Paulo Coelho

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Paulo Coelho
Paulo Coelho
Paulo Coelho em outros projetos:

Paulo Coelho (24 de agosto de 1947) é um escritor brasileiro.


Pessoais[editar]

  • "Escreve. Seja uma carta, um diário ou umas notas enquanto falas ao telefone, mas escreve.
- Paulo Coelho in: "Fazendo anotações" Mensagem do dia; Portal G1
  • "É um sonho, e, como todo sonho, é um sonho."
- Paulo Coelho, escritor, sobre a hipótese de um dia entrar para a Academia Brasileira de Letras
- Fonte: Revista Veja, Edição 1 670 - 11/10/2000
  • “Gostaria de saber se o general Pinochet continuaria a ler meus livros se soubesse que o autor foi preso três vezes durante o regime militar brasileiro e teve muitos amigos detidos ou expulsos do Chile."
- Revista Veja, edição 1582, de 27/01/1999.
- sobre a foto em que o ex-ditador chileno Augusto Pinochet aparece com livros de sua autoria ao fundo.
  • “O primeiro sintoma de que estamos matando nossos sonhos é a falta de tempo. As pessoas mais ocupadas têm tempo para tudo. As que nada fazem estão sempre cansadas."
- "Discursos acadêmicos" - Página 31, de Academia Brasileira de Letras - Publicado por Academia Brasileira de Letras

Por obra[editar]

O Diário de um Mago[editar]

  • “A busca da felicidade é pessoal, e não um modelo que possamos dar para os outros."
- "O Diário de um Mago"
  • “A cada momento de nossa existência temos que escolher entre um caminho e o outro. Uma simples decisão pode afetar uma pessoa para resto da vida."
- "O diário de um mago" - Página 171, de Paulo Coelho - Publicado por Rocco, 1998 ISBN 853250034X, 97885325003428
  • “A linguagem de seu coração é que irá determinar a maneira correta de descobrir e manejar a sua espada."
- "O diário de um mago" - Página 93, de Paulo Coelho - Publicado por Rocco, 1998 ISBN 853250034X, 9788532500342
  • “No Bom Combate, atacar ou fugir fazem parte da luta. O que não faz parte da luta é ficar paralisado de medo."
- "O diário de um mago" - Página 130, de Paulo Coelho - Publicado por Rocco, 1998 ISBN 853250034X, 9788532500342 - 246 páginas
  • “O bom combate é aquele que é travado em nome de nossos sonhos."
- "O diário de um mago" - Página 62, de Paulo Coelho - Publicado por Rocco, 1998 ISBN 853250034X, 9788532500342 - 246 páginas
  • “O homem é o único ser na natureza que tem consciência de que vai morrer. [...] Mesmo sabendo que seus dias estão contados e tudo irá se acabar quando menos espera, ele faz da vida uma luta digna de um ser eterno.."
- "O diário de um mago" - Página 133, de Paulo Coelho - Publicado por Rocco, 1998 ISBN 853250034X, 9788532500342
  • “O homem nunca pode parar de sonhar. O sonho é o alimento da alma, como a comida é o alimento do corpo."
- "O diário de um mago" - Página 62, de Paulo Coelho - Publicado por Rocco, 1998 ISBN 853250034X, 9788532500342
  • “Antes da mão manejar a espada, ela deve localizar o Inimigo e saber como enfrentá-lo. A espada apenas dá o golpe. Mas a mão já está vitoriosa ou perdedora antes desse golpe."
- O diário de um mago - página 186, Paulo Coelho - Rocco, 1992 - 246 páginas
  • “o maior pecado de todos: o Arrependimento."
- O diário de um mago - página 141, Paulo Coelho - Rocco, 1993, ISBN 853250034X, 9788532500342 - 246 páginas
  • “Os homens que se julgam sábios são indecisos na hora de mandar e são rebeldes na hora de servir."
- O diário de um mago - página 205, Paulo Coelho - Pergaminho, 1990, ISBN 972711010X, 9789727110100 - 246 páginas
  • “A única maneira de salvarmos nossos sonhos, é sendo generosos conosco mesmos"
- O diário de um mago, Paulo Coelho - Rocco, 1993, ISBN 853250034X, 9788532500342 - 246 páginas

