Luiz Inácio Lula da Silva

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Luiz Inácio Lula da Silva
Luiz Inácio Lula da Silva
Luiz Inácio Lula da Silva em outros projetos:

Luiz Inácio Lula da Silva (27 de outubro de 1945), é um político brasileiro e foi presidente do Brasil de 2003 a 2011.


  • "Quando é um ser humano comum, você pode dar palpite sobre tudo. Quando você vira chefe de estado, fala aquilo que, de forma prudente, é possível falar".
- Sobre Hugo Chávez, em entrevista ao programa Hard Talk da BBC, em junho de 2007
  • "Precisamos parar com as divergências do século XIX, pelo amor de Deus, vamos construir as convergências do século XXI".
- Sobre América Latina, em entrevista ao programa Hard Talk da BBC, em junho de 2007
  • "Se, ao final do meu mandato, todos os brasileiros tiverem a possibilidade de tomar café da manhã, almoçar e jantar, terei cumprido a missão da minha vida."
- Discurso de posse, em 2003
  • "Se disputasse uma eleição, os votos do José Sarney não dariam para encher um penico."
- em julho de 1987 no primeiro comício pelas diretas
  • "Hoje é o dia do reencontro do Brasil consigo mesmo."
- Discurso de posse, em 2003
  • "Eu acho que o PT cometeu um erro de não apoiar o Real."
- Em entrevista ao programa É Notícia da Rede TV, em 2009
  • "Como presidente eu quero me guardar, para não ficar utilizando o cargo de presidente para levantar minhas teses, que é muito desagradável isso. Mas um dia nós vamos conversar sobre isso, falta só um ano para eu deixar a presidência."
- Sobre mensalão, em entrevista ao programa É Notícia da Rede TV, em 2009
  • "Se Jesus Cristo viesse para cá (Brasil), e Judas tivesse a votação num partido qualquer, Jesus teria de chamar Judas para fazer coalizão."
- Em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, em 2009
  • "Eu posso ter exagerado de colocar o nome de Cristo, mas não tem simbologia para o povo entender melhor o que eu falei do que utilizar o nome de Cristo e de Judas. Eu tenho certeza absoluta que o povo que leu entendeu perfeitamente bem o que eu estava falando."
- Em entrevista ao programa É Notícia da Rede TV, em 2009
  • "Eu sinto um poço de mágua. Eu às vezes sinto que ele não fala mais com a inteligência, ele fala muito mais com o estômago, com o fígado. Ele não se conforma de ver um peão chegar aqui e fazer mais do que ele. Isso é duro para o intelectual, sobretudo se o intelectual é vaidoso."
- Sobre Fernando Henrique Cardoso, em entrevista ao programa É Notícia da Rede TV, 2009
  • "Tem muita gente que fica jogando a miséria 'ah, porque o imperialismo americano, o imperialismo, nós somos pobres por causa do imperialismo...'. As pessoas nunca percebem que o imperialismo americano só teve influência nefasta em alguns países porque a sua elite era nefasta. Se as pessoas fossem honestas e dignas, e tivessem uma elite ali brigando pela soberania, não tinha acontecido. Nossa elite contribuiu para isso."
- Em documentário do Canal 7, da Argentina
  • "Se trabalharmos com um plano B, eu não sei quem foi o louco que inventou um plano B. Se começarmos a trabalhar com um plano B, significa que não estamos dando prioridade ao plano."
- Ao descartar um "plano B" caso CPMF não seja aprovada
-Fonte: Declaração feita em Salvador em 29.10.2007
  • "Não vamos derrotar apenas os adversários tucanos. Vamos derrotar alguns jornais e revistas que se comportam como se fossem partidos políticos, mas não têm coragem de assumir".
- Criticando as reportagens da imprensa sobre o caso da ex-ministra da Casa Civil Erenice Guerra
-Fonte: Declaração feita em comício de Dilma em Campinas, interior de São Paulo, em 18.09.2010
  • "Não sou eu quem vou censurá-la [a imprensa]. É o telespectador, o ouvinte e o leitor que vão escolher aquilo que presta e aquilo que não presta".
- Sobre a censura à impressa no país
-Fonte: Declaração feita em comício de Dilma em Campinas, interior de São Paulo, em 18.09.2010
  • "Eu fico imaginando que, se aceitar a diminuição da idade para 16 anos, amanhã vão pedir para 15, depois para 9, depois para 10, quem sabe algum dia queiram punir até um feto."
- Do presidente Luiz Inácio Lula da Silva
-Fonte: Discurso em 16.02.2007
  • "Não estamos dando esmola. Estamos transferindo renda".
- Resposta à oposição
  • "Tenho certeza de que só frustrei profundamente dois tipos de pessoas: aquelas que pensavam que meu governo seria um caos - e torciam para isso - e aquelas, que com paixão e ingenuidade, imaginavam que eu poderia resolver todos os problemas do Brasil em apenas quatro anos"
- Em resposta a opositores
