Robert Pirsig

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Robert M. Pirsig
Robert Pirsig
Robert M. Pirsig em outros projetos:

Robert Maynard Pirsig (Minneapolis, Minnesota, 6 de setembro de 1928 – Maine, 24 de abril de 2017) foi um escritor e filósofo americano, conhecido como o autor dos livros Zen e a Arte da Manutenção de Motocicletas (1974) e Lila: um inquérito sobre a moral (1991).



  • A Segunda Lei da Termodinâmica afirma que todos os sistemas de energia funcionam como um relógio e nunca retrocedem. Mas a vida não apenas "acelera", convertendo água do mar de baixa energia, luz solar e ar em produtos químicos de alta energia, ela continua se multiplicando em mais e melhores relógios que continuam "funcionando" cada vez mais rápido. Por que, por exemplo, um grupo de compostos simples e estáveis ​​de carbono, hidrogênio, oxigênio e nitrogênio lutaria por bilhões de anos para se organizar em um professor de química? Qual é o motivo? Se deixarmos um professor de química em uma rocha ao sol por tempo suficiente, as forças da natureza o converterão em compostos simples de carbono, oxigênio, hidrogênio e nitrogênio, cálcio, fósforo e pequenas quantidades de outros minerais. É uma reação unilateral. Não importa que tipo de professor de química usamos e não importa o processo que usamos, não podemos transformar esses compostos de volta em um professor de química. Os professores de química são misturas instáveis ​​de compostos predominantemente instáveis ​​que, na presença exclusiva do calor do sol, se decompõem irreversivelmente em compostos orgânicos e inorgânicos mais simples. Isso é um fato científico. A questão é: então por que a natureza reverte esse processo? O que diabos faz com que os compostos inorgânicos sigam o outro caminho? Não é a energia do sol. Acabamos de ver o que a energia do sol fez. Tem que ser outra coisa. O que é?
- The Second Law of Thermodynamics states that all energy systems run down like a clock and never rewind themselves. But life not only 'runs up,' converting low energy sea-water, sunlight and air into high-energy chemicals, it keeps multiplying itself into more and better clocks that keep 'running up' faster and faster. Why, for example, should a group of simple, stable compounds of carbon, hydrogen, oxygen and nitrogen struggle for billions of years to organize themselves into a professor of chemistry? What's the motive? If we leave a chemistry professor out on a rock in the sun long enough the forces of nature will convert him into simple compounds of carbon, oxygen, hydrogen and nitrogen, calcium, phosphorus, and small amounts of other minerals. It's a one-way reaction. No matter what kind of chemistry professor we use and no matter what process we use we can't turn these compounds back into a chemistry professor. Chemistry professors are unstable mixtures of predominantly unstable compounds which, in the exclusive presence of the sun's heat, decay irreversibly into simpler organic and inorganic compounds. That's a scientific fact. The question is: Then why does nature reverse this process? What on earth causes the inorganic compounds to go the other way? It isn't the sun's energy. We just saw what the sun's energy did. It has to be something else. What is it?
- Lila: An Inquiry Into Morals - Página 162, Robert Pirsig · Random House Publishing Group, 2013, ISBN: 9780307764218, 0307764214