Preta Gil

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Preta Gil
Preta Gil
Preta Gil em outros projetos:

Preta Maria Gadelha Gil Moreira (Rio de Janeiro, 8 de agosto de 1974) é uma cantora, atriz e apresentadora brasileira.


  • "Rita Lee é minha mãe, eu beijo ela na boca sim, dá licença!"
-Entrevista da cantora no Superpop de 11 de janeiro de 2007, rebatendo a crítica feita por Ronaldo Esper ao beijo.
Question book-3.svg Este artigo ou secção não cita as suas fontes ou referências. Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes.
  • "Eu sou uma mulher tranqüila, não gosto de boate, a não ser que seja uma boate gay que tenha show de travesti, que eu adoro... aí eu me jogo!"
-Entrevista da cantora no Superpop de 11 de janeiro de 2007.
  • “Eu trouxe à tona esse diálogo [sobre mulheres serem gordinhas e poderem ser felizes]. Por que eu sou gordinha e não posso posar nua, qual o problema?”
-Entrevista da cantora ao Superpop de 11 de janeiro de 2007.
  • "Acabou? Gente, eu achei que ia ter babado e confusão, olha! Vem cá [puxando a apresentadora Luciana Gimenez para junto, e esta mostrando receio], eu não vou te dar beijo na boca, eu não sou a Hebe [rindo].
-Entrevista da cantora ao Superpop de 11 de janeiro de 2007.
  • "Se esse é o rótulo que querem me dar [sobre ser polêmica], que dêem!"
- Quadro a Bela e os Feras, do programa Melhor do Brasil, da Record.
  • “O que é o belo? O belo é ser magra, é ser a Gisele Bündchen? O belo é ser você!”
- Quadro a Bela e os Feras, do programa Melhor do Brasil, da Record.
  • "Meu negócio não é falar de sexo. É fazer."
- Fonte: Revista IstoÉ Gente. Edição 372
  • "Nem me preocupo em sair malhando feito uma louca. Isso não vai resolver meu problema de uma hora para outra."
- Fonte: Revista ISTOÉ Gente, edição 340 (27/02/2006)
  • "Negro sempre dá ibope em tudo. Principalmente na cama lá de casa."
- Fonte: Revista ISTOÉ Gente, edição 246 (26/04/2004)
  • "Saí de uma lipoaspiração direto para a depressão. É uma violência, um efeito Michael Jackson. Falam tanto dele, mas todo mundo está se mutilando e se branqueando. Para quem tem recursos, é mais fácil procurar um cirurgião do que um psicólogo."
- Fonte: Revista ISTOÉ Gente, edição 271 (18/10/2004)