Futebol

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Football iu 1996.jpg

Filosofia futebolística[editar]

Johan Cruijff[editar]

  • "Os italianos não podem nos vencer, mas nós certamente podemos perder contra eles"
- ("Italianen kunnen niet van ons winnen, maar we kunnen wel van ze verliezen.")
  • "Para ganhar você tem de marcar um gol a mais do que o adversário"
("Om te winnen moet je 1 goal meer scoren dan je tegenstander")
  • "O acaso é lógico" ("Toeval is logisch.")
  • "Sem a bola, você não pode ganhar"
- ("Zonder de bal kun je niet winnen.")
  • "Toda a desvantagem tem a sua vantagem"
("Elk nadeel heeft z'n voordeel.")

Outros[editar]

  • "Não venham com problemática que eu tenho a solucionática."
- Dadá Maravilha (ex- jogador de futebol e primeiro marqueteiro do nosso futebol).
Fonte: CAROÇO 22 - DADÁ MARAVILHA: PROBLEMÁTICA E SOLUCIONÁTICA Radar Cultura.
  • "Apesar de o Pelé ser o melhor jogador do mundo, foi substituído."
Luiz Inácio Lula da Silva, 23/01/2004, usando mais uma vez o futebol, desta vez para justificar a reforma ministerial.
- Fonte: Luiz Inácio Lula da Silva PENSENISSO.NET.
  • "Sociólogo no Brasil que não tiver os fundilhos das calças puídas pelas arquibancadas não entenderá este país."
- Gabriel Cohn (Sociólogo da USP sobre a paixão nacional).
- citado por Juca Kfouri em Folha de S. Paulo, Folha Esporte, 23/04/2006, e compilado em Está tudo contaminado Citadini.

Poética e bonitezas[editar]

Vicente Mateus[editar]

  • "Jogador tem que ser igual ao pato, que é um ser aquático e gramático."
- Blog do Juca: "Frases e Futebol" Estação Tricolor.
  • "O Sócrates é invendível, inegociável e imprestável."

Outros[editar]

  • "Não sei, chutei, a bola foi indo, indo.... e iu!"
- Nunes (ex-atacante do Flamengo ao descrever um gol que tinha feito).
- Blog do Juca: "Frases e Futebol" Estação Tricolor.
  • "Fiz que fui, não fui, e acabei fondo!"
- Nunes (ex-atacante do Flamengo).
- Blog do Juca: "Frases e Futebol" Estação Tricolor.
  • "Tanto na minha vida futebolística quanto com a minha vida ser humana..."
- Nunes (ex-atacante do Flamengo, em uma entrevista antes do jogo de despedida do Zico).
  • "Se concentração ganhasse jogo, o time da penitenciária não perdia uma."
  • "Jogador é o Didi, que joga como quem chupa laranja..."
  • "Se macumba ganhasse jogo, o campeonato baiano terminava empatado."
  • "Quem pede tem preferência, quem se desloca recebe."
- Neném Prancha (ex-roupeiro do Botafogo, ex-técnico de futebol de praia e filósofo da bola).
  • "Só existem três coisas que param no ar: Beija-Flor, Helicóptero e Dadá."
- O mesmo Dadá Maravilha da frase anterior.
  • "Nem que eu tivesse dois pulmões eu alcançava essa bola."
- Bradock - amigo de Romário reclamando de um passe longo.
  • "Campeonatinho mixuruco, nem tem segundo turno!"
- Garrincha durante a comemoração da conquista da Copa do Mundo em 58.
  • "Bom, eu não achei nada, mas o meu companheiro ali achou uma correntinha; acho que é de ouro, dá pra ele vender!"
- O mesmo Josimar ao ser perguntado o que ele achou do jogo.
  • "O futebol brasileiro é uma coisa jogada com música".
- João Saldanha
  • "Eu ja ganhei motoradio, caixa de brahma mas está é a primeira vez que ganho um microfone."
- Dedéu
- ao ouvir do repórter que o microfone era todo dele.

Crítica[editar]

  • "Hoje o futebol é uma indústria que contribui para a promoção de uma cultura de egoísmo e cobiça".
- Papa João Paulo II, em audiência com o presidente da Fifa, Joseph Blatter
- Fonte: Revista IstoÉ Edição 1629
  • "Futebol é a coisa mais estupidificante que existe".
- Diogo Mainardi no artigo "Futebol emburrece"; Revista Veja; Edição 1 756 - 19 de junho de 2002
  • "O futebol é uma escola de violência e brutalidade e não merece nenhuma proteção dos poderes públicos, a menos que estes nos queiram ensinar o assassinato."
- Lima Barreto.(Careta, Rio, 03/06/1922)
  • "Tudo tem um limite e o futebol não goza do privilégio de cousa inteligente."
- Lima Barreto. (Careta, 01/07/1922)
  • "Futebol é o ópio do povo. E o narcotráfico da mídia."
- Millor Fernandes.

