Saltar para o conteúdo

Molly Ivins

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Molly Ivins
Nascimento 30 de agosto de 1944
Monterey
Morte 31 de janeiro de 2007 (62 anos)
Austin
Cidadania Estados Unidos da América
Alma mater
  • Smith College
  • Columbia University Graduate School of Journalism
  • Instituto de Estudos Políticos de Paris
  • Scripps College
  • St. John's School
Ocupação jornalista, escritora
Prêmios
  • A Medalha do Smith College
  • IWMF Lifetime Achievement Award (2005)
  • Eugene V. Debs Award (2003)
  • Carey McWilliams Award (1991)
Causa da morte cancro da mama

Molly Ivins (?) é um jornalista estadunidense.


Verificadas[editar]

  • "Ter cancro da mama é uma quantia massiva de falta de divertimento. Primeiro mutilam-te; depois envenenam-te; e depois queimam-te. Tenho estado em encontros cegos melhores que esse.
  • "Por isso continuem a lutar por liberdade e justiça, mas não se esqueçam de ter divertimento ao fazê-lo. Senhor, deixai o teu sorriso avançar. Sejam ultrajosos, rejubilem em todas as odisseias que a liberdade pode produzir. E quando receberes, através de pontapés no traseiro e celebrações, o prazer absoluto do bom combate, está seguro para dizer aqueles que vêm depois de ti quão divertido isso foi.
  • "Se me deixasse no meu próprio dispositivo, gastaria todo o meu tempo mostrando que ele é fraco como a malagueta das estações de autocarros".
- sobre Bill Clinton
  • "Se o seu QI diminui temos que hidratá-lo duas vezes por dia".
- sobre James M. Collins
- Esta citação engendrou uma controvérsia substancial, com telefonemas e cartas a choverem torrencialmente no seu jornal, o Dallas Times Herald. O jornal transformou a controvérsia numa campanha publicitária, com placards por toda a cidade perguntando, "Molly Ivins não pode dizer isso, ... pode?", frase que ela usou para título do seu primeiro livro.