Eu Sentei e Chorei[editar]

“Para você ter uma vida espiritual, não precisa entrar para um seminário, nem fazer jejum, abstinência e castidade."
  • "Uma simples decisão pode afetar uma pessoa para resto da vida."
- Na margem do Rio Piedra eu sentei e chorei - Página 126, de Paulo Coelho - Publicado por Pergaminho, 1996, ISBN 9727110711, 9789727110711
  • “Às vezes, a felicidade é uma bênção - mas geralmente é uma conquista."
- Na margem do Rio Piedra eu sentei e chorei - Página 23, de Paulo Coelho - Publicado por Pergaminho, 1996 ISBN 9727110711
  • “O amor se descobre através da prática de amar e não das palavras."
- Na margem do Rio Piedra eu sentei e chorei: eu sentei e chorei - Página 144, de Paulo Coelho - Publicado por Pergaminho, 1996 ISBN 9727110711, 9789727110711
  • “Se admitirmos por nós mesmos que Deus nos criou para a felicidade, teremos que assumir que tudo aquilo que nos leva para a tristeza e para a derrota é nossa culpa."
- "Na margem do Rio Piedra eu sentei e chorei: eu sentei e chorei" - Página 161, de Paulo Coelho - Publicado por Pergaminho, 1996 ISBN 9727110711, 9789727110711
  • “Para você ter uma vida espiritual, não precisa entrar para um seminário, nem fazer jejum, abstinência e castidade."
- "Às Margens do Rio Pietra Eu Sentei e Chorei"
  • "...AI EU O ESPERO OU O ESQUEÇO. ESPERAR DÓI, ESQUECER DÓI, MAS NÃO SABER O QUE FAZER É A PIOR DOR"
  • “A melhor maneira de servir a Deus é indo ao encontro de seus próprios sonhos. Só quem é feliz pode espalhar felicidade."
- "Nas Margens do Rio Piedra Eu Sentei E Chorei..."
  • “No amor não existem regras.Não adianta tentar seguir manuais. O coração decide, e o que ele decidir é o que vale."
- "Nas Margens do Rio Peidra Eu Sentei E Chorei..."
  • “Todos os dias Deus nos dá um momento em que é possível mudar tudo que nos deixa infelizes. O instante mágico é o momento em que um "sim* “ ou um "não* “ pode mudar toda a nossa existência."
- "Nas Margens Do Rio Piedra Eu Sentei E Chorei..."
  • “Uma coisa é você achar que está no caminho certo, outra é achar que o seu caminho é o único. Nunca podemos julgar a vida dos outros, porque cada um sabe da sua própria dor e renúncia."
- "Nas Margens Do Rio Piedra Eu Sentei E Chorei..."
  • “Tudo o que é novo incomoda. A vida nos pega desprevenidos e nos obriga a caminhar para o desconhecido mesmo quando não queremos ou quando não precisamos."
- Na Margem Do Rio Piedra, Paulo Coelho - Rocco, 1994 - 236 páginas
  • “A vida nos pega desprevenidos e nos obriga a caminhar para o desconhecido mesmo quando não queremos, quando não precisamos."
- Na Margem Do Rio Piedra, Paulo Coelho - Rocco, 1994 - 236 páginas

Brida[editar]

