas que poderiam salvá-lo. Por que? Porque confiança tem que ser conquistada, e existem poucas pessoas que ele realmente confia. O intelecto do Reid é um escudo que protege ele de suas emoções, e no momento esse escudo está em conserto. Prentiss se excede porque ainda não se sente parte da equipe; ela não precisa se preocupar. Todos os dias a Agente Jareau preenche dezenas de pedidos para nossa equipe, e todas as noites ela vai para casa esperando que tenha tomado as decisões certas. Garcia enche a sala dela com estátuas e cores, para lembrar a si mesma de sorrir enquanto suas telas são preenchidas por imagens horríveis... E o Agente Gideon é de muitas formas ferido pelo seu profundo conhecimento dos outros, por isso ele divide tão pouco de si mesmo, e ainda assim ele coloca seu coração em todos os casos que tratamos. Eu defendo minhas ações, eu defendo minha equipe, e se você pensa que pode encontrar uma pessoa melhor para esse trabalho, então boa sorte.

Terceira Temporada[editar]

Doubt [3.1][editar]

Gideon: Mortes seguidas em uma área limitada é uma corrida. Ele está correndo para matar quantos puder, nós estamos correndo para pará-lo.

Gideon: Por quanto tempo consegue segurar aquele advogado?
Hotch: Está brincando? Eu era promotor, posso segurá-lo por dias.

Prentiss: [sobre Nathan Tubbs] Dormirei quando ele confessar.
JJ: Todos iremos.

Morgan: Eu sei o quanto os policiais querem acreditar que pegaram o "cara certo". Já estive dos dois lados disso.

Strauss: Você está suspenso por duas semanas sem pagamento e com uma investigação de sua conduta pendente. E Agente Hotchner, se dependesse só de mim... Eu nunca devolveria essas credencias a você...
Hotch: Sempre um prazer.

In Birth and Death [3.2][editar]

Hotchner: George Washington disse, "Deixe que seu coração sinta a aflição e a angústia de cada um."

Morgan: Mas e se nós não quisermos um novo chefe?
Hotchner: Bem, talvez o próximo não seja um sargento chato às vezes.
Morgan: Olha cara, você pega no meu pé? Sim, senhor! Mas querer sair com você e precisar de você para liderar essa equipe são duas coisas completamente diferentes.

Erin Strauss: Nenhum de vocês vai chegar a um cargo de chefia, você sabe disso.
Hotchner: Por que eu iria querer sair da UAC?

Morgan: Garcia, querida, por favor me diga algo que eu quero ouvir.
Garcia: Você uma estátua de um deus grego esculpido em chocolate.
Morgan: Que tal algo que eu ainda não saiba?
Garcia: [depois de uma pausa proposital] Tenho uma queda por doces.

Garcia: [atendendo o telefone] Fale coisas pervertidas pra mim.
Erin Strauss: Aqui é a Chefe da Seção Erin Strauss.
Garcia: [sem-graça e apavorada] Senhora, acho que não preciso dizer que eu estava esperando que fosse outra pessoa.
Garcia: [atendendo o telefone mais tarde] Analista Técnica do FBI Penelope Garcia falando.

Haley Hotchner: Aaron, para! Não faça com que eu seja o monstro aqui. Sinto muito por essas mulheres, mas quando esse caso acabar haverá outro, e outro, e outro. E isso nunca vai acabar.
Hotchner: Isso é quem eu sou.
Haley Hotchner: Não. Isso é o que você faz.
Hotchner: Estou tentando fazer o certo – aqui e lá – e eu realmente agradeceria um pouco de apoio.
Haley Hotchner: Ah, claro, porque você sempre tem que ser o herói.
Hotchner: Não diga isso.
Haley Hotchner: Não, obviamente uma vida feliz não é o suficiente para você.

[Gideon numa lanchonete]
Gideon:: Aqui vai.
Garçonete:: Comeu o suficiente querido?
Gideon:: Sim, claro.
Garçonete:: Viajando?
Gideon:: É.
Garçonete:: Para onde vai?
Gideon:: Nenhum lugar em específico.
Garçonete:: Como vai saber quando chegar?
Gideon:: [sorri] É uma boa pergunta, [lê o nome da garçonete] Rose. É realmente uma ótima pergunta. Tenha um bom dia.
Garçonete:: Você também.
Gideon: Acho que só estou procurando de novo – a crença que tinha na faculdade, a crença que eu tinha quando vi a Sarah pela primeira vez e tudo parecia estar tão bem...a crença em finais felizes....

Scared to Death [3.3][editar]

Hotchner: O filósofo taoísta Lao-tze escreveu uma vez, "Aquele que controla os outros pode ser poderoso, mas aquele que se dominou é mais poderoso ainda."

Reid: Pensei nisso quando o Morgan surtou quando estávamos presos no elevador.
Prentiss: Vocês ficaram presos no elevador?
Morgan: "Eu" surtei?
Reid: Isso não é importante.

Dr. Stan Howard: [para Hotchner] Acho que o seu maior medo é que você não pode salvar a todos. É pior do que pensei.

Hotchner: Eleanor Roosevelt uma vez disse, "Você ganha força, coragem e confiança com cada experiência em que você realmente para e olha o medo na cara; você deve fazer a coisa que pensa que não pode fazer."

Children of the Dark [3.4][editar]

Prentiss: "Na cidade o crime se tornou um emblema de classe e raça. Porém no subúrbio, é íntimo e psicológico - resistente a generalização, um mistério da alma individual." - Barbara Ehrenreich

Prentiss: Esses caras estão matando os "Cleavers".
Reid: Estranho.
Hotch: O padrão?
Reid: Não, os Cleavers. De todos os nomes das famílias ideiais dos anos 50 na tv. Quer dizer, é comum ter problemas com violência. Meio que faz você pensar como os escritores realmente se sentiam sobre o subúrbio, não?
Hotch: Foco, por favor!

Morgan: Hey garota, você está no viva-voz. Comporte-se.
Garcia: Ou o quê, vai me dar uma palmada?

Seven Seconds [3.5][editar]

Hotchner: Dostoyevsky disse uma vez, “Nada é mais fácil do que censurar um malfeitor. Nada é mais difícil do que entendê-lo.”

Morgan: [examinando um vídeo de segurança] Bem, não tem como você conseguir um ângulo melhor?
Garcia: Amor, aqui não é Londres; eu só posso trabalhar com o que eles tem. E, acredite em mim quando eu digo que os anos 80 ligaram. E eles querem seu sistema de segurança de volta.

Oficial: A coisa é, ainda há um homem aqui que não foi capturado.
Hotch: Eu sei. E sempre haverá. Mas hoje nós fizemos a diferença.

Hotchner: G.K. Chesterton escreveu: "Contos de fadas não dizem às crianças que dragões existem. Crianças já sabem que eles existem. Contos de fadas dizem às crianças que dragões podem ser mortos."

About Face [3.6][editar]

Hotchner: Erasmo escreveu, "O que é a vida inteira dos mortais se não uma espécie de comédia, em que vários atores disfarçados com roupas e máscaras, caminham representando seu papel até que o diretor os tirem do palco?"

[sobre Garcia]
Rossi: Ela é diferente.
Hotchner: Você não faz idéia.

Rossi: Só estou dizendo... Compartilhar é uma habilidade sábia.

Garcia: [atendendo o telefone] Fale e seja reconhecido pela sua imperatriz, mortal...
Rossi: Quem fala é a analista técnica?

Identity [3.7][editar]

Rossi: "Um reino na Terra não pode existir sem desigualdade entre as pessoas. Alguns tem que ser livres, alguns servos, alguns líderes, alguns seguidores." Martin Luther King.

Emily: [Entrando na sala de Rossi] Parede cinza claro. É uma cor negativa. Fria, distante. Sabe, emocionalmente...cinza claro é ligado a solidão e ao desejo de escapar do mundo.
Morgan:Eu imaginei que as paredes estariam cobertas de placas e condecorações.
Emily: Talvez ele não queira lembrar de vitórias passadas. É um novo capítulo para ele.

Emily: [impaciente com Reid pintando um mapa] Sabe, eu poderia ter te comprado um livro de colorir no aeroporto.
Reid: Estou criando um mapa topográfico, pesando e decodificando todas as localizações chave procurando por algoritmos.
Emily: [confusa] É, é exatamente o que eu pensei que você estivesse fazendo.

Garcia: [revisando os registros de Goehring] Ele também aparece no banco de dados federal por – olha só – grupos agressivos de mílicias.
JJ: Grupos agressivos de mílicias. Tem algum outro tipo?
Garcia: Uh hmm. Esse é o seu governo federal no trabalho. Nós somos especialistas em redundância.

Gerente do parque de trailers: Que diabos você quer? Não sabe ler??
Reid: Não sou um vendedor. Estou com o FBI.
Gerente do parque de trailers : FBI? Você não tá falando sério! Você parece um limpador de cachimbo com olhos. Eu poderia te quebrar como um galho.
Rossi: Mas neste caso... [aparece em cena e mostra sua credencial] ...ele não está sozinho.

Reid: Uma teoria popular entre líderes astrofísicos estima que o reator de hipermatéria precisaria de cerca de 10 a 32 joules de energia para destruir um planeta do tamanho da Terra. Agora, George Lucas disse que demoraria 19 anos para contruir a primeira Estrela da Morte, certo? Mas se você olhar na cronologia essencial, existe um protótipo sendo testado para um super laser que seria... Onde você está indo?
Morgan: Indo pegar de volta os últimos 5 minutos da minha vida.

Lucky [3.8][editar]

Morgan: “Fantasias abandonas pela razão produzem monstros impossíveis.” - Francisco Goya

[Após consertar o computador de um estranho, ele se apresenta]
Estranho: James. James Baylor. Meus amigos me chamam Colby.
Garcia: Penelope. Garcia. Meus amigos me chamam de Maravilhosa.

Morgan: [para Garcia] Bom dia, princesa.
Garcia: Bom dia.
Morgan: Espera... pera aí. [faz sinal para Garcia se aproximar] Todos os dias eu digo "Bom Dia". Todos os dias você diz "Eu vou te mostrar um Bom Dia gostosão". Todo dia. Hoje não?
Garcia: Odeio traçadores de perfis. Você sabe disso?
Morgan: Pode falar.
Garcia: Bem, eu conheci um cara...
Morgan: Você o quê? Onde?
Garcia: Cafeteria. Um pedaço de mau caminho. Eu consertei o computador dele e ele pediu meu telefone.
Morgan: E você...?
Garcia: Dei a ele. Você pode acreditar? Um estranho completo. Eu comentei que ele era um pedaço de mau caminho?
Morgan: Uh, sim, sim. Acho que você disse.

Morgan: Minha mãe nos levava à igreja todos os domingos até eu me mudar. Essa coisa toda de Demônio não me assusta.
Reid: Talvez porque você nunca acreditou de verdade na parte de Deus.
Morgan: Sem ofensa garoto, mas você não sabe no que eu acredito.
Reid: Bem, quero dizer, a lógica diz que se você acredita numa parte, você tem que acreditar na existência da outra.
Hotchner: A reação das pessoas ao Satã é o que encanta esses criminosos. Ele tem poder e seria um erro subestimar.

Garcia: Ah, aquele cara da cafeteria me chamou pra sair, e eu segui seu conselho e recusei.
Morgan: Ah, hm, bem, ótimo, você foi esperta! Definitivamente tinha algo de errado com ele.
Garcia: [sarcástica] Uau, você é um ótimo traçador de perfis. Pôde dizer o quão errado ele era por tão pouco que eu disse.
Morgan: Garcia, não quis dizer...
Garcia: Eu fico pensando, será que era por que ele era tão bonito ou por que ele era tão interessado em mim que fez você pensar em como ele era errado?
Morgan: Garcia...
Garcia: Só porque você não atravessaria uma sala lotada para dar em cima de mim, não significa que um cara mais perceptivo e menos superficial não faria. Hey, Derek, quer ouvir algo ácido? Você é um imbecil!

Emily: Hey, o que está acontecendo entre você e o Morgan?
Garcia: Eu falei com ele sobre o cara que eu encontrei na cafeteria...
Emily: Ah.
[Emily desliga o telefone e vai ate Morgan que estava espiando atrás dela]
Emily: Quando uma mulher diz a um homem sobre seus sentimentos, ela não quer que ele a corrija, e sim que ele cale a boca e ouça.

Morgan:: Eu nunca vi ninguém tão sortudo.
Rossi:: Qual seu ponto de vista?
Morgan:: Você está nisso a muito tempo. Você já viu muitas coisas. Você acha possível que Feylinn tenha...Eu não sei...que ele tenha recebido algum tipo de ajuda de alguém?
Rossi:: Isso é irrelevante. O trabalho é achar o mal, e pará-lo, não de saber de onde ele veio. Deixe alguém fazer esse trabalho. Esse aqui já é duro demais.
Rossi:: Sabe, Reid estava certo.
Morgan:: Sobre?
Rossi:: Se você acredita em um, você tem que acreditar no outro.

Morgan: O novelista inglês do século XVI Thomas Deloney escreveu, "Deus manda a carne e o Diabo os cozinheiros."

Penelope [3.9][editar]

Garcia: William Shakespeare escreveu, "Ame a todos, confie em poucos, não faça mal a ninguém"

JJ: Ela está na cirurgia, não há o que fazer.
Reid: Isso é loucura.

Emily: Cadê o Morgan?
JJ: Ele não atende o celular.
Reid: Vou ligar de novo.

JJ: [Morgan entra] Ela está na cirurgia há algumas horas.
Morgan: Estava na igreja, meu telefone estava desligado.
Reid: Não há nada que você pudesse ter feito aqui.

Hotch: [considerando que o atirador de Garcia tenha roubado sua bolsa] Por que ele correria o risco entrando num quintal fechado?
Rossi: Pior ladrão de bolsas do mundo?

Morgan: [se referindo a Garcia] Perguntei à ela se queria sair comigo noite passada, mas ela estava muito brava comigo, me dispensou.
Reid: Então você acabou indo à igreja?
Morgan: É, o que isso quer dizer? Por um lado, se ela tivesse saído comigo nunca teria levado o tiro. Por outro, qual a possibilidade da primeira vez que eu rezo nos últimos 20 anos ela esteja na maca?

Garcia: [para Reid e Morgan] Quando eu estava na ambulância eu podia ouvir a música "Heroes" tocando na minha cabeça. Eu fiquei oscilando entre consciente e insconsciente e lembro de pensar "Espera, David Bowie é Deus de verdade?".

Garcia: Divirta-se tentando sair do buraco de minhoca.

Garcia: Vá. Seja livre, meu amor.
Morgan: Hey, eu não vou à lugar nenhum.
Garcia: Ah, estou bem. Eu tenho meu esquadrão linha-dura estacionado aqui em frente.
Morgan: Com ou sem esquadrão linha-dura, aquele sofá ali será meu melhor amigo até nós capturarmos esse cara. Agora vai deitar.
Garcia: Okay... mas se você está pensando em se aproveitar de mim, deixa eu ligar para meu médico para que ele me reviva depois. [ambos riem]
Morgan: Hey, tolinha.
Garcia: Hmm?
Morgan: Eu te amo, você sabe disso, não?
Garcia: Eu te amo também.

Emily: [para Garcia] Ah, não se preocupe sobre seus papéis de reintegração: ele vai assinar assim que suas mãos parem de tremer.

Morgan: [dando uma arma à Garcia] Pegue isso e fique alerta.
Garcia: Não não não, eu não acredito em armas!
Morgan: Bem, acredite em mim, elas são bem reais. Agora pegue.

True Night [3.10][editar]

Garcia: Querido, eu sei que você me ama, mas a idéia de você andando por aí tentando consertar isso é mais assustador que levar um tiro.

Reid: "Superman é, apesar de tudo, uma forma de vida alienígena. Ele é apenas um rosto aceitável das realidades invasoras." Autor Clive Barker.

Reid: Você deveria ter me ouvido.
Morgan: Não teria mudado muita coisa, Reid. Deixa pra lá.
Reid: Aquele trevo entre as estradas 405 e 101 é constantemente indicado como o pior caminho no mundo inteiro.
Morgan: Por que você sabe isso?
Reid: Está no relatório do governo.
Morgan: E?
Reid: E, que você trabalha pro governo. Você não lê os relatórios?
Morgan: Sobre os padrões do tráfego numa cidade a duas mil e quinhentas milhas de onde eu vivo?
Reid: Duas mil duzentas e noventa cinco milhas.
Morgan: Não me faça te bater na frente de todas essas pessoas.

Reid: Às vezes para um artista, a única diferença entre insanidade e genialidade é o sucesso.

Morgan: [no telefone com Garcia] Deixa isso pra lá até eu chegar aí. Hey, hey cabeça-dura. Não me faça te dar uns tapas quando eu voltar.
Reid: Não ouça ele Garcia, é só da boca pra fora. [Morgan dá um tapa na cabeça do Reid] Ow! JJ, ele me bateu!
JJ: [sem olhar para cima] Garotos, comportem-se ou vou bater nos dois.

Garcia: Hey, você sabe quem Frank Miller é?
Morgan: Frank Miller... Soa familiar... Suspeito?
Garcia: [ri] Não, desenhista. 300? Sin City?
Morgan: Ah, sei, sei, sei.. Filmes legais.
Garcia: Ele disse uma coisa uma vez que sempre me faz lembrar de você. "O herói Noir é um cavaleiro numa armadura ensanguentada. Ele está sujo e faz o seu melhor para negar o fato de que ele é um herói o tempo todo."

Birthright [3.11][editar]

Hotch: A poetisa americana Anne Sexton escreveu uma vez "Não importa quem foi meu pai, importa quem eu lembro que ele foi."

Hotch: Você está bem?
JJ: Se você para de se preocupar, você está exausta. Se você se importa demais, isso te arruina.
Hotch: Saiba que você fez tudo que poderia. Às vezes com um pouco de sorte conseguimos fazer dar, outras vezes não. Esse é o trabalho. Nunca é perfeito. E ainda é melhor se preocupar.
JJ: Você realmente acredita nisso?
Hotch: Acredito que nunca é perfeito.

JJ: Wordsworth escreveu, "Uma simples criança. Que esboça suavemente sua respiração. E sente a vida em cada um de seus membros. O que ela deveria saber sobre a morte?"

3rd Life [3.12][editar]

Hotch: "Nenhum homem ou mulher que tente perseguir um ideal ao próprio modo, o faz sem angariar inimigos." Daisy Bates

[olhando o computador do Sr. Vaughan]
Sr Vaughan: Hm... Posso te ajudar?
Reid: Hm... hey... hm... eu só estava... hm, checando para ver se Lindsey contatou alguém. Predadores tendem a fazer isso.
Sr Vaughan: Isso está certo?
Reid: Sim, hm, estatísticamente 43% dos predadores...
Sr Vaughan: Lindsey não gosta de computadores.
Reid: Ah. [pausa] Legal.
[sai rapidamente]

Lindsey: Mate-o! Mate-o, papai!
Reid: Solte a arma!
Ryan: Por favor, me ajuda!
Reid: Jack, largue a arma!
Lindsey: Ela implorou e ele riu dela! Ele riu dela!
Ryan: Não ri, não! Eu mudaria tudo... se pudesse! Mas não posso. Por favor... não me mate.
Reid: Jack, você jurou à sua esposa que iria proteger Lindsey. Preste atenção, Jack. Ouviu o que ela quer? Está te implorando pra matar alguém bem na frente dela! Do que você acha que sua esposa queria protegê-la? Jack... sua vida tem sido um ciclo de violência e se fizer isso a de Lindsey também será. É o que você quer?
Ryan: Não, o senhor não quer isso!
Reid: Quando isso termina, Jack?
Ryan: Largue a arma!
Lindsey: Mate-o.
Reid: Quando vai parar?
Jack: Amanhã.

Hotch: "É sábio o pai que conhece seu próprio filho." William Shakespeare.

Limelight [3.13][editar]

Rossi: "Sei de fato que mal pretendo fazer, mas mais fortes que minhas reflexões posteriores é minha fúria, fúria que traz sobre os mortais o maior dos males." Eurípedes.

Rossi: "Pagamos um preço por tudo que conseguimos neste mundo, e vale a pena ter ambições... mas elas não devem ser alcançadas sem esforço." – Lucille Maud Montgomery

Damaged [3.14][editar]

Rossi: "Dentro de cada um de nós está a criança que fomos um dia. Essa criança constitui a base do que nos tornamos, quem somos e o que seremos." Neurocientista Dr. R. Joseph.

Garcia: Realmente não há desculpa aceitável para violência, mas para você vou fazer uma exceção [abre a porta] Ai meu Deus, Agente Rossi!

Garcia: Posso estar com um problema enorme.
JJ: [olhando para seus arquivos, sarcasticamente] Pode entrar.
Garcia: Não acredito que ele apareceu no meu apartamento.
JJ: É como se eu não estivesse fazendo nada aqui...
Garcia: E nós acabamos de ter um seminário sobre confraternização semana passada!
JJ: Eu realmente tenho muito trabalho a fazer, Garcia...
Garcia: Então você não quer ouvir como o Agente Rossi apareceu na minha porta no meio da noite enquanto eu estava desfrutando um banho pós-sexo com o meu companheiro analista técnico Kevin Lynch?
JJ: [levanta a cabeça] Senta.

