Fernanda Montenegro

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fernanda Montenegro
Fernanda Montenegro
Fernanda Montenegro em outros projetos:

Fernanda Montenegro, pseudônimo de Arlette Pinheiro Monteiro (nascida no dia 16 de outubro de 1929, na cidade do Rio de Janeiro), é uma atriz brasileira.


  • "Nosso critério não é o de escolher papéis, mas procurar peças que queiram dizer alguma coisa. Fazer teatro é um destino".
- Em entrevista à Revista Veja, em abril de 1976
  • "A rádio foi a minha universidade".
- dia 8 de fevereiro, no Conexão Roberto D'Ávila, da TVE Brasil
  • "Se você exerce a sua vocação, metade da sua vida está resolvida".
- dia 16 de janeiro, no Video Show, da Rede Globo
  • "O improviso é importante na novela e na vida".
- dia 13 de novembro, no Domingão do Faustão, da Rede Globo
  • "Quem não é do meio, não fica junto".
- sobre o relacionamento duradouro entre atores, dia 16 de junho, no Programa Amaury Jr. da RedeTV!
  • "A nossa sociedade vê a mulher na menopausa como apenas um instrumento em finitude."
- Fonte: Revista Veja
  • "Ficar de robe é um grande hobby."
- Fonte: Revista ISTOÉ Gente, edição 252 (07/06/2004)
  • "Eu me questionava: ‘O que direi quando me perguntarem o que, profundamente, me levou a aceitar esse convite’. E uma amiga me falou: ‘Você não faria isso pelos seus netos?’. É uma boa. Foi por eles"
- Fernanda Montenegro, atriz, sobre o fato de ter dublado uma “vaca madura” no desenho animado Nem Que a Vaca Tussa
- Fonte: Revista ISTOÉ Gente, edição 258 (19/07/2004)
  • "Você vê que a pista está acabando. Que a hora da chegada está mais perto."
- Fernanda Montenegro, atriz, que completa 75 anos em outubro
- Fonte: Revista ISTOÉ Gente, edição 264 (30/08/2004)
  • "Na minha idade, já conheço todos os tipos de beijos, já fiz todos. Beijamos de acordo com as necessidades das cenas. Se tiver que ser para valer, será."
- Fonte: Revista ISTOÉ Gente, edição 268 (27/09/2004)
  • "Da minha geração, quem ainda não foi para o buraco esta aí também na batalha."
- Fonte: Revista ISTOÉ Gente, edição 271 (18/10/2004)
  • "Novela inteira nunca mais."
- Fernanda Montenegro, atriz, cansada da telinha
- Fonte: Revista Veja, Edição 1 667 - 20/9/2000
  • "Agora, só vou ler um roteiro se tiver um personagem inteiro para mim, e não apenas a boa vizinha, a maluca da cidade ou a avó de não sei quem."
- Fernanda Montenegro, atriz, cansada de fazer participação especial em filmes
- Fonte: Revista Veja, Edição 1 664 - 30/8/2000
  • "Tenho medo que não haja mais tempo de salvar o Rio e o País."
- Fernanda Montenegro, atriz, num desabafo emocionado sobre a violência do Rio
- Fonte: Revista ISTOÉ Gente, edição 278 - 06/12/2004
  • "Sou uma avó que trabalha demais, que ainda não teve tempo de sentar com seus netos para contar as boas histórias da vida. Estou esperando a minha aposentadoria. O problema é que, quando isso acontecer, os netos já estarão velhos demais."
Fonte: ISTOÉ Gente, edição 283 - 17/01/2005
  • “Estatizaram o teatro, compreende? Nos Estados Unidos, é capitalismo, espetáculo tem acionista. Não tem governo que protege e manda cobrar baratinho. Hoje, no Brasil, mesmo que você lote a casa sempre, o espetáculo não se paga. O aluguel de um teatro custa de R$ 6 mil a R$ 20 mil por noite. A verdade é que a parte cultural não mora nas leis.”
- Fonte: Almanaque — 9 de novembro de 2015