Chris Cornell

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Chris Cornell
Chris Cornell
Chris Cornell em outros projetos:

Chris Cornell, pseudônimo de Christopher Cornell (nasceu dia 20 de julho de 1964, em Seattle, Washington, EUA - Detroit, 18 de maio de 2017) foi um cantor, compositor e guitarrista americano considerado um dos fundadores do movimento grunge e conhecido por ter sido vocalista das bandas Soundgarden, Temple of the Dog e Audioslave.


  • "Bizarro o bastante, eu estava em Paris, o último show da turnê do Soundgarden. Eu não conhecia bem ele, mas eu tinha amigos que estavam tentando falar com ele mas não estava funcionando. Eu tive essa idéia que quando eu chegasse em casa, eu tentaria e sentaria junto com ele."
- Chris Cornell, ao ser perguntado onde ele estava quando ficou sabendo que Kurt Cobain havia se matado
- Fonte: Revista Blender, 2005[1]
  • "Nada. Sendo um cidadão norte-americano criado nos Estados Unidos, você não aprende nada sobre os cubanos ou sobre Cuba. Só vê as matérias de telejornais em que eles mostram famílias cubanas em barcos precários, desesperadas para entrar nos EUA, para você ficar com a impressão de que Cuba é um lugar horrível. E essa é a atitude que o governo quer que os cidadãos americanos tenham. Quando chegamos lá, foi uma experiência que abriu nossos olhos, um lugar muito diferente do que eu esperava. Nem acho que o DVD vá fazer dinheiro, não acho que foi nosso melhor desempenho ao vivo, mas é um evento, você vê nossa banda fazendo uma viagem fantástica que nenhuma outra de rock moderno fez. Para o público americano, é a chance de ver o que realmente acontece por lá, sem uma visão tendenciosa, o diretor apenas apontou a câmera e gravou o que aparecia.
- Chris Cornell, ao ser perguntado do que ele conhecia de Cuba
- Fonte: Site Folha Ilustrada 02/12/2005 - 05h20[2]
  • "O Soundgarden nasceu em 1984 e foi a primeira banda de Seattle a entrar para uma grande gravadora. Fizemos com que muita gente passasse a olhar para a cidade, numa época em que o estado de coisas no rock estava mudando."
- Fonte: Site O Globo 05/11/2011[3]
  • "Gravamos o disco do Temple of the Dog e fizemos apenas um show, em 1991. De lá para cá, tocamos umas quatro ou cinco músicas desse disco, com o Pearl Jam. E, cada vez que fizemos isso, foi algo novo."
- Fonte: Site O Globo 05/11/2011[3]
  • "O grunge foi algo muito bom, culturalmente importante, como foi o punk rock. Não tínhamos a menor ideia de que isso ia acontecer. Coincidiu de ser com as bandas de Seattle, porque já havia então um movimento de rock alternativo, do Faith no More (atração do SWU), Jane's Addiction e Metallica, da Califórnia. Não acho que o grunge possa ser considerado gênero musical, mas a atitude motivadora das bandas era muito parecida."
- Fonte: Site O Globo 05/11/2011[3]

Referências[editar]