Kevin: Agente Rossi nós precisamos conversar... sobre a Penelope... Homem para homem.
Rossi: Homem para homem?
Morgan: O que tem a Penelope?
JJ: [cantarolando] Garcia e Kevin sentados numa árvore... [vai embora]
Morgan: Mentira... sério? [vai embora]
Prentiss: Logo quando eu pensei que nada escandaloso jamais aconteceria por aqui.
Reid: O que? Aquilo significa algo?
Prentiss: Você ouviu a JJ?
Reid: A música significava alguma coisa? Não. Não, eu perdi isso!
Prentiss: Ela... ela... ela... Quer saber? Esquece.

Hotchner: "Não existe fórmula para o sucesso, exceto, talvez, pela aceitação incondicional da vida e do que ela traz." Arthur Rubinstein.

A Higher Power [3.15][editar]

Rossi: "Não há como fugir da confissão através do suicídio. E o suicídio é a confissão." - Daniel Webster

Prentiss: Existe alguma possiblidade que, enquanto estamos conversando, você está fazendo outras coisas?
Garcia: O que? Procurando o endereço do Redding?
Prentiss: Te amo, Penelope Garcia.
Garcia: Entra na fila!

Prentiss: "A coisa mais autêntica sobre nós é nossa capacidade de criar, de superar, de suportar, de transformar, de amar e de sermos maiores que nosso sofrimento." - Ben Okri

Elephant's Memory [3.16][editar]

Reid:"Uma alma triste pode te matar rapidamente, mais rapidamente do que um germe." John Steinbeck

Rod Norris: [falando com uma árvore rangindo] Você me acordou de novo essa noite... vai ter uma serra elétrica pra você amanhã.

John: Aqui, leve isso. É minha moeda de um ano, levei seis anos para conseguir. Pelos últimos treze anos nunca saí de casa sem ela. Porque eu sei que se esquecê-la, vou perder minha arma, minha credencial, minha casa... tudo. Acredite nisso.
Reid: Só tenho dez meses.
John: Eu sei.
Reid: É seu bem mais precioso.
John: É sim.
Reid: E você está simplesmente dando para mim?
John: Não... Em dois meses, quando você completar seu primeiro ano, você vai devolver para mim.
Reid: Eu realmente não entendi.
John: Você irá.

Reid: Desculpa, estou atrasado.
Rossi: Espero que ela tenha valido a pena.
Morgan: Espero que tenha sido uma ela.

Garcia: [bebendo café] O garoto tem entendimento técnico, senhor. Mas não tem problema. Eu sou uma entendida técnica. Isso é uma palavra? Soa como uma palavra. Se for uma palavra, eu aceito.
Prentiss: Hora D.C., Garcia. [nota: D.C. = District of Columbia]
Garcia: 11:17 da manhã.
Prentiss: D.C. Descafeinado.

Reid: "Existe um nome andando por aí anotando nomes e, ele decide quem libertar e a quem culpar. Ninguém quer ser tratado da mesma forma." - Johnny Cash.

Reid: "Atravessamos nossas pontes quando vamos até elas, e as queimamos atrás de nós, com nada para mostrar por nosso progresso, exceto a memória do cheiro da fumaça e a presunção de que um dia nossos olhos lacrimejaram." - Tom Stoppard

Reid: Era minha vez de salvar um.
Hotchner: Não funciona assim.
Reid: Deveria.
Hotchner: Sei que é doloroso quando a pessoa com quem se identifica é o vilão.
Reid: O que isso me torna?
Hotchner: Bom no trabalho.

In Heat [3.17][editar]

JJ: "Não existem segredos melhor guardados do que os segredos que todos supõem." - George Bernard Shaw

[logo após a equipe chegar a South Beach, Florida]
Reid: Ha! É sempre quente assim?
[Morgan e Rossi olham duas mulheres andando na rua]
Morgan: Todos os dias, o dia todo.
Rossi: Essa é South Beach.
Reid: Não era sobre isso que eu estava falando.
Hotch: Eles sabem.

Prentiss: Ele poderia estar sofrendo de um agrupamento B.
Det. Tina Lopez: Agrupamento B?
Reid: Hm... um agrupamento de transtorno de personalidades. Também é conhecido como o excêntrico, dramático, agrupamento emocional, um padrão de experiência íntima e agrupamento que se diferencia marcadamente das expectativas de cada cultura individual. Ela se manifesta...
Morgan: [interrompendo] Esse cara é doente.

Garcia: [por telefone à equipe] As digitais pertencem a Deacon Rogers, Odessa, Texas. Ele tinha algumas apreensões – uma por posse de maconha, uma por comportamento lascivo, o que eu acredito ser um código para "gay" no Texas.

[depois de ver JJ e Will se beijando]
Morgan: Bem, finalmente.
Prentiss: Pensei que ela nunca fosse admitir.
Reid:É, tem quase o que, um ano?
Morgan: É, algo assim.

JJ: "Se soubéssemos os segredos uns dos outros que conforto deveríamos encontrar?" - John Churton Collins

The Crossing [3.18][editar]

Prentiss: O autor Christian Nestell Bovee escreveu uma vez, "Nenhum homem é feliz sem uma desilusão de algum tipo. Desilusões são tão necessárias para nossa felicidade quanto as realidades."

Hotchner: Medo é a arma. Se seu alvo está com medo e afetado, então ele venceu.

JJ: Susan B. Anthony disse, "Uma mulher não depende da proteção de um homem, mas precisa ser ensinada a proteger a si mesma."

Tabula Rasa [3.19][editar]

Hotch: "Todas as mudanças, mesmo aquelas pelas quais ansiamos, tem sua melancolia. O que deixamos pra trás é uma parte de nós mesmos. Precisamos morrer em uma vida antes de entrarmos em outra." - Anatole France

[sobre uma foto]
Reid: É notável. Algo assim faz você questionar tudo o que pensava que sabia.
Garcia: É. Como o monólito em 2001.
Reid: Houve realmente um tempo em que algo assim era socialmente aceitável?
Garcia: Ah, você é jovem. Os anos 80 deixaram várias pessoas confusas. Isso é [mostra a foto de uma garota punk] especialmente triste.
Prentiss: [pegando a foto] Tudo bem, muito engraçado, pessoal. Muito engraçado. O que você fez nisso?
Garcia: Fiz?
Prentiss: Obviamente alterou no Photoshop ou algo assim. Esse cabelo...
Garcia: Não, gatinha. Isso é... é só você. Garfield High, turma de 89.
Prentiss: Você não mudou nada mesmo?
Garcia: Eu a peguei como está. Está dizendo que não se lembra de quando era assim?
Reid: Talvez seu não reconhecimento venha de uma fuga dissociativa sofrida na adolescência. Tipo... no show da Souxsie and the Banshees? [nota: é uma banda punk britânica]
Prentiss: É tão estranho. É como uma outra vida.

Det. Jarvis: Você é um pouco jovem, não? Sem ofensas.
Reid: Não me ofendi. Na verdade, a velocidade do processo neural alcançam seu ápice por volta dos 15 anos, então é quando somos afetados pelas cenas de crime e outras formas visuais, o que nos deixa como se tivéssemos a mesma idade.

Garcia: Se você olhar para o seu cursor, vai perceber que ele está se mexendo sozinho. Sou eu invadindo sua rede de segurança. Agora eu tenho o arquivo dela, o número social dela, e porque você está irritada, eu vou mandar ao seu chefe essas fotos das suas férias na Jamaica. Olha bem, sem marcas de bronzeamento.

Sr. Corbett: ... Poesia era algo que elas dividiam. É Wordsworth. "O que o esplendor de outrora tão brilhante, possa agora ser para sempre tirado de tua visão, embora nada possa trazer de volta..."
Reid: "Embora nada possa trazer de volta a hora do esplendor na grama, da glória na flor, nós não nos afligiremos, antes encontraremos força no que ficou para trás."

Lo-Fi [3.20][editar]

Hotch: Voltaire disse, "O homem que experimenta êxtases e visões, que confunde sonho com realidade, é um entusiasta. O homem que alimenta sua loucura com assassinato é um fanático."

Garcia: Por que eu quase nunca viajo com vocês?
Morgan: Acredite, perde a graça.
Garcia: Sei, como massagens e hotéis cinco estrelas perdem a graça.
Prentiss: Lembra quando embarcamos e o champagne estava quente?
Morgan: Quase me demiti da UAC naquele dia.
Garcia: Sabem de uma coisa? Podem fazer piada, porque nunca mais vou sair deste avião.

J.J.: [para Garcia, quando vê Joyner] É impressão minha ou ela é a cara da Haley?

Reid: Gostaria de ter um mapa da divisão da cidade, quero fazer um perfil geográfico completo da área para saber o mapa mental do suspeito antes de ficarmos confusos.
Detetive Preston: Vejo que trouxeram seu próprio computador.

Prentiss: [falando sobre Hotch e Joyner] Eles, hm, tiveram contato quando ela estava na Scotland Yard.
JJ: Claro.

Rossi: Acho que talvez tenhamos um sério problema.
Hotchner: O que é?
Rossi: Temos suspeitos múltiplos. Eles são disciplinados, estão usando contra-vigilância. Eles sabem os movimentos do FBI, existe uma hierarquia. O que normalmente é igual?
Hotchner: Terrorismo.

Quarta Temporada[editar]

Mayhem [4.1][editar]

Hotch: "Nunca pense que a guerra, não importa quão necessária nem quão justificada, não é um crime." - Ernest Hemingway

Morgan: Tem algo que eu realmente queria que você soubesse, Garcia.
Garcia: Guarde pra você! Só saia daí!
Morgan: Não, não, não, ainda não estou lá.
Garcia: Morgan...
Morgan: Só me ouça.
Garcia: Morgan, por favor.
Morgan: Você sabe o que você é, Garcia? [a cena muda e volta para Garcia]
Garcia: Morgan! [a bomba na ambulância que Morgan estava dirigindo explode] Derek?
Morgan: Garcia? [ela suspira aliviada] Vou dizer o que você é para mim. Você é meu conforto dado por Deus. Mulher, me promete uma coisa, não importa o que aconteça, nunca pare de falar comigo...
Garcia: Não posso agora porque estou brava com você.
Morgan: Posso esperar.

Cooper: [com um cigarro na mão] Estou te dizendo, vamos ser pegos.
Brustin: Qual é, garoto. Somos tiras.
Prentiss: [aparece na porta do quarto] Fumar num hospital é crime federal.
Brustin: Está por sua conta, garoto. [e sai]

Morgan: Sou sua carona.
Hotch: Pensei que a Agente Davis ia me levar.
Morgan: Ela ia. Dei outra tarefa para ela.
Hotch: Não tem nada melhor para fazer?
Morgan: Melhor do que irritá-lo por 3 horas? De jeito nenhum.
Hotch: Me dê as chaves.
Morgan: Sem chance, Hotch.

Hotch: Suas ações foram incrivelmente corajosas... Ainda foram de um agente que não confia em ninguém.
Morgan: Hotch, eu fiz aquilo pela equipe.
Hotch: Minha opinião não importa. O emprego é seu se você quiser.
Morgan: Hotch, sua opinião importa pra mim.
Hotch: Minha vida importa para mim, e eu sempre confiaria ela à você. Você faria o mesmo por mim?

The Angel Maker [4.2][editar]

Hotch: "Todos morremos. O objetivo não é vivermos para sempre. O objetivo é criarmos algo que viverá." Chuck Palahniuk

Reid: Essa é uma teoria.
J.J.: Existe outra?
Reid: Pensem... quem divide o DNA exato de outra pessoa?
Morgan: Reid, não está pensando realmente na ideia do irmão malvado, está?
Reid: Não, estou pensando na ideia do irmão ainda mais malvado. Tradicionalmente, tem o conceito do irmão gêmeo bom e do gêmeo mau; mas nesse caso, seria o irmão gêmeo malvado e o irmão gêmeo ainda mais malvado. [todos olham engraçado para o Reid]

[sobre uma possível criptografia nas cartas do Criador de Anjos]
Rossi: O que você precisa para decifrar?
Reid: A habilidade de me clonar e um ano de suprimento de estimulantes.
Rossi: Vou trazer café.

Reid: Eles não eram próximos, estavam apaixonados.
Rossi: Como decifrou?
Reid: Tracei o perfil do autor. Courtland Ryan estava no corredor da morte com membros importantes da Irmandade Ariana.
J.J.: Ele aprendeu o código com os Arianos?
Reid: Ou isso, ou ele leu muita literatura do século XVI. Os Arianos usavam um código baseado em um de 400 anos escrito por Sir Francis Bacon.
Morgan: Então, é um código binário?
Reid: Sim. Bacon usou um alfabeto de 21 letras, esse aqui tem 24. Cada letra é desginada com uma peça da cadeia de cinco dígitos binários. Essa combinação rende 32 combinações possíveis. Normalmente se usaria um computador para rodar todas essas combinações, mas foi mais fácil fazer à mão até achar a certa.
Prentiss: [cutucando a bochecha do Reid] Ele parece tão real.

Hotch: Wendell Berry disse: "O passado é nossa definição. Nós podemos nos esforçar com uma boa razão para escapar dele, ou escapar do que é ruim nele, mas nós escaparemos somente se adicionarmos algo de bom nele."

Minimal Loss [4.3][editar]

Reid: "Seguir somente pela fé é seguir cegamente" Benjamin Franklin.

Prentiss: "Razão não é automática, aqueles que a renegam não podem ser conquistados por ela." Ayn Rand.

Paradise [4.4][editar]

Hotch: Thomas Fuller escreveu, "O paraíso do tolo, é o inferno do sábio."

Hotch: O poeta romano Fedro escreveu, "Coisas não são sempre como parecem; a primeira aparição engana muitos. A inteligência de poucos percebe o que foi cuidadosamente escondido."

Prentiss: Bem, hotéis a beira de estradas definitivamente vão pra minha lista. [Sem reação de Reid ou Rossi] De coisas para nunca se fazer de novo.
Reid: Você tem uma lista?
Rossi: Você não?

[Hotch, JJ e Reid falando com Garcia por telefone.]
Reid: Obrigado Garcia.
Garcia: De nada, meus amigos felpudos!
[Garcia desliga]
Hotch: Lembre-me de pedir o teste de drogas dela.

Catching Out[4.5][editar]

Prentiss: "A abundância permanece no mesmo local. A fome é viajante." Provérbio Zulu.

Prentiss: "Além do leste, o amanhecer. Além do oeste, o mar. E no leste e oeste a sede de vagar, que não me deixará estar." Gerald Gould

[Reid olha para trás após observar a JJ através da janela.]
Prentiss: Então, está considerando?
Reid: Considerando o que?
Prentiss: Ter bebês gênios algum dia.
[Reid fica pensativo.]

[sobre JJ sentir o bebê chutando]
Reid: Isso não te dá medo?
JJ: Não. Por que, isso te dá medo?
Reid: Muito.

Rossi: E se ele já estiver dentro da casa?
Hotch: Então acharemos mais corpos de manhã.

Prentiss: Então, tem algo que queira nos contar?
Morgan: Não.
Prentiss: Sua testa está suando.
Morgan: Não, não está.
Prentiss: Ah, e ele está evitando contato visual!
Reid: A velocidade das piscadas dele acabaram de aumentar.
Morgan: Sabem de uma coisa gente, apesar de tudo eu não quero mais aquele hambúrger.
Prentiss: Você não pode fugir da gente!
Morgan: Ah, me observa!
[Morgan acena tchau enquanto a porta do elevador fecha, deixando Reid e Prentiss para trás. Prentiss ri.]

The Instincts [4.6][editar]

Hotch: Amos Bronson Alcott disse, "Quem fala com seus instintos, fala com que há e mais profundo na humanidade. E encontra a resposta mais breve."

Reid: Bob Dylan disse uma vez, "Acho que as coisas verdadeiramente naturais são sonhos, os quais a natureza não pode tocar com decadência."

Memoriam [4.7][editar]

Reid: "O que o pai calou, aparece na boca do filho; muitas vezes descobre que o filho era o segredo revelado do pai." Friedrich Nietzsche.

JJ: Se qualquer coisa acontecer conosco, fica com você e a Garcia a certeza de fazer com que esse menino entre em Yale.
Reid: [ao bebê Henry] Yale, Henry? Você quer ir para Yale? Aquela era a opção segura do seu padrinho. Não se preocupe, posso conseguir que você entre na CalTech com uma ligação.

Reid: "Não há refúgio da memória e do remorso nesse mundo. Os espíritos dos nossos desejos mais imprudentes nos assombram, com ou sem remorso." Gilbert Parker

Masterpiece [4.8][editar]

Rossi: "Consideremos que somos todos loucos. Irá nos explicar, uns aos outros; irá desvendar muitos mistérios..." Mark Twain.

Rossi: "O ser humano deve desenvolver para todos os seus conflitos um método que rejeite a vingança, a agressão e a retaliação. A base para esse tipo de método é o amor." Martin Luther King, Jr.

[em uma palestra de recrutamento do FBI apresentada por Rossi e Reid]
Aluno: [para Rossi] O que você estudou?
Rossi: Justiça criminal, apesar que "apreciação de esportes" era mais comum na minha faculdade pública [gesticula para Reid]
Reid: Eu tenho doutorados em Química, Matemática e Engenharia. Também tenho bacharelados em Psicologia e Sociologia.
[todos olham boquiabertos para ele]
Outra aluna: Quantos anos você tem?
Reid: Vinte e sete, completei mês passado.

[durante a palestra na escola sobre entrar no FBI]
Reid: [após dizer aos estudantes sua formação] Também estou completando um bacharel adicional em Filosofia. O que me lembra de uma piada.
[Rossi olha para ele ceticamente]
Reid: Quantos existencialistas são necessários para trocar uma lâmpada?
Rossi: [sussurra] Não...
Reid:: Dois. Um para trocar a lâmpada e um para observar como simboliza um raio incandenscente da subjetividade de um outro mundo de insignificância cósmica.
[rindo sozinho, o grupo permanece em silêncio]
Reid: [desajeitadamente] Um existencialista...
Rossi: [interrompe] Tudo bem, antes que ele faça sua piada "toc toc" de física quântica [o grupo ri] alguém tem alguma dúvida sobre as oportunidades no FBI?

[após a palestra]
Rossi: Você sabe que na verdade nós queremos que eles entrem no departamento?
Reid: O que? Sim.
Rossi: Nós queremos que esses garotos pensem que é um lugar legal para trabalhar.
Reid: Eu entendi isso...
Rossi: [sobre a piada dos existencialistas do Reid] Existencialismo?
Reid: Existencialismo é conhecido como...
Aluna: Hey? Reid.
Reid: [distraidamente] Oi. [continua a falar com Rossi] Aquela era uma piada engraçada, o que você quer dizer?
Rossi: Sim, para Sigmund Freud.
Reid: Eu falo que eles não deviam me mandar aqui e eles continuam me mandando, não sei por que.
Rossi: Porque você é jovem.
Reid: "Jovem" ou "Jung"?
Prof Rothchild: [aparece] Dr. Reid, eles não sentariam no escuro e esperariam que a lâmpada resolvesse acender novamente?
Reid: Perdão?
Prof Rothchild: Um existencialista nunca trocaria a lâmpada, ele permitiria que a escuridão existisse.
Reid: [entende] Sim, essa é ótima.

Prof Rothchild: [após lhe dizerem que Reid tinha coisas mais importantes a fazer do que interrogá-lo] Você tem algo mais importante do que a mim?
Rossi: Minha lavagem à seco é mais importante que você.

Prof Rothchild: [depois de ter seus direitos ditos por Morgan] Da próxima vez traga o Dr. Reid com você.
[mais tarde]
Reid: Como pode eu não ter nenhum fã normal?

52 Pickup [4.9][editar]

Prentiss: O autor Harlan Ellison escreveu, "No minuto em que as pessoas se apaixonam, se tornam mentirosas."

[Reid seguiu o conselho de Morgan e fez um truque de mágica para encantar a bartender, Austin, e mostra à ela um esboço do suspeito]
Austin: Tudo bem, como você fez aquilo?
Reid: É informação confidencial.
Austin: Então, o que eu devo fazer se vir esse suspeito?
Reid: Você definitivamente deveria nos ligar. Mesmo que você só pense que o tenha visto, você deve nos ligar.
Austin: [sorrindo flertivamente] E se eu não o vir?
Reid: Desculpa?
Austin: Posso ainda assim te ligar?
Reid: Sim. Sim, você pode me ligar.
Austin: Legal. [Reid dá a volta e sai] Ah espera... Eu não tenho seu número.
Reid: Ah, está atrás do seu grampo.
[Austin passa a mão no cabelo e tira o cartão do Reid. Ele sorri e sai. Ela observa ele sorrindo maliciosamente]
Morgan: Vê? É isso que eu estou falando. Se chama jogo!

Jordan: É, hm, esse o cara que você estava me contando?
Prentiss: Viper, essa é a Agente Jordan Todd da UAC, Jordan esse é o Viper, o presente de Deus às mulheres.
Jordan: Uau, com certeza Deus tem um senso de humor.

Rossi: P. J. O'Rourke escreveu, "Asseio se torna mais importante quando a piedade é improvável."