  • “A palavra é um dos meios favoritos de Deus se manifestar. Deus se manifesta em tudo, mas a palavra é um dos seus meios favoritos de agir. Porque a palavra é o pensamento transformado em vibração; você está colocando no ar a sua volta aquilo que antes era apenas energia."
- "Brida" - Página 92, de Paulo Coelho - Publicado por Pergaminho, 2000 ISBN 9727110843, 9789727110841
  • “A prece, quando feita com as palavras da alma, é muito mais poderosa."
- "Brida" - Página 111, de Paulo Coelho - Publicado por Pergaminho, 2000 ISBN 9727110843, 9789727110841
  • “É preciso correr riscos, seguir certos caminhos e abandonar outros. Nenhuma pessoa é capaz de escolher sem medo."
- "Brida" - Página 106, de Paulo Coelho - Publicado por Pergaminho, 2000, ISBN 9727110843, 9789727110841
  • “Jamais deixe que as dúvidas paralisem suas ações. Tome sempre todas as decisões que precisar tomar, mesmo sem ter a segurança de estar decidindo corretamente."
- "Brida"
  • “Julgar-se pior que os outros é um dos mais violentos atos de orgulho - porque é usar a maneira mais destrutiva possível de ser diferente."
- "Brida" - Página 116, de Paulo Coelho - Publicado por Pergaminho, 2000 ISBN 9727110843, 9789727110841 - 286 páginas
  • “Não existe outra maneira de estar perto das pessoas sem ser uma delas."
- "Brida"
  • “O caminho da sabedoria é não ter medo de errar."
- "Brida" - Página 37, de Paulo Coelho - Publicado por Pergaminho, 2000 ISBN 9727110843, 9789727110841 - 286 páginas
  • “Quando alguém encontra seu caminho, precisa ter coragem suficiente para dar passos errados. As decepções, as derrotas, o desânimo são ferramentas que Deus utiliza para mostrar a estrada."
- "Brida" - Página 25, de Paulo Coelho - Publicado por Pergaminho, 2000 ISBN 9727110843, 9789727110841
  • “Quando as dúvidas param de existir, é porque você parou em sua caminhada."
- "Brida"
  • “Quem tenta possuir uma flor verá a sua beleza murchando. Mas quem olhar uma flor no campo permanecerá para sempre com ela."
- "Brida" - Página 282, de Paulo Coelho - Publicado por Pergaminho, 2000 ISBN 9727110843, 9789727110841
  • “Sabedoria é conhecer e transformar."
- "Brida" - Página 71, de Paulo Coelho - Publicado por Pergaminho, 2000 ISBN 9727110843, 9789727110841
  • “Conhecimento sem transformação não é sabedoria."
- Brida - página 152, Paulo Coelho - Rocco, 1995 - 286 páginas
  • “Deus é a palavra. Cuidado com o que você fala em qualquer situação ou instante de sua vida."
- Brida - página 92, Paulo Coelho - Rocco, 1995 - 286 páginas
  • “Pelo brilho nos olhos, desde o começo dos tempos, as pessoas reconhecem seu verdadeiro Amor."
- "Brida"
  • “Quanto mais você entender de si mesma, mais entenderá do mundo."
- Brida - página 71, Paulo Coelho - Rocco, 1995 - 286 páginas
  • “Ser homem é ter dúvidas, e mesmo assim continuar o seu caminho."
- Brida - página 229, Paulo Coelho - Rocco, 1995 - 286 páginas

O Alquimista[editar]

