Macário

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Macário (1852) é uma peça teatral escrita por Álvares de Azevedo, pouco antes de morrer de tuberculose, e logo depois de ter sonhado um encontro seu com satã. No livro denuncia questões sociais.


  • "Não há melhor túmulo para a dor do que uma taça cheia de vinho ou uns olhos negros cheios de languidez."
  • "O espírito é variável como o vento...
Mais coerente é o corpo, e mais discreto.
Mudaste muita vez de pensamento,
Mas nunca de teu vinho predileto..."
(Das preferências)
  • "Vais ler uma página da vida; cheia de sangue e de vinho..."


Projetos relacionados[editar]

Wikipedia-logo.png
A Wikipédia possui um artigo de ou sobre: Macário.




Ligações externas[editar]