Brothers in Arms [4.10][editar]

Morgan: "Somos todos irmãos sob a pele, e eu estaria disposto a esfolar a humanidade para provar." Ayn Rand

Morgan: "Aquele que hoje derramar seu sangue comigo, será meu irmão." William Shakespeare

Normal [4.11][editar]

Hotchner: "Todo homem normal já se sentiu tentado a cuspir em suas mãos, içar a bandeira negra e começar a cortar gargantas." H. L. Mencken.

Morgan: [segurando o bebê da JJ] Olha, olha, o que ele está fazendo? Ele está sorrindo para o Derek Morgan.
Garcia e Prentiss: [olham uma para a outra] Gases.

Rossi: "Não há tragédia maior que a morte de uma criança. As coisas nunca voltam a ser como antes." Presidente Dwight Eisenhower

Soul Mates [4.12][editar]

Reid: "Nenhum mortal pode manter um segredo. Se seus lábios se calam, falam as pontas dos dedos; a traição emana dele por todos os poros." Sigmund Freud

Morgan: O historiador britânico C. Northcote Parkinson disse, "O atraso é a mais mortífera forma de negação."

Rossi [em resposta à questão "Onde você conseguiu esse garoto, o Dr. Reid?"]: Ele foi deixado numa cesta nos degraus do FBI.

Bloodline [4.13][editar]

Prentiss: Winston Churchill disse, "Não há dúvida de que é na família e em casa que as melhores virtudes da sociedade são criadas, fortificadas e mantidas."

Hotchner: Mario Puzo escreveu, "A força da família assim como no exército, está na fidelidade de seus membros."

Cold Comfort [4.14][editar]

JJ: "E assim, durante toda a noite, eu me deito ao lado da minha querida, minha querida, minha vida e minha noiva. Nesse sepulcro ao pé do mar, em seu túmulo ao pé do sonante mar." Edgar Allan Poe

Rossi: "Para aqueles que crêem, nenhuma prova é necessária. Para aqueles que não crêem, nenhuma prova é possível." Stuart Chase

Garcia: Você só está com ciúmes porque você não tem o ingrediente mágico.
Prentiss: Eu tenho o ingrediente mágico. Ele se chama adoçante.
[Garcia ri]

Garcia: Reid, me fala a data de nascimento da Prentiss.
Reid: 7:12 da manhã, 12 de outubro de 19...
Prentiss: Hey!

Zoe's Reprise [4.15][editar]

Rossi: "Nunca ensino meus pupilos; só tento dar as condições nas quais possam aprender." Albert Einstein

Eric Olson (o suspeito): Sempre soube que eu acabaria na prisão, era só uma questão de quando. Você pode vir me entrevistar se quiser. Eu li em um de seus livros que foi como você construiu o banco de dados comportamentais, certo? Talvez você possa aprender algo comigo. Eu tenho muitas perguntas sobre mim. Serei honesto com você se você for comigo. Porque uma coisa que você sempre pergunta é aquela que eu não entendo. Por que?

Rossi: A romancista australiana Marie Von Ebner-Eschenbach escreveu, "Quando somos jovens, aprendemos; quando ficamos velhos entendemos."

Sra. Hawkes: Soube que vocês o pegaram.
Rossi: Pegamos.
Sra. Hawkes: Ele vai para a cadeia?
Rossi: Pelo resto da vida.
Sra. Hawkes: Isso não faz com que me sinta melhor. Ele está vivo, a Zoe, não. Mas ela ficaria feliz em saber que o pegou.
Rossi: Espero que sim.

Pleasure is my Business [4.16][editar]

Hotchner: "A prostituta não é como as feministas dizem, uma vítima dos homens, mas a sua conquistadora. Uma fora da lei que controla os canais do sexo entre a natureza e a cultura." Camille Paglia

Demonology [4.17][editar]

Prentiss: Leonardo da Vinci disse, "Aquele que não pune o mal, ordena que ele seja feito."

Prentiss: Hotch ainda está aqui?
Garcia: Ah, tenho quase certeza que ele mora aqui.

Prentiss: É como no fim de "Os Vivos e Os Mortos". Quando Gretta se lembra do rapaz que ela amou quando era mais jovem, e diz, "Acho que ele morreu por mim."
Rossi: Sabe, James Joyce também disse, "Não há heresia ou filosofia tão abominável para a Igreja quanto um ser humano."

Omnivore [4.18][editar]

Hotchner: "O destino não se satisfaz inflingindo uma calamidade." Autor romano Públio Siro

Hotch: [sobre a arma que Rossi estava oferecendo-o] Pode guardá-la.
Rossi: Tem certeza?
Hotch: Foi meio dramático, não acha?
Rossi: Minha esposa sempre disse que eu levo jeito para o drama.
Hotch: Qual delas?
Rossi: Todas.

Hotchner: Acabou.
Foyet: Pare. Vou matá-lo.
Hotcher: Você precisa que ele escreva sua história.

Foyet: Já disse que vou matá-lo.
Hotcher: Você o mata, eu te mato.

Hotchner: "Os homens juntam os erros da vida, criando um monstro e o chamam de destino." John Hobbes

House on fire [4.19][editar]

Hotchner: Tennessee Williams disse, "Todos vivemos numa casa pegando fogo, nenhum corpo de bombeiros para chamar; nehuma saída."

Hotchner: "Amei até virar loucura. Aquela que é chamada loucura, para mim é a única maneira lógica de amar." Françoise Sagan

Conflicted [4.20][editar]

Reid: "A luz pensa que viaja mais rápido que qualquer coisa, mas está errada. Não importa quão rápido a luz viaja, ela sempre percebe que a escuridão chegou antes, e está esperando por ela." Terry Pratchett

Reid: Stephen King escreveu, "Monstros são reais, e fantasmas são reais também. Vivem dentro de nós, e às vezes vencem."

A Shade of Gray [4.21][editar]

Rossi: Dr. Burton Grebin uma vez disse, "Perder um filho é o mesmo que perder um pedaço de si próprio."

Rossi: (falando para o detetive Lancaster) Mas você tem a obrigação de proteger e servir.

Prentiss: Danny me disse o que fez com Kyle. Sabem o que ele fez?
Sr. Murphy: Sim, sabemos.
Prentiss: Tudo que ele fez? Danny fez Kyle engolir partes do avião.
Sr. Murphy: O quê? Ele não fez isso.
Prentiss: Mandou Danny cuidar do temperamento? Com o que mais se preocupavam?
Prentiss: Danny disse que tinham um cãozinho, mas ele morreu.
Sra. Murphy: Deus...
Prentiss: Seu filho está doente e precisa de ajuda.
Prentiss: A verdade é que Danny não é capaz de sentir remorso. Não sente nada.
Prentiss: O filho que estavam tentando proteger é um sociopata.

Morgan: Essa família, seus amigos, perderam 2 crianças quando Danny matou Kyle.
Lancaster: O que isso significa, afinal?
Rossi: O que o quê significa?
Lancaster: Proteger e servir. Dizemos isso todo dia. Proteger quem? Servir a quem?
Lancaster: Aquele homem estragado, na outra sala, matou pelo menos 2 crianças. Sabem o que ele é...Vocês que o encontraram.
Lancaster: E aquela família decente, amorosa...Como algo que aconteceu hoje pode ter servido para alguém? Quem ganhou no final?
Rossi: Esse é o ponto. Não escolhemos quem ganha, detetive. Mesmo que signifique que ninguém ganhe.

Rossi: Andre Maurois escreveu, "Sem sua família, o homem, sozinho no mundo, treme com o frio."

The Big Wheel [4.22][editar]

Hotchner: "Para que a luz brilhe intensamente, a escuridão deve estar presente." Francis Bacon

Morgan: "Não importa quão obscuro seja o momento, amor e esperança sempre são possíveis." George Chakiris

Roadkill [4.23][editar]

Hotchner: "Não tenho certeza sobre os automóveis. Com toda essa velocidade adiante, podem retroceder a civilização." Booth Tarkington

Prentiss: Bem, acho que é seguro afirmar que nosso suspeito é homem.
Hotch: Concordo com você, sabendo que ele dirige agressivamente e tem raiva no trânsito.
Prentiss: E o fato que homens tem um elo anormal com seus carros.
JJ: Verdade.
Morgan: Espera um pouco, eu não sei nada sobre anormal.
JJ: Uma vez eu namorei um cara que lavava mais seu carro do que seu próprio cabelo
Rossi: Um bom carro precisa de amor.
JJ: E uma mulher não?
Rossi: Não sou qualificado a responder essa pergunta.

JJ: "A voz humana nunca pode chegar a uma distância que ainda está coberta por uma pequena voz da consciência." Mahatma Gandhi

Amplification [4.24][editar]

Reid: "E tornar-se-á em pó miúdo sobre toda a terra do Egito, e se tornará em sarna, que arrebente em úlceras, nos homens e no gado, por toda a terra do Egito." Exôdo 9:9

Rossi: Acha que as pessoas ficariam melhores sabendo de tudo que evitamos desde 11 de Setembro? Faria se sentirem mais seguras ou vulneráveis? Você fez a coisa certa.
Prentiss: Sim, eu sei disso. Sei que não ajudaria nada se a mulher soubesse o que aconteceu do outro lado da rua da família dela.
Prentiss: Menti, porque era meu trabalho. Queria protegê-la.
Rossi: Então o que está te perturbando?
Prentiss: Sou ingênua em querer que mentir seja sempre errado?
Rossi: Com este trabalho...
Prentiss: É...Às vezes nosso trabalho é um saco.
Rossi: Sim.
Prentiss: Ainda assim, na próxima vez não hesitarei em mentir de novo.
Rossi: Temos várias coisas para levar conosco ao túmulo.

Reid: [para Morgan, após acordar do ataque de antrax] Você está comendo gelatina?
Morgan: Hey garoto. Hey Doutor, ele acordou!
Reid: Tem mais gelatina?

Dra. Kimura: O vírus e a cura estão sendo guardados em Fort Detrick, com todos os outros bio-agentes que as pessoas não conhecem.
Morgan: Verdade. O que mais guardam lá...

Reid: "Segurança é mais uma superstição. Não existe na Natureza, ninguém, seja criança ou adulto, que a experimentou completamente." Helen Keller

To Hell... And Back (Part 1) [4.25][editar]

Hotchner: Flannery O'Connor disse, "Se não houvesse o inferno, seríamos como animais. Sem inferno, sem dignidade."

To Hell... And Back (Part 2) [4.26][editar]

Reid: Já sentiu que esse caso não ia acabar bem?

[após ver os pares de sapatos de 89 vítimas]
Det. Benning: Deus...
Morgan: Não acho que Deus tenha vindo aqui a um bom tempo.

Hotchner: Às vezes não existem palavras, nem citações inteligentes que possam resumir nitidamente o que aconteceu naquele dia. Às vezes você faz tudo certo, tudo exatamente certo, e ainda assim você sente que falhou. Precisava ter terminado daquela forma? Algo poderia ter sido feito para prevenir a tragédia em primeiro lugar? Oitenta e nove mortes na fazenda de porcos, as mortes de Mason e Lucas Turner fazem com que sejam noventa e uma vidas extinguidas. Kelly Shane irá para casa e tentará se recuperar, se reconectar com sua família, mas ela nunca mais será uma criança. William Hightower, que deu sua perna por esse país, deu o resto de si para vingar o assassinato da irmã. Isso faz com que noventa e três vidas sejam para sempre alteradas, sem contar a família e amigos na pequena cidade de Sarnia, Ontario, que pensavam que monstros não existiam, até eles aprenderem que passaram suas vidas com um. E sobre minha equipe? Quantas vezes mais eles conseguirão olhar dentro do abismo? Quantas vezes mais antes deles nunca mais conseguirem recuperar os pedaços que esse trabalho toma? Como eu disse, às vezes não há palavras ou citações inteligentes que poderiam resumir nitidamente o que aconteceu naquele dia."
The Reaper: Você deveria ter feito o acordo.
Hotchner: Às vezes, o dia somente...
[a tela escurece, quando um tiro é ouvido]
Hotchner: "... acaba."

Quinta Temporada[editar]

Faceless, Nameless [5.1][editar]

Garcia: (para Reid) Sabe, para um garoto esperto você faz perguntas muito idiotas.

Rossi: “Um homem fraco tem dúvidas antes de uma decisão. Um homem forte as tem depois.” Karl Kraus

JJ: Acabei de falar com o Spence. Ele vai ficar bem. Vai usar muletas por um tempo, mas ele disse que chutar portas é trabalho do Morgan, mesmo.

Rossi: Sabe por que estou te dizendo isso?
Hotchner: Sim.
Rossi: Nenhum outro grupo no mundo conseguiria fazer o que sua equipe fez em algumas horas.
Hotchner: Sou grato pelo que está tentando fazer, Dave
Rossi: Pegaremos o Foyet.
Hotchner: Prometi à Haley que o pegaríamos, mas a verdade é que, se ele parar de matar, não temos como rastreá-lo. Ele parou por 10 anos, só pelo prazer de assistir a vida de Shaunessy se acabar...Do que o Jack vai lembrar de mim, em 10 anos?
Rossi: Hotch, olhe para mim. Estou te dizendo, vamos pegá-lo.

Haunted [5.2][editar]

Hotchner: “Não se precisa ser uma câmara para ser assombrado, não se precisa ser uma casa. O cérebro tem corredores que ultrapassam o lugar material.” Emily Dickinson

Rossi: (sobre Hotch) Ele evoluiu.
Morgan: Qual é, nós escrevemos aquelas perguntas. Hotch sabe exatamente como respondê-las.

Garcia: [sobre a perna do Reid] Ela dói?
Reid: Ela só dói quando penso nela, o que é praticamente o tempo todo.

Hotchner: “Não há testemunha tão amedrontadora, acusador tão terrível quanto a consciência que no coração de cada homem.” Políbio

Reckoner [5.3][editar]

Rossi: " Justiça sem força é impotente; força sem justiça é tirânica.” Blaise Pascal

Hotch: Você me disse que poderia viajar. Você mentiu.
Prentiss Safadinho.
Reid: Não, eu não menti. Sou um doutor, então tecnicamente não era uma mentira.
Garcia: O que era então?
Reid: ... Uma segunda opinião?
Garcia: Você é minha vadia agora.

Rossi: " Eu sempre achei que a misericórdia traz melhores frutos do que a justiça estrita." Abraham Lincoln

Hopeless [5.4][editar]

Morgan: Kingman Brewster, Jr. disse, “Não existe esperança duradoura na violência, apenas alívio temporário da desesperança.”

Morgan: William Shakespeare escreveu, “Esses prazeres violentos tem fins violentos.”

Cradle to Grave [5.5][editar]

JJ: Jornalista William D. Tammeus escreveu, “Você não conhece realmente a natureza humana a menos que você saiba por que uma criança num carrossel acenará aos pais em todas as voltas e os pais acenarão de volta.”

Garcia: [para o Reid no viva-voz] Tenho uma planilha de um deles esperando compensação pelo filho que vou ter.
[Morgan entra]
Morgan: Algo que você queira me dizer Garcia?
Garcia: Ah, essa é a parte triste meu príncipe. A combinação geneticamente perfeita de Penélope Garcia e Derek Morgan não valeria muito.

The Eyes Have It [5.6][editar]

Morgan: " Se teu olho direito te faz pecar, arranca-o e lança-o de ti." Mateus 5:29

Morgan: " Viva em paz na casa de seu próprio ser, e o mensageiro da morte não será capaz de tocá-lo.” Guru Nanak

The Performer [5.7][editar]

Reid: “Em todas as páginas sombrias do maligno sobrenatural, não há tradição mais terrível do que a do vampiro – um pária mesmo entre demônios.” Escritor Montague Summers.

Garcia: A senha era Cullen.
JJ: Claro.
Reid: Colan?
JJ: Cullen, a família vampira de Crepúsculo.
Reid: O que é Crepúsculo?
JJ: Você já leu alguma outra coisa além de livros técnicos?
Reid: Não em inglês.

JJ: Eu vou conversar com a BFF* da Tara antes que os pedidos da imprensa apareçam e tudo vire uma bagunça.
Reid: O que é BFF?
  • Nota: BFF – Best Friends Forever (Melhores Amigos Pra Sempre)

Prentiss: Ele vai ficar bem?
Morgan: Ele tem uma arma.

Prentiss: O escritor Cyril Connolly disse, “Melhor escrever para si mesmo e não ter público algum do que escrever publicamente e não ter a si mesmo.”

Outfoxed [5.8][editar]

Morgan: “O homem geralmente evita atribuir inteligência a alguém, exceto à um inimigo.” Albert Einstein

100 [5.9][editar]

Hotchner: “Aquele que luta com monstros deve tomar cuidado para que ele mesmo não se torne um. E se olhar muito tempo para um abismo, o abismo te encara de volta.” Friedrich Nietzsche

Rossi: Qual o motivo disso tudo Erin? Por que?
Strauss: Para que isso nunca mais aconteça de novo.
Rossi: Não há nada que uma burocrata possa fazer para assegurar que algo assim jamais aconteça novamente.

Hotchner: O poeta Haniel Long disse, “Boa parte do que há de melhor em nós está ligado ao amor de nossa família, que arruína a medida de nossa estabilidade, porque ela mede nosso sentido de lealdade.”

The Slave of Duty [5.10][editar]

Hotchner: W. S. Gilbert escreveu, "É o amor que faz o mundo girar." E se isso for verdade, então o mundo girava um pouco mais rápido com a Haley nele. Haley foi a minha melhor amiga desde que estávamos no colegial. Nós certamente tivemos nossos conflitos mas, se havia algo que nós concordássemos incondicionalmente, era nosso amor e comprometimento com nosso filho Jack. O amor de Haley por Jack era algo alegre e feroz. Essa ferocidade é a razão dela não estar aqui hoje. O amor de mãe é uma força incomparável na natureza e todos nós podemos aprender algo pela maneira que Haley viveu. A morte dela fez com que todos nós parássemos e fizessmos um balanço de nossas vidas para vermos quem somos e o que nos tornamos. Eu não tenho todas essas respostar para mim, mas eu sei quem ela era. Ela era a mulher que morreu protegendo a criança que nós trouxemos ao mundo juntos, e eu vou garantir que o Jack cresça sabendo quem a mãe dele era e como ela amou e o protegeu, e o quanto eu a amei. Se ela estivesse aqui conosco, ela nos pediria não para lamentar sua morte, mas sim, celebrar sua vida. Ela nos diria... nos diria para amar nossas famílias incondicionalmente e mantê-los perto, porque no fim eles são tudo que realmente importa. Eu encontrei a Haley nos testes da peça de teatro "Os Piratas de Penzance" do nosso colégio. Eu encontrei a nossa cópia da peça e enquanto olhava, encontrei uma passagem que me pareceu apropriada para esse momento: "Oh seca as lágrimas cintilantes que orvalham dessa face guerreira, ouvi tuas crianças, e nelas procure conforto, com muito carinho, envolva seus braços, porque oh, eles não conseguem suportar ver seu pai chorar."

Hotchner: “Onde nosso amor está é o lar, lar onde nossos pés podem sair, mas não nossos corações.” Oliver Wendell Holmes

Prentiss: A fantasia acabou. É isso que você faz com elas? Você bate nelas, chuta, e as força a participar da sua ilusão doentia?
Joe: Eu as amo.
Prentiss: Você vai finalmente encontrar sua alma-gêmea Joe, na prisão. Só que agora você não vai poder forçá-lo do jeito que você fez com essas mulheres. E quando ele vier no meio da noite atrás de você quando você menos esperar, me faça um favor, coopere.

[no túmulo da Haley]
Rossi: Pressenti que poderia te encontrar aqui. Já disse a ela?
Hotchner: Dizer a ela o que?
Rossi: Que você está voltando à equipe, que lutar contra os caras maus é quem você é.
Hotchner: Eu não preciso dizer a ela, ela já sabe.

Rossi: Cicatrizes nos lembram de quem nós fomos, elas não dizem aonde vamos.

Hotchner: " O que está por trás de nós e o que está na nossa frente são questões minúsculas se comparadas com o que está dentro de nós.” Ralph Waldo Emerson

Retaliation [5.11][editar]

Prentiss:"Os homens estão mais dispostos a retribuir uma injustiça do que uma caridade, pois a gratidão é um peso e a vingança um prazer.” Tácito

Schrader: " É loucura da ovelha conversar em paz com o lobo.” Thomas Fuller

[depois que Prentiss é atropelada por um caminhão]
JJ: Como se sente?
Prentiss: Me sinto como se tivesse sido atropelada por um caminhão.

Prentiss: “Existe uma santidade nas lágrimas. Elas não são marcas de fraqueza, mas sim de poder. Elas são mensageiras de uma mágoa esmagadora e de um amor não dito.” Washington Irving

The Uncanny Valley [5.12][editar]

Eric: Sentimos sua falta aqui.
Reid: Ah, obrigado. Obrigado.. Eu... ahm... Eu tive que dar um tempo.
Eric: Por que?
Reid: Eu costumava jogar com um colega de trabalho, ele é provavelmente o melhor com quem já joguei. Um dia ele simplesmente decidiu que não queria mais jogar.
Eric: Então você desistiu também?
Reid: Pelo contrário. Eu tentei jogar todos os movimentos possíveis num tabuleiro de xadrez..
Eric: É um número infinito de jogadas.
Reid: Não é infinito. É só um número exponencialmente grande.
Eric: Você não conseguiria jogar todos.
Reid: Existe uma média de quarenta movimentos por jogo, e eu te digo algo: Quanto mais jogo, mais eu realizo cada movimento, cada jogo de xadrez é só uma simples variação do mesmo tema, entende? Começos agressivos, meio de jogo paciente, xeque-mate inevitável, e eu entendi porque meu amigo desistiu. Ele estava cansado de repetir os mesmos padrões e esperar um final diferente.
Eric: Então você tem o equivalente a uma vida de estratégias de xadrez na sua cabeça e você não está usando isso?
Reid: Eu ainda uso isso, eu só... uh... eu uso de uma forma diferente. Eu tenho que ir, bom ver você.

