Wikiquote:Tema em destaque/2017/Julho

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

4 de julho[editar]

Mens clothes lilac.JPG
RomanR-01.png
OUPA também chamada de vestuário ou indumentária, é qualquer objeto usado para cobrir certas partes do corpo.


Citações sobre o tema[editar]

  • “Dentre os inúmeros parisienses acusados de ser tão espirituosos, encontram-se os que se acreditam infinitamente melhores num uniforme do que em roupas comuns, e que supõem nas mulheres gostos tão depravados para imaginar que ficarão favoravelmente impressionadas pelo aspecto de um gorro de pelo e acessórios militares.”
- Honoré de Balzac; A Prima Bete
  • “Quando você acorda de manhã e sabe que está indo para o trabalho, onde vai tirar a roupa, isso é como se fosse o pior dia de sua vida. Você se sente péssima, enjoada. Depois, você chega a cogitar a hipótese de nunca mais fazer isso de novo”
- Kate Winslet; então com 31 anos, que está sofrendo na pele da protagonista de Little Children, uma viciada em pornografia
- Fonte: Revista ISTO É Gente, Edição 376, de Novembro de 2006.
  • “Se pudesse inventar um tipo de uniforme para usar todos os dias, certamente o faria. O processo de escolher uma roupa é doloroso para mim. Nunca sei o que vestir”
- Glenn Close; Fonte: Revista IstoÉ Edição 1631


18 de julho[editar]

Memento of the exile to Adásztevel.jpg
RomanE-01.png
XÍLIO é o estado de estar longe da própria casa (seja cidade ou nação) e pode ser definido como a expatriação, voluntária ou forçada de um indivíduo.


Citações sobre o tema[editar]

- João Goulart; Em entrevista à Revista Veja, em 1971, citada Revista Veja - Edição especial de 30 anos
- Dilexi iustitiam et odivi iniquitatem, propterea morior in exilio
- últimas palavras de Papa Gregório VII; citado em "Pope Gregory VII, 1073-1085: 1073-1085"; Por Herbert Edward John Cowdrey; Publicado por Oxford University Press, 1998; ISBN 0198206461, 9780198206460; 743 páginas books.google, página 680
  • "O exílio, de alguma forma, serviu-me de ajuda. Quando, em determinado momento de nossas vidas, passamos por uma tragédia de verdade – o que pode acontecer com todos nós – podemos reagir de duas maneiras diferentes. Evidentemente, uma delas é perdermos as esperanças ou nos entregarmos ao álcool, às drogas ou a uma tristeza interminável. A outra alternativa é o despertar de nós mesmos, é descobrir uma energia que estava escondida e passar a agir com mais lucidez e mais força."
- Tenzin Gyatso, em O Livro de Dias, Sextante