Ceticismo

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question mark.png

Ceticismo ou Cepticismo é uma postura em que se escolhe examinar de forma crítica se o conhecimento e percepção que possue são realmente verdadeiros.



  • "Alegações extraordinárias exigem prova extraordinária."
- Carl Sagan em "O Cérebro de Broca".
  • "Ausência de evidência não é evidência de ausência."
- Carl Sagan, em "O Mundo Assombrado por Demônios".
  • "Um ceticismo sábio é o primeiro atributo de um bom crítico."
- James Russell Lowell, poeta, crítico e editor norte-americano, 1819-1891.
  • "Os grandes intelectos são céticos."
- Friedrich Nietzsche, filósofo alemão, 1844-1900.
  • "Ser cético não significa ser aquele que duvida, mas sim aquele que investiga e pesquisa, ao contrário daquele que afirma e que pensa que achou."
- Miguel de Unamuno, filósofo e escritor espanhol, 1864-1936.
  • "É a crença, e não a descrença, que é perigosa para nossa sociedade."
- George Bernard Shaw, dramaturgo e crítico irlandês, 1856-1950.
  • "A ciência moderna realmente deve estimular em todos nós uma humildade perante a imensidão do inexplorado e a tolerância por hipóteses malucas."
- Modern science should indeed arouse in all of us a humility before the immensity of the unexplored and a tolerance for crazy hypotheses
- Martin Gardner citado em "Psychology in today's world‎" - Página 354, de Stanley Milgram - Educational Associates, 1975 - 387 páginas
  • "A maior das propriedades do homem é a mente intranqüila."
- Isaac Asimov, bioquímico, escritor e divulgador científico norte-americano, 1920-1992.
  • "A descoberta da verdade é impedida mais efetivamente não pela falsa aparência das coisas presentes que nos leva ao erro, e não diretamente pela fraqueza dos poderes do raciocínio, mas sim pela opinião pré-concebida, pelo preconceito."
- Arthur Schopenhauer, filósofo alemão, 1788–1860.
  • "Toda a luta do ceticismo, afinal, é no sentido de nos prepararmos para lançar um olhar crítico e ponderado sobre as explicações que nos são oferecidas pelos “oráculos” do mundo, sejam eles esotéricos, políticos, publicitários ou mesmo (pseudo)científicos. Não é função do cético virar, ele mesmo, um oráculo em si."
- Carlos Orsi, Ok, Olhar Cético, como VOCÊ explica os fenômenos que expõe? (18 de maio de 2015), Olha Cético, Revista Galileu. Visitado em 19 de maio de 2015.
  • "Ao longo dos anos, tenho condenado o mau uso do termo "cético" quando usado para se referir a todos os críticos de alegações sobre anomalias. Infelizmente o termo tem sido abusado desta forma tanto por proponentes quanto por críticos do paranormal. Às vezes os usuários do termo distinguem entre os assim chamados céticos "leves" [soft] contra os céticos "duros" [hard], e eu reavivei em parte o termo "zetético" por causa deste mau uso. Mas agora penso que os problemas criados vão além de mera terminologia e a situação precisa ser passada a limpo. Uma vez que "ceticismo" corretamente se refere à dúvida em lugar da negação — não-crença em lugar de crença — críticos que tomam a posição negativa em lugar da agnóstica, mas ainda se chamam "céticos", são de fato pseudo-céticos e têm, creio eu, ganhado uma falsa vantagem usurpando esse rótulo."
- Marcello Truzzi, Sobre o Pseudo-ceticismo (arquivado); publicado no The Zetetic Scholar, #12-13, 1987; traduzido e republicado por Ceticismo Aberto.


Wikipedia-logo.png
A Wikipédia possui um artigo de ou sobre: ceticismo.