Reid: Mildred Lisette Norman escreveu, "Qualquer coisa que você não possa renunciar quando se torna sem utilidade, te possui. E nessa era materialista, muitos de nós somos possuídos por nossas posses."

Garcia: Okay pessoal, acabei de pegar os registros médicos da Samantha Malcolm e, meu Deus, ela foi condenada. Condenada como a Emily Brontë, condenada como Shakespeare, condenada como o distintivo vermelho da camisa de Star Trek.

Reid: Isaac Asimov escreveu, "Na vida, diferente do xadrez, o jogo continua depois do check-mate"

Risky Business [5.13][editar]

JJ: "A vida é um jogo, jogue-o. A vida é preciosa demais, não a destrua.” Madre Teresa

[no avião]
Garcia: Então eu vou bisbilhotar nos computadores dos adolescentes mortos?
Rossi: Esse avião raramente faz viagens divertidas.

[Morgan vê um garoto digitando uma mensagem de texto, o que interrompe a palestra do Reid]
Morgan: Hey, garoto, não é uma boa ideia. Deixa eu ler isso. (lê a mensagem no celular) 'De que planeta esse cara veio?'

[observando Garcia conversando com um suspeito]
Rossi: Ela é boa, estabeleceu uma harmonia quando nem o Morgan nem o Reid conseguiram.
Hotchner: Devíamos trazer ela sempre.

Reid: O que é isso?
Prentiss: É chamado enigma da estrela. É basicamente impossível de resolver. Se você encaixar todas as peças, forma uma estrela. Mas a origem disso é uma espécie de conto romântico. Havia um jovem príncipe que quis ganhar o coração da moça mais bela de sua terra, então ele escalou até o topo da torre mais alta do reino e capturou uma estrela-cadente para ela. Infelizmente ele estava tão contente que derrubou-a e ela quebrou em vários pedaços, então ele frenéticamente juntou as peças de volta para provar seu eterno amor e obteve sucesso. E eles viveram felizes para sempre.
Reid: Isso não faz sentido.
Prentiss: O que você quer dizer?
Reid: Você não pode capturar uma estrela-cadente. Ela queimaria na atmosfera.
Prentiss: Sim, mas não é literalmente Reid, é uma fábula.
Reid: Mas não tem moral da história, fábulas tem.
Prentiss: : Ok, então é só uma histórinha romantica. A questão, [Reid pega o enigma não-solucionado] é que é basicamente impossível montar todas as peças do jeito certo... [Reid coloca o enigma resolvido na mesa] Tem muito coisa para odiar em você Dr. Reid.
Rossi: Jogue Poker com ele algum dia.
Morgan: Tente jogar jogar Xadrez.
Garcia: Ou Reversi.

JJ: Hotch.
Hotchner: JJ, você não precisa fazer isso.
JJ: [mexendo no colar] Minha irmã, me deu isso quando eu tinha onze anos. Ela veio no meu quarto numa tarde e me disse que não importava o que acontecesse, ela me amava. Esse era o colar favorito dela, então eu disse que não aceitaria, mas ela insistiu. Eu, é claro, estava muito feliz por dentro porque sempre quis um como o dela. Essa foi a última vez que eu...
Hotchner: Sinto muito.
JJ: Eu penso nela todos os dias. Isso realmente melhora Hotch. Perder alguém nunca é fácil, mas um dia você vai lembrar dela e não vai doer, você vai ser feliz.
Hotchner: Obrigado. Muito obrigado por tudo.

JJ: "A experiência é um professor brutal. Mas você aprende - meu Deus, você aprende." C.S. Lewis

Parasite [5.14][editar]

Rossi: “Se eu sou o que eu tenho e perco o que tenho, então quem eu sou?” Psicólogo alemão Erich Fromm

Morgan: Hey baby girl, sou eu. Você está no viva-voz.
Garcia: Ah querido, não ligo pra quem ouça. Sempre foi você.

Rossi: A CIA designa no máximo dois ou três pseudônimos para cada agente. Mais do que isso é difícil para acertarem os nomes.

Morgan: Você não está gostando disso, não é?
Reid: Eu gosto de uma boa pilha de papel. Acho meditativo.
Morgan: É tão difícil assim ser uma pessoa normal uma vez?

Prentiss: “Oh, que teia entrelaçada nós tecemos, primeiro nós treinamos para depois falharmos!” Sir Walter Scott

Public Enemy [5.15][editar]

Rossi: “Me mostre um herói e eu te escrevo uma tragédia.” F. Scott Fitzgerald

Hotch: Há várias maneiras dos filhos derrotarem seus pais.
Reid: Eu continuo conseguindo PhD’s.

Rossi: William Shakespeare escreveu “Quando um pai dá a um filho, ambos riem; quando um filho dá a um pai, ambos choram.”

Mosley Lane [5.16][editar]

Prentiss: Nietzsche escreveu: "A esperança é o pior dos males, porque prolonga os tormentos de um homem."

Sarah Hillridge: Há um momento na manhã que eu acordo e tenho um segundo de paz. E então tudo volta. Tudo isso.

Sarah Hillridge: Há quanto tempo o senhor faz isso Dr. Reid?
Reid: Cinco anos, sete meses e dezenove dias.
Sarah Hillridge: Com a sua experiência, o que normalmente acontece?
Reid: O Charlie tinha oito anos quando foi pego, o que significa que em termos de desenvolvimento ele estava na meia-infância. Ele tinha um grande senso do que era certo e errado e um grande entendimento de seu lugar no mundo. Mentalmente, ele tinha a habilidade de falar sobre seus pensamentos e sentimentos, enquanto se concentrava menos em si e mais nos outros.
Sarah Hillridge: Então, você acha que ele vai ficar bem?
Reid: Com uma mãe como você, que fez tudo isso, eu acho. Eu sou um doutor. Eu coloco minha fé em fatos e probabilidades estatísticas, mas hoje oito pais vão ter uma conclusão. Três crianças vão para casa com suas famílias - tudo porque você acreditou que seu filho estava vivo. Isso é o mais próximo de um milagre que eu já vi.

Sarah Hillridge: :[entra na sala onde JJ, Prentiss, e Garcia estão] Eu tenho tentado pensar em algo para dizer, e obrigada não chega nem perto.
JJ: Você não tem que nos agradecer.
Sarah Hillridge: Sim, eu tenho. Vocês sabem quanto faz desde que alguem acreditou em mim? Você estão cercados pelas trevas. Por que fazem isso?
[elas olham para as famílias]
Prentiss: Por causa de dias assim.

JJ: Emily Dickinson escreveu: "Esperança é aquilo com penas, que pousa na alma, e canta a melodia sem palavras, e nunca para."

Solitary Man [5.17][editar]

Prentiss: Tenessee Williams disse, “Nós todos fomos sentenciados ao confinamento solitário dentro de nossas almas, por toda a vida.”

Rossi: Então, quanto tempo você vai demorar para entrar naquela vala?
Reid: Entrar na vala? Eu levei um tiro no joelho, lembra-se? Meu médico disse que eu não poderia fazer nenhuma escalada.
Rossi: É uma vala.
[os dois ficam em silêncio, Reid olha os sapatos do Rossi antes de entrar na vala]
Reid: Sapatos novos hein? Couro italiano?
Rossi: É, o que eu poderia te dizer?

Rossi: Alguma ideia do porquê?
Reid: Não.
Rossi: Bem, acho que há uma primeira vez para tudo.
Reid: Hey Rossi, eu vou precisar de uma ajudinha para sair dessa vala.... Rossi? Rossi? Hey… Entendi.

Morgan: Cristopher Lasch disse, “Família é o céu num mundo sem coração.”

The Fight [5.18][editar]

Hotch: Encontrei o paradoxo, que se você ama até doer, não há como ter mais dor, somente mais amor.” - Madre Teresa

Prentiss: Então como um britânico (Se referindo a ele)
Mick: Um britânico lindo.

Mick: O Tenderloin é cheio de drogados que seriam fáceis de controlar, mas a primeira vítima não estava drogada e esse sujeito parece ser um cara saudável. Exceto pelo lance da morte.

Mick: Admita. Estou começando a te agradar.

Cooper: Eu tenho uma doença. Sou alérgico a burocracia.

Mick: Então, o que você está vestindo?
Emily: Uma arma.

Garcia: Fale comigo.
Cooper: Penelope Garcia. Sam Cooper.
Garcia: Sam Cooper? Por toda a minha vida pensei que você fosse uma história inventada por alguem.

Garcia: Serei rápida como o vento. Prepare-se para dizer "uau" senhor.

Mick: Terão que tomar cuidado com ela. Vai demorar pra me superar.
Prentiss: Como espantar um vírus.

Mick: Sabe, eu poderia ter errado.
Emily: Com o seu ego? Sem chance.

Rite of Passage [5.19][editar]


Prentiss: "As horas de trabalho de um leão são só quando ele tem fome, assim que se satisfaz o predador e a preza vivem juntos pacificamente." - Chuck Jones

Reid:(sobre as armas no avião) Acho que não estou autorizado a usar uma delas.
Morgan e Hotch: Não está.

Xerife:(sobre Garcia) Se você está procurando um presente para mim, uma dela seria bem apreciada.
Rossi: Estamos certos que quebraram o molde.

Prentiss: Muitas pessoas tem a ideia do errado do que constitui a verdadeira felicidade... Ela não é alcançada por auto-gratificação, mas através da fidelidade de um propósito ilustre.” - Helen Keller

...A Thousand Words [5.20][editar]


Rossi: Um verdadeiro artista tenta criar algo que seja, por si mesmo, uma coisa viva.” - William Dobell

Policeman: Por que quando um homem se mata faz uma grande bagunça, mas quando uma mulher se mata, não tem nenhuma?
Rossi: Uma mulher pensa em quem vai limpar a bagunça depois, mas o homem não.

Morgan: Hey Prentiss, sin to win*.
Prentiss: Desculpa, o que?
Morgan: Qual é, agora eu quero saber, que diabos é um fim de semana “sin to win*” em Atlantic City?
Prentiss: Derek, eu tenho um respeito enorme por você, mas tem algumas perguntas que se você precisa fazê-las, significa que você não saberia lidar com a resposta.
Morgan: Tem um outro lado totalmente diferente nessa mulher.
Reid: Eu nunca perco.
Morgan: Um outro lado.
  • Nota: Sin to Win foi um evento que ocorreu na Comic-Con para a promover o jogo Dante’s Inferno da EA Games.

Hotch: Gandhi disse, “Vi crianças superarem com sucesso os efeitos de heranças do mal. Isso se deve a pureza, sendo um atributo herdado pela alma.”

Exit Wounds [5.21][editar]


Garcia: : "A natureza, em seus aspectos mais deslumbrantes, ou partes estupendas, nada mais é que o palco da tragédia do homem." John Morley

Hotch: Acho que alguem vai ter que dividir o quarto.
Morgan: Eu não vou dormir com o Reid.
Garcia: [segurando a mão do Morgan] Meu.

[Garcia e Kevin ao telefone]
Kevin: O que quer dizer, você e o Morgan estão dividindo o quarto?
Garcia: Ah, você está com ciúmes.
Kevin: Ciúmes? Por que? Porque você está dividindo o quarto com um 007 moderno e musculoso?
Garcia: Hmm, ele está mais para Jason Bourne.
Kevin: Ah, e sobre o que era para eu ter ciúmes?
Garcia: Ele ficou com o chão.
Kevin: Tudo bem, só assegure que ele mantenha a arma guardada, ok?

Garcia: Ver sangue me fazia sair correndo e duas noites atrás eu corri na direção dele.
Morgan: Significa que está se transformando em alguém mais forte do que imaginava. Se importou o suficiente para arriscar sua própria vida para tentar salvar alguém.
Garcia: Sim, mas...Qual é a diferença entre ser forte e estar cansada? Estou com medo, Derek. Não quero esquecer quem eu sou só pra poder fazer este trabalho.
Morgan: Estamos num dos lugares mais bonitos na Terra. Sei que você vê isto, não é?
Garcia: Sim.
Morgan: Então não temos nada com que nos preocupar. É quem você é, gatinha. Você vê beleza em tudo e em todos não importa onde vá.
Morgan: Essa parte de você nunca vai mudar, e não vou permitir.
Garcia: Não preciso que me proteja.
Morgan: É difícil. Mas acho que vou ficar nesse trabalho mais um pouco.
Garcia: Vai? Por mais quanto tempo?
Morgan: Todos os dias da minha vida.
Garcia: Eu meio que te amo, Derek Morgan.
Morgan: Eu meio que te amo, Penelope Garcia.

Garcia: Ralph W. Sockman disse, "Nada é tão forte quanto a gentileza, e nada é tão gentil como a verdadeira força."

The Internet Is Forever [5.22][editar]


JJ: Bem… olá (Reid entra na sala com um novo corte de cabelo, bem curto)
Hotch: O que, você entrou numa boy band?

Hotch: O único grande problema da comunicação, é a ilusão de que ela foi alcançada.” - George Bernard Shaw

Rossi: “A Internet é a primeira coisa que a humanidade criou que não entende – o maior experimento sobre anarquia que já tivemos.” - Eric Schmidt

Our Darkest Hour [5.23][editar]


Morgan: Alfred Lord Tennyson escreveu: "E de fora da escuridão vieram as mãos que chegaram através da natureza, moldando o homem."

Suspeito: Acha que vão se lembrar de mim agora?
Detetive Matt Spicer: Você me destruiu, era isso que queria ouvir?
Suspeito: Bem, é... melhor.
Detetive Matt Spicer: [para Morgan] Prometa-me que ela vai ficar bem Morgan.
Suspeito: Isso, prometa a ele.

[Morgan, machucado, balança negativamente a cabeça]

Kristin Spicer: Faça isso, prometa a ele!
Detetive Matt Spicer: Prometa-me Morgan.
Morgan: Tudo bem, tudo bem! Eu prometo.
Detetive Matt Spicer: Eu amo você Ellie.

[suspeito atira em Spicer, que cai no chão, aparentemente morto]

Morgan: Não! Spicer! [para o suspeito] O que há de errado com você?

[suspeito bate no Morgan e pega Ellie]

Suspeito: Eu normalmente não gosto de pegar crianças... Mas, essa é, especial.
Morgan: Nós vamos encontrar você, seu filho da mãe!
Suspeito: É outra promessa?

[ele deixa a casa com Ellie enquanto Kristin grita desesperadamente, e a cena corta para um “Continua”]

Sexta Temporada[editar]

The Longest Night [6.1][editar]

Billy Flynn: Devemos matá-lo?
Ellie: O quê? Não!
Billy Flynn: Viu, Ellie? Somos um time. Você acabou de decidir que o homem deve viver. Então a questão não é porque eu mato pessoas, e sim porque não mato todo mundo. Eu decido quem morre, mas, sobretudo, decido quem vive. Sou como Deus e agora você é, também.

Billy Flynn: Até mesmo Deus acha que, às vezes, as pessoas têm apenas azar.

JJ: [Falando com Billy Flynn pelo rádio] Mas eu sou uma mãe. E eu, eu sei o que a sua mãe te fez quando você era pequeno. O que ela fez você assistir, o que ela deixou que homens fizessem com você, isso só faz você... isso não é justo. E ninguém pode melhorar isso. Queria poder. De verdade. Mas se eu pudesse voltar no passado e fazer com que aquilo que estava acontecendo parasse, eu pegaria você no colo e diria que tudo ficaria bem. Ela não deveria ser a causa da sua dor, mas sim fazer com que isso vá embora. Ela deveria te abraçar e dizer que tudo ia ficar bem. Deveria dizer que um trovão é o boliche dos anjos e que está tudo bem em ter medo do escuro, e que não é tão bobo pensar que podem existir monstros em seu armário, e que está tudo bem dormir na cama só mais uma vez, porque é assustador ficar sozinho no quarto. Deveria dizer que está tudo bem ter medo, e não ser a causa dele. Mas mais importante, ela deveria te amar não importa o quê.
JJ: O que aconteceu com você não foi justo, não está certo. Eu deveria empatizar com você, simpatizar, entender. Mas eu não posso. Seria uma mentira. A verdade é que eu não entendo o que você fez. Eu não simpatizo com você matando pessoas todos esses anos, e eu especialmente não entendo por que você pegou a Ellie. O que eu posso fazer, é dizer o que uma mãe diria. Que você não pode acabar com a sua dor machucando alguém. Que isso não fará com que as noites em que você esteve sozinho e assustado sejam melhores se você assustar alguém como está assustando a Ellie. O que aconteceu com você não foi justo, mas o que você está fazendo com ela também não é. E se existe alguém que entenda como é se sentir assim, esse alguém é você.
JJ: Você tem o poder. Você pode fazer o que quiser. Mas por agora, você pode escolher usar esse poder para fazer com a Ellie o que deveria ter sido feito com você. Pode escolher deixá-la ir. Pode escolher ensinar a ela que sim, monstros existem, e está tudo bem ter medo deles, mas não está bem deixá-los vencer, e muito menos ser um deles.

Morgan: [Em frente à Billy Flynn, o suspeito] Atira em mim. Você sabe que pode fazer isso. Eu estudo caras como você pela minha vida toda. Eu sei mais sobre você do que você mesmo.
Billy Flynn: Bem, você pode não ter medo, mas eles tem. [apontando para os refens]

JJ: "Família é o lugar onde as mentes entram em contato entre si. Se essas mentes amam umas as outras, o lar será tão bonito quanto um jardim florido. Mas se essas mentes entrarem em desarmonia umas com as outras, será como uma tempestade que destrói o jardim." Buda

JJ [6.2][editar]

JJ: Jean Racine disse, "Uma tragédia não precisa ter sangue e morte; é suficiente que ela seja cheia daquela tristeza majestosa que é o prazer da tragédia."

Prentiss: Não acho que seja sobre o caso.
Garcia: Você sabe de algo?
Prentiss: Eu sei de algo?
Garcia: Ela repetiu a pergunta. Você sempre diz que isso é um sinal.
Morgan: Você sabe por que J.J. está lá?
Prentiss: Eu não faço ideia.

Prentiss: Não...
Morgan: Espera, eu pensei que o Hotch pudesse...
JJ: Está acima do poder dele... Da Strauss também.
Reid: Eles não podem simplesmente te levar embora.
Prentiss: Então não fazemos nada?
JJ: Já está feito.
Morgan: Não pode ser tão simples.
JJ: Mas é.
Morgan: Esse trabalho já é duro o bastante. O que eles estão tentado fazer, nos enterrar?
Prentiss: Você é boa demais. Esse é o problema.
Rossi: É verdade. Você está na lista de desejos de todo mundo. Nossa perda é o ganho de alguém.
Reid: Eles não podem simplesmente te levar embora...

JJ: Você ainda está aqui?
Garcia: Imaginei que no fim você viria até mim. Você está partindo? [pausa] Você poderia ter me dito. Eu poderia ter feito algo. Eu poderia ter feito com que fosse impossível para eles deixarem você ir. Eu poderia ter colocado algo na sua ficha.
JJ: Não depende de mim. Ou do Hotch.
Garcia: Eles não entendem que somos uma família? Que esse trabalho só dá certo porque somos uma família? Será que eles ligam?
JJ: Não sei.
Garcia: Não posso acreditar... Okay. Não. Isso... Eu deveria dizer que essa é uma grande oportunidade. Porque é. Eu não sei como esse lugar vai funcionar sem você. Você é a cola aqui. Quem vai fazer a gente se sentir seguro?
JJ: Tem um monte de homens bem fortes por aqui.
Garcia: Consegue ver, bem aqui? Sua total ignorância no quão maravilhosa você é? É uma das 5 mil coisas que eu amo sobre você.
JJ: Ainda vou estar na cidade. Okay? Mais que o normal provavelmente.
Garcia: Claro. Então faremos um plano. Café-da-manhã toda terça. E aí a vida entra no meio. E se eu só ver você em aniversários e feriados?
JJ: Não vou deixar que aconteça.
Garcia: Tudo bem. Melhor mesmo que não porque eu sei onde te encontrar. Quer ir embora comigo?
JJ: Tem, tem outra coisa que eu tenho que fazer antes de ir. [as duas se abraçam pela última vez]

JJ: Sou grata a todos os anos que passei com essa família, por tudo que dividimos, cada chance que tive de crescer. Levarei o melhor deles comigo e usarei como exemplo aonde quer que eu vá. Um amigo me disse para ser honesta com vocês, e aqui vai: isso não é o que eu queria, mas seguirei meu caminho. Talvez porque eu tenha visto tudo como uma lição ou porque não quero andar brava por aí. Ou talvez seja porque eu finalmente entendi. Existem coisas que não queremos que aconteçam, mas temos que aceitar. Coisas que não queremos saber, mas temos que aprender. E pessoas que não podemos viver sem, mas temos que deixar partir.

