Química

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Henrika Šantel - Kemičarka.jpg

Química, um ramo das ciências físicas, é o estudo da composição, propriedades e comportamento da matéria. A Química preocupa-se com os átomos e suas interações com outros átomos, e particularmente com as propriedades de ligações químicas. Química também está relacionada com as interações entre os átomos (ou grupos de átomos) e diversas formas de energia (por exemplo, as reacções fotoquímicas, mudanças de fases da matéria, a separação de misturas, propriedades de polímeros, etc. ).

Origem[editar]

Século 17[editar]

Isto é o estudo dos químicos para libertar a unsensual verdade de suas correntes em coisas de sentido. .
- Gerhard Dorn, 1659
  • O estudo dos Químicos libertar essa verdade insensual de seus grilhões nas coisas dos sentidos, pois por meio dela os poderes celestiais são perseguidos com compreensão sutil... O conhecimento é a solução certa e indubitável pela experimentação de todas as opiniões sobre a verdade... A experiência é a demonstração manifesta da verdade e a resolução é o afastamento da dúvida. Não podemos resolver qualquer dúvida a não ser por meio de experimentos e, portanto, não há melhor maneira de fazer isso do que nós mesmos. Portanto, verifiquemos o que dissemos acima a respeito da verdade, começando por nós mesmos. Já dissemos que a piedade consiste no conhecimento de nós mesmos e, portanto, diz-se que fazemos com que o conhecimento filosófico comece também disso. Mas nenhum homem pode se conhecer a menos que saiba o que é e não quem é, de quem depende e de quem é (pois pela lei da verdade ninguém pertence a si mesmo e para que fim foi feito. Com esse conhecimento começa a piedade , que se preocupa com duas coisas, a saber, com o Criador e a criatura que é feita semelhante a ele. Pois é impossível para a criatura se conhecer de si mesma, a menos que primeiro conheça seu Criador... Ninguém pode melhor conhecer o Criador, do que o trabalhador é conhecido por sua obra.
  • Química é tudo novo; não havia tal coisa conhecida para a gerações velha. Esta arte, qual foi a pé por paracelso e helmont, e por alguns outros procurando cabeças prodigiosas, teve de aditamentos ultimamente. O alchymists réplica e alembick nunca foram tinha com tão rara e excelente segredos como são agora; os laboratórios e fornos nunca oferecidas a como invenções. Na verdade, é um caminho duro e violento de filosofar, é uma intimidação como fosse da natureza, é colocar ela na prateleira, e sobre a prova de fogo, para fazê-la confessar que ela nunca fez antes. E, na verdade, ela fez uma confissão muito amplas e descoberta, em que o conhecimento da filosofia natural é muito desenvolvimento e imbellish ia ia, muito nobre e preciosos medicamentos (constituído por oyls, Espíritos, tinturas, sais, & C.) são produzidos, e O Healthfulness de homens, e os seus corpos são longævity adquiriu, e o todo-Poderoso Criador assim exaltado e honrado.
    • John Edwards, uma história de todas izaak dispensas e métodos de religião (1699), p. 631

Século 18[editar]

  • Não deduzir qualquer consequência que não derive imediatamente de experimentos e observações, manter apenas os fatos que são apenas dados da natureza, buscar a verdade apenas na sequência natural de experiências e observações.
- à ne déduire aucune conséquence qui ne dérive immédiatement des expériences et des observations, à ne conserver que les faits qui ne sont que des données de la nature, à ne chercher la vérité que dans l'enchaînement naturel des expériences et des observations
- Oeuvres: Traité élémentaire de chimie. T. 1 - Página 4, Antoine Laurent Lavoisier · Imprimerie impériale, 1864

Século 19[editar]

