Floresta

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Forest of Sai Yok National Park.JPG

Floresta é uma área com alta densidade de árvores.


Wikipedia-logo.png
A Wikipédia possui um artigo de ou sobre: Floresta.
Commons-logo.svg
O Wikimedia Commons possui multimídia sobre: Floresta.
Wikcionário lusófono
O Wikcionário possui o verbete: floresta



-Álvaro Maia, escritor e político amazonense; citado em "Princesa do Madeira: os festejos entre populações ribeirinhas de Humaitá-AM" - página 49, MARIA TERESINHA CORREA, Editora Humanitas, 2008, ISBN 857732088X, 9788577320882, 249 páginas.
  • O portão fica aberto o dia inteiro
mas à noite eu mesmo vou fechá-lo.
Não espero nenhum visitante noturno
a não ser o ladrão que salta o muro dos sonhos.
A noite é tão silenciosa que me faz escutar
o nascimento dos mananciais nas florestas.
Minha cama branca como a via-láctea
é breve para mim na noite negra.
Ocupo todo o espaço da mundo. Minha mão
desatenta
derruba uma estrela e enxota um morcego.
- poesia "O Portão" in: A noite misteriosa: poesia - Página 9, Lêdo Ivo, ‎Carlos Montemayor - Editora Record, 1982, 147 páginas
  • "Não vou fugir e nem abandonar a luta desses agricultores que estão desprotegidos no meio da floresta. Eles têm o sagrado direito a uma vida melhor numa terra onde possam viver e produzir com dignidade sem devastar".
- Dorothy Stang como citado por Frei Lourenço M. Papin. OP, no Jornal Debate, Caderno D, edição 1247
  • "Quem fica na floresta um dia, quer escrever uma enciclopédia; quem passa 5 anos, fica em silêncio para perceber o quanto é profunda e complexa a Criação."
- Dom Pedro Casaldáliga; Revista Mérito. Franca, SP, julho/2007.
  • Fui à floresta, porque queria viver profundamente...
...e sugar a essência da vida!
Eliminar tudo o que não era vida...
E não, ao morrer, descobrir, que eu não vivi.
- Henry David Thoreau in: Dead Poets Society
  • "Descansem o meu leito solitário
Na floresta dos homens esquecida,
À sombra de uma cruz e escrevam nela:
- Foi poeta, sonhou e amou na vida"
- Obras de Manuel Antônio Alvares de Azevedo: Precedidas de um discurso biographico e acompanhadas de notas pelo Sr. Dr. Jacy Monteiro - Tomo I, página 200; Por Manuel Antônio Alvares de Azevedo; Publicado por Livraria de B. L. Garnier, 1862
  • "Minha segunda máxima era ser a mais firme e decidida em minhas ações que eu poderia, e seguir constantemente as opiniões mais duvidosas quando eu teria determinado uma vez, que se tivessem sido muito seguros : imitando nisso os viajantes, que, perdendo-se em alguma floresta, não devem se divertir girando às vezes de um lado para outro, nem mesmo parar em um lugar, mas sempre caminham tão reta quanto eles podem do mesmo lado, e não mudá-lo por razões fracas, embora tenha sido no início apenas a chance sozinha, que determinou que ele escolhesse; pois, por isso, se eles não vão para onde eles desejam, eles irão, pelo menos, chegar ao fim em algum lugar onde eles provavelmente serão melhores do que no meio de uma floresta.".
- Ma seconde maxime était d'être le plus ferme et le plus résolu en mes actions que je pourrais, et de ne suivre pas moins constamment les opinions les plus douteuses lorsque je m'y serais une fois déterminé, que si elles eussent été très assurées: imitant en ceci les voyageurs, qui, se trouvant égarés en quelque forêt, ne doivent pas errer en tournoyant tantôt d'un côté tantôt d'un autre, ni encore moins s'arrêter en une place, mais marcher toujours le plus droit qu'ils peuvent vers un même côté, et ne le changer point pour de faibles raisons, encore que ce n'ait peut-être été au commencement que le hasard seul qui les ait déterminés à le choisir; car, par ce moyen, s'ils ne vont justement où ils désirent, ils arriveront au moins à la fin quelque part où vraisemblablement ils seront mieux que dans le milieu d'une forêt.
- Discours de la méthode, Les passions de l'âme, Lettres - Página 35, René Descartes - Éditions du Monde Moderne, 1637 - 280 páginas
  • "A adaptação às terras baixas das florestas tropicais, sob condições indígenas, envolve um amplo espectro de práticas que podem estar relacionadas às características de um ecossistema diferente. Sempre que possível, a população mantém-se em baixas densidades por meio de práticas que incluem a guerra, o infanticídio feminino e o desmembramento de aldeias."
- 'Fonte: MORAN, Emilio. Adaptabilidade humana: uma introdução à Antropologia Ecológica. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1994. ISBN 8531401488
- 'Página 336; Capítulo 9: "Adaptabilidade do homem aos trópicos húmidos"; item: "Desintegração das tribos, infanticídios e guerra"
  • "Enquanto os homens se contentaram com as suas cabanas rústicas, enquanto se limitaram a coser suas roupas de peles com espinhos ou arestas de pau, a se enfeitarem com plumas e conchas, a pintar o corpo de diversas cores, a aperfeiçoar ou embelezar os seus arcos e flechas, a talhar com pedras cortantes algumas canoas de pesca ou grosseiros instrumentos de música; em uma palavra, enquanto se aplicaram exclusivamente a obras que um só podia fazer, e a artes que não necessitavam o concurso de muitas mãos, viveram livres, sãos, bons e felizes, tanto quanto podiam ser pela sua natureza, e continuaram a gozar entre si das doçuras de uma convivência independente. Mas, desde o instante que um homem teve necessidade do socorro de outro; desde que perceberam que era útil a um só ter provisões para dois, a igualdade desapareceu, a propriedade se introduziu, o trabalho tornou-se necessário e as vastas florestas se transformaram em campos risonhos que foi preciso regar com o suor dos homens, e nos quais, em breve, se viram germinar a escravidão e a miséria, a crescer com as colheitas."
- Jean-Jacques Rousseau in: Origem da Desigualdade entre os Homens
  • Quando o machado entrou na floresta, as árvores disseram: - O cabo é dos nossos !!
- Provérbios turcos
  • Uma única árvore não faz uma floresta.
- Provérbios chineses