Moreira Franco

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Moreira Franco
Moreira Franco
Moreira Franco em outros projetos:

Wellington Moreira Franco (Teresina, 19 de outubro de 1944) é um político brasileiro. Foi governador do Rio de Janeiro de 1987 a 1990.


  • “É necessária uma legislação rigorosa que force as empresas multinacionais instaladas no País a criarem centros de produção tecnológicas.”
- Moreira Franco em seu primeiro mandato como deputado federal para o jornal O Globo, 8/10/1975
  • “A maior dificuldade encontrada pelos técnicos para a execução desse projeto de remanejamento é exatamente a pequena largura da maioria das ruas de Niterói, o que justifica maior atenção às bicicletas.”
- Moreira Franco como prefeito de Niterói para o jornal O Globo, 8/9/1979
  • “O futuro do Estado do Rio de Janeiro depende de uma política de saneamento básico que garanta a qualidade de vida da população.”
- Moreira Franco como governador do Estado do Rio de Janeiro para o jornal O Globo, 1º/11/1990
  • “A Baixada era um grande pântano, que foi dragado e drenado pelo extinto Departamento Nacional de Obras e Saneamento (DNOS). Só no meu governo esses canais foram limpos.”
- Moreira Franco como governador do Estado do Rio de Janeiro para o jornal O Globo, 12/03/1991
  • “Segurança pública é coisa completamente diversa da ocupação de espaços; é manutenção da ordem.”
- Moreira Franco em seu segundo mandato como deputado federal para o jornal O Globo, 17/07/1997
  • “O Estado do Rio e, particularmente, a cidade do Rio de Janeiro, é referência inquestionável em turismo.”
- Moreira Franco em seu segundo mandato como deputado federal para o jornal O Globo, 04/02/1998
  • “Democracia é rigoroso respeito aos direitos das minorias.”
- Moreira Franco em seu terceiro mandato como deputado federal para o jornal O Globo, 20/02/2003
  • “A inflação é o inimigo principal a ser dominado.”
- Moreira Franco em seu terceiro mandato como deputado federal para o jornal O Globo, 06/06/2003
  • “O IPEA tem que ser reconhecido como um grande celeiro de pessoas qualificadas para formular e avaliar políticas públicas.”
- Moreira Franco como Ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE) para o jornal O Globo, 16/02/11
  • “Estamos vivendo uma nova etapa, novo padrão e qualidade de crescimento econômico.”
- Moreira Franco como Ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE) para o jornal O Globo, 1º/05/11
  • “O sentimento da população precisa ser canalizado para um movimento político.”
- Moreira Franco durante 7º Encontro Temático da Fundação Ulysses Guimarães
- Youtube Moreira Franco, 26/03/15
  • “Desde o início estamos dizendo que o objetivo é não elevar impostos, e temos cumprido. Está escrito na “Ponte para o Futuro”. Temos de colocar o País nos trilhos sem aumentar os impostos.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em entrevista a IstoÉ Dinheiro
- IstoÉ Dinheiro, 23/06/17
  • “Chegamos a essa situação fiscal por força dessa leniência que se chama pacote de bondades. Quando você começa a inventar e dar o que não tem, começa a ter problema. No governo, é a mesma coisa. Há um compromisso fiscal.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em entrevista a IstoÉ Dinheiro
- IstoÉ Dinheiro, 23/06/17
  • “O presidente tem de exercer um papel de pacificação, de retorno a um diálogo entre as instituições. Não é possível que haja estranheza quando membros de Poderes se encontram, trocam ideias.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em entrevista a IstoÉ Dinheiro
- IstoÉ Dinheiro, 23/06/17
  • “Já dizíamos que era a maior crise econômica da história, que a solução não seria ligeira para a crise fiscal e que a subida seria lenta.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em entrevista a IstoÉ Dinheiro
- IstoÉ Dinheiro, 23/06/17
  • “ Até agora a economia vem reagindo positivamente a essas pressões políticas. Eu creio que é o esforço que estamos fazendo, não só nós do governo, da política, mas também de quem trabalha na economia. Todos querem evitar que esse esforço de colocar o Brasil nos trilhos seja contaminado por forças de anomia institucional ou instabilidade política.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em entrevista a IstoÉ Dinheiro
- IstoÉ Dinheiro, 23/06/17
  • “ É fundamental que entendamos que a aprovação da reforma da Previdência é indispensável para a robustez da economia. Não pode ser mudança meia sola. Tem de ser algo que dê uma certa serenidade, tranquilidade.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em entrevista a IstoÉ Dinheiro
- IstoÉ Dinheiro, 23/06/17
  • “ Aprovar a Previdência é indispensável para que não se repita no País o mesmo quadro do Rio de Janeiro, onde há aposentados que não recebem.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em entrevista a IstoÉ Dinheiro