  • Deus não justifica homem com base na aprendizagem humana; conquistas em anatomia, química, biologia, geologia, astronomia, ou habilidade em escultura e pintura, - estas não preparam um homem para morrer.
- God does not justify man on the ground of human learning; attainments in chemistry, anatomy, geology, botany, astronomy, or skill in sculpture and painting, — these do not prepare a man to die.
- Albert Barnes como citado in: Dictionary of Burning Words of Brilliant Writers: Cyclopædia of Quotations from the Literature of All Ages - Página 114, Josiah Hotchkiss Gilbert · W.B. Ketcham, 1895
  • Homens não estão autorizados a pensar livremente sobre química e biologia: por que eles devem ser autorizados a pensar livremente sobre filosofia política?
    • Auguste Comte (1798-1857) citado em Dictionary of scientific citação (1991) por Alan Lindsay Mackay
  • Se uma variação possível - ou melhor, razoável - em apenas uma das forças que condicionam a raça humana, a da gravitação, poderia modificar nossa forma externa, aparência e proporções a ponto de nos tornar, para todos os efeitos e propósitos, uma raça diferente de seres; se meras diferenças de tamanho podem fazer com que alguns dos fatos mais simples da química e da física adquiram uma aparência tão completamente diferente; se seres microscopicamente pequenos e prodigiosamente grandes estivessem simplesmente sujeitos às alucinações que indiquei, e a outros que eu poderia ampliar, não é possível que nós, por sua vez, embora ocupemos, ao que parece, o meio dourado, pode também, pela mera virtude de nosso tamanho e peso, cair em interpretações errôneas de fenômenos dos quais deveríamos escapar se nós ou o globo que habitamos fosse maior ou menor, mais pesado ou mais leve? Não pode nosso alardeado conhecimento ser simplesmente condicionado por ambientes acidentais e, portanto, estar sujeito a um grande elemento de subjetividade até então insuspeitado e dificilmente possível de eliminar?
- If a possible — nay, reasonable — variation in only one of the forces conditioning the human race, that of gravitation, could so modify our outward form, appearance, and proportions as to make us to all intents and purposes a different race of beings; if mere differences of size can cause some of the most simple facts in chemistry and physics to take so widely different a guise; if beings microscopically small and prodigiously large would simply as such be subject to the hallucinations I have pointed out, and to others I might enlarge upon, is it not possible that we, in turn, though occupying, as it seems to us, the golden mean, may also by the mere virtue of our size and weight fall into misinterpretations of phenomena from which we should escape were we or the globe we inhabit either larger or smaller, heavier or lighter? May not our boasted knowledge be simply conditioned by accidental environments, and thus be liable to a large element of subjectivity hitherto unsuspected and scarcely possible to eliminate?
- William Crookes (1897) Address to the Society for Psychical Research
  • Leitor! Imagine um menino de escola que perdeu o tamanho das roupas. Imagine os reparos feitos nas vestimentas onde a moldura ampliada rompeu os estreitos limites de sua cobertura. Imagine os acréscimos feitos onde os membros salientes emergiram de maneira justa e distante além dos limites da vestimenta. Imagine o menino ainda crescendo, e as roupas, remendadas por inteiro, agora mais do que nunca precisando de remendos - tal é a química e tal sua nomenclatura.
- Reader! Imagine a school-boy who has outgrown his clothes. Imagine the repairs made on the vestments where the enlarged frame had burst the narrow limits of its inclosure. Imagine the additions made where the projecting limbs had fairly and far emerged beyond the confines of the garment. Imagine the boy still growing, and the clothes, mended all over, now more than ever in want of mending — such is chemistry, and such its nomenclature.
- John Joseph Griffin (1834) Chemical Recreations (7th Edition, 1834) "The Romance of Chemistry" p. 189
  • Não podemos ter pensamento religioso exato sem teologia, como também mensuração exata de astronomia sem matemática, ou fabricação exata de ferro sem química.
- We can no more have exact religious thinking without theology, than exact mensuration and astronomy without mathematics, or exact iron-making without chemistry.
- John Hall (Pastor presbiteriano) como citado in: Dictionary of Burning Words of Brilliant Writers (Dicionário de palavras ardentes de brilhante escritor),p. 580., Josiah Hotchkiss Gilbert, W.B. Ketcham, 1895
  • É um erro confundir alquimia com química. Química moderna é uma ciência que lida apenas com as formas externas em que o elemento da matéria está a manifestar-se. Nunca produz nada de novo. Podemos misturar e composto e decompor dois ou mais corpos química um número ilimitado de times, e os fará aparecer sob diversas formas diferentes, mas no final não teremos aumento da substância, nem nada mais do que as combinações das substâncias que Foram empregadas no início. Alquimia não misturar ou composto, que provoca algo que já existe em um estado latente para se tornar ativo e crescer. Alquimia é, portanto, mais comparável a botânica ou agricultura do que a química; e, na verdade, o crescimento de uma planta, uma árvore, ou um animal é um processo alquímico acontecer no laboratório alquímico da natureza, e realizado pelo grande Alquimista, o poder de Deus agindo na natureza.
