Leon Eliachar

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Leon Eliachar em outros projetos:

Leon Eliachar (Cairo, 12 de outubro de 1922Rio de Janeiro, 29 de maio de 1987), humorista brasileiro nascido no Egito.



Obras[editar]

O homem ao zero[editar]

- O homem ao zero, Leon Eliachar - Livraria F. Alves Editora, 1980 - 289 páginas
  • "Acho a rosa uma mensagem definitiva, porque custa menos que um telegrama e diz muito mais." (p. 22)

O homem ao cubo[editar]

  • "Viver honestamente é fácil, difícil é viver desonestamente."
- "O homem ao cubo"; de Leon Eliachar - Publicado por J. Alvaro, 1963 - 173 páginas
  • "Algumas mulheres são contra o biquíni porque o biquíni é contra elas".
- "O homem ao cubo" - Página 34, de Leon Eliachar - Publicado por J. Alvaro, 1963 - 173 páginas

O homem ao quadrado[editar]

  • "Vício é o que sempre estamos fazendo pela última vez".
- "O homen ao quadrado" - Página 43; de Leon Eliachar - Publicado por Livraria Francisco Alves, 1963 - 265 páginas
  • "Herói é o sujeito que teve a sorte de escapar vivo".
- "O homen ao quadrado" - Página 39; de Leon Eliachar - Publicado por Livraria Francisco Alves, 1963 - 265 páginas
  • "Pontualidade é a coincidência de duas pessoas chegarem com o mesmo atraso".
- "O homen ao quadrado" - Página 41; de Leon Eliachar - Publicado por Livraria Francisco Alves, 1963 - 265 páginas
  • "O divórcio é uma chance que se dá ao indivíduo para errar outra vez".
- "O homen ao quadrado" - Página 223; de Leon Eliachar - Publicado por Livraria Francisco Alves, 1963 - 265 páginas
  • "O turfe não é jogo de azar. A gente joga sabendo que vai perder".
- "O homen ao quadrado" - Página 251; de Leon Eliachar - Publicado por Livraria Francisco Alves, 1963 - 265 páginas
  • "Biquíni são dois pedaços de pano cercado de mulher por todos os lados".
- "O homen ao quadrado" - Página 37, de Leon Eliachar - Publicado por Livraria Francisco Alves, 1964 - 265 páginas

Atribuídas[editar]

  • "Há duas espécies de humorismo: o trágico e o cômico. O trágico é o que não consegue fazer rir; o cômico é o que é verdadeiramente trágico para se fazer."
-Fonte: Revista Caras, Edição 674.
  • "O homem se casa para ficar em casa. A mulher para sair".
  • "O homem se casa para vencer a solidão, a mulher para ficar só".
  • "O homem se casa por descuido. A mulher, por precaução".
- citado em "A língua de três pontas: crónicas e citações sobre a arte de falar mal", Moacyr Scliar - Artes e Ofícios, 2001, ISBN 8574210706, 9788574210704 - 157 páginas