Heitor Villa-Lobos

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
(Redirecionado de Villa-Lobos)
Ir para: navegação, pesquisa
Heitor Villa-Lobos
Heitor Villa-Lobos
Heitor Villa-Lobos em outros projetos:

Heitor Villa-Lobos (Rio de Janeiro, 5 de março de 1887 — Rio de Janeiro, 17 de novembro de 1959) foi um grande compositor brasileiro, autor de uma obra considerável.


Músicos dos Chôros[editar]

  • " Havia no Rio de Janeiro, no fim do século passado ( minha nota: o autor se refere ao século XIX), um gênero musical muito curioso : o chôro. A juventude boêmia costumava formar na época, pequenos grupos instrumentais que alegravam os bailes de família e animavam festa de São Silvestre, de Santo Antônio, de São João, de São Pedro e Santa Ana. Os chorões (músicos dos chôros) participavam também de aniversários, batismos, casamentos e, durante o Carnaval, percorriam os quarteirões residenciais e o centro da cidade, suscitando aplausos frenéticos da multidão que os acompanhava como uma procissão e que pedia "bis" a cada trecho. Villa Lobos era chorão ".
Fonte: Vasco Mariz : Hector Villa Lobos, páginas-25-26, Éditions Seghers, 1967, Paris).

Estadia em Paris[editar]

  • "Foram os seus amigos Arthur Rubinstein e Vera Jonacopulos que mais encorajaram Villa Lobos a ir a Europa (…) Mesmo inimigos ferrenhos como o crítico Guanabarino sustentaram o projeto. O próprio décano dos compositores brasileiros, Francisco Braga, escreveu : O apoio que damos a Villa Lobos não é um favor pessoal. Mas pensamos que o artista é a melhor das pessoas para aproximar os povos".
Fonte : Vasco Mariz : Hector Villa Lobos, página 55, Éditions Seghers, 1967, Paris.
  • "A música deve a este genial compositor não somente o que deixou de sua obra, mas ainda sua corajosa atitude consistindo em se opor às correntes subversivas da chamada música moderna.Villa Lobos seguiu os preceitos da música verdadeira, a enriquecendo e marcando com a sua forte personalidade.(…)Ele restará uma das grandes personalidades do seu tempo e uma das maiores glorias do país em que nasceu".(Pablo Casals).
Fonte : idem, página 158.

Sobre a obra de Villa Lobos[editar]

  • " O Senhor Villa Lobos tem um enorme talento musical. De uma surpreendente fecundidade, tem uma bagagem artística considerável, compreendendo obras de valor, entre as quai algumas bastante originais. Não é mais uma promessa, mas uma confirmação. Penso que um dia a pátria ficará orgulhosa de um tal filho." (Francisco Braga, Rio de Janeiro, 5 de dezembro de 1920).
Fonte : idem, página 56, Éditions Seghers, 1967, Paris.
  • "Villa Lobos visitou Boston várias vezes(…) tendo dirigido a Boston Symphony Orchestra. Era um excelente maestro, possuindo a autoridade e a sensibilidade necessárias ao grande músico que era realmente. O maior momento de minhas relações com ele foi em 1955 e 1956(…) por ocasião da comemoração do 75° aniversário da orquestra. (…)Seu retorno a Boston para dirigir a 11 Sinfonia foi um momento importante de nossa história e um grande momento de nossas relações pessoais .(Charles Munch).
Fonte : idem, página 157

Citações de Villa Lobos[editar]

  • "Sim sou brasileiro e bem brasileiro. Na minha música deixo cantar os rios e os mares deste grande Brasil. Eu não ponho mordaça na exuberância tropical de nossas florestas e dos nossos céus, que transporto instintivamente para tudo que escrevo".
-Fonte: 19º Volume dos CDs da Coleção FOLHA de Música Clássica
  • "Sim, sou brasileiro e bem brasileiro. Na minha música eu deixo cantar os rios e os mares deste grande Brasil".
- citado em "Presença de Villa-Lobos" - Página 65, de Museu Villa-Lobos - Publicado por Museu Villa-Lobos, 1965

Outras citações[editar]

  • "Considero minhas obras como cartas que escrevi à posteridade sem esperar resposta".
- Frase inscrita na lápide de Villa-Lobos, no cemitério de São joão Batista, no Rio de Janeiro.