Marielle Franco

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Marielle Franco
Marielle Franco
Marielle Franco em outros projetos:

Marielle Francisco da Silva, conhecida como Marielle Franco (Rio de Janeiro, 27 de julho de 1979Rio de Janeiro, 14 de março de 2018), foi uma socióloga e política brasileira.


  • "No início dos anos 2000, muita coisa estava ocorrendo na Maré, com pressão de segurança pública, aumento de armas. Eu tinha perdido uma amiga em 2005, colega de pré-vestibular, que tinha passado para Economia na UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro). Morreu próxima a casa dos meus avós. Meu avô paterno é um dos primeiros moradores da Maré. Então, você está num lugar que o tráfico sabe por onde sair e a polícia sabe por onde entrar. Quando a Jaqueline morreu, a gente se perguntava: “Podia ter sido eu?”. E aí fizemos campanha contra o Caveirão e fomos entendendo desse debate da segurança pública, que eu fui aprofundando ao longo do tempo. Mas era assim: Como é que tem um veículo que chega atirando e mata pessoas, por mais defesa da vida dos policiais que se faça? Como é que tinha isso?"
- Fonte:[1]
  • "Quando passo a entender que o lugar da viabilidade das mulheres em alguns espaços de decisão eram importantes. Eu ia, por exemplo, para debates na Secretaria de Segurança Pública, e tinha sempre uma fala do pesquisador, do homem, do policial ou do ex-alguma coisa. Vivenciei isso algumas vezes, entendendo que eu ficava incomodada, mas é aquela coisa, a gente vive em uma sociedade machista em que precisamos ir buscando novas formas de fazer. Foi com o tempo que eu entendi melhor isso. Alguém se incomodava se tinha mulher ou não na mesa? Imagina! Se tinha mulher no lugar de um posto de decisão? Não, isso é algo recente."
- Fonte:[1]
  • "Cara, que a gente pudesse reduzir desigualdades. É ter mais representatividade e um processo econômico em que se possa falar de (produzir) menos pobreza. Que saíssemos dessa dicotomia da corrupção e começássemos a debater desigualdade. Tem gente morrendo, gente sem casa, gente sem água. Mulheres sendo estupradas. Gente pagando mais imposto do que recebe."
- Fonte:[1]

Sobre[editar]

  • "Apesar de não haver uma prova robusta de que o mandante é esse ou aquele, há linhas de investigação, então não posso deixar de acreditar no trabalho da delegacia, do Ministério Público e das equipes que estão acompanhando desde o dia em que o crime aconteceu. É claro que estamos vivendo uma situação complicada, de pessoas que não têm interesse nenhum de ajudar desde o federal, passando pelo estadual, ao municipal."
- Entrevista Eduardo Miranda, Brasil de Fato. Publicado em 18 de agosto de 2022.
- Dona Marinete: "Em um país sério não teríamos uma investigação se arrastando por 4 anos."
  • "Meu sentimento é de indignação e de dor, não é de revolta, mas de uma postura que a gente possa continuar cobrando. É a sensação de crime bárbaro de uma pessoa que estava exercendo seu mandato."
- Entrevista Eduardo Miranda, Brasil de Fato. Publicado em 18 de agosto de 2022.
- Dona Marinete: "Em um país sério não teríamos uma investigação se arrastando por 4 anos."
  • "Tenho verdadeiro repúdio a essa atitude, não só pelo ato de quebrar a placa, mas principalmente por emoldurar e exibir, incitando mais ódio."
- 'Atitude deplorável', diz irmã de Marielle após nova foto de placa quebrada UOL. Publicado em 18 de agosto de 2022.
  • "Achei que poderia perder minha avó também. Ela ficou muito nervosa, começou a passar mal, estava sufocando. Fiquei sem reação, até que gritei umas três vezes para ela: ‘Pelo amor de Deus, eu não posso perder vocês duas no mesmo dia!’. Aí acho que deu um choque e ela se acalmou um pouco."
- Marielle Franco e a saudade de Luyara Santos Kamille Viola, Revista Trip. Publicado em 18 de agosto de 2022.

-”A Luyara, uma garota de 21 anos, tem uma vida normal. A Luyara, filha da Marielle, não tem a vida que eu queria ter”

  • "É uma música que, eu soube depois, na tradução diz: ‘Até que aconteça com você, você não sabe como é’. O vídeo tratava de vários casos fictícios [de agressão sexual], mas um era muito parecido e, na hora, eu desabei. Chorava, chorava, chorava, soluçava. Ela dizia: ‘O que que aconteceu?’. Eu não conseguia falar. Até que uma hora ela virou para mim: ‘Isso aconteceu com você?’. Aí contei para ela."
- Marielle Franco e a saudade de Luyara Santos Kamille Viola, Revista Trip. Publicado em 18 de agosto de 2022.

-”A Luyara, uma garota de 21 anos, tem uma vida normal. A Luyara, filha da Marielle, não tem a vida que eu queria ter”

  • "A gente fez um bloco inteiro com matéria sobre Marielle e foi um impacto total. Foram 40 minutos. Foi emocionante e o primeiro bloco mais bacana desses programas que fiz até agora."
- Caso Marielle Franco Fantástico. Publicado em 31 de agosto de 2022.

Notas

  1. 1,0 1,1 1,2 Entrevista inédita: Marielle Franco queria 50% de mulheres na política Revista Marie Claire. Publicado em 31 de agosto de 2022.

Ligações externas[editar]