  • "O caos que anunciaram que seria meu governo não aconteceu. Cumprimos contratos, negociamos com altivez nossas pendências, zeramos nossos débitos com o FMI e voltamos a crescer com justiça social"
  • "Quando assumimos o governo, o País estava à beira da falência, com uma dívida externa de 210,7 bilhões de dólares e um risco Brasil de quase 2.000 pontos. Em três anos e meio, zeramos nossa dívida com o FMI, diminuímos a dívida restante para 161 bilhões de dólares e derrubamos o risco Brasil para os patamares mais baixos desde que é medido. Hoje ele está em 260 pontos".
- Palavras no fim de sua primeira gestão
  • "Gostaria de poder fazer algo sobre a corrupção no país. Se dependesse de mim, todos estes deputados corruptos estariam na cadeia."
- Em discurso aberto a imprensa na granja do torto, durante reunião com ministros, dois dias depois do estouro das denúncias de Roberto Jefferson
  • "Quem não gosta de política corre o risco de passar a vida inteira sendo mandado por quem gosta"
  • "O PT só pensa nisso."
- Se referindo à frase "Lutar contra a corrupção e melhorar a vida do povo"
  • "Eu não vou fazer merchandising para a Samsung"
- Tampando a propaganda da Samsung do uniforme do Corinthians, que patrocina o time.
- No discurso de abertura da reunião do Foro de São Paulo, em Havana, Cuba, se referindo a Fidel e a Che Guevara.
- No discurso da vitória nas eleições em 2002, sobre o clima de terrorismo que o candidato adversário José Serra e o PSDB plantaram na mídia
  • "Me dêem uma chance de ser presidente que eu faço em quatro anos o que a elite não fez em 40."
- Durante discurso em Juiz de Fora, em agosto de 1994
  • "Um dia vamos fazer a reforma agrária neste país, um dia a classe trabalhadora vai controlar os meios de produção deste país e deixar de investir em armas."
- Lula em entrevista ao Jornal da Tarde, em janeiro de 1989
  • "Que a minha participação neste debate tenha servido para mostrar que o famoso caçador de marajás não passa de um caçador de maracujás."
- Referindo-se a Collor, no último debate do segundo turno das eleições presidenciais de 1989
  • "Qualquer um pode ser falsificado; eu não posso. Não posso e não quero. Tenho orgulho da minha origem, da minha história. Se eu tiver que ser presidente, vai ser assim. Se eu tiver que vender uma imagem que não é a minha, então não serei eu o candidato. Se quiserem alguém diferente, alguém que fale assim ou se vista assim, então não sou eu o candidato".
- Entrevista concedida ao Pasquim número 21, 07/02/2002
  • "Nós não aceitamos difamações contra companheiros."
- Defendendo Hugo Chavez das críticas do governo americano. Em Ciudad Guyana, Venezuela, 23 de Março de 2005
  • "O Brasil não merece o que está acontecendo e sim algo muito melhor"
- Numa alusão à crise política provocada por sucessivas denúncias de corrupção, em 14 de Julho de 2005, na França.
  • "Já faz tempo que deixei de ser presidente do PT."
- Em 17 de Julho de 2005, para repórter freelancer na França.
  • "Se eu for candidato, com ódio ou sem ódio, eles vão ter que me engolir outra vez."
- Repete frase de Zagalllo, em discurso na cidade de Garanhuns, durante o lançamento do Plano Safra da Agricultura Familiar, 03 de Agosto de 2005.
  • "Só o Rocha?!?!"
- Em 17 de Outubro de 2005, quando foi informado de que entre os petistas mensaleiros, só o deputado Paulo Rocha (PA) renunciaria ao mandato.
  • "Foda-se a Constituição!"
-Quando disseram que a expulsão de um jornalista do New York Times que publicou uma reportagem falando que Lula bebia demais era inconstitucional
Fonte: Blog do Noblat
  • "Olha para a minha cara para ver se eu estou preocupado."
- Respondendo a pergunta de jornalistas sobre se a criação da CPI dos Correios o preocupava(maio de 2005)
  • "Não posso admitir que companheiros, em nome da facilidade, comecem a terceirizar campanha financeira de um partido. Por isso eu acho que fui traído por todos os que fizeram essa prática condenada pelo PT e pela sociedade brasileira."
- Entrevista ao programa Roda Viva (novembro de 2005)
  • "Ninguém neste país tem mais autoridade moral e ética do que eu para fazer o que precisa ser feito."
- Na abertura de um congresso em Goiás (junho de 2005)
  • "Se tem um governo que tem sido implacável no combate à corrupção, desde o primeiro dia, é o meu governo."
- Em pronunciamento à nação (junho de 2005)
  • "Neste país de 180 milhões de brasileiros, pode ter igual, mas não tem nem mulher nem homem que tenha coragem de me dar lição e ética, de moral e de honestidade."
- Rio de Janeiro (julho de 2005)
  • "Não estou agindo como o Chávez, mas os meus adversários agem como agiu a Fedecámaras contra o Chávez, tentando fazer golpismo."
