Saltar para o conteúdo

Monica Iozzi

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Monica Iozzi
Monica Iozzi
Nascimento 2 de novembro de 1981 (42 anos)
Ribeirão Preto
Cidadania Brasil
Alma mater
  • Universidade Estadual de Campinas
Ocupação jornalista, atriz, apresentadora de televisão, atriz de voz
Página oficial
http://www.monicaiozzi.com

Monica Iozzi (?) é uma atriz brasileira.


Verificadas

[editar]
  • "Eu trabalhava como atriz e agora trabalho como repórter. Fui pra Brasília porque eu queria ir pra Brasília, porque eu gosto e me interesso muito por política. Com esse aprendizado, tudo novo, você fica sem saber o que fazer, pra onde olhar. Mas agora está tudo se acertando."
- Monica, quando perguntada sobre as dificuldades de trabalhar em Brasília em ano eleitoral - 2010 (14 de março de 2010)[1]
  • "A gente brinca tentando manter o mínimo de respeito, mas levar empurrão e tapinha no microfone é normal quando se trabalha em Brasília.(...)"
- Monica, se referindo das dificuldades em gravar matérias para o Custe o Que Custar em Brasília (28 de março de 2010)[2]
- Monica, ao ser questionada se é necessário talento para se manter na televisão (15 de abril de 2011)[3]
  • "Eu preciso voltar a trabalhar como atriz, eu preciso."
- Monica, ao justificar por que sairia do Video Show (26 de julho de 2015)[4]
  • "Uma noite de amor com Cauã Reymond me faria ficar."
- Monica, brincando sobre qual motivo a faria permanecer no Video Show (26 de julho de 2015)[5]
  • "Não é grana. Ganho bem. Ota [como ela chama o apresentador] vai entender o que estou falando. Durante muitos anos, trabalhei em coisas para alcançar outras. Trabalhei na Livraria Cultura e ganhava R$ 1.800. Depois de ter feito tanta coisa diferente, meu salário é muito bacana. Preciso parar e pensar: tenho 33 anos, o que eu quero fazer? O que vai me deixar de fato feliz? Não que eu não esteja, o “Vídeo show” é muito legal. Mas dediquei a minha vida para ser atriz e me vi deixando isso para trás."
- Monica, ainda justificando o motivo de sua saída do Video Show (26 de julho de 2015)[6]
  • "A brincadeira era essa: querer ser alguém extremamente respeitado, com trabalhos profundos, e me sentir o Tiririca."
- Monica, contando sua dificuldade com o universo do humor (26 de julho de 2015)[7]
  • "Eu não entendi na hora. Levantei sem entender nada, achei que tinha sido um acidente, não uma brincadeira. Eu me assustei na hora. Como qualquer coisa na TV, podia ter dado errado. Mas deu certo."
- Monica, explicando como se sentiu após cair em pegadinha produzida pelo programa Mais Você, apresentado por Ana Maria Braga (26 de julho de 2015)[8]
  • "Meu Deus!!! Que momento triste vivemos. Como estamos equivocados, cegos. Somos um povo que se informa apenas por manchetes do Jornal Nacional"
- Opinião dada por Monica em seu Twitter pessoal (13 de março de 2016)[9]
  • "Precisamos parar com esse comportamento de torcida organizada. O país parece estar dividido entre 'petralhas' e 'coxinhas'."
- Monica em entrevista ao portal F5 na gravação de video-convite com outros artistas para a manifestação contra o impeachment de Dilma Rousseff. (21 de março de 2016)[10]

Relacionadas

[editar]
  • "A novata Monica Iozzi, que é vista como boazinha nos bastidores, entrou depois de todo mundo em um concurso que ninguém entendeu direito a decisão final, e não emplacou. Ela mesma disse que é confundida nas festas que cobre com as 'moças da recepção'."
- Em uma nota do site R7 referente a Rafinha Bastos e Danilo Gentili (15 de dezembro de 2011)[11]

Referências

  1. Estrelando (14 de março de 2010). «CQC: Iozzi fala sobre críticas e terceira temporada». Estrelando. Consultado em 25 de outubro de 2011 
  2. NaTelinha (28 de março de 2010). «Mônica Iozzi, do "CQC", diz que leva empurrões e tapinhas no microfone em Brasília». Estrelando. Consultado em 25 de outubro de 2011 
  3. Quem (15 de abril de 2011). «Monica Iozzi alfineta Luciana Gimenez». Estrelando. Consultado em 25 de outubro de 2011 
  4. Extra (26 de julho de 2015). «Entrosamento de Otaviano Costa e Monica Iozzi fez com que a interação do público com o 'Vídeo show' aumentasse 600%». Estrelando. Consultado em 24 de maio de 2016  Texto "http://extra.globo.com/tv-e-lazer/entrosamento-de-otaviano-costa-monica-iozzi-fez-com-que-interacao-do-publico-com-video-show-aumentasse-600-16946886.html#ixzz49bXLKZ4V" ignorado (ajuda)
  5. Extra (26 de julho de 2015). «Entrosamento de Otaviano Costa e Monica Iozzi fez com que a interação do público com o 'Vídeo show' aumentasse 600%». Estrelando. Consultado em 24 de maio de 2016  Texto "http://extra.globo.com/tv-e-lazer/entrosamento-de-otaviano-costa-monica-iozzi-fez-com-que-interacao-do-publico-com-video-show-aumentasse-600-16946886.html#ixzz49bXLKZ4V" ignorado (ajuda)
  6. Extra (26 de julho de 2015). «Entrosamento de Otaviano Costa e Monica Iozzi fez com que a interação do público com o 'Vídeo show' aumentasse 600%». Estrelando. Consultado em 24 de maio de 2016  Texto "http://extra.globo.com/tv-e-lazer/entrosamento-de-otaviano-costa-monica-iozzi-fez-com-que-interacao-do-publico-com-video-show-aumentasse-600-16946886.html#ixzz49bXLKZ4V" ignorado (ajuda)
  7. Extra (26 de julho de 2015). «Entrosamento de Otaviano Costa e Monica Iozzi fez com que a interação do público com o 'Vídeo show' aumentasse 600%». Estrelando. Consultado em 24 de maio de 2016  Texto "http://extra.globo.com/tv-e-lazer/entrosamento-de-otaviano-costa-monica-iozzi-fez-com-que-interacao-do-publico-com-video-show-aumentasse-600-16946886.html#ixzz49bXLKZ4V" ignorado (ajuda)
  8. Extra (26 de julho de 2015). «Entrosamento de Otaviano Costa e Monica Iozzi fez com que a interação do público com o 'Vídeo show' aumentasse 600%». Estrelando. Consultado em 24 de maio de 2016  Texto "http://extra.globo.com/tv-e-lazer/entrosamento-de-otaviano-costa-monica-iozzi-fez-com-que-interacao-do-publico-com-video-show-aumentasse-600-16946886.html#ixzz49bXLKZ4V" ignorado (ajuda)
  9. RD1 (13 de março de 2016). «Monica Iozzi fala dos protestos e critica o "JN": "Que momento triste vivemos"». Consultado em 24 de maio de 2016 
  10. Folha (21 de março de 2016). «'Não sou petista, mas também não sou cega', diz Monica Iozzi sobre crise política». Consultado em 24 de maio de 2016 
  11. R7 (15 de dezembro de 2011). «Saída de Gentili e Rafinha expõe racha no CQC». Consultado em 19 de dezembro de 2011