Ana Carolina (cantora)

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ana Carolina
Ana Carolina (cantora)
Ana Carolina (cantora) em outros projetos:

Ana Carolina Souza (nasceu dia 9 de setembro de 1974, em Juiz de Fora, Minas Gerais, Brasil), é cantora, compositora, arranjadora e multinstrumentista brasileira.


  • "Acho engraçado quando alguém chega a meu camarim e diz: 'Que coragem a sua de cantar Eu gosto de homens e de mulheres!'. Poxa, 'coragem' é uma expressão muito antiquada nessa área",
- Ana Carolina, na revista Veja Edição 1936 de 21 de dezembro de 2005
  • "Sou bissexual. Acho natural gostar de homens e mulheres."
- Ana Carolina, na revista Veja Edição 1936 de 21 de dezembro de 2005
  • "Namorei quatro garotos, depois uma menina, em seguida outro garoto e mais tarde uma menina outra vez".
- Ana Carolina, na revista Veja Edição 1936 de 21 de dezembro de 2005
  • "Tive de ser mais dura com minha mãe, para reafirmar minha condição. Mas aí ela aceitou de vez, e hoje nos damos bem".
- Ana Carolina, na revista Veja Edição 1936 de 21 de dezembro de 2005
  • "Quando Cássia [Eller] foi a um show meu, eu me senti como se tivesse ganho a Cruz de Malta".
- Ana Carolina, na revista Veja Edição 1936 de 21 de dezembro de 2005
  • "Não acredito que surgirão na música brasileira movimentos musicais tão inovadores quanto a bossa nova e o tropicalismo. Mas isso não é o fim do mundo. Vamos fazer música de qualidade, nem que não seja uma revolução".
- Ana Carolina, na revista Veja Edição 1936 de 21 de dezembro de 2005
  • "Sou contra essa postura de levantar bandeiras para defender o homossexualismo, pois fica parecendo que ser gay é uma doença. (...) Acho que passeatas e discursos no estilo 'nós, os homossexuais' só alimentam uma visão estereotipada".
Fonte: Entrevista à revista Veja (edição 1936, de 21/12/05)
  • "Eu não descobri a pólvora. Acho que além da música, o importante é ter liberdade. Talvez possam ter meninas que queiram transar com outras meninas e no show elas podem falar mais abertamente".
- Ana Carolina sobre a música "Eu comi a Madona" e a repercussão nos seus shows
Fonte: Entrevista à coluna "Ego" do portal Globo.com (edição de 24/3/08)
  • "Homossexualidade, mediunidade e voz: todos têm, mas só alguns desenvolvem".
- Em entrevista ao Programa do Jô, 06/06/2008

Sobre[editar]

  • "Numa boa, se ela é bi eu sou penta".
- Preta Gil, sobre a cantora Ana Carolina, que admitiu publicamente sua bissexualidade no fim de 2005
- Fonte: Revista ISTO É Gente, Edição 356