Flávio Gikovate

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Flávio Gikovate em outros projetos:

Flávio Gikovate é um psicólogo, psicoterapeuta e escritor brasileiro.



  • "Atingir um estado de felicidade determina uma sensação subjetiva de medo é uma tendência nascida dentro do próprio indivíduo para a criação de sensações ou situações destruidoras do estado conquistado".
- Em busca da felicidade - página 122, Flávio Gikovate, Edição 7, MG Editores, 1981, ISBN 8572550143, 9788572550147, 151 páginas
  • "Quando o sentimento de inferioridade predomina, o indivíduo não pode deixar de admirar as pessoas que são totalmente diferentes".
- Você é feliz? - página 131, Flávio Gikovate, Edição 8, MG Editores, 1978, ISBN 8572550135, 9788572550130, 129 páginas
  • "Conseguir parar de fumar é algo parecido com uma vitória olímpica. É uma conquista que honra o vencedor, resgata sua auto-estima, a força e a confiança na razão".
- Cigarro: Um adeus possível - página 120, Flávio Gikovate, MG Editores, 2000, ISBN 8572550046, 9788572550048, 196 páginas
  • "Os anos 60 só fizeram radicalizar o que já vinha acontecendo: com a descoberta da pílula anticoncepcional, parecia que era chegada a hora da total emancipação sexual das mulheres, até então limitadas pelo risco de gestações indesejadas. O tabu da virgindade rapidamente sucumbiu à nova ordem, ao contrário do que previram alguns psicólogos, segundo os quais nossos valores eram profundamente arraigados e que, portanto, resistiríamos mais às mudanças".‎
- A libertação sexual: rompendo o elo entre o sexo, o poder e a agressividade - página 14, Flávio Gikovate, MG Editores, 2001, ISBN 8572550291, 9788572550291, 184 páginas
  • "Quero insistir em que o que caracteriza e diferencia a amizade do amor não é a inexistência de trocas eróticas. [...] O que caracteriza a amizade é, antes de tudo, seu caráter de afinidade intelectual, provocando um tipo de aconchego também intelectual, enquanto o amor determina aconchego físico, muito menos discriminado e no qual as afinidades podem ou não existir".
- ENSAIOS SOBRE O AMOR E A SOLIDAO - página 62, Flávio Gikovate, edição 2, MG Editores, 2006, ISBN 8572550453, 9788572550451, 272 páginas