Warren Farrell

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Warren Farrell
Warren Farrell
Warren Farrell em outros projetos:

Warren Farrell (26 de Junho de 1943) é um autor americano sobre questões controversas envolvendo homens e mulheres. Seus livros cobrem áreas como história, direito, sociologia, política, psicologia do desenvolvimento, formação profissional, comunicação entre casais e etc. Inicialmente foi membro e inclusive presidente de associações feministas, atualmente é um respeitado intelectual que luta por direitos humanos dos homens e meninos.


The Myth of Male Power (1993)[editar]

Simon and Schuster, 1st Ed., 1993; 2nd Ed., Berkely, 2000.

Parte 1[editar]

  • "A maior fraqueza dos homens é sua fachada de força; a maior força das mulheres é sua fachada de fraqueza."
- "The weakness of men is the facade of strength; the strength of women is the facade of weakness."
- Página 13.
  • "O feminismo ensinou as mulheres a processarem homens por assédio sexual ou estupro, quando os homens tomam a iniciativa com a mulher errada ou no momento errado; ninguém ensinou aos homens a processarem mulheres por trauma sexual por primeiro dizerem "sim", depois "não" e então "sim" de novo. Dos homens é esperado que tomem a iniciativa, mas agora, se eles fazem isso mal, podem ir para a cadeia."
- "Feminism has taught women to sue men for sexual harassment or date rape when men initiate with the wrong person or with the wrong timing; no one has taught men to sue women for sexual trauma for saying “yes,” then “no,” then “yes.” … Men [are] still expected to initiate, but now, if they [do] it badly, they could go to jail."
- Página 16.
  • "Há muitas maneiras em que uma mulher experimenta uma sensação maior de impotência do que sua contraparte masculina: os medos da gravidez, envelhecimento, estupro, e ser dominada fisicamente; menos socialização para tomar uma carreira que paga o suficiente para suportar um marido e filhos [...] Felizmente, quase todos os países industrializados têm reconhecido essas experiências femininas. Infelizmente, eles reconheceram apenas a experiência feminina."
- "There are many ways in which a woman experiences a greater sense of powerlessness than her male counterpart: the fears of pregnancy, aging, rape, date rape, and being physically overpowered; less socialization to take a career that pays enough to support a husband and children[...] Fortunately, almost all industrialized nations have acknowledged these female experiences. Unfortunately, they have acknowledged only the female experience."
- Página 28.
  • "Durante o julgamento de Mike Tyson por estupro, por exemplo, o hotel onde o júri estava hospedado pegou fogo. Dois bombeiros morreram tentando salvar os ocupantes do prédio. O julgamento de Tyson nos tornou conscientes a respeito do homem estuprador, mas a morte dos dois bombeiros não nos tornou mais conscientes do homem como um salvador de vidas. Prestamos mais atenção num homem que praticou o mal do que em dois que praticaram o bem; no homem que ameaçou uma mulher (a qual não morreu) do que nas dezenas de homens que salvaram centenas de homens e mulheres (para não falar nos dois que morreram)."
- "The Mike Tyson trial. The hotel in which the jury is sequestered goes ablaze. Two firefighters die saving its occupants. The trial of Mike Tyson made us increasingly aware of men-as-rapists. The firefighters' deaths did not make us increasingly aware of men-as-saviors. We were more aware of one man doing harm than of two men saving, of one man threatening one women (who is still alive) than of dozens of men saving hundreds of people (and that two of those men died)."
- Página 36.