Denis Mandarino

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Denis Mandarino
Denis Mandarino
Denis Mandarino em outros projetos:

Denis Mandarino (7 de Maio de 1964) é compositor, escritor e artista plástico brasileiro.[1]


Poesias[editar]

  • "As ruas da cidade põem em xeque o bem e o mal, e o bispo se limita à diagonal"
Fonte: Vagalume - Verso da música: A Sociedade do Rei e o Xadrez[2].
  • "Nada pode com o tempo
Pense em suas juras eternas
Para um homem vivendo
Certezas são incertas"
Fonte: Rádio UOL - Verso da música: Certezas Incertas [3].
  • "Se essa é pra casar, as outras, então, pro que são?"
Fonte: Vagalume - Verso da música: Essa é pra casar [4].

Entrevistas[editar]

  • "Atualmente, encontro-me em busca de caminhos alternativos que não estejam circunscritos à ditadura do mercado... Não penso no lado comercial, penso apenas na pesquisa da arte pela arte. Sustento a música, ela não me sustenta financeiramente."
Fonte: Enciclopédia Músicos do Brasil [5]
  • Qual é a principal 'mancada' no Brasil, em se tratando de incentivo ao artista?: "É a falta do incentivo correto à educação e à cultura. Enquanto estiverem em segundo plano, não acredito que os esforços artísticos e de inovação chamarão a atenção de um público maior. O consumo desenfreado está tirando o foco da arte e alterando aquilo que entendíamos como cultura." (...) O que poderia ajudar?: "Honestidade e transparência por parte dos governantes" Não vejo uma mudança possível a curto prazo, pois a mudança necessária vem do interior das pessoas. O problema está na base ético-moral."
Fonte: Alô Artista [6]

Manifesto Versatilista[editar]

  • "No Versatilismo não existem concursos de arte, pois nenhum homem, ou grupo, está apto a julgar o trabalho de outro(s) homem(ns). Um crítico de arte analisa uma situação sempre de um ponto de vista profundamente limitado, porque limitados são os seus conhecimentos. Os concursos e prêmios podem ser formas de dirigir a opinião pública e, desse modo, valorizar este ou aquele artista em busca de vantagens financeiras ou sociais, entretanto éticas iniciativas culturais são louváveis."
Fonte: Universidade de São Paulo - Trecho do Manifesto Versatilista (2007) [7]
  • "The Versatilismo always searchs the expressions artistic that promote the man and the society, respecting the level of conscience of the artist." (O Versatilismo busca as expressões artísticas que promovem o homem e a sociedade, respeitando sempre o nível de compreensão do artista.)
Fonte: SMU Hill (2012) [8]

Teoria Sobre a Percepção[editar]

  • "Vale acrescentar, como um exemplo que sempre afetou os nossos álbuns de família, que uma imagem fotográfica, por se aproximar do ponto fixo, arredonda o que está sendo retratado, fazendo com que uma pessoa pareça maior do que realmente o é."
Fonte: Novas Interfaces em Comunicação e Audiovisual - Percepção Quadridimensional (Ed. Lexia)[9]

Criatividade[editar]

  • "Acreditava-se que no processo criativo, uma maior especialização produziria resultados superiores, mas a interdisciplinaridade interfere de forma significativa, por envolver a história, as artes, as ciências exatas, a filosofia, a religião e as experiências pessoais. O artista, mesmo quando não se dá conta, tem sua produção engajada, pois sua mente abriga os princípios mais recônditos."
Fonte: Palestra na FAPSP em 22 de agosto de 2011.[10]
  • "Não importa o quanto tenhamos progredido, está tudo por ser feito. Cada vez que o homem amplia a consciência de si mesmo, e do universo em que se encontra inserido, o infinito se torna mais abrangente e indecifrável."
Fonte: Artigo Escolhas feitas por prazer.[11]

Estudos acadêmicos[editar]

  • Mona Lisa de Leonardo da Vinci: "Além de ter estreado a técnica do Sfumatto; ter abordado um retrato de forma inovadora, preferindo o meio corpo contra uma paisagem de interpretação fantasiosa, em vez de um simples busto; ter pintado um sorriso que varia de acordo com o estado emocional de quem observa a figura; Leonardo usou um grid que contém proporções áureas, agregando uma dimensão espiritual ao olhar de Mona Lisa, pois o mestre florentino acreditava que os olhos eram a janela da alma. As posições da cabeça, dos ombros, dos braços e das mãos sugerem uma estrutura piramidal, do mesmo tipo que pode ser encontrada na pintura “A Virgem dos Rochedos”."
Fonte: Ensaio sobre o olhar de Mona Lisa.[12]

Referências

Ligações externas[editar]