  • “As coisas simples são as mais extraordinárias, e só os sábios conseguem vê-las."
- O Alquimista - Página 38, de Paulo Coelho - Publicado por Pergaminho, 2001 ISBN 9727110797, 9789727110797
  • “Cada momento da busca é um momento de encontro com Deus e com a Eternidade."
- O Alquimista - Página 192, de Paulo Coelho - Publicado por Pergaminho, 2001 ISBN 9727110797, 9789727110797
  • “É justamente a possibilidade de realizar um sonho que torna a vida interessante."
- "O Alquimista" - Página 34, de Paulo Coelho - Publicado por Pergaminho, 2001 ISBN 9727110797, 9789727110797
  • “Ninguém sente medo do desconhecido, porque qualquer pessoa é capaz de conquistar tudo que quer e necessita."
- "O Alquimista" - Página 110, de Paulo Coelho - Publicado por Pergaminho, 2001 ISBN 9727110797, 9789727110797
  • “O medo de sofrer é pior do que o próprio sofrimento. E nenhum coração jamais sofreu quando foi em busca de seus sonhos."
- "O Alquimista", de Paulo Coelho - Publicado por Pergaminho, 2001 ISBN 9727110797, 9789727110797
  • “O seu coração está onde está o seu tesouro. E seu tesouro precisa ser encontrado para que tudo possa fazer sentido."
- "O Alquimista"
  • “Quando se ama é que se consegue ser qualquer coisa da criação. Quando se ama não temos necessidade nenhuma de entender o que acontece, porque tudo passa a acontecer dentro de nós, e os homens podem se transformar em vento. Desde que os ventos ajudem, é claro."
- "O Alquimista" - Página 212, de Paulo Coelho - Publicado por Pergaminho, 2001 ISBN 9727110797, 9789727110797
  • “E quando você quer alguma coisa, todo o Universo conspira para que você realize seu desejo."
- "O Alquimista", p. 48, 54a edição, Rio de Janeiro : Rocco, 1990
  • “Só sentimos medo de perder aquilo que temos, sejam nossas vidas ou nossas plantações. Mas esse medo passa quando entendemos que nossa história e a história do mundo foram escritas pela mesma mão."
- "O Alquimista" - Página 110, de Paulo Coelho - Publicado por Pergaminho, 2001 ISBN 9727110797, 9789727110797
  • “Só uma coisa torna um sonho impossível: o medo de fracassar."
- "O Alquimista", de Paulo Coelho - Publicado por Pergaminho, 2001 ISBN 9727110797, 9789727110797
  • “A maior mentira do mundo: em determinado momento de nossa existência, perdemos o controle de nossas vidas, e ela passa a ser governada pelo destino."
- O alquimista - página 43, Paulo Coelho - Rocco, 1992 - 247 páginas
  • “É preciso não relaxar nunca, mesmo tendo chegado tão longe."
- O Alquimista
  • “Escute seu coração. Ele conhece todas as coisas, porque veio da Alma do Mundo e um dia retornará para ela."
- "O Alquimista"
  • “Ninguém consegue fugir do seu coração. Por isso é melhor escutar o que ele fala. Para que jamais venha um golpe que você não espera."
- O alquimista - página 199, Paulo Coelho - Rocco, 1992 - 247 páginas
  • “Os olhos mostram a força da alma."
- O alquimista - página 207, Paulo Coelho - Rocco, 1992 - 247 páginas
  • “O mal não é o que entra na boca do homem. O mal é o que sai dela."
- parafraseando os evangelhos (Mateus 15:11). Página 181 - Rocco, 1992 - 247 páginas
  • “quando uma coisa evolui, evolui também tudo que está a sua volta."
- O alquimista - página 208, Paulo Coelho - Rocco, 1992 - 247 páginas
  • “Seja você quem for ou o que faça, quando quer com vontade alguma coisa, é porque esse desejo nasceu na alma do Universo."
- "O Alquimista'

As Valkírias[editar]

  • “Somos responsáveis por tudo que acontece neste mundo. Somos os Guerreiros da Luz. Com a força do nosso amor, de nossa vontade, podemos mudar o nosso destino, e o destino de muita gente."
- "As Valkírias"
  • “A fé é uma conquista difícil, que exige combates diários para ser mantida.”
- As valkírias - página 202, Paulo Coelho - Rocco, 1992 - 239 páginas
  • “Com a força de nosso amor, da nossa vontade, podemos mudar o nosso destino, e o destino de muita gente."
- As valquírias - página 228, Paulo Coelho - Pergaminho, 1992, ISBN 9727110819, 9789727110810 - 230 páginas

Palavras essenciais[editar]

