Saltar para o conteúdo

France Winddance Twine

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
France Winddance Twine
France Winddance Twine
France Winddance Twine
Wikipédia

France Winddance Twine (23 de outubro de 1960) é uma socióloga negra e nativa americana, etnóloga, artista visual e documentarista.



  • "Porque para nós, como europeus, só volta a ser normal quando voltamos a ser grandes."
- Abramowitz, A. 2018. The Great Alignment: Race, Party Transformation, and Therise of Donald Trump. London: Yale University Press.

Sobre[editar]

  • "This book is important on many different levels and critically adds to our understanding of parenting practices to counter racism."
- "Este livro é importante em muitos níveis diferentes e contribui criticamente para nossa compreensão das práticas parentais para combater o racismo."
-Perlita Harris, Adoção e Acolhimento como citado in: A White Side of Black Britain Interracial Intimacy and Racial Literacy Duke University Press, Michael Smyth. Publicado em 1 de outubro de 2022.
  • "Ao optar por uma série de entrevistas de história de vida, Twine fornece um relato aprofundado sobre sua experiência vivida, como os relacionamentos mudam e como isso pode afetar seus pontos de vista. Além disso, proporciona uma discussão contínua entre a pesquisadora e seus sujeitos que começa no ponto do encontro inicial – onde a maioria das pesquisas qualitativas termina.... Embora ser membro de uma família negra não seja uma condição a priori para a posse de consciência racial, Twine mostra, de maneira ponderada e matizada, a capacidade de as mulheres aprenderem e adaptarem suas práticas cotidianas para transmitir uma herança adotada."
- "By opting for a series of life history interviews, Twine provides an in-depth account on their lived experience, how relationships change and how this may impact on their views. Furthermore, it provides an ongoing discussion between the researcher and her subjects which starts at the point of the initial encounter – where most qualitative research ends.... While being a member of a Black family is not an a priori condition for possession of racial consciousness, Twine does show, in a thoughtful and nuanced manner, the ability for women to learn and adapt their everyday practices in order to pass on an adopted heritage."
- Jessica Mai Sims, Boletim Runnymede como citado in: A White Side of Black Britain Interracial Intimacy and Racial Literacy Duke University Press, Michael Smyth. Publicado em 1 de outubro de 2022.