Alexandre Dumas, filho

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Alexandre Dumas, filho
Alexandre Dumas, filho
Alexandre Dumas, filho em outros projetos:

Alexandre Dumas, filho (Paris, França, 27 de julho de 1824 - Marly-le-Roi, Yvelines, 27 de novembro de 1895) foi filho de Alexandre Dumas, pai, e um escritor francês que seguiu os passos de seu pai tornando-se um conceituado autor de livros e peças de teatro; autor de "A dama das camélias".


  • "As opiniões são como os pregos; quanto mais se martelam, mais se enterram."
- opinions are like nails ; the harder you hit them the deeper you drive them in.
- La question d'argent: - Página ix, Alexandre Dumas, George Neely Henning - D.C. Heath & Company, 1898, 136 páginas

Obras[editar]

  • "O dever é aquilo que exigimos dos outros"
- Le devoir, savez-vous ce que c'est ? C'est ce qu'on exige des autres
- Denise, pièce en quatre actes‎ - Página 24, Alexandre Dumas - Calmann Lévy, 1894, 37a. ed. - 145 páginas
  • "O que as grandes e puras afeições têm de bom é que depois da felicidade de as ter sentido, resta ainda a felicidade de recordá-las".
- Les grandes et pures affections ont cela de beau, qu'après le bonheur de les avoir éprouvées, il reste le bonheur de s'en souvenir.
- "Théatre complet de Al. Dumas fils"‎ - Volume VII, Página 64, Alexandre Dumas - Michel Lévy frères, libraires éditeurs, 1868
  • "Não estimes o dinheiro nem mais, nem menos do que ele vale: é um bom servidor e um péssimo amo".
- N'estime l'argent ni plus ni moins qu'il ne vaut : c'est un bon serviteur et un mauvais maître.
- Théatre complet de Al. Dumas fils‎ - Volume 7, Página 4, Alexandre Dumas - Michel Lévy frères, libraires éditeurs, 1868
  • "Dinheiro é dinheiro, independentemente das mãos onde está localizado. Este é o único poder que nunca se discute".
- l'argent est l'argent, quelles que soient les mains où il se trouve. C'est la seule puissance que l'on ne discute jamais.
- "La question d'argent: comédie en cinq actes, en prose"‎ - página 29, Alexandre Dumas - Charlieu, 1857, 4a. ed. - 151 páginas
  • "Negócios? Muito simples: é o dinheiro dos outros".
- Les affaires, c'est bien simple ; c'est l'argent des autres
- "Théatre complet de Al. Dumas fils‎" - Volume 3, Página 292, Alexandre Dumas - Michel Lévy frères, libraires éditeurs, 1868
  • "Desnecessário combater as opiniões dos outros. Às vezes conseguimos derrotar o povo em um debate, para convencê-los para sempre. As opiniões são como os pregos; quanto mais se martelam, mais se enterram".
- Inutile de combattre les opinions des autres; on parvient quelquefois à vaincre les gens dans une discussion, à les convaincre jamais. Les opinions sont comme les clous; plus on tape dessus, plus on les enfonce.
- Théatre complet de Al. Dumas fils‎ - Volumes 1-2, Página 8, Alexandre Dumas - Michel Lévy frères, libraires éditeurs, 1868
  • "A vida é o último hábito que se deve perder, porque foi o primeiro que se tomou".
- La vie est la dernière habitude qu'on veut perdre, parce que c'est là première qu'on a prise.
- Théatre complet de Al. Dumas fils‎ - Volumes 1-2, Página 40, Alexandre Dumas - Michel Lévy frères, libraires éditeurs, 1868

A Dama das Camélias[editar]

  • "Não nos pertencemos mais. Não mais somos seres, somos coisas. Somos as primeiras no amor-próprio deles, as últimas em sua estima. Temos amigas, mas não amigas como Prudence, mulheres que já foram de vida fácil e ainda têm gostos caros que sua idade não mais lhes permite. Sua amizade chega até à servidão, jamais ao desinteresse. Elas nunca darão algo a não ser conselhos lucrativos. Pouco lhes importa que tenhamos dez amantes a mais, desde que elas ganhem vestidos ou uma pulseira que possam de vez em quando passear em nossa carruagem, ir ao teatro em nosso camarote. Elas ficam com nossas flores no dia seguinte e pegam nossas caxemiras emprestadas. Não nos prestam jamais um serviço, por menor que seja, sem se fazer pagar pelo dobro do que vale."


Atribuídas[editar]

- Donnez de l'argent, n'en prêtez pas. Donner ne fait que des ingrats, prêter fait des ennemis.
- citado em "Dictionnaire de l'esprit‎" - Página 73, Jean Lefèvre - Société générale d'éditions "Sodi,", 1967 - 227 páginas
  • "É mais fácil ser bom para toda a gente do que para alguém".
- Il est plus facile d'être bon pour tout le monde que pour quelqu'un.
- citado em "Lecture", Volume 11‎ - Página 398, P.Dupont, 1890
  • "Como é possível que, sendo as criancinhas tão inteligentes, a maioria das pessoas sejam tão tolas? A educação deve ter algo a ver com isso!
- Comment se fait-il que les enfants étant si intelligents, la plupart des hommes soient bêtes ? Cela doit tenir à l'éducation.
- citado em "Les chefs-d'œuvre du sourire‎" - Página 113, Jacques Sternberg, Jacques Bergier, Alex Grall - Editions Planète, 1964 - 477 páginas