- Em Montevidéu, na reunião de cúpula do Mercosul (dezembro de 2005)
  • "Vocês não sabem o que é urucubaca."
- Querendo dizer que a oposição põe olho gordo em seu governo (outubro de 2005)
  • "Eu me sinto traído. Traído por práticas inaceitáveis das quais nunca tive conhecimento. Estou indignado pelas revelações que aparecem a cada dia e que chocam o país."
- Em pronunciamento em rede nacional (agosto de 2005), um dia depois de o marqueteiro Duda Mendonça confessar que recebeu dinheiro de caixa dois do PT em uma conta no exterior (agosto de 2005); citado em Revista Veja, Edição 1937 . 28 de dezembro de 2005
  • "Eu levaria o José Dirceu para o palanque, até porque nada foi provado contra ele."
- Seis dias depois de o ex-deputado ter o mandato cassado por acusação de comandar o esquema de mensalão no Congresso, o qual nunca foi provado (dezembro de 2005)
  • "Aprendi a contar até dez, apesar de só ter nove dedos, que é para não cometer erros. Um erro em qualquer outro governo é mais um erro. No nosso, não pode acontecer."
- Lançamento do Plano Safra para a Agricultura Familiar, em 24/07/2003
  • "Por que em vez de perguntar você não enche a boca de castanha?"
- Falando a uma repórter que perguntava, em 5 de fevereiro de 2004, sobre a saída de Henrique Meirelles do Banco Central.
  • "Estou com uma dor no pé, mas não posso nem mancar, para a imprensa não dizer que estou mancando porque estou num encontro com os companheiros portadores de deficiência".
- Encontro com atletas paraolímpicos, em dezembro de 2003.
  • "Eu ajo com a resposabilidade de um presidente, que age como se estivesse agindo com a sua família".
— Sobre o veto ao reajuste de 16,7% para os aposentados e pensionistas do INSS
Fonte: Época, 17 de julho, 2006.
- Sobre a possibilidade de um terceiro mandato.
ISTO É. Frases 2007. Edição n° 1991. 26 de dezembro de 2007 p. 106.
  • "Eu acho que, no PT, precisamos parar de ser covardes. A direita nesse aspecto é muito mais competente."
- Em entrevista a Folha de São Paulo em 16/02/1998
  • "Criaram a segunda Mirian Cordeiro na minha vida."
- Comparando as acusações de favorecimento de empresa de amigo ao escândalo pré-eleitoral da mãe de sua filha Lurian.
- Fonte: Revista Veja
  • "Com aquele discurso, ele pode subir em nosso palanque."
- Mencionando as críticas ao governo feitas pelo empresário Antonio Ermírio de Moraes em entrevista a VEJA.
- Fonte: Revista Veja
  • "A medicina está mais correta que a Igreja"
- Sobre a excomungação realizada pelo arcebispo de Olinda e Recife, dom José Cardoso Sobrinho aos médicos e a mãe da garota de 9 anos estuprada em 2009.
- Fonte: G1
  • "Eu não quero saber se o João Castelo [prefeito de São Luís] é do PSDB, não quero saber se o outro é do PFL, não quero saber se é do PT, eu quero saber se o povo está na merda e eu quero tirar o povo da merda em que ele se encontra. Esse é o dado concreto"
-Em 10 de dezembro de 2009, na cerimônia de assinatura de contratos do programa Minha Casa, Minha Vida, em São Luís, no Maranhão.
-Fonte: Folha da Região
  • "Não se pode deixar de dar comida para um porco porque não gosta do dono do porco"
-Sobre o repasse de verbas durante seu governo
Fonte: JB
  • "Uma coisa de que me orgulho é minha pressão, que é de 11 por sete todo dia. Quando ela está mal, está 12 por sete. Foi um problema que aconteceu (...) quem esperava que eu ia ficar sentado em Brasília pode tirar o cavalo da chuva porque nós vamos inaugurar obras este ano que tem gente que vai ficar doida de raiva. Pena que a Dilma não vai poder ir comigo inaugurar obra."
-Em fevereiro de 2010 sobre inaugurações de obras.
Fonte: G1
  • "O governo vai assumir a responsabilidade de levar a banda larga para todos os rincões deste país"
-Em fevereiro de 2010, sobre o Plano Nacional da Banda Larga.
Fonte: G1
  • "Um Lulinha incomoda muita gente, uma Dilminha incomoda muito mais.O que não é justo é uma pessoa comer cinco pãezinhos por dia, jogar dez fora, e o outro não poder comer nenhum pãozinho por dia. Então este País começou a mudar e isso incomoda muita gente."
-Em março de 2010, sobre o incomodo das suas ações sobre seus opositores e sucessão eleitoral.
Fonte: Terra
  • "Então, este País não é um País governado por um cara, com 190 milhões de habitantes. Este País é um País de 190 milhões de caras, governado por um presidente da República."
Fonte: Terra
  • "Eu levanto de manhã, vejo manchetes e fico triste. Acabei de inaugurar 2.000 casas, não sai uma nota. Caiu um barraco, tem manchete. É uma predileção pela desgraça. É triste quando a pessoa tem dois olhos bons e não quer enxergar. Quando a pessoa tem direito de escrever a coisa certa e escreve a coisa errada. É triste, melancólico, para um governo republicano como o nosso"
