How I Met Your Mother (season 1)

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Temporadas: 1 2 3 4 5 6 7 8 [[How I Met Your Mother (season 9)|9] | Geral


Wikipedia-logo.png
A Wikipédia possui um artigo de ou sobre: How I Met Your Mother.

How I Met Your Mother (2005–14) é uma sitcom estadunidense da CBS criada por Carter Bays e Craig Thomas. Estreou no dia 19 de setembro de 2005. A temporada 2013-14, sua nona edição, é a última, encerrando-se em 31 de março de 2014, após 208 episódios. A série mostra Ted Mosby em 2030 narrando aos seus filhos a história de como conheceu a mãe deles.

Pilot [1.01][editar]

Future Ted: Crianças, eu vou contar uma história incrível, a história de como eu conheci sua mãe.
Ted's Son: Estamos sendo punidos por algo?
Future Ted: Não.
Ted's Daughter: Pai, isso vai demorar?
Future Ted: Sim. Vinte e cinco ano atrás, antes de eu ser o pai de vocês, eu tinha uma outra vida...
[Música tema toca. O título da série aparece.]
Future Ted: O ano era 2005. Eu tinha 27 anos, começando minha carreira como arquiteto e morando em Nova York com meu amigo Marshall, meu melhor amigo da faculdade. Eu tinha uma vida boa, até que seu tio Marshall estragou tudo.

[Ted acaba de ver Robin]
Future Ted: Foi como uma cena de um filme antigo, onde o marinheiro vê a garota do outro lado da pista de dança, vira pro seu amigo e diz, "vê aquela garota? Eu vou casar com ela algum dia."
Ted: Ei, Barney, tá vendo aquela garota?
Barney: Simmmm, você SABE que ela gosta da coisa. Vá dizer "oi".

Lily: Eita, você tá cozinhando?
Marshall: Eu tô sim.
Lily: Awwn. Tem certeza que é uma boa ideia depois da última vez? Você ficou bem esquisito sem sombrancelhas.

Ted: Quer saber? Eu cansei de ser solteiro, não sou bom nisso. Olha, é óbvio que você não pode dizer a uma mulher que acabou de conhecer que você a ama, mas isso é uma droga. Eu vou dizer uma coisa, se uma mulher, não você, uma mulher hipotética, embarcasse nisso comigo, eu acho que seria um marido maravilhoso, porque é nessas coisas que eu sou bom. Coisas como fazer ela rir e ser um bom pai e passear com seus cinco cachorros hipotéticos. Ter um bom beijo...
Robin: Todo mundo acha que beija bem.
Ted: Ah, eu tenho referências.

Ted: Aquilo não foi o sinal!
Futuro Ted: Eu perguntei a ela anos mais tarde, e, sim, aquele tinha sido o sinal.

Purple Giraffe [1.02][editar]

Lily: Ei. Estou apenas sentada aqui. Usando meu anel. Meu lindo anel. Meio que faz usar outras coisas parecer errado. Tipo... minha blusa. Meio que não quero usar mais minha blusa. Ou minha calcinha. Ah, é, eu não tô usando.
Marshall: [para de trabalhar e olha pra Lily] Sem calcinha?
Lily: Nadinha.
Ted: Pessoal... LIMITES!

[Robin descobre o porquê de Ted ter dado três festas em seguida]
Ted: Robin, olha, eu não te convidei pra essa festa pra você ficar com o Carlos. Ou a anterior a essa. Ou a anterior a essa. [Robin sorri] Eu dei essas festas porque eu queria te ver.
Robin: Bom, estou aqui.
Ted: Tem algo aqui, né? A menos que eu esteja louco.
Robin: Você não tá louco? Eu-eu não sei, Ted, quer dizer, a gente mal se conhece e você tá olhando pra mim desse jeito e é como—
Ted: Como o que?
Robin: É tipo, vamos nos apaixonar e nos casar e ter filhos e levá-los ao treino de futebol.
Ted: Eu não vou obrigá-los a praticar esportes a menos que eles tenham interesse.
Robin: [ri] É um ótimo jeito de olhar. Mas você tá olhando pra garota errada.
Ted: Não tô naõ.
Robin: Está, sim. Eu não quero me casar agora, talvez nunca e se a gente ficasse juntos eu sinto que teria que casar com você ou então quebrar seu coração e- eu não conseguiria fazer nenhuma dessas coisas. Do mesmo jeito que você não consegue mudar a forma como se sente.
Ted: Clique. Desligado. Vamos ficar.
Robin: [ri] O que?
Ted: Que foi? Eu desliguei meus sentimentos! Quer dizer, sim, é claro que eu quero me apaixonar, casar e todo o resto, mas, por outro lado... você, eu, o telhado...
Robin: Não existe um botão de desligar.
Ted: Existe sim e eu apertei.
Robin: [sorrindo] Não tem como.
Ted: Tem sim.
Robin: Não tem não.
Ted: Sim, tem sim. [dá um beijo em Robin] Não tem não. Você tem razão, não existe um botão de desligar. Meu deus, como eu gostaria que tivesse.

Ted: Meus amigos vão amar você. Gostar de você. Sabe, como amigos...

Lily: Ok, amigo, hora daquela conversa... Robin parece ser ótima. Mas vamos aos fatos, você quer se casar. E, neste momento, existem um milhão de mulheres em Nova York procurando o mesmo que você... mas Robin não é uma delas.

