Scarlett Johansson

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Scarlett Johansson
Scarlett Johansson
Scarlett Johansson em outros projetos:

Scarlett Johansson (nasceu dia 22 de novembro de 1984); atriz americana.


  • "Um homem de 40, 50, 60... por que não? Você não pode ter controle por quem vai se apaixonar. Não creio que a idade seja um problema."
- estrela do filme Encontros e Desencontros, de Sofia Coppola; citado em Revista Veja, Edição 1869 . 1° de setembro de 2004
  • "Ele gritava ‘corta’, virava-se para mim e dizia: ‘E então, como você perdeu sua virgindade?’. Era engraçado".
- Scarlett Johansson, atriz, 21 anos, sobre o diretor Woody Allen, durante as filmagens de Ponto Final
- Fonte: Revista IstoÉ Gente!, edição 337
  • "Senti a pélvis dela roçando na minha perna. Foi horrível!"
- Sobre o assédio que teria sofrido de uma dançarina em um clube de strip-tease
- Fonte: Revista ISTO É Gente, Edição 363.
  • "Não sou promíscua. Parece que existe um crença equivocada de que sou sexualmente disponível."
- Fonte: Revista IstoÉ Gente. Edição 374
  • "Homens, o que eles sabem? Se você ganha ou perde uns quilinhos. Se eles gostam da gente, gostam de qualquer jeito."
- sobre as preferências masculinas
- Fonte: Revista IstoÉ Gente. Edição 379.
  • "Os homens não são bons o suficiente antes dos 30."
- Scarlett Johansson, 19 anos, estrela de Encontros e Desencontros, que admitiu ter feito sexo com o ator Benicio Del Toro, 37 anos, no elevador de um hotel de Los Angeles após a cerimônia do Oscar deste ano.
- Fonte: Revista ISTOÉ Gente, edição 250 (24/05/2004)
  • "Não creio que a idade seja um problema quando se está flertando. O problema é quando vira um relaciona-mento longo e a diferença de idade fica evidente. Um dos dois sempre acaba jogando a toalha"
- Scarlet Johansson, 19 anos, que teve um rápido affair com Benício Del Toro, 37 anos
- Fonte: Revista ISTOÉ Gente, edição 265 (06/09/2004)
  • "Eu definitivamente acredito na cirurgia plástica. Não quero me tornar uma bruxa velha, isso não é nada divertido."
- Fonte: Revista ISTOÉ Gente, edição 283 - 17/01/2005