Fonte: Folha
  • "Na visão de algumas pessoas, o correto era que o país estivesse numa desgraça, que estivesse dando tudo errado para eles dizerem: 'tá vendo, nós falamos, o menino não é letrado. O menino nasceu para ser torneiro mecânico'. A partir daí já é abuso."
Fonte: Folha
  • "Eu fico me deleitando, Franklin Martins, porque as pessoas fazem um esforço muito grande, porque as pessoas sabem que é, as pessoas sabem que esse governo é bom, as pessoas sabem que esse governo cuidou de coisas que outros não cuidaram, as pessoas sabem que o Brasil mudou de patamar, elas sabem porque elas lêem jornal estrangeiro. Porque, antigamente, eles copiavam quando falavam mal de nós. "Deu no New York Times, o Brasil não vai para frente". Agora que deu no New York Times que o Brasil vai para frente, não querem nem dar notícia. Eles sabem, mas eles fingem que não aparece. Então, vamos levando a vida, vamos levando a vida."
-Comentando sobre a parcialidade de alguns veículos da imprensa, na cerimônia de posse de novos ministros em março de 2010.
Fonte: Folha
  • "Durante 30 anos fomos a economia que mais cresceu no mundo. O que aconteceu é que não houve distribuição da renda produzida. Pouco dinheiro na mão de muitos significa distribuição de renda, muito dinheiro na mão de poucos significa concentração de renda"
-Sua opinião sobre o desenvolvimento econômico nos governos anteriores.
Fonte:G1
  • "É muito engraçado porque tem gente que acha que a inteligência está ligada à quantidade de anos de escolaridade que você tem. Não tem nada mais burro que isso"
Fonte: [1]
  • Terminou uma Copa do Mundo na África do Sul agora e já começam a dizer: 'cadê os aeroportos brasileiros, os estádios, cadê os corredores de trem brasileiros, cadê os metrôs brasileiros', como se nós fôssemos um bando de idiotas que não sabem fazer as coisas e definir as nossas prioridades"
Fonte: Estadão
  • "Decisão descabida!"
- Luís Inácio Lula da Silva, pré-candidato do PT à Presidência; citado em Revista Veja, Edição 1 741 - 6 de março de 2002.
  • "Não é que os governistas não tenham nomes intelectualmente preparados. Mas é preciso que tenham densidade leitoral e unifiquem."
- Lula, presidente de honra do PT, que tem densidade eleitoral, sobre um eventual candidato da situação para suceder a FHC
- Fonte: Revista Veja, Edição 1 680 - 20 de dezembro de 2000.
  • "Companheiros, não fiquem bebendo assim, senão os jornalistas vão dizer que petista é cachaceiro."
- Luís Inácio Lula da Silva, durante o vôo para Cuba, dirigindo-se a um grupo de petistas que tombavam uma garrafa de uísque
- Fonte: Revista Veja, Edição 1 678 - 6 de dezembro de 2000.
  • "Saio daqui com vontade de armar uma barraca na frente do Palácio do Planalto e aguardar a minha vez."
- Luís Inácio Lula da Silva, eterno candidato à Presidência, louco para chegar lá, depois de receber o título de cidadão brasiliense e uma penca de elogios
- Fonte: Revista Veja, Edição 1 677 - 29 de novembro de 2000
  • "É engraçado: os Estados Unidos não concedem visto ao deputado Fernando Gabeira, que seqüestrou o embaixador em 1968. O embaixador já morreu de velho, e ainda hoje o Gabeira não consegue entrar lá"
- Luiz Inácio Lula da Silva, sobre as sucessivas negativas de visto ao deputado Fernando Gabeira, um dos autores do seqüestro do embaixador Charles Elbrick
- Fonte: Revista ISTOÉ Gente, edição 250 (24/05/2004)
  • "Depois que comecei com a ginástica, meu maior prazer, ao fazer check-up, é humilhar o teste de esforço na esteira do Incor"
- Luiz Inácio Lula da Silva, presidente, festejando a pressão arterial de garoto, por volta de 11 por 7
- Fonte: Revista ISTOÉ Gente, edição 251 (31/05/2004)
  • "Comprem o carro que vale a pena."
- Luiz Inácio Lula da Silva, presidente, no papel de garoto-propaganda de um veículo multicombustível
- Fonte: Revista ISTOÉ Gente, edição 263 (23/08/2004)
  • "Ser candidata de Tasso em Fortaleza é carregar uma mala sem alça."
- Luís Inácio Lula da Silva, eterno candidato do PT à Presidência, ironizando o terceiro lugar da candidata Patrícia Gomes (PPS), apoiada pelo governador Tasso Jereissati, na pesquisa do Ibope
- Fonte: Revista Veja, Edição 1 667 - 20/9/2000
  • "Não acredito que Hélio Luz tenha embolsado um real."
- Luís Inácio Lula da Silva, presidente de honra do PT, que não pretende pedir CPI para investigar os depósitos feitos pelo "Rei das Quentinhas" na conta do deputado de seu partido, no Rio
- Fonte: Revista Veja, Edição 1 666 - 13/9/2000

