Antoine Laurent Lavoisier

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Antoine Laurent Lavoisier
Antoine Laurent Lavoisier
Antoine Laurent Lavoisier em outros projetos:

Antoine-Laurent de Lavoisier (Paris, 26 de agosto de 1743Paris, 8 de maio de 1794) foi um nobre e químico francês fundamental para a revolução química no século XVIII, além de ter grande influência na história da química e na história da biologia. Ele é considerado na literatura popular como o "pai da química moderna". Foi eleito membro da Royal Society em 1788.



  • Não deduzir qualquer consequência que não derive imediatamente de experimentos e observações, manter apenas os fatos que são apenas dados da natureza, buscar a verdade apenas na sequência natural de experiências e observações.
- à ne déduire aucune conséquence qui ne dérive immédiatement des expériences et des observations, à ne conserver que les faits qui ne sont que des données de la nature, à ne chercher la vérité que dans l'enchaînement naturel des expériences et des observations
- Oeuvres: Traité élémentaire de chimie. T. 1 - Página 4, Antoine Laurent Lavoisier · Imprimerie impériale, 1864

Atribuídas[editar]

  • Na natureza, a matéria não é criada e nem destruída, apenas sofre transformações.
- Lei da Conservação das Massas
- A Lei da Conservação das Massas foi publicada pela primeira vez em 1760, em um ensaio de Mikhail Lomonosov.[1][2] No entanto, a obra não repercutiu na Europa Ocidental, cabendo ao francês Antoine Lavoisier o papel de tornar mundialmente conhecido o que hoje se chama Lei de Lavoisier.[3]

Referências

  1. Lomonosov, Mikhail Vasil’evich (1970). Mikhail Vasil’evich Lomonosov on the Corpuscular Theory. Henry M. Leicester (trans.). Cambridge, Mass.: Harvard University Press. p. Introdução, p. 25
  2. «Lomonosov and the Discovery of the Law of the Conservation of Matter in Chemical Transformations». Ambix. 10 (3): 119–127. Outubro de 1962
  3. Whitaker, Robert D. (outubro de 1975). «An Historical Note on the Conservation of Mass». Journal of Chemical Education (52): 658-659