Diferenças entre edições de "Antoine de Saint-Exupéry"

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
358 bytes adicionados ,  21h50min de 14 de junho de 2009
sem resumo de edição
m (fontes)
* Quando a gente lhes fala de um novo amigo, elas jamais se informam do essencial. Não perguntam nunca: "Qual é o som da sua voz? Quais os brinquedos que prefere? Será que coleciona borboletas?" Mas perguntam: "Qual é sua idade? Quantos irmãos ele tem? Quanto pesa? Quanto ganha seu pai?" Somente então é que elas julgam conhecê-lo. Se dizemos às pessoas grandes: "Vi uma bela casa de tijolos cor-de-rosa, gerânios na janela, pombas no telhado..." elas não conseguem, de modo nenhum, fazer uma idéia da casa. É preciso dizer-lhes: "Vi uma casa de seiscentos contos". Então elas exclamam: "Que beleza!"
:- ''[[O Pequeno Príncipe]]''
 
* "Claro que te farei mal. Claro que me farás mal. Claro que podemos, mas essa é a condição da existência. Receber a Primavera significa correr os riscos do Inverno. Se desistir agora será correr o risco do desaparecimento. Amo-te."
:- ''parte de uma carta escrita a [[Natalie Paley]] citada no livro "Sept lettres à Natalie Paley (1942 – 1943)''"
 
==Veja também==
56

edições

Menu de navegação