Garrincha

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mané Garrincha
Garrincha
Garrincha em outros projetos:

Manuel Francisco dos Santos, ou Mané Garrincha ou, simplesmente, Garrincha, como ficou mais conhecido, (Magé, 28 de Outubro de 1933 - Rio de Janeiro, 20 de Janeiro de 1983) jogador de futebol. Notabilizou-ze por seus dribles desconcertantes, apesar, ou exatamente, pelo fato de ter suas pernas tortas.


  • "Campeonatozinho mixuruco, nem tem segundo turno!"
- Durante a comemoração da conquista da Copa do Mundo em 58.
  • "Você viu, Didi, o São Cristóvão está de uniforme novo!"
- Em 1962, no Chile, reparando no uniforme dos ingleses.
  • "Você já combinou isso com o adversário?"
- Ironizando o técnico da seleção em uma ocasião em que apresentava uma jogada complexa para Garrincha executar.
  • "Mas por que todo mundo está chorando? Não ganhamos o jogo?"
- Após a vitória de 5 x 2 na final da Copa de 1958 na Suécia
- Fonte: Revista Placar 1072, de junho de 1992
  • "A bola veio para a esquerda e eu não chuto bem de esquerda, mas não dava pra trocar de pé. Então chutei de esquerda fazendo de conta que era de direita".
- Sobre o gol que fez contra o Chile, na Copa de 1962.
- Frase dita em entrevista anos depois, citada na revista Placar 1072, de junho de 1992.

Sobre[editar]

  • "De onde apareceu esse cara ? Contrata logo, senão nunca mais vou poder dormir sossegado."
- Nilton Santos, considerado o maior lateral-esquerdo do futebol brasileiro, à revista Placar 1072, junho de 1992, sobre o que teria falado logo após Garrincha passar a bola por entre as suas pernas, no primeiro treino do jogador no Botafogo. O técnico era Gentil Cardoso.
  • "Foram os três minutos mais fantásticos da história do futebol e a mais assombrosa aparição na ponta-direita desde Stanley Matthews."
- Gabriel Hannot, sobre o início da partida contra a União Soviética, na Copa de 1958, na qual se tornaram titulares Pelé e Garrincha, que fariam uma sequência de brilhantes jogadas que culminaram com o gol de Vavá.
- Fonte: Revista Placar 1072, de Junho de 1992
  • "Se ele é considerado meio burro, não posso fazer a menor idéia do que, para os brasileiros, é ser inteligente."
- Cronista esportivo de Londres
- Fonte: Revista Placar 1072, de junho de 1992
  • "De que planeta viene Garrincha?"
    • "De que plantea vem Garrincha?"
- Jornal chileno El Mercúrio
- Fonte: Revista Placar 1072, de junho de 1992
  • "Em cinquenta anos de futebol, jamais apareceu um jogador como ele"
- Jornal inglês Daily Mirror
- Fonte: Revista Placar 1072, de junho de 1992
  • "Se há um deus que regula o futebol, esse deus é sobretudo irônico e farsante, e Garrincha foi um de seus delegados incumbidos de zombar de tudo e de todos, nos estádios."
- Carlos Drummond de Andrade, sobre a forma de como Garrincha jogava.

Sobre[editar]

  • "Coloco em primeiro lugar o Garrincha. Depois, Pelé, Zizinho, Ademir, Rivelino, Gérson, Zico, meu filho Ademir."
- Domingos da Guia, em entrevista ao Jornal do Brasil, em novembro de 1992