- IstoÉ Dinheiro, 23/06/17
  • “ É preciso que haja o cumprimento da Constituição, que é você ter harmonia e independência entre os Poderes. A Constituição define de maneira muito clara quais são as atribuições dos Poderes.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em entrevista ao Correio Braziliense
- Correio Braziliense, 25/06/17
  • “Estamos empenhados em aprovar as reformas: a modernização trabalhista e a reforma da Previdência, que é vital para que haja condições para você ter um ambiente fiscal que gere confiança interna e externa.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em entrevista ao Correio Braziliense
- Correio Braziliense, 25/06/17
  • “Estamos fazendo um esforço enorme para que haja uma separação, uma manutenção do nível de confiança. Vivemos uma crise fiscal, que é mais complicada, demora mais tempo para ser resolvida.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em entrevista ao Correio Braziliense
- Correio Braziliense, 25/06/17
  • “O problema maior é ter milhões de desempregados. Agora que estamos recuperando o emprego, a renda, você voltar a uma situação de depressão da atividade econômica e da esperança. Isso é que é grave.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em entrevista ao Correio Braziliense
- Correio Braziliense, 25/06/17
  • “Não há possibilidade de nós encontrarmos uma solução para o país que garanta os direitos do cidadão brasileiro a não ser através da política.”
- Moreira Franco durante Encontro de Formação Política da Fundação Ulysses Guimarães,
- Youtube Moreira Franco, 3/07/17
  • “Esta reforma [da Previdência] vai garantir a aposentadoria do trabalhador brasileiro, acabar com privilégios de amplos setores da máquina governamental e preservar as contas públicas. Este é o nosso compromisso com o Brasil. Vamos em frente!”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo Perseverar na travessia da ponte
- O Globo, 19/07/17
  • “A modernização das leis trabalhistas preserva as conquistas da CLT, ao mesmo tempo que insere o Brasil no modelo de legislação dos países desenvolvidos. Abre-se assim a possibilidade de trazer milhões de brasileiros para a formalidade, sem ameaçar empregos existentes, e incentivar empresários a criar novas vagas.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo Perseverar na travessia da ponte
- O Globo, 19/07/17
  • “Para completar, o país saiu de dois anos de profunda recessão. E a maior beneficiada não é a economia, é a população. São os trabalhadores que vão usufruir dos menores preços no supermercado, do combustível mais barato, do crediário com juros mais baixos, dos postos de trabalho que se abrirem com a volta do crescimento.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo Perseverar na travessia da ponte
- O Globo, 19/07/17
  • “Completamos um ano e dois meses de administração, e posso afirmar que, em tempo recorde, colocamos o país de volta no rumo do crescimento.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo Perseverar na travessia da ponte
- O Globo, 19/07/17
  • “Quero lembrar que, mesmo antes de chegar à Presidência da República, o presidente firmou compromissos na “Ponte Para o Futuro”. O documento, elaborado pela Fundação Ulysses Guimarães, estabelece objetivos claros, que vão do ajuste fiscal à reforma da Previdência.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo Perseverar na travessia da ponte
- O Globo, 19/07/17
  • “A base aliada é robusta, fruto do princípio que norteia esta administração: a de um governo parlamentar, em que Executivo e Congresso governam juntos. E é este modelo, conduzido pelas mãos firmes e experientes do presidente Temer, o único capaz de aprovar as reformas que vão mudar o país.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo Perseverar na travessia da ponte
- O Globo, 19/07/17
  • “O governo Temer demonstrou mais uma vez sua solidez e compromisso com a Nação. A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara votou contra a admissibilidade da denúncia frágil e inepta que tenta desestabilizar a agenda reformista, de retomada do crescimento e geração de empregos.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo Perseverar na travessia da ponte
- O Globo, 19/07/17
  • “Não vai ser uma solução milagrosa.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, sobre sobre combate à violência no Rio
- Uol, 28/07/17
  • “Queremos abrir alternativa de empregos, criar empregos nos próprios eventos para que haja uma interação social e com isso possamos estimular a todos, jovens e adultos; a sua capacidade; garantir igualdade de oportunidades para que as pessoas possam vencer e se realizar com seu próprio esforço.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, sobre calendário de eventos para geração de emprego e renda no RJ.
