Corrupção

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Índice de percepção da corrupção, na visão da organização "Transparência Internacional" [1]

Corrupção deriva do latim corruptus que, numa primeira acepção, significa "quebrado em pedaços", e, numa segunda acepção, "apodrecido, pútrido". Por conseguinte, o verbo "corromper "significa "tornar pútrido, podre". Numa definição ampla, "corrupção política" significa o uso ilegal - por parte de governantes, funcionários públicos e agentes privados - do poder político e financeiro de organismos ou agências governamentais com o objetivo de transferir renda pública ou privada de maneira criminosa para determinados indivíduos ou grupos de indivíduos ligados por quaisquer laços de interesse comum – como, por exemplo, negócios, localidade de moradia, etnia ou de fé religiosa.



  • "A corrupção nunca foi compulsória."
- Corruption never has been compulsory
- Anthony Eden citado em "Let the record speak" - página 139, Dorothy Thompson - Houghton Mifflin company, 1939 - 408 páginas
- Bastos Tigre do poema "Esta República" (1904), citado em "Humor e humorismo: poesia e versos, e paródias de poemas famosos; antologia‎" - Página 195, de Idel Becker - Publicado por Editôra Brasiliense, 1961 - 351 páginas
- Patrus Ananias citado em Revista ISTO É, Edição 1825.
  • "O subdesenvolvido procura soluções mágicas. Quando faltava chuva, o inca não tinha dúvida: sacrificava algumas crianças ao deus de plantão. Aqui, a mágica agora é o denuncismo do 'pega corrupto'. Esquecemos as razões profundas da corrupção, a falência múltipla do Estado, obsoleto, corporativo, ocupado por interesses espúrios, cuja ineficiência tem por maiores vítimas os pobres e indefesos. Se continuarmos a pensar nos sintomas, e não na doença, não conseguiremos mudar as coisas. Só se Deus for mesmo brasileiro..."
- Roberto Campos; "Na virada do milênio", ‎Página 223, de Roberto de Oliveira Campos - Publicado por Topbooks, 1999 - 486 páginas
  • "A principal fonte de erro para o repórter político é a própria vaidade e seu maior instrumento de trabalho não é a caneta, o bloco de anotações nem o computador, mas o semancol, em doses que devem aumentar com o passar do tempo. Pois a sensação ilusória da proximidade com os poderosos dada ao repórter que segue seus passos é a pior conselheira que ele pode ter. O convívio é uma forma de cooptação mais terrível. A proximidade e a freqüência são poderosas armas a serviço da pura e simples adesão, às vezes piores do que a própria corrupção.
- José Nêumane, no livro "Jornalismo é..."
  • "Está bem. Deus é brasileiro. Mas pra defender o Brasil de tanta corrupção só colocando Deus no gol".
- Millôr definitivo: a bíblia do caos‎ - Página 12, Millôr Fernandes - L&PM Editores, 1994, 3a. ed., ISBN 8525404349, 9788525404343 - 524 páginas
- Ruy Barbosa; Discurso pronunciado pelo sr. dr. Ruy Barbosa no banquete que: a 30 de novembro de 1895, lhe foi offerecido pelo director do Jornal do commercio - página 18, Ruy Barbosa - Typ. do Jornal do commercio, 1895 - 22 páginas
  • "O povo não tem representante porque as maiorias partidárias, reunidas nas duas casas do Congresso, distribuem a seu bel-prazer as cadeiras de uma e de outra casa, conforme os interesses das facções a que pertencem. O povo sabe que não tem justiça; o povo tem certeza de que não pode contar com os tribunais; o povo vê que todas as leis lhe falham como abrigo no momento em que delas precise, porque os governos seduzem os magistrados, os governos os corrompem, e, quando não podem dominar e seduzir, os desrespeitam, zombam das suas sentenças, e as mandam declarar inaplicáveis, constituindo-se desta arte no juiz supremo, no tribunal da última instância, na última corte de revisão das decisões da justiça brasileira."
- Obras completas - Página 81, de Ruy Barbosa - Publicado por Ministério da Educação e Saúde, 1942
  • O poder não corrompe, revela".