  • “As tarefas diárias jamais impediram alguém de seguir seus sonhos."
- Palavras essenciais - Página 13, Paulo Coelho - Vergara e Riba Editoras Ltda, 2001, ISBN 8587213156, 9788587213150 - 104 páginas
  • “Às vezes um acontecimento sem importância é capaz de transformar toda a beleza em um momento de angústia. Insistimos em ver o cisco no olho, e esquecemos as montanhas, os campos e as oliveiras."
- Palavras essenciais - Página 59, Paulo Coelho - Vergara e Riba Editoras Ltda, 2001, ISBN 8587213156, 9788587213150 - 104 páginas
  • “Existem momentos na vida em que a única alternativa possível é perder o controle."
- Palavras essenciais - Página 67, Paulo Coelho - Vergara e Riba Editoras Ltda, 2001, ISBN 8587213156, 9788587213150 - 104 páginas
  • “Insistimos em ver o cisco no olho, e esquecemos as montanhas, os campos e as oliveiras."
- Palavras essenciais - Página 59, Paulo Coelho - Vergara e Riba Editoras Ltda, 2001, ISBN 8587213156, 9788587213150 - 104 páginas
  • “Muitas pessoas se fascinam pelos detalhes e esquecem o que procuram."
- Palavras essenciais - Página 72, Paulo Coelho - Vergara e Riba Editoras Ltda, 2001, ISBN 8587213156, 9788587213150 - 104 páginas
  • “Não ofereça a Deus apenas a dor de suas penitências, ofereça também suas alegrias."
- Palavras essenciais - Página 83, Paulo Coelho - Vergara e Riba Editoras Ltda, 2001, ISBN 8587213156, 9788587213150 - 104 páginas
  • “Não precisamos saber nem 'como' nem 'onde', mas existe uma pergunta que devemos fazer sempre que começamos qualquer coisa. 'Para que tenho que fazer isto?"
- Palavras essenciais - Página 71, Paulo Coelho - Vergara e Riba Editoras Ltda, 2001, ISBN 8587213156, 9788587213150 - 104 páginas
  • “Não queira ser bravo, quando basta ser inteligente."
- Palavras essenciais - Página 101, Paulo Coelho - Vergara e Riba Editoras Ltda, 2001, ISBN 8587213156, 9788587213150 - 104 páginas
  • “O amor é arriscado, mas sempre foi assim. Há milhares de anos as pessoas se buscam e se encontram."
- Palavras essenciais - Página 26, Paulo Coelho - Vergara e Riba Editoras Ltda, 2001, ISBN 8587213156, 9788587213150 - 104 páginas
  • “O esforço é saudável e indispensável, mas sem os resultados não significa nada."
- Palavras essenciais - Página 65, Paulo Coelho - Vergara e Riba Editoras Ltda, 2001, ISBN 8587213156, 9788587213150 - 104 páginas
  • “O mundo está nas mãos daqueles que tem coragem de sonhar, e correr o risco de viver seus sonhos."
- Palavras essenciais - Página 17, Paulo Coelho - Vergara e Riba Editoras Ltda, 2001, ISBN 8587213156, 9788587213150 - 104 páginas
  • “O mundo se transforma e nós somos parte desta transformação. Os anjos nos guiam e nos protegem."
- Palavras essenciais - Página 35, Paulo Coelho - Vergara e Riba Editoras Ltda, 2001, ISBN 8587213156, 9788587213150 - 104 páginas
  • “Os anjos se fazem notar apenas para aqueles que acreditam na sua existência, embora sempre estejam presentes."
- Palavras essenciais - Página 87, Paulo Coelho - Vergara e Riba Editoras Ltda, 2001, ISBN 8587213156, 9788587213150 - 104 páginas
  • “Poucos aceitam o fardo da própria vitória, a maioria desiste dos sonhos quando eles se tornam possíveis."
- Palavras essenciais - Página 21, Paulo Coelho - Vergara e Riba Editoras Ltda, 2001, ISBN 8587213156, 9788587213150 - 104 páginas
  • “Quantas coisas perdemos por medo de perder."
- Palavras essenciais - Página 66, Paulo Coelho - Vergara e Riba Editoras Ltda, 2001, ISBN 8587213156, 9788587213150 - 104 páginas
  • “Quem interfere no destino dos outros nunca descobrirá o seu."
- Palavras essenciais - Página 73, Paulo Coelho - Vergara e Riba Editoras Ltda, 2001, ISBN 8587213156, 9788587213150 - 104 páginas
  • “Só entendemos a vida e o Universo quando não procuramos explicações. Aí tudo fica claro."
- Palavras essenciais - Página 58, Paulo Coelho - Vergara e Riba Editoras Ltda, 2001, ISBN 8587213156, 9788587213150 - 104 páginas
  • “Só um homem que não tem vergonha de si, é capaz de manifestar a glória de Deus."
- Palavras essenciais - Página 58, Paulo Coelho - Vergara e Riba Editoras Ltda, 2001, ISBN 8587213156, 9788587213150 - 104 páginas
  • “Toda a vida do homem sobre a face da terra se resume a buscar o amor. Não importa se ele finge correr atrás de sabedoria, de dinheiro ou de poder."
- Palavras essenciais - Página 26, Paulo Coelho - Vergara e Riba Editoras Ltda, 2001, ISBN 8587213156, 9788587213150 - 104 páginas
  • “O amor só descansa quando morre. Um amor vivo é um amor em conflito."
- Palavras essenciais - Página 26, Paulo Coelho - Vergara e Riba Editoras Ltda, 2001, ISBN 8587213156, 9788587213150 - 104 páginas

