Plínio Salgado

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Plínio Salgado
Plínio Salgado em outros projetos:

Plínio Salgado (São Bento do Sapucaí, 22 de janeiro de 1895São Paulo, 8 de dezembro de 1975), foi um político brasileiro, ferrenho opositor do comunismo, e fundador da Ação Integralista Brasileira.


  • "Preservar o Brasil das ditaduras, do totalitarismo esmagador das liberdades e da gradativa estatização econômica e cultural, que conduz inevitavelmente à opressão e eclipse total dos direitos humanos, é nosso dever, como impositivo da nossa racionalidade e da nossa dignidade."
- citado em "Compêndio de instrução moral e cívica‎" - Quarta edição, FTD, 1986.
  • "A paz de consciência será conseguida pelo cumprimento dos deveres a que o homem se obriga pela sua racionalidade e seu destino."
- citado em "Compêndio de instrução moral e cívica‎" - Quarta edição, FTD, 1986.
  • "O integralista é o soldado de Deus e da Pátria, o homem novo do Brasil, que vai construir uma grande nação".
- citado em "Enciclopédia do integralismo‎" - Volume 11, Página 94, Livraria Clássica Brasileira, 1958

Atribuídas[editar]

  • "Convença-te a ti mesmo e depois convencerá os outros."[1]
  • "Vale a pena chamar muitos, ser atendidos por poucos, ver alguns desertarem, assistir a destruição de tudo o que fizemos e recomeçar de novo, cada vez mais inquebrantável"[2]
  • “Brasileiros! Um dia a História vai nos julgar. Eu estou tranqüilo com a minha consciência porque tenho cumprido o meu dever. Vim ao mundo para assistir a este quadro do meu Brasil, e não fiquei indiferente. Tomei o partido da Pátria e de Deus. Eu Estou tranqüilo.”[3]