- It is a mistake to confound Alchemy with Chemistry. Modern Chemistry is a science which deals merely with the external forms in which the element of matter is manifesting itself. It never produces anything new. We may mix and compound and decompose two or more chemical bodies an unlimited number of times, and cause them to appear under various different forms, but at the end we will have no augmentation of substance, nor anything more than the combinations of the substances that have been employed at the beginning. Alchemy does not mix or compound anything, it causes that which already exists in a latent state to become active and grow. Alchemy is, therefore, more comparable to botany or agriculture than to Chemistry; and, in fact, the growth of a plant, a tree, or an animal is an alchemical process going on in the alchemical laboratory of nature, and performed by the great Alchemist, the power of God acting in nature.
- Franz Hartmann in: "Pronaos of the Temple of Wisdom, containing the History of the True and the False Rosicrucians : with an Introduction Into the Mysteries of the Hermetic Philosophy" (pronaos do templo da sabedoria, contendo a história do verdadeiro e o falso Rosacruz), p. 130, Theosophical Pub. Society, 1890
  • A mais poderosa influência exercida pelos árabes em geral física natural que foi direcionada para os avanços da química; uma ciência para que esta corrida criou uma nova era. (...) além de fazer menção de louvável para a ciência natural dos árabes em ambas as esferas celestes e terrestres, devemos também aludir suas contribuições em caminhos separados de desenvolvimento intelectual para o povo em geral da ciência matemática.
- The most powerful influence exercised by the Arabs on general natural physics was that directed to the advances of chemistry; a science for which this race created a new era. [...]
Besides making laudatory mention of that which we owe to the natural science of the Arabs in both the terrestrial and celestial spheres, we must likewise allude to their contributions in separate paths of intellectual development to the general mass of mathematical science.
- Cosmos: A Sketch of a Physical Description of the Universe · Volume 2 - página 589, página 595, Alexander von Humboldt · 1849
  • Química, em sua aplicação a animais e vegetais. Esforça-se em conjunto com a fisiologia para nos iluminar a respeito dos misteriosos processos e fontes da vida orgânica.
- Chemistry, in its application to animals and vegetables. Endeavours jointly with physiology to enlighten us respecting the mysterious processes and sources of organic life.
- Familiar Letters on Chemistry in Its Relations to Physiology, Dietetics, Agriculture, Commerce and Political Economy - Página 125, Justus Freiherr von Liebig, Taylor · 1851
  • Nos quatro quartos do Globo, quem lê um livro americano? Ou vai para um americano jogar? Ou olha para uma imagem ou estátua americana? O que é que o mundo ainda devem a Americanos médicos ou cirurgiões? Que novas substâncias têm seus químicos descobriram? Ou o que os antigos têm avançado? Que novas constelações foram descobertos pelos telescópios de americanos? Quem bebe de American óculos? Ou come da American Chapas? Ou usa casacos americanos ou vestidos? Ou dorme no American cobertores? Finalmente, sob a qual dos antigos governos tirânicos da Europa é cada sexto homem um escravo, que o seu colega-criaturas podem comprar e vender e tortura?
- In the four quarters of the globe, who reads an American book? Or goes to an American play? or looks at an American picture or statue? What does the world yet owe to American physicians or surgeons? What new substances have their chemists discovered? Or what old ones have they advanced? What new constellations have been discovered by the telescopes of Americans? Who drinks out of American glasses? Or eats from American plates? Or wears American coats or gowns? or sleeps in American blankets? Finally, under which of the old tyrannical governments of Europe is every sixth man a slave, whom his fellow-creatures may buy and sell and torture?
- Adam Seybert no artigo "Statistical Annals of the United States of America" in: The Literary and Scientific Repository, and Critical Review - Volume 1 - página 186, Charles Kitchell Gardner · Wiley and Halsted, 1820
- referindo-se a falta de cultura estabelecida e a estabelecida instituição da escravatura nos Estados Unidos
  • "A patologia celular não chega ao fim se não se consegue ver nenhuma alteração em uma célula. A química traz o esclarecimento dos processos vivos para mais perto do que a anatomia. Cada mudança anatômica deve ter sido precedida por uma química."
- Cellular pathology is not at an end if one cannot see any alteration in a cell. Chemistry brings the clarification of living processes nearer than does anatomy. Each anatomical change must have been preceded by a chemical one.
- Rudolf Virchow como citado in: The Scientific Basis of Medicine Annual Reviews - página 189, British Postgraduate Medical Federation, Athlone Press, 1969

