Michael Moore

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Michael Moore
Michael Moore
Michael Moore em outros projetos:

Michael Francis Moore (nasceu dia 23 de abril de 1954) é um autor e diretor de filmes americanos.


  • "Eu posso garantir a vocês que nem toda a América enlouqueceu. Por favor, jamais esqueçam esta simples e única verdade: a maioria dos americanos NÃO votou em George W. Bush. Ele não está na Casa Branca pela vontade do povo americano. A maioria dos americanos, contrariamente à crença popular, é de fato bastante progressista e liberal — só que faltam líderes realmente comprometidos com o caráter liberal para servi-los. Quando isto consertado (eu espero que logo), as coisas vão melhorar."
  • "Sou cidadão dos Estados Unidos da América. Nosso governo foi deposto. Nosso presidente eleito foi exilado. Homens brancos idosos, brandindo martinis e usando colarinhos postiços tomaram a capital de nossa nação. Estamos sitiados. Somos o Governo dos Estados Unidos no exílio. [...] Então, quem é o homem que atualmente ocupa o número 1.600 da avenida Pensilvânia? Vou lhes dizer quem: ele é George W. Bush, 'presidente' dos Estados Unidos. O ladrão-chefe."
  • "Aquelas vaias no Oscar eram meus parentes e amigos (risos). Pedi que eles vaiassem para mostrar que este é um país com diversidade de opiniões."
  • "Resultados eleitorais fictícios, que elegem um presidente fictício, significam que nós temos um homem nos enviando para a guerra por razões fictícias. Que vergonha, senhor Bush."
- We live in a time where we have a man sending us to war for fictitious reasons. Whether it's the fictition of duct tape or fictition of orange alerts we are against this war, Mr. Bush. Shame on you, Mr. Bush, shame on you.
- Oscar Speech for Best Documentary Feature (23 March 2003)