Zé Bonitinho

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Zé Bonitinho
Zé Bonitinho
Zé Bonitinho em outros projetos:

Zé Bonitinho, é um personagem interpretado pelo ator brasileiro Jorge Loredo.


  • "Câmera, close! Microfone, please! Vou dar a vocês agora um tostão da minha voz!"[1]
  • "Zé Bonitinho, o perigote das mulheres, o homem mais lindo do mundo."[1]
  • "Zé Bonitinho, aquele que não é caminhão de gás, mas a mulherada tá sempre correndo atrás."[1]
  • "O chato não é ser bonito, o chato é ser gostoso!"[1]
  • "Mulher, para mim é igual parafuso: é no arrocho."[1]
  • "Zé Bonitinho, aquele que não é corda, mas amarra a mulherada."[1]
  • "Zé Bonitinho, o amigo do peito da mulherada!"
  • "Zé Bonitinho, aquele que não é sal grosso, mas tá sempre em cima de uma carne seca."
  • "Zé Bonitinho, aquele que não é chuveiro, mas adora deixar as mulheres molhadinhas."
  • "Zé Bonitinho, aquele que não é vaga de estacionamento, mas a mulherada está sempre disputando."
  • "Zé Bonitinho, aquele que não é batom, mas todas querem ter na boca."
  • "Zé Bonitinho, aquele que não é pijama, mas a mulherada adora levar para cama."
  • "Zé Bonitinho, aquele que não é o Chapolin, mas também tem uma marreta biônica."
  • "Zé Bonitinho, aquele que não é gel mas deixa a mulherada de cabelo em pé!"
  • "Zé Bonitinho, aquele que não é barata embaixo da pia, mas a mulherada quando vê, logo se arrepia."
  • "Zé Bonitinho, aquele que não é telefone, mas quando a mulher pega, não larga mais."
  • "Zé Bonitinho, aquele que não é café, mas vai te deixar acordada a noite toda."
  • "Zé Bonitinho, é que nem água de bateria, encostou já sai comendo!"
  • "Minha beleza é mais absurda que a minhoca, que não tem pé e nem cabeça."
  • "Hello mulheres do meu Brasil varonil... Vou dar a vocês agora um tostão da minha voz... Cameras, close! If I had a thousand women... au au... au au..."
  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 1,4 1,5 FOLHA de São Paulo. "Zé Bonitinho dá o último tostão de sua voz". Folha de São Paulo, Ilustrada, página E6. 27 de março de 2015.