Remembrance of Things Past [6.3][editar]

Rossi: Marcel Proust disse, "Lembranças de coisas do passado não são necessariamente lembranças de como elas eram"

Rossi: Mark Twain disse, "Quando eu era jovem, eu conseguia me lembrar de tudo, quer tenha acontecido ou não; mas as minhas capacidades mentais estão enfraquecendo agora, e logo não lembrarei de nada além do que jamais aconteceu. É triste ficar em pedaços assim, mas todos temos que passar por isso."

Compromising Positions [6.4][editar]

Garcia: Abraham Lincoln disse, "Quem quer que você seja, seja alguém bom."

Garcia: Eu já disse que te amo?
Morgan: Todos os dias. Está implícito.

Prentiss: "Todos usamos máscaras, e o tempo vem quando não conseguimos removê-las sem remover nossa pele junto." – Andre Berthiaume

Safe Haven [6.5][editar]

Morgan: "Toda a humanidade é uma família indivisível e única. Eu não posso me separar da alma mais perversa." - Mahatma Gandhi

Morgan: "Mas eu tenho promessas a cumprir, E milhas para percorrer antes de dormir, E milhas para percorrer antes de dormir." - Robert Frost

Devil's Night [6.6][editar]

Hotch: Nicolau Maquiavel disse "Se o mal tem que ser feito a um homem, que seja de maneira tão severa que sua vingança não precise ser temida."

Hotch: Thomas Kempis escreveu, "O amor não sente obrigações, não pensa nada sobre seus problemas, tenta o que estiver acima de sua força, não defende desculpas para a impossibilidade; para isso acredita que todas as coisas são legítimas por si mesmas, e todas as coisas são possíveis."

Hotch: Uau, definitivamente esse não é o Homem-Aranha.
Jack: Ele não é um super-herói de verdade.
Hotch: Ele não é? Tudo bem, desisto. Quem você deveria ser?
Jack: Sou você, papai!
Hotch: Vamos pegar alguns doces, meu pequeno Homem do Governo.

Middle Man [6.7][editar]

Hotch: "A multidão procura o líder, não pela sua causa, mas pela sua influência; e o líder os recebe por vaidade ou necessidade." – Napoleão Bonaparte

[Garcia distribui tablets para a equipe]"
Prentiss: Whoa!
Garcia: Bem vindos ao século 21. Sim, tecnologia. Observem. Todos têm um novo tablet gráfico.
Reid: Estamos sem papel?
Garcia: Temo que não, Doutor da Idade das Trevas. Fiquei antiquada pelo seu capricho anti-tecnológico — arquivos em papel, fotos impressas. Mas o, uh, ábaco é nossa responsabilidade.
Hotch: Garcia, não que eu não aprecie seus esforços, mas de onde veio o dinheiro para isso?
Garcia: Eu fiz uma coisa...
Hotch: "Uma coisa?"
Garcia: Melhor não falarmos sobre a coisa.
Hotch: Falaremos sobre a coisa mais tarde.

Hotch: "Sem heróis, nós somos pessoas comuns e não sabemos até onde podemos chegar." – Bernard Malamud

Reflection of Desire [6.8][editar]

Garcia: Acredito que a humanidade nasceu de um conflito. Talvez seja a razão que em todos nós exista um lado obscuro. Alguns de nós escolhem aceitá-lo. Alguns não tem opção. O resto de nós luta contra isso. Mas no fim, é tão natural quanto o ar que respiramos. Em algum momento, todos somos forçados a encarar a verdade. Nós mesmos. Para mim, esse dia chegou.

Detetive Croft: Já vi muita coisa ao longo dos anos, mas nada como isso.
Prentiss: Como o quê?
Croft: Eu não percebi no início, mas quando vi, soube que tinha que chamar vocês.
[Eles olham para o corpo]
Morgan: Olhe o rosto dela, Prentiss.
Prentiss: Yep.
Croft: Suponho que já viram de tudo.
Prentiss: Pensei que sim. [para o Morgan] O que você acha?
Morgan: Nada de bom. [para o médico-legista] Precisamos de fotos angulares do corpo, do tronco, close-ups do rosto e da boca.
Croft: Quem fez isso tem uma mente que eu não quero entender.
Prentiss: É um luxo que não podemos nos permitir.

Rossi: Apenas uma vítima?
Hotch: O que ele fez com ela é o que me preocupa.
Garcia: Morgan mandou isso. [entrega a pasta]
Hotch: Ele e Prentiss estão esperando no distrito.
[Reid, Rossi e Hotch olham as fotos]
Reid: O corpo parece posicionado, braço esquerdo levantado... Uau, essa é a primeira. Entendi sua preocupação.
Garcia: O quê?
Rossi: Ele não tirou só a foto.
Garcia: Reid, o quê?
Reid: Os lábios foram removidos.
Garcia: Ah meu Deus.
Rossi: Talvez seja um troféu?
Reid: [enquanto está comendo] Talvez ele tenha comido?
Garcia: Guardarei isso na lembrança pelo resto da minha vida.
Reid: Você perguntou.

[Reid, Hotchner e Prentiss estão na estação de trem onde a última vítima foi sequestrada]
Reid: Você está aqui para escolher uma mulher, mas não quer chamar a atenção.
Hotch: Bem, parado aqui no meio, olhando as mulheres como um tolo, irá chamar a atenção. [Reid encara uma mulher passando] Como você está fazendo agora.
Reid: Como o quê?
Prentiss: E assim [estrala os dedos], o Q.I. de 187 cai para 60.

Garcia: "A fama vai passar, a fama que tive por tanto tempo vai embora. Sempre soube que era volúvel. De qualquer modo, eu a experimentei, mas não é a essência do que vivo." – Marilyn Monroe

Into the Woods [6.9][editar]

Morgan: Ralph Ellison disse, "Entendam, eu sou invisível simplesmente porque as pessoas se recusam a me ver."

Hotch: Elise Cabot disse, "O mal resiste a um momento de euforia, e então não deixa outra coisa senão uma couraça queimada."

What happens at home... [6.10][editar]


Rossi: Não será fácil, Ashley. Pode trazer memórias extremamente dolorosas.
Ashley: Obrigada pela preocupação. Mas quando o seu pai mata 25 mulheres antes de você se tornar uma adolescente, memórias dolorosas não precisam de gatilho. Elas simplesmente acontecem.

Hotch: "Quando eramos crianças pensávamos que, quando crescêssemos não seríamos tão vulneráveis. Mas crescer é aceitar a vulnerabilidade. Estar vivo é ser vulnerável." Madeleine L'Engle, escritora.

Garcia: Então, como está indo com a agente cujo pai era... Você sabe.
Reid: Como sabe disso?
Garcia: Posso ter olhado o passado de alguém. Não vou deixar um estranho viajar com minha familia sem saber quem é.
Reid: Ela parece estar bem.
Garcia: O que é isso na sua voz?
Reid: O quê na minha voz?
Garcia: Meu Deus, você acha ela bonita.
Reid: O quê? Nunca disse isso.
Garcia: Você acha com certeza. PG, desligando, garoto apaixonado.

Ashley: Mas o que não entendo...O Sr Jacobs fez uma pergunta sobre meu pai e...Eu não odeio o meu pai. Não odeio. Tento, mas não consigo.
Rossi: Não importa o que mais ele seja, ele é seu pai. Você não é responsável pelas coisas que ele fez. Mas não pode mudar o fato de que para você...Ele ainda é seu pai.
Ashley: Só sinto que ele sai ganhando se eu não o odiar.
Rossi: Não, menina...Não há ganhos. Há somente...Vida, superação e, se continuar assim, você ficará bem.
Ashley: É verdade?
Rossi: É para mim.
Ashley: Obrigada

Rossi: "Crianças começam amando seus pais. Ao crescerem, julgam-nos...e, as vezes, os perdoam." Oscar Wilde, Escritor.

25 to Life [6.11][editar]

Morgan: "Não existe algo como liberdade condicional." - Nelson Mandela.

Morgan: "Toda verdade é fácil de ser compreendida depois de ser descoberta. O problema é descobri-la!" - Galileu.

Corazon [6.12][editar]

Reid: "Nenhum homem escolhe o mal porque é mal. Apenas confunde com felicidade a virtude que procura." - Mary Wollstonecraft Shelley.

Prentiss: Ei Você está bem?
Reid: Sim, porquê?
Morgan: Você nunca se atrasa.
Reid: A reunião já começou?
Garcia: Vamos começar agora.
Reid: Então não estou atrasado.

Seaver:Está na fila?
Reid:Como?
Seaver: Para o café. Desculpe.
Reid: Não, não. Eu só estava pensando
Seaver: Não está sempre?

Morgan: Ei, oque está acontecendo com você? Não vai dar um monte de dados sobre a área e a demografia?
Reid: O nome Allapattah vem da palavra americana nativa pra jacaré.
Morgan: Aí está. Esse é o garoto que eu conheço.

Julio: Sua cabeça está girando porque está cheia de fantasmas. Acha que consegue estar nesse trabalho dia sim, dia não e não carregá-lo com você? Está devorando sua alma.

Doctor: Ja considerou uma causa psicossomática.
Reid: Psicossomática?
Doctor: Significa um stress mental ou emocional.
Reid: Eu sei o que significa. Mas não é.

Reid: "As melhores e mais belas coisas da vida não podem ser vistas, nem tocadas, devem ser sentidas com o coração." - Hellen Keller.

The thirteenth step [6.13][editar]

Prentiss: Friedrich Nietzsche escreveu, "O que mais aumenta a indignação contra o sofrimento não é o sofrimento em si, mas a falta de lógica do sofrimento."

Prentiss: Willian Glasser escreveu: "O que aconteceu de doloroso no passado tem tudo a ver com o que somos hoje."

Sense Memory [6.14][editar]

Morgan: "A caça não é um esporte. Em um esporte, ambos os lados sabem que estão em jogo." Paul Rodriguez, Comediante.

Rossi: Porque é mesmo que a chamam de Cidade dos Anjos?
Reid: Foi chamada inicialmente de Vila de Nossa Sra. Rainha dos Anjos ( Todos o olham estranho ) Foi uma pergunta retórica, não foi?

Garcia: Ao Vivo de Quantico, Virginia, aqui é a divina Penélope Charmosa, Los Angeles, é nosso primeiro e favorito participante. Fale comigo.
Morgan: Ok Mulher. Sabe que é maluca, não é?
Garcia: Mas como sempre diz, não odeie o jogador, odeio o jogo.

Hotch: Táxis tem GPS?
Garcia: Táxis são mais rastreados que o Twitter da Gaga.
Reid: O que isso significa?
Rossi: Explico pra ele, Garcia.
Garcia: Ensine-o a idolatrar a outra Lady G, chefe.

Prentiss:Pode ser o cheiro que o está atraindo para sua vítimas.
Reid: Destilação de Extração
Prentiss: Espero que saiba o que acabou de dizer, porque não faço nem ideia.

Reid:Está passando 'Solaris', a versão original. Quer ir?
Prentiss: Foi o Morgan que tramou isso?
Reid:O que?
Prentiss:Morgan pediu pra você me ligar?
Reid:Morgan nem tem idéia do que seja 'Solaris'.

Prentiss: Mas obrigada.
Reid: Pelo que?
Prentiss:Por ser você.
Reid:Oh, obrigado. Não sei ser outra pessoa.
Prentiss: É o que eu amo em você.

Prentiss: "Nada revive o passado tão plenamente quanto o cheiro que uma vez esteve associado à ele." Vladimir Nabakov, Romancista.

Today I do [6.15][editar]

Rossi: "É dificil lutar contra um inimigo que tem limites em sua cabeça." - Sally Kempton

Prentiss: Não há acaso, destino, que possa impedir uma alma determinada." - Ella Wheeler Wilcox

Coda [6.16][editar]

Reid: "Amanhã você promete a si mesmo que vai ser diferente, ainda assim, amanhã nada mais é do que uma repetição de hoje." – Autor James T. McCay

Seaver: É aquele que eles voam por aí numa cabine telefônica?
Reid: Em primeiro lugar, é um posto policial, não uma cabine telefônica. E em segundo lugar, Doctor Who começou 25 anos antes de Bill e Ted começarem a sair nas suas aventuras extraordinárias então eles deviam ter chamado de “A Grande Fraude de Bill e Ted”. Pelo menos eles deviam ter feito...
Seaver: Sinto muito.
Reid: Pelo quê?
Seaver: Por ter perguntado.

Morgan: O menino definitivamente gosta de desenhar, mas não consigo entender o que ele está desenhando.
Hotchner: Isso é um cachorro.
Morgan: Como você consegue saber que isso possivelmente é um cachorro?
Hotchner: Talvez um pai saiba.

Prentiss: Eu sabia que você estava me observando.
Doyle: Como é aquele ditado? "Mantenha seus amigos perto, e seus inimigos sob vigilância".
Prentiss: Estive aqui por duas horas. Você deveria saber que não se deve deixar uma dama esperando.
Doyle: Isso soa como hipocrisia, já que eu tive que esperar por sete anos.
Prentiss: Olá Ian.
Doyle: Olá, Lauren. Ah, espera, Lauren Reynolds morreu naquele acidente de carro, não?
Prentiss: O que você quer?
Doyle: Você. Oh, não hoje, não se preocupe. Mas logo.
Prentiss: Eu tenho uma Glock apontada pra sua virilha. O que me impede de arrancar suas “pequeninas”, agora mesmo?
Doyle: Você nunca chegaria ao seu carro, você sabe disso. Me diga, a adorável Penelope Garcia sabe a verdade sobre você? Ou ela está ocupada demais assistindo filmes com o Derek para se preocupar? Aqui está você, sozinha, enquanto o Aaron está em casa com seu filho. E por que o Dave e a Ashley não convidaram você para o jogo hoje a noite? Talvez eles devem ter achado que você estaria na polícia com Dr. Reid. [ele ri] Bem, aquele tem algumas peculiaridades.
Prentiss: Aproxime-se da minha equipe, e eu acabo com você.
Doyle: Não tenho uma rixa com eles. Quanto tempo isso vai durar, depende unicamente de você. Eles são inocentes, você não.
Prentiss: Eu estava fazendo meu trabalho.
Doyle: Acho que você fez um pouco mais que isso. Você tomou a única coisa que importava para mim, então vou tomar a única coisa que importa para você – sua vida. [coloca uma caixa de fósforos com um trevo de quatro folhas em cima da mesa entre eles] “Honore de Balzac disse, ‘Muitos homens de ação são propensos de fatalismo e muitos homens de pensamento acreditam na providência’. Me diga, Emily Prentiss, qual dos dois você acha que vai ser?

Valhalla [6.17][editar]

Prentiss: Lao Tzu disse, "Quando eu desisto do que eu sou, eu me transformo no que poderia ser."

Prentiss: Jornalista Dorothy Dix escreveu, "Confissão é sempre sinal de fraqueza. A alma solene guarda seus próprios segredos e suporta sua própria punição em silêncio."

Rossi: Quanto mais jogadores trouxermos, mais rápido vamos chamar a atenção da Erin.
Hotchner: A Strauss já sabe.
Rossi: Estou surpreso que ela não estava no SCIF.
Hotchner: Ela está de férias.
Rossi: Ah, ótimo, agora ela nunca mais vai tirar outras férias.

[Prentiss joga sua bolsa na mesa, assustando Reid]
Prentiss: Desculpa.
Reid: Pensei que você estivesse lá.
Prentiss: Você está bem?
Reid: Sim, tenho certeza que essas vítimas se cruzam de alguma forma. Garcia pegou seus dados telefônicos, mas até agora não encontrei nada.
Prentiss: Você deu um pulo.
Reid: Tenho tido essas dores de cabeça bem intensas ultimamente.
Prentiss: Você foi a um médico?
Reid: Sim, a alguns, mas nenhum conseguiu descobrir o que pode ser.
Prentiss: Oh, sinto muito. Alguém sabe?
Reid: Você.
Prentiss: Não direi a ninguém.
Reid: Eu sei. Eles vão se preocupar, sabe? Não que você não vá se preocupar, mas eles só vão me fazer sentir como se fosse um bebê, sabe?
Prentiss: Sei.

Lauren [6.18][editar]

Prentiss: "O segredo para mentir bem é acreditar com todo seu coração que mente mais para si mesmo, do que mente para os outros." - autora Elizabeth Bear

Garcia: [Em uma mensagem na caixa postal de Emily] Hotch me pediu para tentar todos os seus números e eu tenho esse numa lista antiga, e você provavelmente nem use ele mais, mas se é você, e você está aí: volta pra casa, por favor. Por Deus Emily, o que você pensou? Que você poderia sair assim das nossas vidas? Estou tão furiosa com você! [Emily começa a chorar] Então eu penso em quão assustada você deve estar, se escondendo em algum lugar escuro, sozinha. Mas você não está sozinha, okay? Você não está sozinha. Nós estamos nesse lugar escuro com você, com lanternas e gritando seu nome. Então, se você consegue nos ver, volte pra casa. Mas se você nao puder... então... fique viva. Porque estamos a caminho.

Clyde Easter: Agente Hotchner, você fez um juramento de proteger as leis do seu país e eu fiz um para proteger os segredos do meu.

JJ: Psicoanalista Walter Langer escreveu, "As pessoas acreditam numa grande mentira mais rápido do que numa pequena; e se você repetir suficientemente, mais cedo ou mais tarde acreditarão nela."

With Friends Like These... [6.19][editar]

Reid: Lizette Reese disse, "As crenças antigas acendem suas velas sobre tudo, mas a áspera verdade vem e as apaga."

Morgan: Siddharta Buddha disse, "Não é seu inimigo ou adversário que o seduz para o caminho do mal."

Hanley Waters [6.20][editar]

Morgan: O poeta Antonio Porchia disse, "O homem, quando não sofre, quase não existe."

Morgan: [falando sobre Emily] Minha amiga morreu bem na minha frente. E devo agir, como se nada tivesse acontecido? Sabe, nós entramos aqui e conversamos com você, mas...e você? Em que estágio você está?
Hotchner: No mesmo que você...Queria que ela estivesse aqui.

The Stranger [6.21][editar]

Hotch: Stephen King escreveu, "Às vezes lugares humanos criam monstros desumanos."

Garcia: Mas uma especialista inocente como eu se assusta com barulhos noturnos.
Reid: Porque se preocupa? Tenho certeza que Morgan te protegerá. Desde que não pule na cadeira como um adolescente

Morgan: Acha que a garota não sabia que o suspeito estava esperando por ela lá em cima?
Reid: Vilão.
Morgan: O que?
Reid: Nos filmes os suspeitos são chamados de vilão.

Reid: Quer saber porque filmes de terror fazem tanto sucesso?
Morgan: Porque, gênio?
Reid: Eles tocam no nosso instinto de sobrevivência. Em épocas tribais, o grito feminino era sinônimo de perigo e os homens retornavam para proteger seu bando. Por isso são as mulheres e não os homens as vítimas do bicho papão.
Seaver: Contamos com você, Reid, para arruinar o filme.

Reid: O que Strauss faz aqui?
Garcia: Seja o que for, voto em 'não é bom'.

Reid: Eu andava de bicicleta na faculdade.
Morgan: Porque não tinha idade para dirigir, Einstein.
Reid: Eu sabia dirigir, mas o governo não me deu licença antes dos 14 anos.

Seaver: "Toda jornada ao passado fica confusa por ilusões, memórias falsas e falsas citações de eventos reais." – Adrienne Rich

Out of the Light [6.22][editar]

Rossi: Ágaton disse, "Isso nem Deus tem, o poder de fazer com que as coisas do passado nunca tenham acontecido."

Hotch: Doménico Cieri Estrada escreveu, "Traga o passado somente se construirá algo a partir dele."

Big Sea [6.23][editar]

Rossi: "O mar nunca foi amigável com o homem. No máximo ele tem sido um cúmplice da inquietação humana." – Joseph Conrad

Morgan: "Nós somos atados ao oceano. E quando voltamos ao mar, seja para velejar ou para observar, nós voltamos para onde viemos." – John F. Kennedy

Supply & Demand [6.24][editar]

Hotch: "E ainda para cada mal, existe um pior." – Thomas Hardy

Rossi: "O que depende da nossa força para ser feito, também depende da nossa força para não ser feito." – Aristóteles

Sétima Temporada[editar]

It Takes a Village [7.1][editar]

JJ: Rainha Elizabeth I disse, "O passado não pode ser curado."

Reid: A vida de um garotinho estava em risco, eu calculei a probabilidade de sobrevivência dele e não era boa. Se você quiser me punir por arriscar então te encorajo a fazer isso, mas não coloque o resto da minha equipe em teste por algo que eu sugeri.
Crammer: Acalme-se agente!
Reid: Eu estou calmo e é "Doutor".

Prentiss: As únicas pessoas que eu conheço que poderiam cumprir aquela missão acabaram de sair. Eles fazem seu trabalho com integridade e, mais importante, eles honram seu juramento; "Eu apoiarei e defenderei a Constituição dos Estados Unidos da América contra todos os inimigos, estrangeiros ou nacionais; Nutrirei legítima fé e obediência aos mesmo; e eu assumo essa obrigação espontâneamente, sem qualquer restrição de consciência ou intenção de me eximir, e eu cumprirei bem e fielmente meus deveres com a agência a qual estou prestes a ingressar. Então que Deus me ajude."

