Deise Nunes

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Deise Nunes em outros projetos:

Deise Nunes Ferst (Porto Alegre, 30 de março de 1968) é uma apresentadora de TV, empresária e modelo brasileira.


  • "Não existe segredo de beleza. Até saí do meu peso em função das minhas gestações, mas sou muito alto-astral. De nada adiantam todos os cremes se a pessoa não é feliz."
- Em entrevista à revista Caras, de 23 de junho de 2006 (Edição 659 - ano 13).
  • "Escutava na rua: 'loiras participando e ganha uma negra?' Foi um absurdo! Pensei em desistir."
- Em entrevista sobre o concurso de beleza que venceu aos 16 anos, no Rio Grande do Sul. Revista Caras, 23 de junho de 2006 (Edição 659 - ano 13).
  • "Uma miss precisa ter vários atributos, como simpatia, desenvoltura, charme na passarela e saber se expressar. Mesmo com tudo isso, acredito que o fator decisivo para a minha vitória foi o de ser negra."
- Em entrevista à revista Raça Brasil, em 2011.
  • "Desejo que ela [Leila Lopes, Miss Universo 2011] sofra menos preconceito. Ou melhor, não sofra nenhum. Ninguém merece ser discriminado pela raça, pela cor, pelo credo ou mesmo pela opção sexual. Precisamos aprender a conviver e a respeitar as diferenças, só assim construiremos um mundo mais humano.
- Em entrevista à revista Raça Brasil, em 2011.
  • "Conheci Julio [Iglesias] em uma festa. Como ele precisava de uma intérprete para acompanhá-lo em sua visita ao Rio, acabaram me escalando. Ficamos na ponte aérea enquanto namoramos. Com ele convivi com pessoas como Lionel Richie, Diana Ross, Donna Summer e até os atores Ricardo Montalban e Hervé Villechaize, o Sr. Roarke e o Tattoo, da Ilha da Fantasia, lembra?."
- Em entrevista ao portal Contigo! na matéria "Deise Nunes relembra o namoro com Julio Iglesias", em 1 de dezembro de 2010.
  • "Julio é o legítimo gentleman. Sempre foi educadíssimo comigo e com as pessoas que me rodeavam. Anos depois estive com ele, quando veio a Porto Alegre fazer um show, e levei meu marido, Lair Ferst, para conhecê-lo. Somos amigos até hoje."
- Em entrevista ao portal Contigo! na matéria "Deise Nunes relembra o namoro com Julio Iglesias", em 1 de dezembro de 2010.
  • "Esse trono poderá ser um estandarte contra a discriminação sofrida pelos negros em nosso país."
- Em entrevista à Veja, edição 956, de 31 de dezembro de 1986, após vencer o Miss Brasil de 1986.

Sobre[editar]

  • "Embora o folclore nacional sempre tenha exaltado a mulata em prosa e verso, os jurados dos concursos de miss no Brasil costumavam só ter olhos e votos para loirinhas de olhos claros."
- Veja, edição 956, de 31 de dezembro de 1986, sobre a vitória de Deise Nunes no Miss Brasil de 1986.
  • "Para viver, eu sempre lavei roupa. Lavando roupa, eu ajudei Deise a ser miss. Quando se fez Rainha das Piscinas [em Porto Alegre, 1984], Deise enfureceu tanto os racistas que o concurso acabou. Diziam: 'é o fim do mundo essa crioula participar, que absurdo uma negrinha ganhar', eram frases que Deise ouvia pelas ruas."
- Ana Nunes, mãe de Deise Nunes, à revista Manchete no. 1.824, de 4 de abril de 1987.
  • "No meu livro, Do Tanque a Paris, eu conto como conseguimos chegar aonde estamos. Primeiro a vida dura, como lavadeira, e depois a Deise já em passarelas no exterior."
- Ana Nunes, mãe de Deise Nunes, à revista Manchete no. 1.824, de 4 de abril de 1987.'