- Elke Maravilha; Fonte: Revista ISTO É Gente, Edição 363
- When power leads men towards arrogance, poetry reminds him of his limitations. When power narrows the areas of man's concern, poetry reminds him of the richness and diversity of his existence. When power corrupts, poetry cleanses.
- John F. Kennedy; Discurso na Amherst College, Amherst, Massachusetts (26 de outubro de 1963)
  • "O poder não corrompe o homem; é o homem que corrompe o poder. O homem é o grande poluidor, da natureza, do próprio homem, do poder. Se o poder fosse corruptor, seria maldito e proscrito, o que acarretaria a anarquia".
- Ulysses Guimarães In: discurso proferido em 18 de junho de 1967, em Florianópolis; Rompendo o cerco - página 19 (Volume 2 de Coleção Documentos da democracia brasileira), Ulysses Guimãraes, Paz e Terra, 1978 - 188 páginas
  • A pior das corrupções não é aquela que desafia as leis; mas a que se corrompe a ela própria"
- La pire des corruptions n'est pas celle qui brave les lois ; mais celle qui s'en fait à elle-même.
- Oeuvres complètes de M. de Bonald, Pair de France et Membre de l ..., Volume 3‎, - página 589 coluna 1384, Louis-Gabriel-Ambroise Bonald (vicomte de) - Migne, 1859
  • "O homem se desenvolve, melhora ou corrompe, mas não cria nada."
- L'homme développe, perfectionne ou déprave mais il ne crée rien
- Les vers dorés de Pythagore: expliqués, et traduits pour la première fois en vers eumolpiques français; précédés d'un discours sur l'essence et la forme de la poésie, chez les principaux peuples de la terre.‎ - Página 268, Antoine Fabre d'Olivet - Treuttel et Würtz, 1813 - 409 páginas
  • "Quando os homens são puros, as leis são desnecessárias; quando são corruptos, as leis são inúteis."
- When men are pure, laws are useless; when men are corrupt, laws are broken.
- Wit and wisdom‎ - Página 183, Benjamin Disraeli - Longmans, Green, 1881 - 382 páginas
  • "A corrupção nunca foi compulsória."
    Corruption never has been compulsory
    Anthony Eden citado em "Let the record speak" - página 139, Dorothy Thompson - Houghton Mifflin company, 1939 - 408 páginas
  • "Da pátria o seio a corrupção invade".
    Bastos Tigre do poema "Esta República" (1904), citado em "Humor e humorismo: poesia e versos, e paródias de poemas famosos; antologia‎" - Página 195, de Idel Becker - Publicado por Editora Brasiliense, 1961 - 351 páginas
  • "Fraude, corrupção e violência fazem parte da condição humana"
    Patrus Ananias citado em Revista ISTO É, Edição 1825.
  • "O subdesenvolvido procura soluções mágicas. Quando faltava chuva, o inca não tinha dúvida: sacrificava algumas crianças ao deus de plantão. Aqui, a mágica agora é o denuncismo do 'pega corrupto'. Esquecemos as razões profundas da corrupção, a falência múltipla do Estado, obsoleto, corporativo, ocupado por interesses espúrios, cuja ineficiência tem por maiores vítimas os pobres e indefesos. Se continuarmos a pensar nos sintomas, e não na doença, não conseguiremos mudar as coisas. Só se Deus for mesmo brasileiro..."
    Roberto Campos; "Na virada do milênio", ‎Página 223, de Roberto de Oliveira Campos - Publicado por Topbooks, 1999 - 486 páginas
  • "A principal fonte de erro para o repórter político é a própria vaidade e seu maior instrumento de trabalho não é a caneta, o bloco de anotações nem o computador, mas o semancol, em doses que devem aumentar com o passar do tempo. Pois a sensação ilusória da proximidade com os poderosos dada ao repórter que segue seus passos é a pior conselheira que ele pode ter. O convívio é uma forma de cooptação mais terrível. A proximidade e a freqüência são poderosas armas a serviço da pura e simples adesão, às vezes piores do que a própria corrupção.