Proof [7.2][editar]

Reid: "Se é um milagre, algum tipo de evidência dirá. Mas se for um fato a prova é necessária." Mark Twain.

JJ: Spence. Nós precisamos falar sobre isso.
Reid: Não quero falar sobre isso.
JJ: Eu entendi, ok. Está desapontado com o jeito que lidamos com Emily.
Reid: Escute, estou ocupado.
JJ: Sabe o que eu acho que é? Está chateado que eu e Hotch controlamos nossas micro expressões no hospital e não pôde detectar nosso teatro.
Reid: Acha que é sobre minhas habilidades de profiler? Jennifer, me escute. O único motivo pelo qual enganaram minhas percepções é porque eu confiava em você. Estive na sua casa por 10 semanas chorando a perda de uma amiga e você não teve a decência de me dizer a verdade.
JJ: Eu não podia.
Reid: Não podia? Ou não queria.
JJ: Não. Não podia.
Reid: E se eu voltasse a tomar Dilaudid? Deixaria?
JJ: Você não começou.
Reid: É, mas pensei em fazê-lo.
JJ: Spence. Sinto muito.
Reid: É tarde demais, ok?

Hotch: Reid, se quer ficar bravo com alguem, fique comigo.
Reid: Não posso. Não foi na sua casa que eu fui chorar por 10 semanas.

Rossi: É so questão de tempo e ritmo certo. E se você acha que não consegue fazer do jeito correto, por favor, peça uma pizza.

Reid: Desculpem o atraso.
Rossi: É por isso que cozinho sozinho.

Dave: Scott Adam escreveu, "Nada melhor que a vingança para inspirar o perdão."

Dorado Falls [7.3][editar]

Reid: "Homens não são prisioneiros do destino, mas são prisioneiros de suas próprias mentes." -"Franklin D. Roosevelt."

Rossi: "Nós nascemos sozinhos, vivemos sozinhos, morremos sozinhos. Somente através do amor e da amizade podemos criar a ilusão, por um momento,que não estamos sozinhos." - "Orson Welles"

Painless [7.4][editar]

Reid: "Você pode sair da escola, mas ela nunca sairá de você." - Andy Partridge
Hotchner: "A dor é o quebrar da concha que aprisiona a compreensão." - Kahlil Gilbran

Reid: Caras como eu? Minha posição social melhorou bastante depois que comecei a ganhar no basquete.
JJ: Sério ? Você jogou basquete?
Reid: Não joguei. Eu treinei. Quebrei o time adversário com estratégias.
JJ: Por isso que Morgan te expulsou do basquete semana passada?
Reid: Sim. Ele levou 3 rounds pra perceber que eu o enganava.

Morgan: Certo, liguem-me se tiver alguma outra pergunta. Meu número é 702-555-0103
Reporter: E qual o seu nome senhor?
Morgan: Dr. Spencer Reid. R-E-I-D

Reid: [Morgan com fone de ouvidos] Interrompemos sua programação musical para um importante anúncio: nunca trave uma guerra de trotes contra um graduado no MIT, pois nosso contra-ataque é nuclear. Agora relaxe e se delicie com o agradável som da minha voz gritando no seu ouvido. [grita]Ah
Morgan: Está bem, garoto. Foi lindo. Mas é só o que tem? [o celular toca] Oi, queri...
Reid: [grita] Ah
Morgan: Tudo bem, Reid, está valendo...mas saiba que a vingança está a caminho.

From Childhood's Hour [7.5][editar]

Reid: "Na infância, não estive onde outros estiveram, não vi o que outros viram." - Edgar Allan Poe.

Morgan: Quatro pares de sapatos.
Reid: Por que isso é relevante?
Morgan: Quantas mulheres você conhece que tem só 4 pares de sapatos?
Reid: Minha experiência em armários femininos não é o bastante para formar uma opinião.
Morgan: A resposta é: nenhuma, pode acreditar.

Rossi: "Todas as coisas verdadeiramente ruins nascem a partir da inocência." - Ernest Hemingway

Epilogue [7.6][editar]

Rossi: "Morrer é comoventemente difícil, mas a ideia de ter que morrer sem ter vivido é insuportável." - Erich Fromm.

Morgan: Qual é, pessoal. Luzes suaves, sombras de pessoas? São as luzes da sala de emergência e os médicos sobre o paciente, sabemos disso. Ninguém na verdade vê o pós vida.
Reid: Eu vi. Antes de Tobias Hanked me ressuscitar, tive essa mesma experiência, e não estava na emergência, estava numa cabana.
Morgan: Nunca me disse isso, Reid.
Reid: Sou um homem da ciência. Não sabia como lidar com isso. Não há prova quantificável que Deus exista, e ainda assim, naquele momento, encarei algo que não pude explicar e, ainda não posso.

Hotchner: Ninguém sabe o que ocorre após a morte, por isso temos fé.

Rossi: "O momento da morte, como o final da história, altera o sentido do que a procedeu." - Mary Catherine Bateson

There’s No Place Like Home [7.7][editar]

Hotchner: "Para o homem de corpo são e mente serena, não existe mal tempo, todo dia tem sua beleza e, tempestades que fervem o sangue só o fazem pulsar mais vigorosamente." - George Gissing.

JJ: "A adversidade é como um vento forte. Leva tudo de nós mas as coisas não retornam, assim nos vemos como realmente somos." - Arthur Golden.

Hope [7.8][editar]

Garcia: “A esperança é a fé segurando a sua mão no escuro.” - George Iles.

Garcia: Todos nós seguimos nossa própria jornada. Cada um de nós vive sua própria aventura, encontra todo tipo de desafios, fazemos no caminho é que irão nos definir. Essas escolhas vão nos pressionar, nos testar, nos levar ao nosso limite e, a nossa aventura nos fará tão fortes como jamais pensamos que poderíamos ser.

Garcia: "Encontre um lugar dentro de si onde há alegria e, a alegria expulsará a dor." – Joseph Campbell

Fulfilling Prophecy [7.9][editar]

Morgan: "As coisas não mudam. Nós mudamos." - Henry David Thoreau.

Rossi: Lema agressivo "vivere est vincere" - Viver é conquistar.

Morgan: "Cuidado com o quão longa é a sua vida, os homens o julgarão por sua aparência exterior." - Jean de La Fontaine.

The Bittersweet Science [7.10][editar]

Hotch: "Todos querem ir para o céu, mas ninguém quer morrer." - Joe Louis.

Penelope: Certo, Rossi, desembucha, Hotch está namorando?
Rossi: Não sei.
Reid: Estatisticamente, viúvos começam a namorar mais rápido que viúvas, mas Hotch contestou os dados, já faz 2 anos e 19 dias.
Penelope: Vênus se alinhou com Marte, o que significa que o amor está no ar e talvez tenhamos fins de semana de folga. O quê? Ele está parado aí? Ele está parado aí, não está?
Hotch: Olá, Garcia.

Hotch: "Alguns de nós pensam que aguentar nos faz fortes. Mas às vezes, é desistir." - Herman Hesse

True Genius [7.11][editar]

Morgan: "Três podem guardar um segredo se dois estiverem mortos." - Benjamin Franklin.

Prentiss: Está com medo de ter decepcionado as pessoas?
Reid: Não, estou com medo de ter me decepcionado.

Reid: "Não há maior pesar que relembrar, com tristeza, o tempo em que éramos felizes." - Dante.

Unknown Subject [7.12][editar]

Hotchner: "Não tão somente sofremos com nossos traumas. Também aprendemos com eles, conforme nossas necessidades." - Alfred Adler.

Prentiss: Avisei que você só daria seu depoimento a mim.
Regina: Por que não me deixou puxar o gatilho?
Prentiss: Porque você seria presa.
Regina: Ao contrário de onde estou agora? Enquanto ele tem um advogado e um julgamento justo.
Prentiss: Ele jamais verá a luz do dia.
Regina: Pode garantir isso? Quando eles falam sobre vítimas sendo recuperadas pelo sistema, querem dizer você.
Prentiss: Sei que é difícil...
Regina: Não, não sabe. Você não faz ideia de como é quando o monstro de seus pesadelos volta para você.
Prentiss: Espere...Estou aqui como uma cortesia.
Regina: Algo aconteceu a você.
Prentiss: Vai me dar sua declaração ou não?
Regina: O que você fez para ele? Você o prendeu como uma boa agente do FBI? Ou você o matou?
Prentiss: Eu não puxei o gatilho.
Regina: Mesmo assim, seu monstro está morto. Eu tenho que viver com o meu. Essa é a minha declaração.

Prentiss: "Toda a arte de viver está no delicado equilíbrio de desistir e suportar." - Henry Ellis.

Snake’s Eye [7.13][editar]

Hotch: "Na mesa de apostas, não existem pais e filhos." - Provérbio Chinês

Reid: Pense nisso como uma nova experiência. Quero dizer, na sua idade, quantas vezes isso acontece?
Rossi: Na minha o que?

Prentiss: Aposto que você é um ótimo jogador, mas pensamos em mandar o Reid.
Reid: Fui banido de cassinos em Las Vegas, Laughlin e Parump por minha habilidade de contar cartas.
Rossi: Olha, sei que não sou um gênio como o garoto maravilha aqui, mas pôquer não é vinte um. É blefe, leitura da natureza humana, jogo psicológico. Não é matemática.
Reid: Não é totalmente assim. Na verdade, tem uma equação matemática para saber quando aumentar e quando dobrar a aposta. Se P representa o tamanho da aposta na hora da jogada, então P vezes N menos um, com N sendo os jogadores na rodada final de apostas...
Rossi: Certo, tudo bem. Eu desisto. Só tente não perde todo o meu dinheiro.

Rossi: "Um jogador com um sistema deve ser em uma extensão maior ou menor, insano." - George Augustus Sala

Morgan: Olá senhorita. Já basta. É hora de termos uma conversinha. O que está acontecendo com você? Metade das vezes que te ligo, cai na caixa postal. Quando você atende, não tem nenhuma felicidade. O que está havendo? Oláaaa.
Garcia: Sei que homens são diferentes...Vênus e Marte e etc. Mas não entendo...
Morgan: Puxe o freio. Isso é sobre o que?
Garcia: Você estava no meu chuveiro às 7h da manhã.
Morgan: Porque tomo banho às 7h da manhã. Você bebeu um pouco a mais noite passada. Você me ligou para fazer companhia.
Garcia: Eu sei. Lembro disso, mas...
Morgan: O que aconteceu entre nós, foi pipoca e um filme na TV...que você dormiu no meio, por sinal.
Garcia: Então você dormiu no...
Morgan: Sofá.
Garcia: Sim, você dormiu. Obrigada Senhor, por manter a integridade, da minha mais querida amizade. E de agora em diante prometo, que apenas a água mais pura passará pelos meus lábios.

Closing Time [7.14][editar]

Hotch: "Não confie naquele que já tenha quebrado sua fé." - William Shakespeare.

Hotch: "Você pode ser enganado se confiar demais, mas viverá atormentado se não confiar o suficiente." - Frank Crane.

A Thin Line [7.15][editar]

Morgan: "Igualdade talvez seja um direito, mas nenhum poder no mundo pode torná-la um fato." - Honoré de Balzac

Prentiss: "Sou pela verdade não importa quem a diga. Sou pela justiça, não importa quem seja a favor ou contra." - Malcolm X.

A Family Affair [7.16][editar]

Morgan: "Onde há raiva, sempre existe dor embaixo." - Eckhart Tolle

Prentiss: "Viva de modo que quando os seus filhos pensarem em justiça e integridade, eles pensem em você." - H. Jackson Brown Jr.

I Love You, Tommy Brown [7.17][editar]

Abby: Todos dizem que o amor aparece quando você menos espera. Acho que é verdade, porque quando te conheci, o amor era a última coisa em que eu pensava. Eu me via saindo escondida para te ver. Eu passava maquiagem só para te fazer sorrir. Ainda sinto o toque da sua pele. Você me ajudou a superar toda noite. Você deu propósito à minha vida. É por isso que, não importa o que as pessoas tentem fazer...Nada irá nos separar...

Morgan: Uma vez foi dito que o amor é dar à alguém a habilidade de te destruir mas confiar que ele não o fará.

Morgan: "Para toda boa razão para mentir, ha uma razão melhor para dizer a verdade". - Bo Bennett.

Garcia: Quando relacionamentos ficam sérios, ficam complicados, você dá e se compromete, e as pessoas mudam, e aí...alguém vai embora, e você fica vazio. Não quero isso. Não quero ficar vazia.
Morgan: Não acho que isso vai acontecer.
Garcia: Isso é o que sempre acontece.

Foundation [7.18][editar]

Prentiss: "A memória é uma coisa complicada, uma parente da verdade, mas não sua gêmea." -Barbara Kingsolver.

Morgan: Angel. Quero que fique com isso. Me manteve seguro. Ouça... Carl Buford. É o nome do homem que me machucou. Eu era jovem como você Angel, e pensei em fazer a mesma coisa à mim mesmo. Pensei. Poruqe a vergonha era muita. Mas ao invés, mantive a dor dentro de mim. E isso acabou comigo. Mas Angel, Eu nunca deixei aquele desgraçado bater em mim. Nunca o dei o prazer. Eu quero fazer esse homem pagar pelo que fez com você. Mas preciso de sua ajuda. Te prometo, que quem te machucou não irá vencer. Nós dois juntos, podemos recupera o que ele tirou de você e o que ele mais valoriza: a liberdade. Angel, Por favor. Vai me ajudar com isso?
Angel: Sim.

Morgan: "Nada fixa alguma coisa tão intensamente na memória como o desejo de esquecê-la." - Michel de Montaigne.

Heathridge Manore [7.19][editar]

Prentiss: "Somos nosso próprio demônio e fazemos deste mundo nosso próprio inferno." - Oscar Wilde.

Hotch: "Tudo que vemos ou sentimos não é mais que um sonho dentro de um sonho." - Edgar Allan Poe.

The Company [7.20][editar]

Morgan: "Pior que contar uma mentira é passar sua vida toda mantendo-a." - Robert Brault

Divining Rod [7.21][editar]

Hotchner: "Melhor matar um bebê em seu berço que acalentar desejos irrealizáveis." - William Blake.

Prentiss: "É apenas no amor e na morte que permanecemos sinceros." - Friedrich Dürrenmatt.

Hotchner: Uma vez alguém disse que toda semente, mesmo maligna, não cresce a menos que receba água.

Profiling 101 [7.22][editar]

Rossi: "Aos vivos, devemos respeito, mas aos mortos, devemos apenas a verdade." - Voltaire

Rossi: Um assassino é como um viciado, sempre precisa de mais drogas.
Rossi: Só precisa fazer sentido para ele...A lógica de um homem é a loucura de outro.
JJ: Provocar incêndios é a primeira parte do que chamamos de tríade homicida. As outras duas são urinar na cama e crueldade com animais.
Rossi: Levamos Grace Powell para o hospital a tempo, e salvaram sua vida. Embora eu não tenha certeza que as ferida psicológicas jamais vão se curar.

Thomas Yates: Essas são algumas das meninas que peguei. As que vocês não acharam. Tem 40 aí.
Rossi: Por que eu deveria acreditar em você?
Thomas Yates: Pensei que perguntaria isso. É tudo parte do acordo.
Rossi: Vamos esclarecer algo. Não há acordo nenhum.
Thomas Yates: Ainda não.
Rossi: Nunca haverá.
Thomas Yates: Na verdade são 101 nomes. E eu me lembro de todos. E te direi onde as coloquei. Eis o que eu quero.
Thomas Yates: 1- Nenhuma pena de morte...Não me importo em apodrecer aqui. Mas sem cadeira ou injeções.
Thomas Yates: 2- Quero uma transferência para a Costa Leste. Minha avó morreu. Não há nada me prendendo aqui. E gosto da ideia de ter neve no inverno. Nunca tive isso enquanto crescia.
Rossi: Não vim até aqui para ouvir papo furado.
Thomas Yates: Depois de eu ter minha sentença mudada e minha transferência, te darei mais nomes. Mas apenas um por ano. Para mantê-lo honesto. Você entende.
Rossi: Algo mais?
Thomas Yates: Sim. Eu decido quando você receberá o nome. Será em um dia especial de minha escolha. E você terá que vir pegá-lo pessoalmente. O que me diz, agente? Combinado?

Rossi: O estadista e autor irlandês Edmund Burke escreveu certa vez: "A única coisa necessária para o triunfo do mal é que os bons homens não façam nada."
Rossi: Este trabalho não é apenas o que faço, é quem eu sou.
Aluna: Vale a pena?
Rossi: Para cada vida salva? Com certeza sim.
Morgan: Definitivamente, vale a pena.
Reid: Não consigo imaginar fazer qualquer outra coisa.

Hit and Run - Season Finale [7.23][editar]

Hit and Run - Season Finale [7.24][editar]

Oitava Temporada[editar]

The Silencer [8.1][editar]

Hotchner:"Conforme fico mais velho,presto menos atenção no que os homens dizem.Apenas observo oque eles fazem.Andrew Carnegie
Hotchner:"Um homem é conhecido pelo silêncio que guarda."Oliver Herford.
Garcia: Oi.
Blake: Olá.
Garcia:Bem vinda de volta.
Blake: Ficou até tarde.
Garcia: Sim,não dormi.
Blake: Bem-vinda ao clube.
Garcia: Podemos recomeçar?
Blake: Claro.
Garcia: Oi.Meu nome é Penélope e eu não gosto de mudanças.

The Pact [8.2][editar]

Rossi: Ralph Steadman escreveu, " O mal está sempre planejando a mais corrosiva miséria através da necessidade do homem de se vingar pelo seu ódio"

Rossi: Vê isso? (segura nas mãos um quadro em torno de sua face) Este é o meu "Eu não me importo" rosto.
JJ: Essa é a sua cara normal.

Blake: Podemos retroceder por um minuto? É possível matar alguém em San Diego e depois dirigir duas horas até La.a e fazer de novo?
Reid: Se você dirigiu um motor V8 com um eixo de manivela único plano, 128 km por hora em um bom tráfego, você pega a I-5 para a 405 no oeste, foi vai pela La Cienega, indo direto para Washington, Norte em Vermont, e então chegar na Selma usando os becos, poderia fazer isso em 1 hora e 42 minutos, e ainda ter tempo para tacos.
Blake: Uau.

Rossi: Paul Brown disse, . "Se você ganhar, não diga nada. Se você perder, diga menos ainda"."

Through the Looking Glass [8.3][editar]

JJ: O autor alemão, Goethe, escreveu: "O comportamento é o espelho no qual todos mostram sua verdadeira imagem"

Reid: Diferente do autismo, a fala é intacta em quem tem Asperger. Parecem não ter empatia e não entendem comportamento. Albert Einstein supostamente tinha, e tambem outros do Vale do Silício.
Blake: E quanto a você?
Reid: Como assim? ( Rossi e Blake sorriem )

Reid: Quando eu era criança fiz um modelo do universo em sal.
Blake: Para um projeto escolar?
Reid: Como presente de aniversário para Carl Sagan, mas não acho que ele o recebeu.

Blake: Não quis ofender quando disse que você tinha Síndrome de Asperger.
Reid: Não me ofendi. Quando você fez isso?
Blake: É isso que amo em você. Não é tão sensível como alguma pessoas. Pense no tempo que economizariamos se todos fossem direto ao ponto.
Reid: Cortar apertos de mão e os 'como vai'.

Morgan: Ei doçura, o que tem?
Garcia: Pedacinhos tão gostosos quanto você, gato...

Hotch: "Um dos segredos mais profundos da vida é que tudo que realmente vale a pena fazer é o que fazemos pelos outros" Lewis Carroll

God Complex[8.4][editar]

Reid: Sir Arthur Conan Doyle escreveu: " Quando um médico erra, ele é o primeiro dos criminosos. Ele tem a coragem e o conhecimento"

Sr. Smith: Escute agente...
Blake: Na verdade, é doutora. Diferente de você, ainda tenho meu diploma.

Reid: Garcia, pode localizar o telefone pago mais próximo?
Garcia: Desculpe?
Reid: Telefone pago. Um telefone que você paga para fazer ligações.
Garcia: Meu doce ludita analógico, o celular serve pra isso.
Reid: Garcia, por favor.
Garcia: Ok. Alguem está sendo misterioso. Vai levar um segundo. Esse telefones estão quase extintos. Há um à 8km de distancia de onde está. Enviei por SMS, para seu telefone, que por acaso você pode usar para fazer ligações.

John: Posso consertar você.
Linda: Eu nunca quis ser consertada.

Morgan: Você não quer conversa. Mas escute. Sério, eu... Sinto que não temos oportunidade de conversar há algum tempo. Não é culpa de ninguem. Acontece. Mas, se você tem uma nova pessoa na sua vida para conversar, eu só queria saber quem ela é. Ela deve ser uma mulher e tanto para acompanhá-lo.

JJ: "Corpo e alma não podem ser separados para fins de tratamento, pois são indivisíveis. Mentes doentes devem ser curadas, assim como corpos doentes." Dr Jeff Miller.

