Silvio Santos

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Silvio Santos
Silvio Santos
Silvio Santos em outros projetos:

Silvio Santos, pseudônimo de Senor Abravanel (nasceu dia 12 de dezembro de 1930, Rio de Janeiro, Brasil), descendente de turcos e gregos; é um apresentador de TV e empresário brasileiro.


  • "Eu costumo dizer que eu sou um office-boy do patrão. que, no caso, é o governo."[1]
  • "O Brasil é um país novo em que um camelô, com sorte e talento, pode subir muito".
- Em entrevista à Revista Veja, em setembro de 1985
  • "Vou ser o melhor prefeito que São Paulo já teve"
- Declarando sua candidatura à Prefeitura de São Paulo, no Show de Calouros, em 06/03/1988
  • "Vote 26"
-"Frase dita na campanha para presidente"
  • "Quem quer dinheiro?"
Bordão de seu extinto programa dominical Topa Tudo por Dinheiro.
  • "O Raul Gil é gay."
-Em entrevista ao programa Pânico na Tv.

Bordões[editar]

  • "Mas quem é que eu vou chamar".
- "Programa Silvio Santos"
  • " É a maioriaaaaaa?"
- "Programa Tentação"
  • "Vale dez reais ?"
- "Programa Tentação"
  • "Meus colegas e minhas colegas de trabalho".
- Frase dita em alguns de seus programas, com destaque para o Topa Tudo por Dinheiro.
  • "Sera-m que você vai ganhar a casa-m?"
-Nos programas do Baú Da Felicidade
  • "Ha-Ha-Hi-Hi, Vem pra cá! Vem pra cá!"
- Frase dita em todos os programas que ele apresenta.
  • "Ma-mas você é da caravana de onde-m?"
- Pergunta feita a seus convidados para verificar sua procedência.
  • "Está certo disso?"
- Uma de suas frases mais conhecidas, dita no extinto programa Show do Milhão quando um convidado respondia a uma pergunta.
  • "Posso perguntar?"
- Frase dita no mesmo programa acima, quando o convidado tinha certeza da resposta.
  • "oooooooooooooooeeeeee"
- Frase dita sempre.
  • "Sai pra lá, sai pra lá"
- Em entrevista ao programa Pânico na Tv.
  • "Ai Ai Ai, ui ui"
- Em entrevista ao programa Pânico na Tv.
  • "Ma ma ma ma é no duuuuuro?"
- Em perguntas para o auditório.

Sobre[editar]

  • "Eu tenho pena dele, porque eu sou mais feliz que ele. Eu, quando viajo, aproveito a viagem. Ele, não, ele tem de viajar escondido. Um camarada que vai para a Miami para poder comer sanduíche na rua é um infeliz. Eu tenho pena dele, ele é uma pessoa muito só. Quanto mais você sobe, mais você fica sozinho."[2]
- Carlos Alberto de Nóbrega em entrevista à Fabrício Carpinejar no programa A Máquina, exibido a 11 de dezembro de 2012 na Rede Gazeta

Referências

  1. Maria Celeste Mira (1994). Circo eletrônico: Sílvio Santos e o SBT. Olho D'Agua. p. 82. ISBN 978-85-15-01155-1.
  2. Revista Isto É, Carlos Alberto de Nóbrega: 'Silvio Santos é infeliz' , 19/12/2012