Biografia[editar]

  • "Minha mãe é uma senhora que já nasceu analfabeta"
- Contando sobre sua mãe.
  • "Eu era um peão. Cheguei ao hospital com o macacão fedendo a graxa às 3h da manhã. O médico olhou para minha cara e disse: ‘Pra que esse peãozinho quer esse dedo? Vou logo tirar’. E tirou o cotozinho. Podia ter deixado o cotó para eu poder coçar o nariz"
Fonte: G1
  • "Uma pessoa chique ganhando uma garrafa de cachaça é uma coisa chique. Mas um metalúrgico ganhando uma garrafa de cachaça, é porque ele é cachaceiro."
- Sobre os preconceitos que sofreu por ser o primeiro presidente operário do Brasil
-Fonte: Declaração feita em Goiânia em 12.02.2010
  • "Eu fui morar na Vila Carioca, que dava enchente todo final de ano. Não é de hoje que dá enchente. Naquele tempo, eu trabalhava nos Armazéns Gerais Colúmbia... A gente, muitas vezes, não ia trabalhar porque a [avenida] Presidente Wilson enchia e, obviamente eu gostava porque não tinha que trabalhar naquele dia."
- Sobre as enchentes em São Paulo, no discurso de comemoração dos 456 anos da cidade de São Paulo
-Fonte: Declaração feita em São Paulo em 25.01.2010
  • "Quando eu deixar a Presidência vou continuar morando no mesmo apartamento, na mesma distância do sindicato que me projetou na política" [chorando] "o que vai mais me dar orgulho é que vou poder acordar de manhã e olhar para qualquer trabalhador e dizer para ele 'bom dia, companheiro.'"
-Sobre a vida depois da Presidência.
Fonte: 24 horas
  • "Beliscão é uma coisa que dói pra cacete". Lula complementou dizendo que se considera uma pessoa "abençoada" por nunca ter apanhado dos pais. "Meu pai era um homem bruto, quem viu o filme [Lula, o Filho do Brasil] sabe, mas nunca apanhei dele e nunca bati nos meus filhos".
Fonte: [2]