    José Nêumane, no livro "Jornalismo é..."
  • "Está bem. Deus é brasileiro. Mas pra defender o Brasil de tanta corrupção só colocando Deus no gol".
    Millôr definitivo: a bíblia do caos‎ - Página 12, Millôr Fernandes - L&PM Editores, 1994, 3a. ed., ISBN 8525404349, 9788525404343 - 524 páginas
  • "A publicidade é o princípio, que preserva a justiça de corromper-se".
    Ruy Barbosa; Discurso pronunciado pelo sr. dr. Ruy Barbosa no banquete que: a 30 de novembro de 1895, lhe foi offerecido pelo director do Jornal do commercio - página 18, Ruy Barbosa - Typ. do Jornal do commercio, 1895 - 22 páginas
  • "O povo não tem representante porque as maiorias partidárias, reunidas nas duas casas do Congresso, distribuem a seu bel-prazer as cadeiras de uma e de outra casa, conforme os interesses das facções a que pertencem. O povo sabe que não tem justiça; o povo tem certeza de que não pode contar com os tribunais; o povo vê que todas as leis lhe falham como abrigo no momento em que delas precise, porque os governos seduzem os magistrados, os governos os corrompem, e, quando não podem dominar e seduzir, os desrespeitam, zombam das suas sentenças, e as mandam declarar inaplicáveis, constituindo-se desta arte no juiz supremo, no tribunal da última instância, na última corte de revisão das decisões da justiça brasileira."
    Obras completas - Página 81, de Ruy Barbosa - Publicado por Ministério da Educação e Saúde, 1942
  • O poder não corrompe, revela".
    Elke Maravilha; Fonte: Revista ISTO É Gente, Edição 363
  • "Quando o poder conduz a homens para a arrogância, a poesia lembra-o de suas limitações. Quando o poder estreita as áreas de interesse do homem, a poesia lembra-o da riqueza e da diversidade de sua existência. Quando o poder corrompe, a poesia limpa".
    When power leads men towards arrogance, poetry reminds him of his limitations. When power narrows the areas of man's concern, poetry reminds him of the richness and diversity of his existence. When power corrupts, poetry cleanses.
    John F. Kennedy; Discurso na Amherst College, Amherst, Massachusetts (26 de outubro de 1963)
  • "O poder não corrompe o homem; é o homem que corrompe o poder. O homem é o grande poluidor, da natureza, do próprio homem, do poder. Se o poder fosse corruptor, seria maldito e proscrito, o que acarretaria a anarquia".
    Ulysses Guimarães In: discurso proferido em 18 de junho de 1967, em Florianópolis; Rompendo o cerco - página 19 (Volume 2 de Coleção Documentos da democracia brasileira), Ulysses Guimãraes, Paz e Terra, 1978 - 188 páginas
  • A pior das corrupções não é aquela que desafia as leis; mas a que se corrompe a ela própria"
    La pire des corruptions n'est pas celle qui brave les lois ; mais celle qui s'en fait à elle-même.
    Oeuvres complètes de M. de Bonald, Pair de France et Membre de l ..., Volume 3‎, - página 589 coluna 1384, Louis-Gabriel-Ambroise Bonald (vicomte de) - Migne, 1859
  • "O homem se desenvolve, melhora ou corrompe, mas não cria nada."
    L'homme développe, perfectionne ou déprave mais il ne crée rien
    Les vers dorés de Pythagore: expliqués, et traduits pour la première fois en vers eumolpiques français; précédés d'un discours sur l'essence et la forme de la poésie, chez les principaux peuples de la terre.‎ - Página 268, Antoine Fabre d'Olivet - Treuttel et Würtz, 1813 - 409 páginas
  • "Quando os homens são puros, as leis são desnecessárias; quando são corruptos, as leis são inúteis."
    When men are pure, laws are useless; when men are corrupt, laws are broken.
    Wit and wisdom‎ - Página 183, Benjamin Disraeli - Longmans, Green, 1881 - 382 páginas
Wikipedia-logo.png
A Wikipédia possui um artigo de ou sobre: Corrupção política.