Sexto Empírico

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sexto Empírico
Sexto Empírico
Sexto Empírico em outros projetos:

Sexto Empírico (em grego antigo: Σέξτος Εμπειρικός ; em latim: Sextus Empiricus ) foi um médico e filósofo grego expoente do ceticismo pirrônico que viveu entre os séculos II e III d.C.


  • "O resultado natural de qualquer investigação é que aquele que investiga ou bem encontra aquilo que busca, ou bem nega que seja encontrável e confessa ser isto inapreensível, ou ainda, persiste em sua busca. O mesmo ocorre com as investigações filosóficas, e é provavelmente por isso que alguns afirmaram ter descoberto a verdade, outros que a verdade não pode ser apreendida, enquanto outros continuam buscando. Aqueles que afirmam ter descoberto a verdade são os "dogmáticos", assim são chamados especialmente Aristóteles, por exemplo, Epicuro, os estoicos e alguns outros. Clitômaco, Carnéades e outros acadêmicos consideram a verdade inapreensível, e os céticos continuam buscando. Portanto, parece razoável manter que há três tipos de filosofia: a dogmática, a acadêmica e a cética."
- Sexto Empírico, Hipotiposes Pirrônicas, Livro I, Tradução de Danilo Marcondes, Revista O que nos faz pensar, Página 117, nº 12, 1997.
- Texto original em Grego Antigo: Sextus Empiricus, Página 3, Sextus Empiricus, Immanuel Bekker, 1842 - 815 páginas.

Ligações externas[editar]