Marshall: Agora o garotão tem que escrever o trabalho e não pode ser distraído. Repita depois de mim: eu não vou fazer sexo com Marshall.
Ted e Lily: Eu não vou fazer sexo com Marshall.

Sweet Taste of Liberty [1.03][editar]

Futuro Ted: Eu nunca entendi como Barney redirecionou o táxi sem eu saber, mas nós saímos, Dana nos deixou entrar, e, por Deus, nós lambemos o Sino da Liberdade. E, sabe o gosto que tinha? [corta pro MacLaren's]
Garota: Qual?
Ted: Liberdade. Não, na verdade tem gosto de moedas.
Garota: Meu deus, vocês realmente fizeram isso?
Futuro Ted: De verdade. E foi aí que eu percebi o porquê de andar com Barney. Eu nunca parava onde eu achava que queria ir, mas eu sempre tinha uma ótima história.

Return of the Shirt [1.04][editar]

Ted: Não, eu preciso fazer isso cara a cara. É só que... eu não sei o que dizer!
Lily: Ted, já considerou contar a verdade?
Barney: [Barney e Marshall riem de Lily] Sério, querida, homens estão trabalhando aqui.
Futuro Ted: Crianças, quando estamos solteiros tudo o que procuramos é pelo felizes para sempre. Mas só uma dessas histórias acaba desse jeito. O resto acaba com alguém se machucando. Essa é uma dessas histórias. E começa com uma camisa.

Okay Awesome [1.05][editar]

Robin: Enfim, Ted, parte dois da minha história: minha amiga Kelly vai estar lá.
Ted: Kelly, a quem eu supostamente vou amar.
Robin: Ah, você vai sim. Ela é divertida, inteligente, aproveita o momento.
Barney: Tradução: ela é feia, ela é feia, é feia pra caramba.
Robin: Ah, e ela é muito gostosa.
Ted: Ok, acho que eu posso tirar ela das suas mãos por uma noite.
Barney: Hmmm, então você tem outra amiga gostosa e solteira pra mim também?
Robin: Não.

Barney: Nossa! Quem diria que estar comprometido em uma relação heterossexual poderia deixar um cara tão gay?

Slutty Pumpkin [1.06][editar]

Robin: Como você consegue, Ted? Como senta aqui a noite toda, no frio, e ainda tem fé que a sua abobóra vai aparecer?
Ted: Hm, eu tô bem bêbado. Eu sei que as chances são que o amor da minha vida não vá magicamente aparecer naquela porta em uma fantasia de abóbora às 2:43 da manhã. Mas parece um lugar tão bom quanto qualquer outro pra, sabe, sentar e esperar.

Matchmaker [1.07][editar]

Ted: Não perca a esperança. Você vai achar alguém pra mim.
Ellen: Não vou não. Você vai morrer sozinho.
Ted: Eu não vou morrer sozinho. Olhe pra mim. Eu sou inteligente e atraente. Você só precisa voltar e continuar procurando.
Ellen: Não, você nunca vai encontrar ninguém. E todo ano você só vai ficar mais velho e vai ficar cada vez mais difícil e difícil.
Ted: Você está sendo ridícula. Eu vou estar nessa parede algum dia desses.
Ellen: Não vai não!
Ted: Eu vou sim!
Ellen: Como você sabe?
Ted: Eu não sei, mas acredito. Poxa, se uma barata e um rato podem achar o amor nessa cidade doida, então, caramba, eu também posso.
Ellen: Eu tô perdida.
Ted: O ponto é que algo bom vai acontecer comigo. Talvez seu computador ajude, talvez não, mas vai acontecer.
Ellen: Então eu deveria continuar procurando?
Ted: Claro que sim. E agora, você vai fazer isso de graça.

The Duel [1.08][editar]

Robin: Ok, sério, qual o problema daquela garota?
Barney: Eu meio que tô em um encontro com ela.
Ted: O que?
Barney: É. A gente se conheceu pela internet. Tô cansado de todos aqueles joguinhos, de não ter nada sério. Estou procurando minha alma-gêmea. Alguém que eu possa amar e abraçar. Ou é o que diz no meu perfil. [dá uma risada maligna] Mas essa garota quer as mesmas coisas. E isso tá me deixando chateado. Tudo bem, Ted, me ligue do hospital.
Ted: Tá bom.
Robin: Você vai ao hospital?
Ted: Não. Ele vai voltar pra lá, e eu vou ligar pra ele. Ele vai fingir que recebeu uma ligação de emergência de algum familiar no hospital.
Robin: Ah, meu Deus, ligação falsa? Essa é a desculpa mais besta e patética do livro. Eu esperava mais de você, Barney.
Barney: Hm, fique ligada. Estou trabalhando em algumas coisas. Mas, no meio tempo, me deseje sorte.

Belly Full of Turkey [1.09][editar]

Stripper: Me chamo Amber.
Ted: Me chamo Ted.
Stripper: Na verdade, eu me chamo Tracy.
Ted: Ainda Ted.
Futuro Ted: E essa, crianças, é a verdadeira história de como eu conheci a mãe de vocês.
Crianças: O que????
Futuro Ted: Haha, brincadeira.

Lily: Olha, nós talvez tenhamos que tomar algumas decisões importantes em cerca de 10 segundos, mas, agora, eu não me importo onde nossos filhos cresçam contanto que eles tenham você como pai. Meu deus, eu espero que você seja o pai. Só uma piada pra amenizar o clima.
Marshall: O que diz?
Lily: Tô com medo de olhar.
Policial: [grita de longe] Deu negativo.
Lily: Obrigada, Deus... e ei!!