Petrobras[editar]

  • "Nunca antes na história da Humanidade nós tivemos um processo de capitalização da envergadura que a nossa Petrobras está fazendo aqui hoje."
- Em discurso durante a abertura do pregão de oferta pública de ações da Petrobras em 24 de setembro de 2010.
- Fonte: UOL

Política externa[editar]

  • "Quero que se dê não uma, mas todas as chances à diplomacia".
- Em entrevista à imprensa argelina, quanto à crise nuclear Iraniana. Janeiro/2006 - BBC Brasil
  • "A crise foi causada por comportamentos irracionais de gente branca de olhos azuis, que antes pareciam saber de tudo, e, agora, demonstram não saber de nada."
-"Fonte: O Globo
  • "Por que não levar empreendedores para a África? Em Angola você vende até o sapato que tá no pé. O Brasil tinha mania de só olhar para Europa. Éramos capazes de chegar a Frankfurt sem olhar para a África"
Fonte:G1
  • "É engraçado. A imprensa perguntava: `o senhor vai tratar de tal assunto?'", disse Lula, após falar que no passado os brasileiros eram tratados como se fossem "lixo". "Eu dizia: `quem vai tratar com ela é o ministro Celso Amorim (Relações Exteriores). Vou recebê-la numa deferência ao Celso Amorim, que me pediu para recebê-la. A conversa é de ministro a ministro. Quando for o Obama (presidente dos Estados Unidos, Barack Obama) eu converso com ele.'"
Fonte:Estadão
  • "Um muro dentro de Israel não é uma coisa nobre no século 21. Eu me senti em uma eclusa"
Fonte: Reuters
  • "O bloqueio à Gaza não pode continuar. O muro da separação deve vir abaixo. O mundo não suporta nenhum tipo de muro"
  • "Sonho com uma Palestina livre e em paz".
-Em 17 de março de 2010 em visita histórica a territórios palestinos e israelenses.
Fonte: G1 e R7.
  • "Eu acho engraçado, porque eu fui a Israel, não estava nem na minha agenda, nem os israelenses pediram para eu visitar o túmulo do criador do sionismo, mas nem os israelenses pediram. Alguns jornais aqui no Brasil ficaram incomodados porque eu não quis ir visitar uma coisa que nem Israel queria. E ainda diziam: "O que o Lula está se metendo, o que ele pensa que é? Discutir crise internacional... Se coloca no seu lugar, baixinho!" Eu sou baixinho, mas o povo brasileiro não é. O povo brasileiro é muito grande!
Fonte: Folha
  • "Mais que curso de doutor, as pessoas precisam fazer curso de inteligência e de solidariedade para poderem dirigir seus países"
-Em discurso em 18 de maio de 2010, em Madri.
Fonte: Terra
  • "Vou lá para dizer ao presidente Ahmadinejad: sou contra você ter armas nucleares, mas sou a favor de você enriquecer urânio como o Brasil enriquece".
Fonte: Reuters
  • "Eu vou lá [Irã] porque não quero que aconteça com o Irã o que aconteceu no Iraque (...) porque aquela guerra no Iraque foi consequência de duas grandes mentiras contadas para a humanidade"
Fonte: Reuters
  • "É preciso que os iranianos saibam que podem enriquecer urânio para fins pacíficos e que nós tenhamos a tranquilidade de que é só para usos pacíficos"
-Sobre as sanções impostas ao Irã por enriquecer urânio e a falta de diálogo dos outros países.
Fonte: G1
  • Muita gente não aceita isso com facilidade porque o normal era que fôssemos subordinados a uma grande potência."
-Criticando os criticos de sua política externa sobre conflitos internacionais.
Fonte: R7
  • "Acreditamos que a energia nuclear deve ser um instrumento para a promoção do desenvolvimento e não uma ameaça. O mundo precisa do Oriente Médio em paz e o Brasil não está alheio a essa necessidade. Defendemos um planeta livre de armas nucleares e o pleno cumprimento por todos os países da determinação do Tratado de Não-Proliferação Nuclear.
-Sobre energia nuclear
Fonte: IG
  • "A divergência do Irã com os EUA perdurava por 31 anos. Qual foi o mal que o Brasil e a Turquia fizeram? Foi o de convencer o presidente do Irã a se sentar para negociar. Que era o que eles queriam que acontecesse. Quando o Irã topa sentar, eles falam que não vale mais. Não é possível fazer política internacional sem respeito mútuo"
Fonte: Estadão
  • "Acho engraçado como a imprensa trata uma coisa dessas. Imagina se fosse a Petrobras. Imagina se fosse aqui na Baía de Guanabara, o escândalo que o mundo desenvolvido teria feito contra nós. Imagina quantas matérias contra o Brasil"
Sobre o desastre ambiental iniciado em 20 de abril de 2010 no no Golfo do México, o maior desastre ecológico da história americana.
Fonte: Terra
  • "Aquilo que os americanos não estavam conquistando há 31 anos, nós conseguimos em 18 horas de conversa, e o Irã resolveu sentar na mesa para negociar numa demonstração de que o diálogo é a melhor forma de resolver os conflitos, e não atirando, como Israel atirou ontem no barco que ia levar comida para a faixa de Gaza"
-Comentando o ataque de Israel ao comboio naval que levava ajuda humanitária até Gaza e o acordo de feito entre Brasil, Turquia e Irã sobre energia nuclear.
Fonte: Folha
  • "Eu fico triste porque no Brasil nós temos um complexo de inferioridade na cabeça de muita gente. Uma parte de nossa elite política, que escreve colunas (em jornais), que fica dizendo: ‘Mas o que o Brasil tinha que se meter? Aquilo não é coisa do Brasil’. O Brasil não tem que pedir licença a ninguém para conversar com quem quer que seja."
- Sobre comentarios recebidos do acordo realizado
- Fonte: [3]

