Oswald de Andrade

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Oswald de Andrade em outros projetos:

José Oswald de Sousa Andrade (São Paulo, 11 de janeiro de 1890São Paulo, 22 de outubro de 1954) foi um escritor, ensaísta e dramaturgo brasileiro.


Escritos[editar]

  • Referência: "Do Páu-Brasil à Antropofagia e às Utopias"( Obras Completas), Editora Civilização Brasileira, Segunda edição, Introdução de Benedito Nunes, Rio de Janeiro, 1978.

Manifestos da Poesia Páu-Brasil[editar]

  • "A Poesia existe nos fatos.Os casebres de açafrão e de ocre nos verdes da Favela, sob o azul cabralino, são fatos estéticos. O Carnaval no Rio é o acontecimento religioso da raça". (Página 5, dois primeiros paragrafos).
  • "Toda a história bandeirante e a história comercial do Brasil.O lado doutor, o lado citações, o lado autores conhecidos. Comovente. Rui Barbosa: uma cartola na Senegâmbia; Tudo revertendo em riqueza”.(Pg. 5, terceiro parágrafo).

Manifesto Antropófago[editar]

  • "Só a Antropofagia nos une. Socialmente. Economicamente. Filosoficamente.(Pg. 13, primeiro paragrafo).

Meu Testamento[editar]

  • "Edgard Cavalheiro: Começarei protestando contra a confusão que se faz entre a seriedade do espírito humano e, por exemplo, a sisudez de uma sessão acadêmica, com suas ratazanas fardadas e a coleção de suas carecas de louça.Ao contrario diso nada mais sério que a blague de Voltaire ou de Ylia Ehrenburg, a fantasia de Joyce e o suspeito moralismo de Proust".(Pg.23, início do parágrafo).

A Arcádia e a Inconfidência[editar]

(Tese para concurso da Cadeira de Literatura Brasileira da Faculdade de Filosofia , Ciências e Letras da Universidade de São Paulo, 1945).Fonte : idem, pagina 32

  • "Frei Vicente do Salvador ilustra pitorescamente a ganância metropolitana durante o nosso período colonial, quando diz que arrancando o que podiam do Brasil, os dominadores ensinavam os seus loiros a repetir :Papagaio Real !Para Portugal !Para Portugal !(Pg.33, primeiro paragrafo).

A Crise da Filosofia Messiânica[editar]

(Tese para concurso da Cadeira de Filosofia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo, 1950). Fonte: idem, pagina 76.

  • "A Antropofagia ritual é assinalada por Homero entre os gregos e segundo a documentação do escritor argentino Blanco Villalta, foi encontrada na América entre os povos que haviam atingido uma elevada cultura-Asteca, Maias, Incas. Na expressão de Colombo, comiam los hombres. Não o faziam porém, por gula ou por fome.(Pg.77, primeiro parágrafo).

O Sul-Americano Calabar[editar]

Torcida indígena a favor de um imperialismo "civilizador". Leitor pequeno-burguês, não será você?
No Brasil há duas correntes de opinião: os que acreditam que a guerra holandesa acabou e os que sabem perfeitamente que ela continua, através de fundings, empréstimos e tomadas de poder por este ou aquele grupo calabarista.

Citações[editar]

  • "Aprendi com meu filho de dez anos/ Que a poesia é a descoberta/ Das coisas que eu nunca vi."
- poema "3 de maio"; Pau-Brasil Uma poética da radicalidade Obras completas de Oswald de Andrade. Por Oswald de Andrade, Haroldo de Campos, Publicado por Globo, 1990, 145 páginas
  • "Sempre enfezei em ser eu mesmo. Mau mas eu."
- Ponta de lança - Página 40, de Oswald de Andrade, Silviano Santiago, Mário da Silva Brito - Publicado por Globo, 1991 ISBN 8525009539, 9788525009531 - 125 páginas
  • "Tupi or not tupi - That is the question."
- Manifesto Antropófago, 1928.