Século 20[editar]

- The nature of the chemical bond is the problem at the heart of all chemistry.
- Bryce Crawford como citado in: New Chemistry - Página 65, Scientific American · Reino Unido: Simon and Schuster, 1957
  • Não podemos esquecer que quando radium foi descoberto ninguém sabia que iria ser útil nos hospitais. O trabalho foi um de ciência pura. E isto é uma prova de que trabalho científico não deve ser considerado do ponto de vista da utilidade da direta. Isso deve ser feito por si mesmo, para a beleza da ciência, e depois há sempre a hipótese de uma descoberta científica pode tornar-se como o rádio um benefício para a humanidade.
    • Marie Curie (1921) palestra na Universidade de vassar, poughkeepsie, Nova York (14 de maio de 1921)
  • Dentro de um determinado tipo de ambiente, de uma atividade pode ser verificado que o único significado que acumula é dos seus diretos e concretos resultado isolado. Um pode cozinhar, ou martelo, ou caminhar, e as consequências que daí advêm pode não levar a mente mais longe do que as consequências de cozinhar, martelando, e andando no literal - ou físico - sentido. Mas, no entanto, as consequências do ato permanecer longe. A caminhada envolve um deslocamento e reação do resistindo a terra, cuja emoção é sentida onde houver matéria. Envolve a estrutura de membros e o sistema nervoso; os princípios da mecânica [[]]. cozinhar é usar calor e humidade para mudar as relações química dos alimentos matérias; tem uma influência sobre a assimilação dos alimentos e o O crescimento do corpo. O máximo que a maioria dos homens instruídos da ciência sabe em física, química, fisiologia não é o suficiente para fazer todas essas consequências e conexões perceptível. A tarefa da educação, uma vez mais, é ver que essas atividades são realizadas em tais formas e sob tais condições como tornar essas condições como perceptível quanto possível.
  • A leis físicas necessárias para a teoria matemática de grande parte da física e de toda a química são, portanto, completamente conhecido, e a dificuldade é apenas que o exato aplicação destas leis leva a equações demasiado complicado para ser solúvel. Por conseguinte, torna-se desejável que aproximada de aplicar métodos práticos a mecânica quântica deve ser desenvolvido, que pode levar a uma explicação das principais características do complexo atomic sistemas sem muito cálculo.
- The underlying physical laws necessary for the mathematical theory of a large part of physics and the whole of chemistry are thus completely known, and the difficulty is only that the exact application of these laws leads to equations much too complicated to be soluble. It therefore becomes desirable that approximate practical methods of applying quantum mechanics should be developed, which can lead to an explanation of the main features of complex atomic systems without too much computation.
-Paul Dirac (1926) Proceedings of the Royal Society de Londres. Série A, contendo documentos de matemática e física um personagem, vol. 123, n. 792 (6 de abril de 1929)
  • A guerra moderna, descobrimos, era em muito maior grau do que nunca um conflito de químicos e fabricantes. A força de trabalho, é verdade, era indispensável, e o generalato sempre, sejam quais forem as condições, terá um papel vital a desempenhar. Mas as tropas, por mais corajosas e bem lideradas, eram impotentes sob as condições modernas, a menos que equipadas com artilharia adequada e atualizada (com massas de granadas explosivas), metralhadoras, aeronaves e outros suprimentos. Contra os postes de metralhadoras inimigas e os emaranhados de arame, os homens mais galantes e mais bem liderados só podiam jogar fora suas preciosas vidas em ondas sucessivas de martírio heróico. Seu sacrifício custoso não poderia servir para obter a vitória.
- Modern warfare, we discovered, was to a far greater extent than ever before a conflict of chemists and manufacturers. Manpower, it is true, was indispensable, and generalship will always, whatever the conditions, have a vital part to play. But troops, however brave and well led, were powerless under modern conditions unless equipped with adequate and up-to-date artillery (with masses of explosive shell), machine-guns, aircraft and other supplies. Against enemy machine-gun posts and wire entanglements the most gallant and best-led men could only throw away their precious lives in successive waves of heroic martyrdom. Their costly sacrifice could avail nothing for the winning of victory.
- David Lloyd George (1938) War Memoirs (Memórias de guerra)
  • A tradição alquímica assume que toda arte física ou ciência é um corpo de conhecimento que existe apenas porque é animado por poderes e processos invisíveis. A físico-química, tal como é praticada no mundo moderno, preocupa-se principalmente com projetos de pesquisa farmacêutica ou industrial. Está confinado aos limites de um materialismo que tudo permeia, que liga o trabalho ao avanço dos objetivos físicos.
- The alchemical tradition assumes that every physical art or science is a body of knowledge which exists only because it is ensouled by invisible powers and processes. Physical chemistry, as it is practiced in the modern world, is concerned principally with pharmaceutical or industrial research projects. It is confined within the boundaries of an all-pervading materialism, which binds labor to the advancement of physical objectives.
- Manly Palmer Hall (1988) Meditation Symbols in Eastern & Western Mysticism (Símbolos de meditação no misticismo oriental e ocidental)
  • Coringa: Você idiota! Você me fez. Lembra? Você me deixou entrar naquele tanque de produtos químicos. Não foi fácil ultrapassar isso, e não acho que eu não tentei.