- Palácio do Planalto, 03/08/17
  • “O governo Temer não é uma experiência de improvisações e de reações instintivas. Ao contrário, é um programa coerente, baseado num diagnóstico quase consensual sobre as raízes da nossa crise econômica e social, descrito sem ambiguidades no documento Uma ponte para o futuro. Seu propósito é nada menos que iniciar o processo de alteração dos modos predominantes de funcionamento da economia e do Estado brasileiro.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo Ainda resta muito a fazer;
- O Globo, 04/08/17
  • “É preciso um grau muito alto de cegueira ou de paixão política para ignorar as ruinas que este governo encontrou em maio de 2016. E é incompreensível que tantas vozes e opiniões se interponham em nosso caminho para impedir que a obra de restauração possa prosseguir para o interesse de todos.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo Ainda resta muito a fazer;
- O Globo, 04/08/17
  • “O estado de mal estar que se abateu sobre nossa sociedade tem suas raízes nos anos de recessão e no esgotamento da capacidade fiscal do Estado brasileiro de atender as demandas crescentes da população. Uma herança recebida por nós.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo Ainda resta muito a fazer;
- O Globo, 04/08/17
  • “ Ainda resta uma boa travessia para completarmos a ponte que nos conduzirá ao crescimento.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo Ainda resta muito a fazer;
- O Globo, 04/08/17
  • “A presença do empresário e do capital chinês tem contribuído para gerar emprego e renda no nosso país.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, sobre visita de Michel Temer à China;
- Palácio do Planalto, 16/08/17
  • “Para nós brasileiros é extremamente importante que nós possamos estreitar cada vez mais, não só nossa parceria comercial mas a nossa parceria de investimentos para que nós possamos gerar emprego e renda no Brasil para os brasileiros. E ganhos, presença internacional para os chineses e para nós brasileiros também.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, sobre visita de Michel Temer à China;
- Youtube Moreira Franco, 17/08/17
  • “A memória das últimas décadas e dos últimos anos tem que servir para abrir os nossos olhos e as nossas mentes. Avançar é a ordem!”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo A ordem é progredir; O Globo, 22/08/17
  • “O que o Governo tem como propósito central é dar início a um grande ciclo de reformas que permita que o país funcione de modo mais justo, inteligente e previsível.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo A ordem é progredir;
- O Globo, 22/08/17
  • “Mudar esse quadro, reformar esse ambiente, é a minha luta, é o nosso desafio. Como Secretário-Geral da Presidência da República tenho orgulho de participar da equipe Temer e poder ajudar o presidente nessa travessia.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo A ordem é progredir;
- O Globo, 22/08/17
  • “Nosso Estado não é mais um instrumento de igualdade e de justiça, Muito ao contrário disto, ele é a província preferida dos interesses especiais e um mecanismo de perpetuação das desigualdades e do baixo crescimento.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo A ordem é progredir; O Globo, 22/08/17
  • “As empresas e as pessoas não precisam da vigilância e da tutela do Estado.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo A ordem é progredir;
- O Globo, 22/08/17
  • “O Brasil precisa de um choque de liberdade, liberdade para produzir, para contratar, para vender e para comprar, para importar e para exportar.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo A ordem é progredir;
- O Globo, 22/08/17
  • “Para além da Previdência temos que continuar o esforço legislativo e institucional destinado a mudar a forma de funcionamento do Estado e da Economia. O padrão que o país seguiu até agora já mostrou fartamente seus defeitos. Estamos perdendo a competição com o mundo. Não apenas o Estado funciona mal, o próprio setor privado brasileiro só é competitivo em poucos segmentos.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo A ordem é progredir;
- O Globo, 22/08/17
  • “Para preparar o terreno para a sustentabilidade fiscal de longo prazo vai ser preciso aprovar a reforma da previdência, combatendo privilégios, não para matar o Estado de seguridade social, como já se disse, mas justamente para mantê-lo.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo A ordem é progredir;
- O Globo, 22/08/17