The Good Earth[8.5][editar]

Reid: "Tornei-me insano, com intervalos longos da horrível sanidade" Edgar Allan Poe

Garcia: Para aqueles que gostam de um bom mistério, liberem sua Agatha Christie interior, pois esse caso é um verdadeiro espetáculo.

Reid: Alem do banheiro externo a cabana não é tão primitiva assim.
JJ: Certo. Economia. Filosofia. Teoria Politica. Não é exatamente uma leitura de praia.
Reid: Eu leria, mas não gosto de praia.
JJ: Porque?
Reid: Comida com areia, pele rosada, topografia limitada e desinteressante, principalmente bactérias resistentes a medicação espalhadas por fezes de gaivotas.
JJ: Lamento perguntar.

Rossi: Então, você vai pedir gostosura ou travessuras?
Morgan: Ah, nenhum dos meus doces parece querer me ligar hoje.

JJ: Com licença, todo mundo. Tenho um pronunciamento a fazer. Como alguns sabem, Henry estava nervoso sobre pedir doces ou travessuras. Mas ele decidiu ir.
Rossi: Ótimo. O que o fez mudar de idéia?
JJ: O BAU fez. Disse que ele deveria sair no Hallowen e tentar descobrir qual monstro era real e qual não era.
Morgan: Então ele quer ser um profiler?
JJ: Ah. Ele quer ser seu profiler preferido. (Henry entra vestido de Reid.)

JJ: Alfred Austin disse: "Me mostre seu jardim e eu te direi quem és"

The Apprenticeship[8.6][editar]

Morgan: "Melhor do que mil dias de estudo diligente, é de um dia com um grande mestre." Provérbio japonês

Reid: Era só uma carona ao aeroporto. Não tinha isso em mente quando disse que te devia uma.
Morgan: Você age como se fosse tortura. Há pessoas que acham isso divertido.
Reid: Acredite ou não, minhas memórias esportivas não são muito agradáveis.

Reid: Muita violência. Houve outras vítimas?
Garcia: Na verdade sim. Mas não eram humanas. No último mês 6 cachorros foram sufocados e espancados e graças a Deus não há fotos, porque meu limite fica em cães mortos.

Garcia: Pensei que nunca fosse ligar. Meus ouvidos estão famintos e sua voz é comida.

Reid: "O maior bem que você pode fazer por si, não é para compartilhar suas próprias riquezas, mas revelar a ele as suas próprias." Benjamin Disraeli.

The Fallen[8.7][editar]

Rossi: "Você nunca encontrar-se até que você enfrentar a verdade". Pearl Bailey

Rossi: "Eu não estou preocupado que você caiu eu estou preocupado que surgem.". Abraham Lincoln

The Wheels on the Bus[8.8][editar]

Hotch: O Romancista francês Jean Giraudoux disse: "Eu não tenho medo da morte É o jogo se coloca-se, a fim de jogar o jogo da vida."

Rossi: Como está?
Garcia: Já teve um desses dias em que voce quis se desligar de tudo, literalmente?
Rossi: Me de seu celular. (Ela dá) E seu tablet. (Ela dá) E se outro telefone. (Ela dá)
Rossi: Certo. Esta noite você você vai para minha casa. Vamos ouvir Tony Bennett em vinil e beber uísque 18 anos.
Garcia: Eu não bebo uísque
Rossi: Você vai aprender.

Morgan: Frederick Douglass disse: "É mais fácil construir crianças fortes do que consertar homens quebrados."

Magnificent Light[8.9][editar]

JJ: "Uma grande quantidade de talento é perdida pelo mundo, por falta de um pouco de coragem." Sydney Smith

Morgan:"O mistério da existência humana não é apenas em manter-se vivo, mas em encontrar algo para viver." Fyodor Dostoyevsky

The Lesson[8.10][editar]

Reid: Willian Shakespeare escreveu: "Amor não se vê com os olhos, mas com a mente"

Garcia: Garcia ao seu dispor.
Hotch: Consegue encontrar alguém na área que venda ou aligue material de tortura medieval?
Garcia: Além de uma amiga do grupo de tricô?
Garcia: Tente um fornecedor sadomasoquista. Procuramos por um aparelho que estica.
Garcia: Espancando as teclas no momento. Não se preocupem, elas gostam.

JJ: Por falar no Reid, o que está acontecendo com ele?
Morgan: Acho que o garotinho tem uma namorada.
JJ: Você acha? Porque ele não nos contou nada?
Morgan: Eu respeito a privacidade dele.
JJ: Não, você não respeita.
Morgan: Tem razão. Não respeito. Mas não vou responder perguntas a alguém que não estou dormindo.

Blake: O que há com você hoje? É por causa da garota da cabine telefônica.
Reid: Ela quer me conhecer.
Blake: Espera, vocês ainda não se conhece? (Ele acena negativamente) Você não está curioso para saber como ela é?
Reid: Não me interessa saber como ela é. Quero dizer, ela já é a garota mais bonita do mundo pra mim. E se ela não gostar de mim?
Blake: Porque ela não gostaria de você?
Reid: Porque sou esquisito. Sou desleixado, cabelo grande, minha gravata está sempre torta.
Blake: O seu cabelo está ótimo.
Reid: Sério? Obrigada? Minha mãe acha que está enorme. Minha tia Ethel tambem.
Blake: Você não namora elas.
Reid: Só não queria arruinar algo tão especial com algo tão banal.

JJ: Acho que depois dessa longa e difícil semana, todos deveríamos ir para casa do Rossi e abrir um daqueles vinhos velhos e caros.
Rossi: É um plano.
Garcia: Podemos jogar alguns jogos?
Morgan: Que tipos de jogos?
Garcia: Você me diz, bochechas doces.

JJ: Spencer tem uma namorada. (Hotch olha surpreso e intrigado)

Reid: Tomas Merton escreveu uma vez: "Amor é nosso verdadeiro destino. Nos não achamos o sentido da vida sozinho, mas com outra pessoa."

Perennials[8.11][editar]

Reid: "Eu nunca ouvi falar de um assassino que não tivesse medo de um fantasma." John Philpot Curran

Blake: Parece um convento.
Garcia: Sabe, meio que é. As moradoras tem que fazer os mesmo votos que freiras: celibato, pobreza, dias gastos contemplando o silêncio. Eu não seria uma boa candidata.

Morgan: Deixe me adivinhar: Ela não sabe nada sobre nada.
Rossi: Praticamente uma citação direta.

Rossi: "A doutrina da imortalidade da alma é mais ameaçadora do que reconfortante." Mason Cooley

Zugzwang[8.12][editar]

Reid: "Ser amado profundamente por alguém lhe dá força, enquanto amar alguém profundamente lhe dá coragem" Lao Tzu.

Garcia: Ok, toda vez que temos uma caso de perseguição eu penso em Rosanna Arquette.
JJ: Ok, de toda a família Arquette voce escolhe a Rosanna.
Garcia: É claro que eu escolho Rosanna, porque Rosanna Arquette foi a inspiração para duas músicas seminais em minha infância. "Rosanna", por Toto...
JJ: Óbvio.
Garcia: E "Em seus olhos" por Peter Gabriel, o que nos dá uma pausa para pensar nos milhares de jeitos que um homem pode ser obcecado por uma mulher, e o que ela está fazendo na cama para inspirar esse tipo de obsessão e o que ela pode nos ensinar, porque eu quero saber.

Diane: "Não é o que você está pensando" é um código de garotas para "é exatamente o que você está pensando".

Maeve: Thomas Merton.
Diane: Quem é Thomas Merton?
Maeve: Ele sabe.
Maeve: Ele é a unica coisa que nunca poderá tirar de nós.

Magnum Opus[8.13][editar]

JJ: "Meu sangue permanece: Leve-o, mas não me faça sofrer por muito tempo" Maria Antonieta.

JJ: O que tem nessa cesta?
Garcia: Nozes e sementes mistas. Procurava algo que o ajude a se sentir melhor, então dei uma de Reid e fiz uma pesquisa e descobri que nozes e sementes tem magnésio natural e magnésio influencia a produção de serotonina, o que é feliz feliz pro cérebro.

Garcia: Escritório da onipotência, como posso impressioná-lo?

Reid: Obrigado por perguntar. E obrigado pelas cestas. Sabe, nozes tem magnésio que ajuda a produzir...
Garcia: Serotonina. Eu sei.

Reid: As vezes a parte mais difícil não é esquecer, mas sim aprender a começar de novo. " Nicole Sobo

All That Remains[8.14][editar]

Hotch: "Amor nunca morre de causa natural. Morre de cegueira, de erros de traições. Morre de exaustão, doença e falta de brilho" Anais Nin

Hotch: Allan Lightman disse: "A tragédia desse mundo é que ninguem é feliz, se preso em uma momento de dor ou alegria."

Broken[8.15][editar]

Blake: "O mundo quebra a todos, e depois, muitos são mais fortes nos locais quebrados" Ernest Hemingway

Detetive: Agradeço a ajuda. Nunca vi algo assim antes.
Rossi: Considere-se com sorte.

Blake: Deve ser difícil, empacotar tudo sozinho. A família dele não quis ajudar?
Will: Bem, moramos juntos há muito tempo. Desse a eles que separaria o que é meu e o que era dele.
Blake: É. Isso me lembra uma outra colega de quarto que tive na academia. Ela costumava me fazer prometer que se algo acontecesse com ela eu deveria me livrar de tudo que os pais dele não deviam ver. O que Craig não queria que seus pais vissem, Will?

Reid: Garcia pode estar certa.
Garcia: Acontece.

Garcia: Localizar 6-2-2 não é fácil. Estou procurando pela data. E 22 de Junho tem bastante agitação na história recente.
Morgan: Parece que perder algo, trouxe alguma coisa boa?
Garcia: Bem, vamos ver. Nesta data em 1990, a Flórida proibiu o uso do biquíni de fio dental.
Morgan: Eu disse boa, gatinha.

Paul: Porque não funcionou?
Mitch: O que não funcionou?
Paul: Com as garotas. Porque eu simplesmente não consegui?
Mitch: Você as matou. O que mais queria fazer?
Paul: Não isso. Aquilo. Com ela eu sempre conseguia.
Mitch:Bem, éramos adolescente. Teríamos conseguido com sopa de tomate.

Paul: Não morra na minha mão cara.
Morgan: Não faça isso! (Se suicidar)
Paul: Não ha mais nada para mim.

Rossi: João 13:34. "Um novo mandamento vos dou: Amai-vos uns aos outros como eu vos amei."

Carbon Copy[8.16][editar]

Rossi: "A imitação é a forma mais sincera de elogio." Charles Caleb Colton

Rizzo: Achei que vocês precisavam de três assassinatos para ter jurisdição federal.
Rossi: Temos causa provável para crer que o suspeito é responsável por 3 outros assassinatos em outros estados.
Rizzo: Provável causa. Mas não tem certeza
Hotch: É isso que viemos descobrir.
Rossi: Olhe, estamos perdendo tempo aqui. Deveríamos estar procurando esse cara Só estamos aqui para ajudar.
Rizzo: Bando de burocratas. Como vão ajudar?
Jackson: Rizzo!
Hotch: Como é?
Reid: Qual é o seu problema? Precisa de um abraço ou algo assim?

The Gathering[8.17][editar]

Reid: Barbara Grizzuti Harinson disse uma vez: "Todos os atos cometidos no mundo começam na imaginação."

Sam: Decidi pular a chatice do café da manhã.
Garcia: Você nunca teve muita paciência para conversas furadas.

Reid: Oscar Wilde disse: "Eu posso resistir a tudo, menos a tentação."

Restoration[8.18][editar]

Rossi: "Eu estou morto, e apenas a vingança pode me restaurar." Terry Goodkind

Kid: Sr Rango, chegamos o mais rápido possível
Rango: Desculpe crianças, já fechei.
Kid: Mas Billy vai morrer se não pegarmos doces!
Rango: Não me diga.
Billy: Bem aqui no chão. Acho que vou desmaiar.
Kid : Ele está ficando vermelho. Acho que precisa de açúcar.
Rango: Ok garotos, tem 30 segundos.

Morgan: Babygirl, veja se o dono da loja tinha treinamento de defesa militar.
Garcia: Verei, contanto que prometa trazer a torta de pêssego da minha futura sogra.

Hotch: Detetive Gordinski.
Gordinski: Capitão, na verdade. Fui promovido dois anos atrás.
Hotch: Lembra do Dr. Reid?
Gordinski: Faz quanto tempo? Seis, sete anos? (Estende a mão para apertar a mão do Reid)
Reid: O número de patógenos passados num aperto de mão é enorme. É mais seguro beijar.
Gordinski: Ah, é. Lembrei de você.

Reporter: Está dizendo que é por isso que Rodney matou aqueles homens?
Gordinski: É, foi o que eu disse.
Reporter: Então ser abusado fez dele um assassino?
Morgan: Não, não fez. A grande maioria das vitimas sexuais não crescem e se tornam molestadores ou criminosos. Eu sei disso porque... e deixe eu ser direto... Fui uma das vítimas de Carl Buford. Vitimização não produz molestadores. Isso pode causar isolamento, pode causar fúria e raiva. Pode causar dor e sofrimento. Mas você consegue passar por isso. Te faz forte. Não tem que destruir sua vida. Pode fazê-lo revidar. E pode fazer você querer passar o resto da sua vida protegendo outros.

Morgan: "A escuridão repara o que a luz não pode reparar." Joseph Brodsky

Pay It Foward[8.19][editar]

Rossi: " A memória é o que resta quando algo acontece e não é completamente finalizado." Edward de Bono

Reid: A remoção da cebça tem uma história interessante. Em tempos medievais era considerada uma morte honrável. Reservada apenas para nobres e cavaleiros.
JJ: Que sortudos.

Hotch: "Não há presente ou futuro, apénas o passado, acontecendo de novo e de novo agora." Eugene O'Neill

Alchemy[8.20][editar]

Rossi: "Os sonhos são verdadeiros enquanto duram, e nós não vivemos em sonhos?" Alfred Lord Tenninson.

Garcia: Mas a policia diz que a investigação do FBI sobre Nava foi "defeituosa". Chamaria isso de pancada ou de tapa?

Morgan: Oi mama. Diga-me algo que não sei.
Garcia: Oh, chocolate quente, as coisas que eu derramaria em você...
Morgan: Está no alto falante.
Garcia: ...que te ajudariam a resolver esse caso.

Moça: É, falei com ele. Mas ele não estava interessado. O que posso dizer? Alguns caras tem mal gosto.
Rossi: Sem duvidas. Por acaso você viu aonde ele foi depois que falou com ele?
Moça: Presumo que foi embora. Vai ficar quanto tempo na cidade?
Rossi: Receio que não o suficiente.
Moça: Que pena. Poderíamos nos divertir.
JJ: Quem era aquela?
Moça: Aquela era a quarta Sr. Rossi se eu não for cuidadoso.

Rossi: É alquimia. Alquimia transforma metais comuns em preciosos. Sonhos funcionam da mesma forma. Tornando algo terrível em... algo melhor.

Maeve: Dance comigo.
Reid: Porque?
Maeve: Quero te abraçar uma vez antes de ser um fantasma de uma memória.

Reid: JRR Tolkien escreveu: "Eu não vou dizer não chore, pois nem todas as lágrimas são um mal."

Nanny Dearest[8.21][editar]

Hotch: "As crianças são educadas por aquilo que lhes é mostrado, não pelo que lhes é dito" Carl Jung.

Garcia: Aleluia, esse lugar está morto. Me dê trabalho.
Rossi: Garcia, preciso que verifique os registros de saúde das crianças que o suspeito devolveu. Qualquer necessidade especial, qualquer medicação.
Garcia: Todos saudáveis como um cavalo. Super saudáveis. Nada.
Reid: Obrigado Garcia.
Garcia: Sério? Só isso? Tenho tantas habilidades.Por favor. Alô?

Hotch: O que conseguiu Garcia?
Garcia: Consegui uma possível promoção, porque cara, eu sou boa.

JJ: "Sozinho, totalmente sozinho. Ninguem pode fazer tudo aquilo sozinho." Maya Angelou

#6[8.22][editar]

Blake: " Nós não somos as mesmas pessoas deste último ano, nem são aqueles que amamos. É uma feliz oportunidade se nós, mudando, podemos continuar amando a pessoa que mudou." W. Somerset Maugham

Advogado: Agente Hotchnner o que está pedindo é extremamente sensível.
Hotch: Estamos pedindo que colaborem com uma investigação federal.
Advogado: Está presumindo que as três companhias de carro aqui representadas rastreiam seus clientes pelo GPS. É uma presunção e tanto.
Reid: Na verdade não é tanto e não estamos presumindo nada. Quando os clientes acessam pela primeira vez o GPS deles, vão a uma tela de termos e condições. Eles rolam para o fim e clicam no botão "aceito" para começarem a usar. Não percebem que estão concordando em permitir que o carro deles comunique todo o histórico com os escritórios de suas empresas. A única razão para concordarem em compartilhar a informação com vocês é porque não têm tempo de ler as letras miudas. Mas EU leio.

Reid: O que te incomoda?
Blake: Não. Não estou incomodada.
Reid: Está sim. Sei quando está incomodada porque sussurra músicas para si mesmas. Hip Hop, especificamente. Achei estranho no começo mas lembrei da sua dissertação sobre fluidez metafórica. Parece ter um carinho especial por Nas.
Blake: Como você sabe?
Reid: Morgan me fez escutá-lo quando começamos a trabalhar juntos. Ele disse que quem não pode citar "Illmatic" é ignorante.
Blake: Meu marido quer que eu largue o BAU.
Reid: Decisão difícil. O que vai fazer?
Blake: Quando nos casamos, parte da atração era por sermos obcecados por nossos trabalhos e por um tempo foi tudo bem.
Reid: Quando falamos disso, parecia preferir assim assim.
Blake: Não mais. Não gosto de ir para uma casa vazia.
Reid: Posso oferecer um conselho?
Blake: Claro.
Reid: Precisamos retornar.
Blake: O que?
Reid: Acabou de passar da casa.

Reid: Blake nos últimos dez anos esse trabalho tem sido minha vida. E então, por alguns meses, eu tive um gostinho do que você tem. Então trabalho... Há sempre trabalho e sempre haverá. Raro é encontrar alguém que nos faça feliz

Brothers Hotchner[8.23][editar]

Hotch: "Raramente os membros de uma mesma família crescem sob o mesmo teto." Richard Bach

Beth: Pareceu sério.
Hotch: Com Sean, geralmente é.

Garcia: Tem uma droga chamada para-methoxi... metan...
Reid: Para-methoxymetanfetamina?

Hotch: "Cruel é o conflito entre irmãos" Aristoteles

The Replicator[8.24][editar]

Rossi: "A aflição vem a nós não para nos fazer tristes, mas sóbrios. Não para nos fazer arrependidos, mas mais sábios" HG Wells

Hotch: "O laço que une a família não é de sangue, mas de respeito e alegria pela vida de cada um." Richard Bach

Nona Temporada[editar]

The Inspiration [9.1][editar]

Rossi: "Quem sabe de onde vem a inspiração? Talvez surja do desespero. Talvez venha dos vermes do universo ou da bondade das musas" Ami Tan

Reid: Eu estava calculando a força vezes a distância vezes o coeficiente da fricção para ver quão rápido eu faria uma curva fechada num Prius.
JJ: Você não tem um Prius, Spence.
Reid: Mas se tivesse, queria saber.

JJ: Oi Garcia.
Garcia: Estava achando que meus lindos haviam me deixado no altar, mas agora você veio me dar um beijo com crime.

Reid: O que acha do Hotch?
JJ: Acha uma droga.
Reid: O que devemos fazer?
JJ: Nada.
Reid: Como assim nada? Não quero que eles nos deixe.
JJ: Ao menos estará por perto.
Reid: Terá seu nome nos relatórios.
JJ: Olhe, tenho certeza que tem sido duro pra ele. Ele não vai admitir, mas o trabalho burocrático seria melhor pra o Jack.
Reid: Ele vai sufocar.
JJ: Você não entende?
Reid: Por que? Porque não tenho filhos? Eu os teria.
JJ: Spence você ainda terá.

Hotch: Josh Billings disse uma vez: "Há duas coisas para qual nunca estamos preparados: Gêmeos"

The Inspired [9.2][editar]

Morgan: "Não somos apenas os protetores de nossos irmãos. De muitas maneiras grandes e pequenas nós somos responsáveis por formá-los" Bonaro Overstreet

Blake: Gêmeos idênticos. Quais as probabilidades?
Rossi:Cerca de 3,5 mil. Ela o olha estranho. Pergunte ao Reid a mesma coisa.

Hotch: "Eles bagunçam tudo. Sua mãe e seu pai. Eles podem não querer, mas fazem. Eles te enchem com suas falhas. E adicionam um pouco extra, só pra você" Philip Larkin

Final Shot [9.3][editar]

Rossi: "Nossa relação comum mais básica é que todos nós habitamos esse planeta. Nós todos respiramos o mesmo ar. Todos nós defendemos o futuro dos nossos filhos. E nós somos todos mortais." John F. Kennedy

To Bear Witness [9.4][editar]

Morgan: "Alguem que eu amava um dia me deu uma caixa cheia de escuridão. Levei algum tempo para entender que isso tambem era um presente." Mary Oliver

JJ: Matt não posso planejar meu futuro tão afrente.
Matt: Se não te conhecesse, diria que tem problemas de compromisso.
JJ: Que bom que me conhece...