  • De alguma forma, a prática da astronomia, física, química ou biologia normalmente falha em evocar as controvérsias sobre os fundamentos que hoje parecem endêmicas entre, digamos, psicólogos ou sociólogos. A tentativa de descobrir a origem dessa diferença me levou a reconhecer o papel na pesquisa científica do que chamei de “paradigmas”. Considero essas realizações científicas universalmente reconhecidas que, por um tempo, fornecem problemas e soluções exemplares para uma comunidade de profissionais.
- Somehow, the practice of astronomy, physics, chemistry or biology normally fails to evoke the controversies over fundamentals that today seem endemic among, say, psychologists or sociologists. Attempting to discover the source of that difference led me to recognize the role in scientific research of what I have since called “paradigms.” These I take to be universally recognized scientific achievements that for a time provide model problems and solutions for a community of practitioners.
- Thomas Samuel Kuhn (1962) The Structure of Scientific Revolutions (A estrutura da Revolução Científica). p. 48
  • Há uma estreiteza de ação, embora não intencional, que caracteriza os departamentos universitários, as publicações científicas e os cientistas em geral: se é muito popular, é de certa forma vulgar e errado. Você realmente não pode falar com aquelas pessoas do outro lado da rua. Moro ao lado dos químicos do MIT, mas nunca os vejo. Eu mal sei quem eles são, mas entre a física e a química é difícil saber quem deveria estudar qual molécula. Eu mesmo sou culpado. Formamos comunidades não com base nos problemas da ciência, mas em outras coisas. Isso faz parte da divisão geral entre o membro inteligente do público e o cientista que fala em foco estreito. Mas os grandes problemas teóricos que eu acredito que o mundo espera serão de alguma forma resolvidos pela ciência, problemas próximos a questões filosóficas profundas são os mesmos problemas que encontram a menor especialização, o menor grau de organização, o menor apoio institucional nas instituições científicas da América ou mesmo do mundo.
- There is a narrowness of action, though not of intent, which characterizes university departments, and scientific publications and scientists in general: if it is too popular, it is somehow vulgar and wrong. You can't really speak to those people across the street. I live next to the chemists at MIT, but I never see them. I hardly know who they are, yet between physics and chemistry it is hard to know who should study what molecule. I myself am guilty. We form communities not based on the problems of science, but on quite other things. This is part of the general split between the intelligent member of the public and the scientist who speaks in narrow focus. But the great theoretical problems which I believe the world expects will somehow be solved by science, problems close to deep philosophical issues are the very problems that find the least expertise, the least degree of organization, the least institutional support in the scientific institutions of America or indeed of the world.
- Nothing is too wonderful to be true - página 195, Philip Morrison, Alemanha, American Inst. of Physics, 1995, ISBN: 9781563963636, 1563963639
  • Podemos, acredito, antecipar que o químico do futuro que está interessado na estrutura de proteínas, ácidos nucléicos, polissacarídeos e outras substâncias complexas com alto peso molecular virá a contar com uma nova química estrutural, envolvendo relações geométricas precisas entre os átomos nas moléculas e a aplicação rigorosa dos novos princípios estruturais, e esse grande progresso será feito, através desta técnica, no ataque, por métodos químicos, aos problemas da biologia e da medicina.
- We may, I believe, anticipate that the chemist of the future who is interested in the structure of proteins, nucleic acids, polysaccharides, and other complex substances with high molecular weight will come to rely upon a new structural chemistry, involving precise geometrical relationships among the atoms in the molecules and the rigorous application of the new structural principles, and that great progress will be made, through this technique, in the attack, by chemical methods, on the problems of biology and medicine.
- Linus Pauling como citado in: Linus Pauling in His Own Words: Selections From His Writings, Speeches and Interviews - Página 134, Barbara Marinacci · Touchstone, 1995, ISBN: 9780684813875, 0684813874
  • Basta pensar nas diferenças de hoje. Um jovem se interessa por química e recebe um conjunto químico. Mas não contém cianeto de potássio. Nem mesmo contém sulfato de cobre ou qualquer outra coisa interessante porque todos os produtos químicos interessantes são considerados substâncias perigosas. Portanto, esses jovens químicos em ascensão não têm a chance de fazer nada envolvente com seus conjuntos de química. Olhando para trás, acho notável que o Sr. Ziegler, este amigo da família, tivesse tão facilmente entregado um terço de uma onça de cianeto de potássio para mim, um menino de onze anos.
- Just think of the differences today. A young person gets interested in chemistry and is given a chemical set. But it doesn't contain potassium cyanide. It doesn't even contain copper sulfate or anything else interesting because all the interesting chemicals are considered dangerous substances. Therefore, these budding young chemists don't get a chance to do anything engrossing with their chemistry sets. As I look back, I think it is pretty remarkable that Mr. Ziegler, this friend of the family, would have so easily turned over one-third of an ounce of potassium cyanide to me, an eleven-year-old boy.