  • “Quando a imprensa fala dos custos da permanência do Governo Temer, e cita dois bilhões de reais de emendas parlamentares, que uma Emenda Constitucional tornou obrigatória a liberação, fica faltando no debate quem indague pelos custos em que o país incorreria exatamente na falta de um Governo Temer!”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo A ordem é progredir;
- O Globo, 22/08/17
  • “Todos sabemos que a economia brasileira tem passado por uma crise severa. Pouco mais de um ano atrás a atividade econômica registrava um declínio acumulado de mais de 7%, a inflação estava em dois dígitos, o déficit público girava em torno de 10% do PIB e a dívida pública encaminhava-se para um nível insustentável, após elevar-se em quase 40% em pouco mais de três anos. Tudo isso compunha um cenário de desastre num futuro muito próximo, o que paralisou o investimento privado e tornou impossível o investimento público.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo A ordem é progredir
- O Globo, 22/08/17
  • “O ambiente econômico em um mundo interdependente e em mudança constante é sempre um ambiente de incerteza. O progresso econômico tem sido, através do tempo, um processo pelo qual os homens tratam de reduzir o quanto possível estas incertezas, para favorecer as decisões de investir, que vão produzir resultados num futuro ainda não conhecido.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo A ordem é progredir
- O Globo, 22/08/17
  • “A saúde financeira da Casa da Moeda está extremamente debilitada pelo avanço da tecnologia.”
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, sobre o Programa de Parceria de Investimento (PPI)
- O Estado de S. Paulo, 23/08/17
  • "A experiência obtida com as concessões de aeroportos e rodovias demonstram que esse caminho melhora a qualidade, baixa o custo e faz com que o cidadão, o contribuinte e o poder público possam economizar dinheiro para pôr em outras coisas."
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, sobre o Programa de Parceria de Investimento (PPI)
- Youtube Moreira Franco, 25/08/17
  • "O programa tem contribuído de maneira efetiva para a economia brasileira. Isso significa a criação de novos empregos e investimentos capazes de restabelecer o desenvolvimento sustentável do País."
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, sobre concessões para o Portal Brasil
- Portal Brasil, 31/08/17
  • "A primeira medida provisória assinada pelo presidente Temer [criando o Programa de Parcerias de Investimentos] decorre da constatação de que não havia, como nas administrações anteriores, a hipótese de trabalharmos com a alternativa das parcerias público-privadas."
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, sobre concessões para o Valor Econômico
- Valor Econômico, 08/09/17
  • "Recebemos uma situação fiscal que nos impede de pensar em investimentos estatais."
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, sobre concessões para o Valor Econômico
- Valor Econômico, 08/09/17
  • "Estamos cumprindo rigorosamente o que está no "Ponte para o Futuro". É a única alternativa para tirar a economia brasileira de uma crise monumental. O caminho que estamos percorrendo é correto e vai garantir qualidade na prestação de serviços, preços e melhorias logísticas."
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, sobre concessões para o Valor Econômico
- Valor Econômico, 08/09/17
  • "É preciso ter uma empresa pública para cuidar dos aeroportos que não são rentáveis."
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, sobre concessões para o Valor Econômico
- Valor Econômico, 08/09/17
  • "Temos que exercitar a verdade fiscal no Brasil. Subsídio não pode ser uma ferramenta sem origem. Tem que constar do orçamento explicitamente. Não com a nebulosidade em que vivemos até agora."
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, sobre concessões para o Valor Econômico
- Valor Econômico, 08/09/17
  • "O setor elétrico tem deficiências evidentes, sistematicamente entra em colapso. Com o crescimento da economia, a demanda por energia será grande e precisamos ter capacidade de abastecimento. É absurdo depender de térmicas para manter o sistema funcionando."
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, sobre concessões para o Valor Econômico
- Valor Econômico, 08/09/17
  • "Todos os ativos oferecidos partem de experiências bem sucedidas, com ambiente regulatório saudável, nível de transparência altamente cuidadoso, ambiente concorrencial, uma nova modelagem de financiamento."
