Renato Portaluppi

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Renato Portaluppi
Renato Portaluppi
Renato Portaluppi em outros projetos:

Renato Portaluppi, conhecido como Renato Gaúcho no centro do país, (Guaporé, Rio Grande do Sul, 9 de setembro de 1962) é treinador e ex-jogador de futebol.


Atribuídas[editar]

Question book-3.svg Este artigo ou secção não cita as suas fontes ou referências. Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes.
  • "O Fluminense vai brincar no Brasileiro."
- Renato Falando sobre o Campeonato Brasileiro de 2008.
  • "É um jogo, tudo pode acontecer. Mas volto a repetir: sou Barcelona."
- Ao falar sobre a final do mundial de clubes de 2006 entre Internacional x Barcelona.
  • "O FLuminense está a 5 metros da próxima Libertadores, enquanto os outros times estão a 5 mil quilômetros."
- Renato Gaúcho comentando da possibilidade do título da Libertadores, onde perdeu a final sem perde a honra, afastando-se da possibilidade de disputar a Libertadores 2009.
  • "Quando tem agito aqui em casa até o Cristo Redentor tapa os olhos."
  • "O futebol italiano é ridículo."
  • "Houve época em que eu dava uma rapidinha, tinha que ir treinar; dava outra rapidinha, tinha de concentrar."
  • "Quando a torcida começou a chamar o treinador (Telê Santana) de burro, eu achei altamente ofensivo - para os burros."
  • "No Brasil, infelizmente, não se pode haver uma amizade legal, profunda, entre dois homens. Um dos dois tem que ser veado... ou os dois."
- Sobre sua afinidade com o lateral Leandro.
  • "Um dia ainda vou treinar o Grêmio. É um sonho que eu tenho."
- Ao ser questionado sobre um enfrentamento contra o Grêmio, seu time do coração, como treinador.

Sobre[editar]

  • "Aqui tem muito rei. Rei têm dois, três, quatro, cinco. Mas Deus, Deus só tem um. E agora eles sabem quem é." [carece de fontes?]
- Romário responde a Túlio e Renato Gaúcho, que brigavam junto com ele pela artilharia do Campeonato Carioca de 1995 (embora tenha sido o Fluminense de Renato o campeão naquele ano).
  • "Da-lhe Renato, o Portaluppi, meu coração não para de cantar...com dois golaços, de Portaluppi...Grêmio pra sempre campeão Mundial."
- Música da torcida Geral do Grêmio em homenagem a Renato.