Outras[editar]

“A fé é uma conquista difícil, que exige combates diários para ser mantida.”
  • "Existem coisas na vida pelas quais vale à pena lutar até o fim."
- Paulo Coelho in: Na Margem do Rio Piedra eu Sentei e Chorei, como citado em "Paulo Coelho em Suma" - página 103, Maria Nalú, Thesaurus Editora, 1998, ISBN 857062140X, 9788570621405
  • "A única chance que uma tragédia nos dá: a de reconstruir nossa vida."
- O Monte Cinco - página 158, Paulo Coelho - Objetiva, 1996, ISBN 8573020954, 9788573020953 - 280 páginas
  • “Assuma o seu caminho. Mesmo que precise dar passos incertos, mesmo que saiba que pode fazer melhor o que está fazendo."
- Guerreiro Da Luz - Volume 3 - Página 111, de Paulo Coelho - Publicado por Lulu.com, 2008 ISBN 055701588X, 9780557015887
  • “Cuidado com a solidão. Ela vicia tanto quanto as drogas."
- "Maktub", de Paulo Coelho - Publicado por Pergaminho, 2003 ISBN 9727111564, 9789727111565
  • “Todas as artes divinatórias foram feitas para aconselhar o homem, jamais para prever o futuro. São excelentes conselheiras e péssimas profetizas."
- Maktub, Paulo Coelho - Rocco, 1994 - 191 páginas
    • "Um autor escrevera que o tempo não transforma o homem, a sabedoria não transforma o homem — a única coisa que pode fazer alguém mudar de idéia é o amor"
- "Onze minutos", de Paulo Coelho - Publicado por Rocco, 2003 ISBN 8532515363, 9788532515360 - Página 58
  • “Quando adiamos a colheita os frutos apodrecem, mas quando adiamos os problemas, eles não param de crescer."
- "O monte cinco" - Página 60, de Paulo Coelho - Publicado por Pergaminho, 1996 ISBN 9727110789, 9789727110780
  • “Todos nós nos preparamos para matar dragões e terminamos sendo devorados pelas formigas dos detalhes, às quais nunca prestamos atenção."
- "Histórias Para Os Pais, Filhos, E Netos" - Volume 1 - Página 40, de Paulo Coelho - Publicado por Lulu.com, 2008 ISBN 055701364X, 9780557013647
  • “O poder da vontade não transforma o homem. O tempo não transforma o homem. O amor transforma."
- Ser como o rio que flui: pensamentos e reflexões - Página 242, Paulo Coelho - Agir Editora, 2009, ISBN 8522010242, 9788522010240 - 253 páginas
  • “Deus está onde O deixam entrar."
- Histórias para pais, filhos e netos - página 119, Paulo Coelho - Editora Globo, 2001, ISBN 8525033863, 9788525033864 - 303 páginas
  • “Deus sempre dá uma segunda chance aos seus filhos"
- O Monte Cinco - página 161, Paulo Coelho - Objetiva, 1996, ISBN 8573020954, 9788573020953 - 280 páginas
  • “E que diferença faz para o mundo uma vírgula separando um sujeito de um verbo?"
- em entrevista ao Jornal da Tarde, defendendo sua gramática, digamos, pouco convencional; como citado na Revista Veja, Edição 1899 . 6 de abril de 2005
  • “Os que tentam matar o corpo ofendem a Lei de Deus. Os que tentam matar a alma também, embora esta falta seja menos visível aos olhos do próximo."
- "Veronika Decide Morrer"

Sobre[editar]

  • "Ele é um gênio."
- Julia Roberts, atriz americana; citado em Revista Veja, edição 1582, 27/01/1999.