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, sobre concessões para o Valor Econômico
- Valor Econômico, 08/09/17
  • "Há quem pense que bons governos devem ter maiorias próprias; outros se satisfazem com maiorias conquistadas por coalizão entre partidos diferentes, e quase todos, por fim, condenam as maiorias formadas pela chamada cooptação."
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo A realidade de governar
- Folha de S. Paulo, 13/09/17
  • "Governos com maiorias próprias e estáveis tornam mais fácil a tarefa de governar e dão ao governante maior liberdade para aplicar suas políticas, sem submetê-las a compromissos desfiguradores. Em compensação, são mais indiferentes aos desejos instáveis da opinião pública, pelo menos nos primeiros tempos dos mandatos."
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo A realidade de governar
- Folha de S. Paulo, 13/09/17
  • "Quem escolhe dar maioria aos governos é o eleitor, mas é o sistema eleitoral vigente que viabiliza essa escolha. Se o voto parlamentar é o distrital simples, majoritário, é mais provável a formação de maioria. Se o sistema é o proporcional puro, é quase impossível. Governos parlamentaristas só são possíveis, na prática, com o sistema distrital, ou pelo menos, com o distrital misto."
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo A realidade de governar
- Folha de S. Paulo, 13/09/17
  • "Onde há fragmentação partidária, maiorias só podem ser obtidas por coalizão de partidos. As moedas do compromisso e das alianças nem sempre são abertas e mostradas ao grande público, mas o governo exibe sempre uma postura protocolar de grandeza e de dignidade, o que às vezes retrata a realidade, mas nem sempre."
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo A realidade de governar
- Folha de S. Paulo, 13/09/17
  • "Quando a fragmentação partidária passa dos limites razoáveis, como entre nós, onde a Câmara tem quase 30 partidos, e quando alguns são pequenas organizações ou grupos de deputados sem laços orgânicos ou visões compartilhadas, não se fala mais de coalizão, mas de cooptação, que é uma palavra à qual se deu forte sentido pejorativo."
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo A realidade de governar
- Folha de S. Paulo, 13/09/17
  • "Só pode pertencer à maioria quem tem mandato e foi escolhido em eleições livres, segundo as regras definidas pela Constituição."
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo A realidade de governar
- Folha de S. Paulo, 13/09/17
  • "Pode-se até dizer que no Brasil de 30 partidos não é o governo que escolhe sua maioria, mas é a maioria que escolhe seu governo."
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo A realidade de governar
- Folha de S. Paulo, 13/09/17
  • "A discussão moral sobre a qualidade da maioria ou a natureza da sua formação –coalizão ou cooptação– é um bom caminho para se refugiar da realidade e de suas consequências."
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo A realidade de governar
- Folha de S. Paulo, 13/09/17
  • "E culpar o governo por querer cumprir o dever de governar, reconhecendo a legitimidade do Parlamento e se rendendo à dispersão partidária, é viver no terreno perigoso da fantasia e da irresponsabilidade política."
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo A realidade de governar
- Folha de S. Paulo, 13/09/17
  • "É óbvio que o sistema político que temos não é criação deste governo. É resultado de nossa história política, de nossa Constituição, de decisões da Justiça, inclusive da Corte Suprema, e de sucessivas legislaturas. É com ele que se governa, ou não se governa!"
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo A realidade de governar
- Folha de S. Paulo, 13/09/17
  • "A quem olha para o futuro em busca de milagres, é bom se prevenir: com as regras que temos sobre partidos e eleições, o próximo governo, qualquer que seja, terá de fazer o chamado governo de cooptação. Ou não vai governar!"
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo A realidade de governar
- Folha de S. Paulo, 13/09/17
  • "Por isso, poucos têm a ousadia de pensar que, mais importante que as próximas eleições, seria uma reflexão mais séria sobre um sistema que deixou de ser funcional e precisa de ser reformado. E, quem sabe, não perder mais uma vez esta oportunidade."
- Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, em artigo A realidade de governar
- Folha de S. Paulo, 13/09/17
  • "Nós não vamos recuar, vamos perseverar. Não há outro caminho para retirar o Brasil da mais grave crise econômica da sua história
    - Jornal O Globo''
    12/03/2017