- Linus Pauling como citado in: Linus Pauling in His Own Words: Selections From His Writings, Speeches and Interviews - Página 29, Barbara Marinacci · Touchstone, 1995, ISBN: 9780684813875, 0684813874
  • A Segunda Lei da Termodinâmica afirma que todos os sistemas de energia funcionam como um relógio e nunca retrocedem. Mas a vida não apenas "acelera", convertendo água do mar de baixa energia, luz solar e ar em produtos químicos de alta energia, ela continua se multiplicando em mais e melhores relógios que continuam "funcionando" cada vez mais rápido. Por que, por exemplo, um grupo de compostos simples e estáveis ​​de carbono, hidrogênio, oxigênio e nitrogênio lutaria por bilhões de anos para se organizar em um professor de química? Qual é o motivo? Se deixarmos um professor de química em uma rocha ao sol por tempo suficiente, as forças da natureza o converterão em compostos simples de carbono, oxigênio, hidrogênio e nitrogênio, cálcio, fósforo e pequenas quantidades de outros minerais. É uma reação unilateral. Não importa que tipo de professor de química usamos e não importa o processo que usamos, não podemos transformar esses compostos de volta em um professor de química. Os professores de química são misturas instáveis ​​de compostos predominantemente instáveis ​​que, na presença exclusiva do calor do sol, se decompõem irreversivelmente em compostos orgânicos e inorgânicos mais simples. Isso é um fato científico. A questão é: então por que a natureza reverte esse processo? O que diabos faz com que os compostos inorgânicos sigam o outro caminho? Não é a energia do sol. Acabamos de ver o que a energia do sol fez. Tem que ser outra coisa. O que é?
- The Second Law of Thermodynamics states that all energy systems run down like a clock and never rewind themselves. But life not only 'runs up,' converting low energy sea-water, sunlight and air into high-energy chemicals, it keeps multiplying itself into more and better clocks that keep 'running up' faster and faster. Why, for example, should a group of simple, stable compounds of carbon, hydrogen, oxygen and nitrogen struggle for billions of years to organize themselves into a professor of chemistry? What's the motive? If we leave a chemistry professor out on a rock in the sun long enough the forces of nature will convert him into simple compounds of carbon, oxygen, hydrogen and nitrogen, calcium, phosphorus, and small amounts of other minerals. It's a one-way reaction. No matter what kind of chemistry professor we use and no matter what process we use we can't turn these compounds back into a chemistry professor. Chemistry professors are unstable mixtures of predominantly unstable compounds which, in the exclusive presence of the sun's heat, decay irreversibly into simpler organic and inorganic compounds. That's a scientific fact. The question is: Then why does nature reverse this process? What on earth causes the inorganic compounds to go the other way? It isn't the sun's energy. We just saw what the sun's energy did. It has to be something else. What is it?
- Lila: An Inquiry Into Morals - Página 162, Robert Pirsig · Random House Publishing Group, 2013, ISBN: 9780307764218, 0307764214
Por exemplo, se um grupo de simples, estável, compostos de carbono, hidrogênio, oxigênio e nitrogênio luta por bilhões de anos para organizar - se em um professor de química? Segunda-Robert Pirsig, 1991.
Física e Química é difícil saber quem deve estudar Moléculas
-Philip Morrison, 1995
  • Nunca estive em meu poder estudar nada, - matemática, ética, metafísica, gravitação, termodinâmica, óptica, química, anatomia comparada, astronomia, psicologia, fonética, economia, história da ciência, whist, homens e mulheres, vinho, metrologia, exceto como um estudo de semiótica.
- It has never been in my power to study anything, — mathematics, ethics, metaphysics, gravitation, thermodynamics, optics, chemistry, comparative anatomy, astronomy, psychology, phonetics, economics, the history of science, whist, men and women, wine, metrology, except as a study of semeiotic.
- carta a Victoria (23 de dezembro de 1908)
- Selected Writings (Values in a Universe of Chance) - Página 408, Charles Sanders Peirce · Dover Publications, 1966, ISBN: 9780486216348, 0486216349
  • O reconhecimento de certas impossibilidades básicas lançou as bases de alguns princípios importantes da física e da química; da mesma forma, o reconhecimento da impossibilidade de compreender as coisas vivas em termos de física e química, longe de estabelecer limites para a nossa compreensão da vida, irá guiá-lo na direção certa. E mesmo se a demonstração dessa impossibilidade não trouxer grande vantagem na busca da descoberta, tal demonstração ajudaria a traçar uma imagem mais verdadeira da vida e do homem do que aquela que nos é dada pelos atuais conceitos básicos da biologia.
- The recognition of certain basic impossibilities has laid the foundations of some major principles of physics and chemistry; similarly, recognition of the impossibility of understanding living things in terms of physics and chemistry, far from setting limits to our understanding of life, will guide it in the right direction. And even if the demonstration of this impossibility should prove of no great advantage in the pursuit of discovery, such a demonstration would help to draw a truer image of life and man than that given us by the present basic concepts of biology.
- Michael Polanyi in: Life's irreducible structure, (1968)
  • O ego se torna mais parecido com o ego interno e menos parecido com seu antigo eu, comparativamente falando. Ele aceita grandes porções da realidade que antes negava. Estruturalmente, ele permanece intacto, mas mudou química e eletromagneticamente. Agora está muito mais aberto aos dados internos. Uma vez que essa liberdade seja alcançada, o ego nunca poderá retornar ao seu antigo estado.