Reid: Parabéns Blake, terminou essas palavras cruzadas em sete minutos
Blake: Bom, você tambem conseguiria.
Reid: Fiz em cinco e meio na verdade. Há uma teoria de reconhecimento de padrões com a qual não são necessárias as dicas mas descobri que na horizontal é melhor que na vertical porque a prática da leitura racional ajuda em outras tarefas visuais como palavras cruzadas.

Rossi: Feliz Quarta feira meus nerds.
Reid: Você chegou cedo.
Rossi: Não o suficiente pelo jeito... perdi toda a diversão. Fazem com caneta?
Reid: Tem outro jeito?

Hotch: "A morte não é a maior perda da vida. A maior perda é o que morre dentro de nós enquanto vivemos" Norman Cousin

Route 66 [9.5][editar]

Sam: Posso vê-la?
Eddie: Ja pegou numa arma?
Sam: Não.
Eddie:Então essa é a sua resposta.

JJ: Não faz sentido Se ele a ama tanto, porque fazê-la correr esse risco?
Reid: O desespero o está deixando irracional.

Reid: Talvez se o fizemos ele mudara a rota.
Morgan: Não podemos cobrir tudo. O Texas é gigante.
Reid: 695.621,06 Km², para ser exato. Maior estado entre os 48 e segundo mais populoso. Não mexa com o Texas.

Reid: Quer ler? Leio quando estou ansioso. (Morgan pega o livro que Reid está lendo.)
Morgan: "A Matemática dos Mágicos da Física Quântica." Aaah, não, não quero. Esperarei pelo filme.

Rossi: Penelope, sabe do que Hotch?
Garcia: Sem noticias, mas vou irritar as enfermeiras por informação.
Rossi: Vá pegá-las, garota.

Hayley: Felicidade é uma escolha. Escolha.:
Hotch: Como? Como eu escolho?
Hayley: Esqueça sua cabeça. O coração é o unico que sabe, então siga-o.

Hotch: Obrigado por ficar.
Garcia: Ninguem me impediria, senhor.

Hotch: " A Vida é um sonho: Perceba-o" Madre Tereza

In the Blood [9.6][editar]

Reid: "Depois de tudo, o que é cada homem, além de uma horda de fantasmas. Carvalhos que eram bolotas que eram carvalhos." Walter de La Mare

Reid:São conglomerado sedimentares de clastos arredondados.
Mahaffey: Se você diz...

Rossi: Garcia, algo de sujo sobre Parker Mills?
Garcia: Você acertou na parte do sujo. Lembra das aulas de ciência, do Petri, do molde, das algas, do Iodo e da lama?
Rossi: Aprendi a visão científica, mas do que você está falando?
Garcia: Ele era um pervertido nota 10. Não há gaveta feminina que ele não quis mergulhar.

Mahaffey: Disse ao Dr. Reid que usasse meu escritório. Deve ter uns 30 livros sobre minha mesa.
JJ: Isso pode ser uma leitura leve antes de dormir ou ele está atrás de algo.

JJ: Há algo estranho acontecendo aqui.
Mahaffey: Esse é o lema da semana.

Mahaffey: (Sobre Reid) Eu aprendi a parar de perguntar sobre esse cara.

Reid: Garcia?
Garcia: Fale comigo, sou fluente em genialidade.

Garcia: "A morte põe fim a vida, não aos relacionamentos"

Gatekeeper [9.7][editar]

Rossi: "Se a paixão te move, deixe que a razão tome as rédeas." Benjamin Franklin

Reid: Sua área de controle é relativamente pequena, incluindo reisdências e prédios comerciais. Em um raio de 5km em uma cidade com população de 636.479 em 77,69 km, assim teríamos aproximadamente, 39.549,23 pessoas morando em sua zona de conforto. (JJ e Blake o olham estranho)

Garcia: Sabe quantas Ashleys existem no centro de Boston? Muitas. E o único dado que tenho pra encontrá-la é que ela tem uma paixão por coelhinhos? Então vou procurar recibos de lojas de animais locais e não aparece nada. E mesmo que ela goste de coelhinhos não significa que ela os tenha. Eu gosto de unicórnios. Eu não tenho unicórnios.

Colin: Agente Jareau, alguma vez foi baleada?
JJ: Porque pergunta?
Colin: Só não consigo parar de pensar no que ele sentiu. Doeu muito quando Jake morreu?
JJ: Não precisa se preocupar com isso. Jake não foi baleado.
Colin: Então o que foi o flash

Morgan: Fale comigo babygirl.
Garcia: Melhor estar pronto para se ajoelhar porque essa ursinha conseguiu um lindo diamante.

Hotch: Ao Dr. Spencer Reid, que talvez adicione "Médico" a lista de credenciais.
Morgan: E a Spencer Johnson, que seja um menino prodígio como seu homônimo.
Blake: Como você sabia o que fazer?
Reid: Memorizei o manual de nascimento da JJ quando ela estava grávida, no caso dela entrar em trabalho de parto em serviço. Preciso admitir que a prática não vive sem a teoria

Reid: "A coisa mais importante que os pais podem ensinar a seus filhos e como se dar bem sem eles." Frank Clark

The Return [9.8][editar]

Morgan: Alfred Hitchcock disse: "Não há nenhum terror no estrondo, apenas a antecipação do mesmo."

Garcia: Você não está olhando o meu projeto.Você sempre olha meus projetos, Derek. Qual é o problema?
Morgan: Babygirl, sinto muito. Sabe, eu não sei. Savannah e eu tivemos uma noite incrível. Mas então 4 horas depois ela me manda um beijo de longe e sai correndo para o trabalho, e eu estou lá as 2 da manhã levando um pug pra passear.
Garcia: Você foi Morganizado.
Morgan: Morganizado? O que? Do que está falando?
Garcia: Você está sempre cheio de plantão e quando chega um caso, você deixa o que está fazendo ou "quem" está fazendo e vai correndo pro trabalho.
Morgan: Bom, acho que nunca pensei nisso dessa forma.
Garcia: E agora você está tendo o que a Oprah chama de momento "toma". Pense nisso, se tivesse recebido a chamada você teria feito o mesmo com ela. Porque seu trabalho vem primeiro, e o dela tambe,. E é por isso que dão certo. Minha nossa. Ela é você de salto alto.

Morgan: Você está certa.
Garcia: Eu estou sempre certa. E outra, você está secretamente apaixonado por mim. (Ele a olha estranho e sorri)
Garcia: Porta?
Morgan: Me perdoe. (Abre a porta para ela) Minha rainha.
Garcia: Que isso não se repita

Sra. Morrinson: Sinto muito por não estar lá para protegê-lo quando mais precisou de mim. Se estiver aí... Se estiver... Ouvindo isso... Por favor... Danny, só quero que você volte pra casa. Só quero que volte.

Morgan: Só olhe pra mim. Sei que recebeu ordens. Mas quero que pense em sua mãe por um segundo. Tudo que ela quer é que o filho volte para casa. Daniel, ela está te esperando há muito tempo. Faça isso por ela.

JJ: "Quanto maior o poder, mais perigoso o abuso." Edmund Burke

Strange Fruit [9.9][editar]

Rossi: "O universo não gosta de segredos Ele conspira para revelar a verdade, para levá-lo a ele.". Lisa Unge

Garcia: Aonde você vai?
Rossi: Recebi sua mensagem.
Garcia: Eu te amo, muito, mas você precise ler mais que a primeira frase. O caso é a uns 10 km daqui.

The Caller [9.10][editar]

Reid: "O medo é a dor decorrente da antecipação do mal." Aristóteles

Rossi: “Nós não podemos nos desesperar com a humanidade, desde que nós mesmos somos seres humanos" Albert Einstein

Bully [9.11][editar]

Blake: "Irmãos e irmãs são tão próximos quanto mãos são dos pés." Provérbio Vietnamita.

Miller: Estão atrasados.
Blake: Como? O que... Cinco minutos !
Miller: Ainda estão atrasados

Miller: Vocês dois fizeram as pazes, não e? Fazem isso desde que eram crianças.Lutam como cães e gatos e esquecem 10 minutos depois Costumavm levar sua mãe a loucura. Então, me levavam à loucura.

Blake: "Sozinhos podemos fazer tão pouco. Juntos, podemos fazer muito mais" Helen Keller

The Black Queen [9.12][editar]

Morgan: "As pessoas costumam dizer que esta ou aquela pessoa ainda não se encontrou. Mas o eu não é algo que se descobre que é algo que se cria.". Thomas Szasz

Garcia: Beleza e cérebro. Ei, sobrancelhinha. Quando fazem o calendários dos homens do FBI, são doze meses de você?
Morgan: Bem-vinda ao time.

Palestrante: Bom, vamos falar sobre assédio sexual. O assédio sexual nem sempre é com um acordo ou consentimento. Talvez seja uma conversa entre dois colegas que te faça sentir desconfortável. Talvez os colegas usem frases como "Babygirl". "Tempestade de Chocolate". Ou "Onde está meu grande tanquinho negro?".
Garcia: Quem contou?
Palestrante: E isso gera o quê? Um ambiente hostil de trabalho. Então mensagens como "Mais Almofada para a fofinha." Não é apropriado. "Serei o gelinho do seu chá gelado" Não é apropriado. "Pintura e comidinha". Eu nem mesmo sei o que isso significa. Mas não é apropriado.
Palestrante: Srta Garcia, você realmente precisa ficar aqui. (Ao vê-la se levantar para sair da sala)
Garcia: Sinto muito mas tenho que... eu tenho que... sinto muito. Eu sinto muito... Sinto muito.
Palestrante: Não é apropriado.

Cooper: Não é verdade. Juro sobre mil bíblias se quiser. É mentira.
Reid: É interessante o quanto você sabe sobre a pessoa apenas pelo que ela lê. Essa prateleira por exemplo é dedicada a Ayn Rand, Christopher Hitchens, Richard Dawkins, Sam Harris.
Cooper: E daí?
Reid: Você é ateu.
Blake: E seu comentário sobre as bíblias é um mero ditado. Você está compensando, ou seja, está escondendo algo.

Policial: Você ja viu esse programa antes? Porque tomou o nosso backup e o da promotoria.
Garcia: Sim. Eu talvez tenha ajudado a projetar tudo isso, na época em que era uma má pessoa.

Garcia: "Inventar o seu próprio significado da vida não é fácil, mas ainda é permitido, e eu acho que você vai ser mais feliz para o problema". Bill Watterson

The Road Home [9.13][editar]

Morgan: "Cuidado com a fúria de um homem paciente." John Dryden

Garcia: E se você não gosta de histórias tristes como eu, deveria sair da sala, porque essa é muito triste!

Rossi: "O perdão não muda o passado, mas ele amplia o futuro." Paul Bausa

200 [9.14][editar]

Prentiss: "Por que temos de olhar para o passado, a fim de se preparar para o futuro? Porque não há mais lugar para onde olhar." James Burke

Reid: A maioria dos arquivos são impressos. para evitar espionagem digital.
Garcia: Ainda bem que um de nós lê 20 mil palavras por minuto. Hora de agir como espiã.

JJ: Nietzsche disse: "Quando você olha muito tempo para um abismo, o abismo olha para você."

Mr. & Mrs. Anderson [9.15][editar]

Blake: Jennifer Smith escreveu: "O casamento é um mosaico que você constrói com o seu cônjuge. Milhões de pequenos momentos que criam a sua história de amor."

Morgan: Babygirl, você falou com ele sobre isso?
Garcia: Se... eu falei com ele que quero que ele tome a iniciativa? Não. Não mesmo.
Morgan: Ok, deixa eu te contar um segredinho. Nós, homens, não entendemos bem dicas sutis. Tem que ser direta!

JJ: Vamos, precisa se esforçar, Spence. (Enquanto ele desentope uma privada)
Reid: Onde está o Morgan quando precisamos dele?

Morgan: Enquanto eu estiver com você, podemos ir aonde você quiser.

Garcia: Oh Meu deus, olhem pra vocês. Parecem o Ken e a Barbie de verdade.

Garcia: "Cada relacionamento nutre uma força ou a fraqueza dentro de você". Michael Murdock

Gabby [9.16][editar]

Hotch: "É comum dizer que não há nenhuma pegada muito pequena para deixar uma marca neste mundo."

Reid: Não saber o que aconteceu com seu filho é a pior tortura para qualquer pai.

Morgan? Mama, é possível alguém viver sem computador hoje em dia?
Garcia: Claro, se você vive em uma caverna afegã ou em certas partes de Nova Jerséi.

Garcia: Pobres criaturinhas que são tratadas como lixo. Não sabem que alguém se importa. Nós nos importamos!

Garcia: Tenho uma foto da Fader com um cara que poderia ganhar um prêmio por imoralidade.

JJ: "Braços de uma mãe são feitos de ternura e os filhos dormem profundamente neles." Victor Hugo

Persuasion [9.17][editar]

Reid: "O segredo da minha influência sempre foi que ela permaneceu secreta." Salvador Dali

Marvin: Apenas um conselho. Quando alguém lhe oferecer ajuda, não pise nele antes de saber os termos.

Garcia: Alguém poderia falar de mim pro Papa? Porque o que eu fiz é um milagre.

Marvin: Você realmente me viu no Lotus Inn?
Reid: A verdade?
Marvin: Não suporto mentiras.
Reid: Eu nem era nascido.

Garcia: Oi. Bem vindo de volta. Isso chegou pra você
Reid: Sem endereço de devolução?
Garcia: Sim, e é bem pesado. O que tem ai dentro? E sim, essa sou eu sendo intrometida.

Reid: Conseguem imaginar minha mãe numa mula? É como Hotch na praia.

Rossi: "Ilusão é necessário para disfarçar o vazio dentro de si. " Arthur Erickson

Rabid [9.18][editar]

Reid: "É mais importante saber que tipo de pessoa tem uma doença do que saber que tipo de doença a pessoa tem. " Hipócrates

Garcia: Porque temos que correr tão rápido. Você já correu 1,5 km em ação?
Reid:Não.
Garcia: Eu nem entro em ação. Eu fico sentada no meu computador, sentada no meu traseiro, o dia todo.
Reid:Devíamos pedir ajuda ao Morgan.
Garcia: Não.
Reid: Mas ele tem um abdômen muito bom.

Reid: Você treina? Legal.
Garcia: Pois é.
Reid: Eu não treino.

Garcia: Corrida até a arquibancada.
Reid: Ok.
Garcia: Não precisamos dele.
Reid: Só vou ter um infarto bem rapidinho.

Rossi: Pode ser um meio de tortura, talvez um fetiche por mordidas.
Legista: Nem sabia que isso existia.
Rossi: Você se surpreenderia.

Garcia: Você sabia que 50 mil pessoas morrem por ano de raiva em países de terceiro mundo? Obrigado, Sr Pasteur, caso contrário morreríamos

JJ: Prontos para dar o fora daqui?
Reid: Sim, por favor! Não suporto hospitais. É algo com a iluminação.

Garcia: Eu vou matá-lo.
Reid: Se eu puder levantar meu braço, eu o seguro.

Morgan: "A verdadeira amizade multiplica o bom na vida e divide os seus males . " Baltasar Gracián

The Edge of Winter [9.19][editar]

Morgan: "Ninguém é uma vítima, apesar de seus conquistadores querem fazer crer em sua própria vitimização. De que outra forma eles poderiam conquistar você?" Barbara Marciniak

Garcia: Ele é membro da brigada Citzens, disse ela com sarcasmo.

Morgan: " Há momentos em que a mente é recebe um golpe e se esconde na insanidade. Enquanto isto pode não parecer benéfico, é. Há momentos em que a realidade não é nada além de dor e, para escapar dessa dor, a mente deve deixar a realidade para trás. " Patrick Rothfuss

Blood Relations [9.20][editar]

Blake:" O passado nunca está morto Não é mesmo passado. ". William Faulkner

Reid: Isso é arame farpado?
Garcia: Isso.Colocado como um laço.
Rossi: Como se faz um laço com isso?
Garcia: Como porcos espinhos fazem amor,eu acho.Cuidadosamente.

Reid:Em 2011 Matthias Lee prestou uma queixa judicial contra Clark Howard, por "beijar sua bunda" .Clark respondeu com um processo mandando ele ir se ... (Silêncio)
Reid:Na verdade, não se pode fazer isso com a anatomia masculina.

Reid:Conversei com três fazendeiros que tiveram rolos de arame farpado roubados. Nenhum deles viu o ladrão,mas todos juraram ser a mesma pessoa.O homem da montanha. (Recebe um olhar surpreso de Blake)
Blake:Deveríamos colocar a Garcia para procurar um pseudônimo?
Reid:Acho que talvez deveríamos manter distancia disso.O homem da montanha parece ser a junção de lendas locais. Uns dizem que ele é parte da população da floresta Apalache e outros que é um confederado tentando uma 2° guerra civil, irmão contra irmão. Mas uma coisa que todos eles concordam é que se você for em um banheiro escuro e falar 'eu odeio o homem da montanha' 3 vezes , ele aparece e te mata na próxima vez que você ouvir Lynyrd Skynyrd no radio.

Garcia: Pessoal, estou começando a achar que perdi tempo sendo uma especialista na minha área, porque esse negócio de biocombustível é muito rentável.

What Happens in Mecklinburg [9.21][editar]

Reid: Albert Einstein disse, "Em questões de verdade e justiça, não há diferença entre grandes e pequenos problemas, para as questões relativas ao tratamento de pessoas são todas iguais."

Fatal [9.22][editar]

Hotch: Um provérbio diz: "Aquele que nasceu para ser enforcado, nunca será afogado."

Morgan: Ei, babygirl, preciso que faça sua mágica.
Garcia: Esfregue a lâmpada e libere o gênio.

Reid: Detetive pode fazer o vídeo da vigilância ir mais rápido?
Detetive: Ele vai a velocidade que você quiser.
Reid: Volte para o início. Eu preciso assistir todas as cinco semanas de vídeo.
Detetive: Mas isso são...
Reid: 525 horas.
Detetive: Não temos tempo pra isso.
Morgan: Reid, diga ao detetive o que você fez hoje no café da manhã.
Reid: Li Guerra e Paz. Reli, na verdade. Dessa vez, o original em russo.
Morgan: Acredite em mim, detetive. Há tempo.

Garcia: Senhor, posso mostrar meu escritório pra eles?
Hotch: Com certeza. Todo mundo acompanhe a Srta. Garcia.
Garcia: Vamos pessoal. É como a batcaverna.

Susie: Na verdade, eu fiz um perfil da Srta Springer
Srta Springer: Eu?
Susie: Sim. Você gosta do pai do Jack.
Srta Springer: Eu não sei se
Susie: Quando você fala sobre o seu gato, você fala muito muito rápido. Porque você realmente gosta do seu gato. Você falou muito rápido hoje, não como com os outros pais.
Srta Springer: Obrigado mais uma vez, Sr Hotchner. Obrigado por esse tempo...
Hotch: De nada. (Ela sai apressada)
Rossi: Provavelmente ela tinha que ir alimentar o gato.

Rossi: "Uma pessoa normalmente conhece o seu destino nos caminhos que tomou tentando evitá-lo." Jean de la Fontaine

Demons [9.23][editar]


Garcia: Obrigado Jesus, Buda e Alá.

Blake: Doutor, onde fez faculdade de medicina?
Homem: Não sou médico. Fui eleito para essa posição.
Blake: Wow
Rossi: Democracia em ação.

Garcia: Você sabia que a acusação de ser cafetão, dita elegantemente é extorsão e rufianismo?

Garcia: Eu te falei sobre esses canadenses que se parecem tão doces inocentes, mas quando são maus, são como o Darth Vader.

Rossi: "Em sua fronte tinha um nome escrito, mistério: Babilonia, a Grande, a mãe das prostitutas e das abominações da terra." - Apocalipse 17:1-6

Angels [9.22][editar]

Reid: Quando a verdade é enterrada no fundo do ser humano, ela cresce, engasga.Quando vêm à tona, ela tem uma força tão forte que acaba arruinando tudo junto a ela.

JJ: Spence já teria lido uns dois livros até agora. Talvez três.

Blake: Ele é tão jovem!
JJ: Sim, ainda há coisas pra ele fazer. Você sabe, ele quer ter filhos. Você pode imaginar Spence como pai?
Blake: Seria a criança mais sortuda do mundo!

JJ: Spence está se recuperando.
Rossi: Bom. O garoto é esperto demais para morrer. Provavelmente redirecionou a bala com o poder da sugestão.

Garcia: Não consigo ouvir, parece que meu coração vai sair pela boca. Isso pode acontecer? Fisicamente o coração pode sair do peito? E o que é este zumbido? Fico com os ouvidos entupidos até uma semana depois de voar, e se for assim eu vou enlouquecer. Estou gritando? Porque parece que estou!
Reid: Você salvou minha vida. Consegue me ouvir?
Garcia: Sim, eu ouvi isso. Isso melhora as coisas. Obrigado por dizer isso.
Reid: Obrigado por fazer isso.

Reid: Nós devemos estar dispostos a largar a vida que planejamos para termos a vida que espera por nós.

Elenco[editar]

Ligações externas[editar]

Wikipedia-logo.png
A Wikipédia possui um artigo de ou sobre: Criminal Minds.