Educação[editar]

  • "O dinheiro público aplicado na educação é um investimento e não um gasto, pois ajuda a construir um futuro mais digno para as pessoas e para o país"
Fonte: Discurso pronunciado em 4 de maio de 2012
  • "Vocês não podem imaginar o que significa para alguém como eu, que não teve as oportunidades escolares que todo jovem deveria ter, mas que sempre acreditou no potencial libertador do conhecimento, e que a vida inteira apoiou a luta pela educação, tornar-se Doutor Honoris Causa dessas magníficas universidades."
- Ao receber o título de Doutor Honoris Causa de cinco universidades do Rio de Janeiro
Fonte: Discurso pronunciado em 4 de maio de 2012


Oposição[editar]

  • verdade que FHC teve mais anos de escolaridade, mas também é verdade que eu sei governar melhor do que ele."
ISTO É. Frases 2007. Edição n° 1991. 26 de dezembro de 2007 pp. 104-105.
- Apontando os 8 anos do governo anterior (FHC)
  • "Descobri no governo que a esquerda faz oposição, mas direita tenta dar golpes todos os dias, e resolvi que iria enfrentá-los com o povo, com os movimentos sociais, e não ficar no gabinete lendo os jornais deles".
-Em Porto Alegre, num comício para campanha eleitoral de Dilma em 30 de julho de 2010
-Fonte: Portal Vermelho
  • "Eu nunca pensei que, com a inteligência de nossos adversários, eles fossem copiar o slogan do Obama. Quando eles dizem que este País pode mais, nós dizemos que fazemos mais. Não adianta eles copiarem o Obama, que o Obama já disse que 'eu sou o cara', e eu respondi pra ele que vocês, 180 milhões de brasileiros, é que são 'os caras'"
-Comentando o slogam do PSDB para a campanha de 2010.
Fonte: Estadão
  • "O presidente tem coisa mais seria para cuidar do que as dores de cotovelo do Serra. O homem que se diz tão preparado para governar um país de 190 milhões de habitantes quer que o presidente Lula censure a internet. Não posso fazê-lo. Tem insinuações, assim como tem contra o presidente, contra a família do presidente ou contra jornalistas. O Serra que vá para rua, que melhore a qualidade de seu programa, que faça propostas."
- Sobre a suposta publicação de dados de Verônica Serra na Internet.
- Fonte: Terra
  • "Mentira tem perna curta... quando as pessoas começam a mentir descaradamente, quando começam a procurar alguém para responsabilizar pelo seu fracasso, aí a coisa não fica bem. Do outro lado nós temos um adversário que o bicho anda com uma raiva de eu não sei o quê. Ninguém precisa tentar transformar a família em vítima. Cadê esse tal de sigilo que não apareceu até agora? Cadê? Cadê o vazamento das informações?
- Fonte: Reuters
  • "Os tucanos têm bico grande para falar e bico pequeno para fazer. Eles são tão sabidos que acham que nasceram sabendo das coisas"
- Fonte: Folha
  • Você sabe que tucano come até o próprio filhote, eles são danados. Ninguém tem o bico daquele tamanho para nada. Não há colher que encha aquele bico de comida, então tem que ser um pessoal falador, prometedor. O pessoal está prometendo ate aumentar o salário mínimo"
-Fonte: G1
  • "Se mantenham tranquilos, porque outra vez, Dilma, nós não vamos derrotar apenas os nossos adversários tucanos. Nós vamos derrotar alguns jornais e revistas que se comportam como se fossem partido político e não tem coragem de dizer que são partido político, que têm candidato e não têm coragem de dizer que têm candidato, que não são democratas e pensam que são"
-Fonte: G1

