Jesse Owens

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jesse Owens
Jesse Owens
Jesse Owens em outros projetos:

James Cleveland Owens (Oakville, Alabama, 12 de setembro de 1913 - Tucson, Arizona, 31 de março de 1980), popularmente conhecido como Jesse Owens, foi um popular atleta e líder civil estadunidense, vencedor de quatro medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de Verão de 1936, disputados em Berlim, Alemanha.


  • "The battles that count aren't the ones for gold medals. The struggles within yourself — the invisible, inevitable battles inside all of us — that's where it's at."
- Tradução: "As batalhas que contam não são as travadas por medalhas de ouro. As lutas dentro de nós mesmos - as invisíveis e inevitáveis batalhas dentro de todos nós - é aí que elas estão."
- Fonte: Blackthink: My Life as Black Man and White Man, 1970. ISBN 0688011632
  • "When I passed the Chancellor he arose, waved his hand at me, and I waved back at him. I think the writers showed bad taste in criticizing the man of the hour in Germany."
- Tradução: "Quando eu passei pelo Führer ele se levantou, acenou para mim, e eu acenei de volta. Penso que os escritores revelaram mau gosto ao criticar o homem do momento na Alemanha."
- Fonte: The Jesse Owens Story, 1970. ISBN 0399603158
- referindo-se aos relatos de que Hitler teria evitado reconhecer as suas vitórias e se recusado a apertar a sua mão durante os Jogos Olímpicos de Verão de 1936.
  • "I realized now that militancy in the best sense of the word was the only answer where the black man was concerned, that any black man who wasn't a militant in 1970 was either blind or a coward."
- Tradução: "Apercebia-me agora de que a militância no melhor sentido da palavra era a melhor resposta no que os negros diz respeito, que qualquer negro que não fosse militante em 1970 era cego ou covarde."
- Fonte: I Have Changed, 1972.
  • "Joe Louis and I were the first modern national sports figures who were black... But neither of us could do national advertising because the South wouldn't buy it. That was the social stigma we lived under."
- Tradução: "Eu e o Joe Louis fomos as primeiras figuras nacionais do desporto moderno que eram negras ... mas nenhum de nós podia fazer publicidade a nível nacional porque o Sul não compraria. Esse era o estigma social com que vivíamos."
- Fonte: The Tampa Tribune, 1 de abril de 1980.
  • "We used to have a lot of fun. We never had any problems. We always ate. The fact that we didn't have steak? Who had steak?"
- Tradução: "Costumávamos divertir-nos imenso. Nunca tivemos nenhum problema. Sempre comemos. O facto de não comermos bife? Quem comia bife?"
- Fonte: Gentry, Tony. Jesse Owens, Champion Athlete, 1990. ISBN 0791083721
  • "I wanted no part of politics. And I wasn't in Berlin to compete against any one athlete. The purpose of the Olympics, anyway, was to do your best. As I'd learned long ago... the only victory that counts is the one over yourself."
- Tradução: "Não queria ter nada a ver com a política. E não estive em Berlim para competir contra qualquer outro atleta. O objectivo das Olimpíadas era fazer o nosso melhor. Como havia aprendido há muito tempo atrás ... a única vitória que conta é a sobre nós mesmos."
- Fonte: Gentry, Tony. Jesse Owens, Champion Athlete, 1990. ISBN 0791083721
  • "After I came home from the 1936 Olympics with my four medals, it became increasingly apparent that everyone was going to slap me on the back, want to shake my hand or have me up to their suite. But no one was going to offer me a job."
- Tradução: "Quando voltei dos Jogos Olímpicos de Verão de 1936 com as minhas quatro medalhas, tornou-se cada vez mais claro que toda a gente ia continuar a dar-me palmadas nas costas, apertar a minha mão ou convidar-me para a sua suite. Mas ninguém ia oferecer-me um trabalho."
- Fonte: Gentry, Tony. Jesse Owens, Champion Athlete, 1990. ISBN 0791083721
  • "It's like having a pet dog for a long time. You get attached to it, and when it dies you miss it."
- Tradução: "É como ter um cão como animal de estimação durante muito tempo. Você se afeiçoa ao bicho, e quando ele morre você sente a sua falta."
- Fonte: Gentry, Tony. Jesse Owens, Champion Athlete, 1990. ISBN 0791083721
- sobre os seus recordes mundiais serem batidos.
  • "The road to the Olympics, leads to no city, no country. It goes far beyond New York or Moscow, ancient Greece or Nazi Germany. The road to the Olympics leads — in the end — to the best within us."
- Tradução: "A estrada para as Olimpíadas não conduz a uma cidade ou pais. Vai muito para além de Nova Iorque ou Moscovo, Grécia antiga ou Alemanha nazi. A estrada para as Olimpíadas conduz - no fim - ao melhor que existe dentro de nós."
- Fonte: Dash, Barbara. People In America: "Jesse Owens" na Voice of America, 7 de junho de 2002
  • "It took a lot of courage for him to befriend me in front of Hitler ... You can melt down all the medals and cups I have and they wouldn't be a plating on the 24-karat friendship I felt for Lutz Long at that moment. Hitler must have gone crazy watching us embrace. The sad part of the story is I never saw Long again. He was killed in World War II."
- Tradução: "Foi preciso muita coragem para ele se mostrar amigável comigo em frente a Hitler ... podem derreter todas as medalhas e taças que conquistei e isso não valeria nada ao lado da amizade de 24 quilates que senti por Lutz Long naquele momento. Hitler deve ter ficado louco ao ver-nos abraçados. A parte triste da história é que nunca mais o vi. Ele foi morto na Segunda Guerra Mundial."
- Fonte: Schwartz, Larry. Owens pierced a myth na ESPN SportsCentury, 2005
- sobre as felicitações dadas pelo atleta alemão Lutz Long, vencedor da medalha de prata na prova do salto em comprimento, que segundo alguns relatos terá dado conselhos a Owens que o ajudaram a vencer a medalha de ouro nessa mesma prova.
  • "When I came back to my native country, after all the stories about Hitler, I couldn't ride in the front of the bus. I had to go to the back door. I couldn't live where I wanted. I wasn't invited to shake hands with Hitler, but I wasn't invited to the White House to shake hands with the President, either."
- Tradução: "Quando voltei ao meu país de origem, depois de todas as histórias sobre Hitler, eu não podia viajar na parte da frente do autocarro. Tinha de ir para a porta de trás. Não podia viver onde eu queria. Não fui convidado a apertar a mão de Hitler, mas também não fui convidado a ir à Casa Branca para apertar a mão do Presidente."
- Fonte: Schwartz, Larry. Owens pierced a myth na ESPN SportsCentury, 2005