- The ego becomes more like the inner ego and less like its old self, comparatively speaking. It accepts large portions of reality that it previously denied. Structurally, it remains intact, yet it has changed chemically and electromagnetically. Now it is far more open to inner data. Once this freedom is achieved, the ego can never return to its old state.
- Seth, Dreams and Projection of Consciousness - páginas 310-311, ‎Jane Roberts · Stillpoint Pub., 1986, ISBN: 9780913299258, 0913299251
  • Confesso foi muito inesperado e eu estou muito assustado na minha metamorfose em um químico.
- I must confess it was very unexpected and I am very startled at my metamorphosis into a chemist.
- Ernest Rutherford em seu Prêmio Nobel de Química de 1908, como citado em Nobel Laureates and Twentieth-Century Physics - página 69, Mauro Dardo, Cambridge University Press, 2004, ISBN 0521540089, 9780521540087
  • A química foi denominada pelo físico como a parte complicada da física, mas não é por isso que os físicos deveriam ser autorizados a bagunçar a química quando a invadem.
- Chemistry has been termed by the physicist as the messy part of physics, but that is no reason why the physicists should be permitted to make a mess of chemistry when they invade it.
- Frederick Soddy como citado em "American journal of physics", Volume 14 - página 248, American Association of Physics Teachers, American Institute of Physics. 1946
  • Descrevi com alguma profundidade a aplicação dos Raios Positivos à análise química; uma das principais razões para escrever este livro foi a esperança de que ele pudesse induzir outras pessoas, especialmente os químicos, a tentar esse método de análise. Tenho certeza de que existem muitos problemas na química, que poderiam ser resolvidos com muito mais facilidade por este método do que por qualquer outro método. O método é surpreendentemente sensível - mais até do que o da análise de espectro, requer uma quantidade infinitesimal de material e não requer que seja especialmente purificado; a técnica não é difícil se houver aparelhos para produzir alto vácuo.
- I have described at some length the application of Positive Rays to chemical analysis; one of the main reasons for writing this book was the hope that it might induce others, and especially chemists, to try this method of analysis. I feel sure that there are many problems in chemistry, which could be solved with far greater ease by this than any other method. The method is surprisingly sensitive — more so than even that of spectrum analysis, requires an infinitesimal amount of material, and does not require this to be specially purified; the technique is not difficult if appliances for producing high vacua are available.
- Rays of Positive Electricity and Their Application to Chemical Analyses, Joseph John Thomson · University Press, 1913
  • Eu não admito nada além de matéria. Em física, química e biologia, vejo uma mecânica. Todo o cosmos é apenas um mecanismo complexo e infinito. Sua complexidade é tão grande que beira a arbitrariedade, o inesperado e o acaso, dá a ilusão de vontade livre dos seres conscientes
- Ничего не признаю, кроме материи. В физике, химии и биологии я вижу одну механику. Весь космос только бесконечный и сложный механизм. Сложность его так велика, что граничит с произволом, неожиданностью и случайностью, она даёт иллюзию свободной воли сознательных существ
- Konstantin Tsiolkovski in: Monismo do Universo, 1925 [1]
  • "A filosofia de Bergson, que é uma restauração espiritualista, essencialmente mística, medieval, quixotesca, tem sido chamada de filosofia demi-mondaine. Deixe de fora o demi; chame-o de mondaine, mundano. Mundano - sim, uma filosofia para o mundo e não para os filósofos, assim como a química não deveria ser apenas para os químicos. O mundo deseja a ilusão (mundus vult decipi) - ou a ilusão antecedente à razão, que é a poesia, ou a ilusão subsequente à razão, que é a religião. E Maquiavel disse que quem deseja iludir sempre encontrará alguém disposto a se iludir. Bem-aventurados os que são facilmente enganados!"
- The philosophy of Bergson, which is a spiritualist restoration, essentially mystical, medieval, Quixotesque, has been called a demi-mondaine philosophy. Leave out the demi; call it mondaine, mundane. Mundane — yes, a philosophy for the world and not for philosophers, just as chemistry ought to be not for chemists alone. The world desires illusion (mundus vult decipi) — either the illusion antecedent to reason, which is poetry, or the illusion subsequent to reason, which is religion. And Machiavelli has said that whosoever wishes to delude will always find someone willing to be deluded. Blessed are they who are easily befooled!
- Tragic Sense Of Life, Miguel de Unamuno, translator, J.E. Crawford flitch, Dover Publications, Inc, New York, 1954 (gutenberg)
  • Como a literatura, a filosofia não se distingue de outros assuntos por uma abordagem específica de um assunto independente dele. A química lida com os produtos químicos, a biologia com a vida e a astronomia com objetos muito grandes e distantes. A filosofia não pode se orgulhar de tal assunto definido.
- Like literature, philosophy is not distinguished from other subjects by a specific approach to a subject-matter independent of it. Chemistry deals with chemicals, biology with life and astronomy with very large, very distant objects. Philosophy can boast no such definite subject-matter.
- Philosophy at the Limit - Página 69, David Wood, ‎Unwin Hyman · 1990, ISBN: 9780044456254, 0044456255