Sobre[editar]

  • "Esse é o cara. Eu adoro esse cara [...] Ele é o político mais popular da Terra."
- Barack Obama durante reunião do G-20
  • "Ler uma página de um livro dá uma canseira, é melhor fazer uma hora de esteira"
- pronunciamento do senador Francisco de Assis de Morais Souza ("Mão Santa"), em 22 de abril de 2009.
  • "Obrigada presidente Lula, agora o povo brasileiro se sente dono de seu próprio país. A sua presença na presidência deu nova alma ao Brasil"
-Daniela Mercury, cantora, no Twitter, após o fim do mandato de Lula
- Fonte: Bahia Notícias
  • "Há no PT a idéia de que você ou é petista ou é calhorda, assim como o PSDB acha que você ou é tucano ou é burro"
- Chico Buarque, cantor, declarando voto em Lula
- Fonte: Revista ISTOÉ Gente! Edição 351
  • "Penso exatamente como Chico Buarque: estou com o Lula, mas sem entusiasmo"
- Oscar Niemeyer, arquiteto, declarando voto nas eleições presidenciais do Brasil em 2006
- Fonte: Revista ISTOÉ Gente! Edição 352
  • "Vocês têm um grande presidente aqui."
- Michele Bachelet, presidente do Chile, em entrevista ao CQC em 2009.
Leonel Brizola.
  • "Essas críticas que ele faz à memória, espisoteando a memória do presidente Vargas, isso me distancia léguas desse cidadão. E me faz desconfiar muito dele. Me faz desconfiar muito dele e do PT com partido de natureza social, como movimento de natureza social."
- Leonel Brizola, no debate dos presidenciáveis do SBT, em 1989
  • "O partido não é imobiliária."
- Ao recusar a ajuda do PT para resolver seu grave problema de moradia.
- Fonte: Revista Veja
  • "Ele é o cara! Eu adoro esse cara. Esse é o político mais popular da terra. Isso porque ele é boa pinta."
- Barack Obama, em uma conversa descontraída com líderes do G20.
- Fonte: BBC Brasil
  • "O Lula tem que ter mais respeito! [...] [A] interferência dele no Senado é humilhante! Está imitando os generais da ditadura. Lula está exagerando do seu santo protetor, porque tudo está dando certo até agora. O Lula companheiro, sindicalista, está hoje mais para general da ditadura do que o Lula que um dia foi."
- Pedro Simon, senador da República.
- Fonte: O Globo Online
  • "Esse prêmio mostra a estima que o mundo tem por Lula e por suas políticas de sucesso. Ele está comprometido com todas as áreas sociais e é um exemplo de liderança"
-Klaus Schwab, fundador do Fórum Econômico Mundial de Davos.
-Fonte: Último Segundo
  • "O governo Lula foi excepcional para o nosso negócio, fico até emocionado. O setor fez muito pelo Brasil, mas o governo está fazendo muito pelo setor. Nunca houve antes política tão boa para nós. O presidente Lula não perde nenhuma oportunidade de ser gentil"
-Luiz Guilherme Zancaner, dono do grupo Unialco e fundador da União Democrática Ruralista.
-Fonte: IHU.
  • "Os Estados Unidos estão irritados com a proximidade de dois países independentes como o Irã e o Brasil. É por isso que reclamaram tanto antes da sua visita ao Irã"
-Ali Khamenei, aiatolá autoridade máxima do Irã.
-Fonte: O Globo
  • "Não existe região de SP mais pequeno-burguesa que o ABCD, que teve fábricas, indústrias e uma classe média originada dos italianos, com pequenas chácaras. É uma região de pequenos-burgueses e portanto o presidente Lula é um pequeno-burguês."
  • "Estou convicto hoje de que sem o Lula nós teríamos conflitos sociais muito violentos no Brasil. Ele nasceu na sociedade mais pobre, tem empatia e raiz social profunda. Está procurando afastar as grandes diferenças sociais e, assim, consolidando a democracia."
- Cláudio Lembo
- "Folha de S.Paulo", Dezembro de 2006 [1]

Referências