Marina Ruy Barbosa

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Marina Ruy Barbosa
Marina Ruy Barbosa
Marina Ruy Barbosa em outros projetos:

Marina Souza Ruy Barbosa (Rio de Janeiro, 30 de junho de 1995) é uma atriz brasileira.

Verificadas[editar]

Não sou mimada, sou bem cuidada
  • O que as pessoas mais me perguntam é se eu sou neta do novelista Benedito Ruy Barbosa. Acho graça e explico que sou atriz porque amo interpretar e, na verdade, meu parentesco é com Ruy Barbosa
- Sobre seu sobrenome famoso.
- Fonte: iGirl.[1]
  • Um pouco. Na questão da moda, por exemplo, tenho que achar um meio termo entre menina e mulher. É difícil encontrar roupas que não fiquem muito ousadas, porque eu não curto decote e só há pouco tempo comecei a encurtar meus vestidos para ir às festas.
- Em resposta à pergunta “Está sendo difícil passar da fase de criança para adulta?”
- Fonte: iGirl.[1]
  • Gosto de ser ruiva. Meu cabelo é meu xodó
- Fonte: UOL.[2]
  • Além de muito bonito, ele é querido e fofo
- Sobre o então namorado, o ator Klebber Toledo
- Fonte: EGO.[3]
  • Sou meio careta. Não acho que uma menina deva correr atrás de um garoto. O melhor que ela pode fazer é ser carinhosa com o menino. Outra dica é aceitar sair com o grupo de amigos dele, sabe? Ficar amiga dos amigos dele…
- Fonte: EGO.[3]
  • Não tem muito mistério. Corto de dois em dois meses para não ficar com pontas duplas. Quando demoro a cortar, ele vai ficando maltratado. Também não durmo com os cabelos molhados, isso é ruim para a raiz, e os fios ficam fracos. No dia a dia, uso xampu e condicionador específicos para ruivos e também leave-in … Nunca fiz escova progressiva e nunca pintei. Só faço escova normal quando gravo e hidratação uma vez por mês.
- Sobre os cuidados com seus cabelos.
- Fonte: Correio 24 Horas. Data: 18 de setembro de 2011.[4]
  • Não sou mimada, sou bem cuidada
- Respondendo a Serginho Groisman que perguntou se ela era mimada.
- Fonte: Globo.com. Publicação: 28 de agosto de 2013.[5]
  • Sabe o que é? Eu não tenho de ficar mais me explicando sobre uma coisa que não tem explicação. Tudo já foi falado, que a decisão [de não ficar careca] não foi minha, não preciso retomar isso, entende?
- A respeito da polêmica sobre raspar ou não o cabelo na telenovela Amor à Vida.
- Fonte: Contigo! Publicação: 12 de setembro de 2013.[6]
  • Eu iria fazer. Essas mudanças fazem parte da profissão. Acho que a gente tem que passar por cima disso e fazer o que tem que ser feito. Se tivesse necessidade, eu teria feito
- Sobre não ter raspado a cabeça em Amor à Vida.
- Fonte: UOL. Publicação: 13 de agosto de 2013.[7]

Citações sobre Marina[editar]

  • Falei que ela não iria se arrepender de raspar o cabelo, que ia ser excelente para a carreira dela. E disse ainda que a gente só faz esse tipo de coisa quando mandam, porque não rasparíamos o cabelo se não fosse o trabalho, né?
- Carolina Dieckmann sobre a polêmica de Marina raspar ou não raspar os cabelos em Amor à Vida.
- Fonte: Correio do Estado. Publicação: 25 de agosto de 2013.[8]

Referências

  1. 1,0 1,1 Marina Ruy Barbosa tem charme, estilo e um closet todinho para chamar de seu Bia Amorim, iG. Publicado em 22 de Junho de 2010.
  2. Marina Ruy Barbosa: "Meu cabelo é meu xodó" Gabriel Nanbu, UOL. Publicado em 25 de Julho de 2011.
  3. 3,0 3,1 Vestida de princesa, Marina Ruy Barbosa diz que quer casar com o príncipe Harry Redação, EGO. Publicado em 16 de Junho de 2011.
  4. "Nunca pintei", conta Marina Ruy Barbosa sobre seus cabelos vermelhos Da Redação, Correio 24 Horas. Publicado em 18 de setembro de 2011.
  5. 'Não sou mimada, sou bem cuidada', garante a atriz Marina Ruy Barbosa globo.com. Publicado em 28 de agosto de 2013.
  6. Marina Ruy Barbosa: "Não é porque sou nova que tenho de usar tênis e shortinho" Elizabete Antunes, Contigo!. Publicado em 12 de setembro de 2013.
  7. "Eu teria feito", diz Marina Ruy Barbosa sobre raspar cabelos para "Amor" UOL. Publicado em 13 de agosto de 2013.
  8. Carolina Dieckmann diz que aconselhou Marina Ruy Barbosa a ficar careca Correio do Estado. Publicado em 25 de agosto de 2013.