Novo Milênio[editar]

  • Química é a ciência da matéria e as mudanças ela pode sofrer. O mundo da química, portanto, engloba tudo o material que nos cerca - as pedras nos pomos de pé, a comida que comemos, a carne da qual somos feitos, e o silício construímos em computadores. Não há nada de material além do alcance da química, vivos ou mortos, vegetal ou mineral, na terra ou em uma estrela distante.
    • Peter Atkins e Loretta Jones, ' ' Química ' princípios: a busca pela visão ' ', 4 ª Ed. (2008)
  • Eu era um ateu, não encontrando motivo para postular a existência de qualquer verdades fora da matemática, física e química. Mas então eu fui para a faculdade de medicina, e encontrou a vida e a morte assuntos na bedsides dos meus pacientes. Desafiada por um desses doentes, que perguntou: " o que você acredita, médico?", comecei a procurar respostas.
  • "Minha primeira heresia diz que todo o alarido sobre o aquecimento global é grosseiramente exagerado. Aqui estou me opondo à sagrada irmandade de especialistas em modelos climáticos e à multidão de cidadãos iludidos que acreditam nos números previstos pelos modelos de computador. Claro, eles dizem, eu não tenho graduação em meteorologia e, portanto, não estou qualificado para falar. Mas estudei os modelos climáticos e sei o que eles podem fazer. Os modelos resolvem as equações da dinâmica dos fluidos e descrevem muito bem os movimentos dos fluidos da atmosfera e dos oceanos. Eles fazem um trabalho muito pobre ao descrever as nuvens, a poeira, a química e a biologia dos campos, fazendas e florestas. Eles não começam a descrever o mundo real em que vivemos. O mundo real é enlameado e confuso e cheio de coisas que ainda não entendemos. É muito mais fácil para um cientista sentar-se em um prédio com ar-condicionado e rodar modelos de computador do que vestir roupas de inverno e medir o que realmente está acontecendo lá fora, nos pântanos e nas nuvens. É por isso que os especialistas em modelos climáticos acabam acreditando em seus próprios modelos."
- My first heresy says that all the fuss about global warming is grossly exaggerated. Here I am opposing the holy brotherhood of climate model experts and the crowd of deluded citizens who believe the numbers predicted by the computer models. Of course, they say, I have no degree in meteorology and I am therefore not qualified to speak. But I have studied the climate models and I know what they can do. The models solve the equations of fluid dynamics, and they do a very good job of describing the fluid motions of the atmosphere and the oceans. They do a very poor job of describing the clouds, the dust, the chemistry and the biology of fields and farms and forests. They do not begin to describe the real world that we live in. The real world is muddy and messy and full of things that we do not yet understand. It is much easier for a scientist to sit in an air-conditioned building and run computer models, than to put on winter clothes and measure what is really happening outside in the swamps and the clouds. That is why the climate model experts end up believing their own models.
- Freeman Dyson (2007) "pensamentos heréticos sobre ciência e sociedade", Edge, Agosto 8, 2007
  • Você não precisa de algo mais para obter algo mais. Isso é o que significa emergência. A vida pode surgir da física e da química, além de muitos acidentes. A mente humana pode surgir da neurobiologia e de muitos acidentes, assim como a ligação química surge da física e de certos acidentes. Não diminui a importância desses assuntos saber que decorrem de coisas mais fundamentais mais acidentes.
- You don't need something more to get something more. That's what emergence means. Life can emerge from physics and chemistry plus a lot of accidents. The human mind can arise from neurobiology and a lot of accidents, the way the chemical bond arises from physics and certain accidents. Doesn't diminish the importance of these subjects to know they follow from more fundamental things plus accidents.
- Murray Gell-Mann (2007) Palestra sobre a beleza e a verdade em física - vídeo tc 14m48s (Março de 2007)
  • "Estamos honrados pela pesquisa que hoje é chamada de "Experiência dos Dois Neutrinos". Como tornar essa pesquisa compreensível para as pessoas comuns? Na verdade, "os dois neutrinos" soa como uma equipe de dança italiana. Como podemos fazer com que nossos colegas da química, da medicina e especialmente da literatura compartilhem conosco, não a inteligência de nossa pesquisa, mas a beleza do edifício intelectual, do qual nosso experimento é apenas um tijolo? Este é um dilema e uma angústia para todos os cientistas, porque a compreensão pública da ciência não é mais um luxo de engajamento cultural, mas é um requisito essencial para a sobrevivência em nossa era cada vez mais tecnológica: Neste contexto, acredito que esta Cerimônia do Nobel com seus tradição e pompa impressionantes têm como um de seus benefícios mais importantes; a atenção do público que atrai para a ciência e seus praticantes. "
- We are honored for research which is today referred to as the "Two Neutrino Experiment". How does one make this research comprehensible to ordinary people? In fact "The Two Neutrinos" sounds like an Italian dance team. How can we have our colleagues in chemistry, medicine, and especially in literature share with us, not the cleverness of our research, but the beauty of the intellectual edifice, of which our experiment is but one brick? This is a dilemma and an anguish for all scientists because the public understanding of science is no longer a luxury of cultural engagement, but it is an essential requirement for survival in our increasingly technological age: In this context, I believe this Nobel Ceremony with its awesome tradition and pomp has as one of its most important benefits; the public attention it draws to science and its practitioners.
- Leon M. Lederman [discurso de Lederman, 10 de dezembro de 1988.] (url acessado em 20 de outubro de 2008)
Esta nova mecânica quântica prometeu para explicar tudo de química. Segunda-Oliver Sacks, 2001
  • "Essa nova mecânica quântica prometia explicar toda a química. e, embora eu sentisse nisso uma exuberância, também sentia ceta ameaça. "A química se estabelecerá em uma base inteiramente nova", escreveu Crookes. "[...] Sereremos libertados da necessidade do experimento, sabendo a priori qual tem de ser o resultado de cada experimento." Eu não estava certo de que gostava dessa ideia. Significava que os químicos do futuro (se existissem) nunca precisariam manipular realmente uma substância química, poderiam não ver nunca as cores dos sais de vanádio, nunca sentir o cheiro de um selenato de hidrogênio, nunca admirar a forma de um cristal, que poderiam viver em um mundo matemático sem cores e sem odores? Para mim esse parecia um cenário horrível, pois eu, pelo menos, precisava cheirar, tocar e sentir, situar a mim mesmo, aos meus sentidos, em meio ao mundo perceptivo".
- Tio Tungstênio, Oliver Sacks, tradução de Laura Teixeira Motta, Companhia das Letras, 2011, ISBN: 9788543803159, 8543803152
  • Morto é quando os químicos dominam o assunto.
- Dead is when the chemists take over the subject.
- Arthur Schawlow respondendo a pergunta se o tema da espectroscopia estava morto para os físicos, citado por Steven Chu e Charles H. Townes in: Biographical Memoirs: Volume 83, National Academy of Sciences · 2003


Ver Também[editar]

Ligações Externas[editar]

Wikipedia-logo.png
A Wikipédia possui um artigo de ou sobre: Química.
Wikcionário lusófono
O Wikcionário possui o verbete: Química