Seleção brasileira[editar]

  • "Não vou analisar o Ministério do presidente, por quem tenho admiração. Acho que é importante cada macaco no seu galho".
- Resposta de Carlos Alberto Parreira, técnico da Seleção Brasileira, falando sobre política
  • "A partida só tinha 90 minutos e a Seleção escondeu demais o jogo".
- Luiz Inácio Lula da Silva, 17.11.2003, falando sobre futebol
  • "Em época de Copa do Mundo há só dois tipos de brasileiros, aqueles que, como eu, ficam grudados assistindo aos jogos, e aqueles que estão jogando".
- Mauro Costa Loureiro, 13.07.2009, filosofando

Deslizes[editar]

  • "Clássico é clássico e vice-versa..."
- Jardel (ex-atacante do Grêmio e da Seleção Brasileira).
  • "Não tenho nem idéia do que seja um pênalti, mas vou tentar aprender".
- Shakira, cantora, convidada para cantar na abertura da Copa do Mundo
- Fonte: Revista IstoÉ Edição 1908
  • "Quando o jogo está a mil, minha naftalina sobe."
- Jardel (ex-atacante do Grêmio).
  • "No México que é bom. Lá a gente recebe semanalmente, de quinze em quinze dias..."
- Ferreira (ex-ponta-esquerda do Santos)
  • "Tenho o maior orgulho de jogar na terra onde Cristo nasceu..."
- Claudiomiro (ex-meia do Internacional-RS ao chegar em Belém do Pará para disputar uma partida contra o Paysandu pelo Brasileirão de 72).
  • "A moto eu vou vender, e o rádio eu vou dar pra minha tia."
- Josimar (ex-lateral direito do Botafogo ao responder a um repórter o que iria fazer com o Motoradio que ganhou como melhor jogador da partida).
  • "Chegarei de surpresa, dia 15, às duas da tarde, vôo 619 da VARIG..."
- Mengalvio (ex-meia do Santos, em telegrama mandado a família quando em excursão à Europa).
  • "De tudo o que os japoneses fizeram por mim, se eu retribuir a metade, ainda assim ficarei devendo."
- Émerson Leão (técnico).
  • "Isso que aconteceu aqui é caso pra Polícia Federal, FMI."
- Dimba (jogador do Brasiliense, quando questionado sobre uma confusão que houve na partida).

Entrevistados[editar]

  • "Eu disconcordo com o que você disse."
- Vladimir (ex-meia do Corínthians em uma entrevista para a Rádio Record).
  • "A partir de agora meu coração tem uma cor só: rubro-negro."
- Fabão (zagueiro baiano ao chegar para o Flamengo).
  • "Realmente minha cidade é muito facultativa."
- Elivelton (ao repórter da Jovem Pam que falava das muitas escolas de ensino superior existentes na cidade natal do jogador).
  • "Só bate quem erra."
- Mateus, volante do Caxias se justificando após um pênalti perdido pelo Campeonato Gaúcho.

Não da pra levar a sério, piadas[editar]

  • "Que interessante, aqui no Japão só tem carro importado!"
- Jardel, jogador de futebol, referindo-se aos Toyotas e Mitsubish's.
  • "Estavam na concentração do Flamengo Jamir e Fábio Baiano, quando o segundo lendo a revista CARAS, falou:
- Porra, Jamir, este cara é muito rico mesmo. Olhe a casa dele. Você não conhece? Este é o Abílio Diniz, dono do Pão de Açúcar.
Então Fábio Baiano arremata:
- Puxa, não sabia que estes bondinhos davam tanto dinheiro!"

Racismo no futebol[editar]

  • "Qualquer atleta vindo da selva chega hoje ao Real Madrid. Se fossem jogadores do Alavés, eu ordenaria um exame mental neles. Eles agiram como palhaços de circo."
- Dimitri Piterman, presidente do Alavés, irritado com a comemoração do segundo gol de Ronaldo pelo Real Madrid, quando ele, Robinho e Roberto Carlos se deitaram de costas balançando braços e pernas como se fossem "baratas agonizantes". Na Revista Veja de 5 de Outubro de 2005

Ainda não classificados[editar]

  • "O futebol é um esporte disputado em dois tempos, de 45 minutos, por duas equipes de 11 jogadores cada, no qual é proibido (exceto aos goleiros, quando dentro da sua área) o uso dos braços e mãos, e cujo objetivo é fazer entrar uma bola no gol do adversário ."
  • "Eleição difere de pesquisa. Enquanto as pesquisas, como as partidas de futebol, produzem resultados, as eleições produzem mandatos."
Elio Gaspari, novembro/2002
  • "A velocidade é frequentemente confundida com o discernimento. Quando eu começo a correr antes dos restantes, pareço ser mais rápido"
("Snelheid wordt vaak verward met inzicht. Als ik eerder ga lopen dan de rest, lijk ik sneller.")
- Johan Cruijff
  • "Antes que eu faça um erro, eu NÃO FAÇO esse erro"
("Voordat ik een fout maak, maak ik die fout niet.")
- Johan Cruijff
  • "Copa do Mundo é a pátria de chuteiras"
- Nelson Rodrigues
  • "Se concentração ganhasse jogo, o time dos monges beneditinos seria imbatível"
- João Saldanha.
  • "(...) estou convencido, como o meu amigo Süssekind, que o sport é o 'primado da ignorância e da imbecilidade'. E acrescento mais: da pretensão. É ler uma crônica esportiva para nos convencermos disso. Os seus autores falam do assunto como se tratassem de saúde pública ou de instrução. Esquecem totalmente da insignificância dele. Um dia destes o chefe de polícia proibiu um encontro de boxe; o cronista censurou asperamente essa autoridade que procedera tão sabiamente, apresentou como único argumento que, em todo o mundo, se permitia tão horripilante cousa. Ora, bolas! Certa vez, o governo não deu não sei que favor aos jogadores de futebol e um pequenote de um clube qualquer saiu-se de seus cuidados e veio pelos jornais dizer que o futebol tinha levado longe o nome do Brasil. Risum teneatis?... O meu caro doutor Süssekind pode ficar certo de que, se a minha liga morreu (a Liga Brasileira contra o Futebol), eu não morri ainda. Combaterei sempre o tal de futebol."
- Lima Barreto. (Careta, Rio, 08/04/1922)


Wikipedia-logo.png
A Wikipédia possui um artigo de ou sobre: Futebol.