Café

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A small cup of coffee.JPG

Café é uma bebida produzida a partir dos grãos torrados do fruto do cafeeiro. É servido tradicionalmente quente, mas também pode ser consumido gelado.



  • "Já está amanhecendo... dêem-me café, papel e pena... eu vou escrever..."
- Olavo Bilac momentos antes de morrer; citado em "Vida e poesia de Olavo Bilac", Fernando Jorge - Novo Século, 2007 - 348 páginas
- Physiologie du goût: Suivi d'un Traité sur les excitants modernes / par Balzac, Por Jean Anthelme Brillat-Savarin, Honoré de Balzac, Publicado por Charpentier, Libraire-Éditeur, 1839 - página 460
- seems to me that trying to live without friends is like milking a bear to get cream for your morning coffee. It is a whole lot of trouble, and then not worth much after you get it.
- Dust tracks on a road - página 180, Zora Neale Hurston - HarperPerennial, 1991, ISBN 0060552840, 9780060552848 - 277 páginas
  • "A sociedade é, de fato, um contrato. Contratos subordinados a objetos de interesse meramente ocasional podem ser dissolvidos à vontade - mas o Estado não deve ser considerado como nada melhor do que um acordo de parceria num negócio de pimenta e café, algodão ou tabaco, ou algum outro de tais interesses inferiores, a ser assumido por um lucro pouco duradouro e a ser dissolvido ao gosto das partes. Deve ser encarado com outra reverência, porque não se trata de uma parceria em coisas subservientes apenas à existência animal bruta de uma natureza temporária e perecível. É uma parceria em toda ciência, uma parceria em toda arte, uma parceria em cada virtude e em toda perfeição. Como os fins de uma tal parceria não podem ser obtidos em muitas gerações, ele se torna uma parceria não apenas entre aqueles que estão vivendo, mas entre aqueles que estão vivendo, aqueles que estão mortos e aqueles que irão nascer."
- Edmund Burke; "Reflections on the Revolution in France" in: "The Works of the Right Honourable Edmund Burke"‎
  • "Tenho tentado aprender a ser humilde. A engolir os nãos que a vida me enfia pela goela a baixo. A lamber o chão dos palácios. A me sentir desprezado-como-um-cão, e tudo bem, acordar, escovar os dentes, tomar um café e continuar."
- Caio Fernando Abreu: Cartas‎ - Página 131, de Caio Fernando Abreu, Italo Moriconi - Publicado por Aeroplano Editora, 2002, ISBN 8586579394, 9788586579394 - 532 páginas
  • "Quero domingos de manhã. Quero cama desarrumada, lençol, café e travesseiro. Quero seu beijo. Quero seu cheiro. Quero aquele olhar que não cansa, o desejo que escorre pela boca e o minuto no segundo seguinte: nada é muito quando é demais."
- Caio Fernando Abreu[1]
  • "Esnobar
É exigir café fervendo
E deixar esfriar."
- Millôr Fernandes[2]
  • "E coca-cola. Como disse Cláudio Brito, tenho mania de coca-cola e de café.
Meu cachorro está coçando a orelha e com tanto gosto que chega a gemer. Sou mãe dele.
E preciso de dinheiro. Mas que o "Danúbio Azul" é lindo, é mesmo."
- Clarice Lispector[3]: Dia após dia
- Giuseppe Belli in: "Sonetti, Er Caffettiere Fisolofo"
  • "Se, ao final do meu mandato, todos os brasileiros tiverem a possibilidade de tomar café da manhã, almoçar e jantar, terei cumprido a missão da minha vida."
- Luís Inácio Lula da Silva; Discurso de posse, em 2003
  • "Cada açúcar no seu lugar, cada açúcar na sua hora. É por isto erro rudimentar querer classificar os açúcares em superiores, inferiores, de primeira, de Segunda. Esse é o critério de quem os vende e não de quem os degusta. Só se pode fazer melado, com rapadura. Só com ela se tempera café forte e autêntico. Só se pulveriza doce seco com o cristalizado. Só com o mulatinho se obtém o bom café-com-leite-de-açúcar-queimado. Para doce de coco, baba-de-moça e quindim - o refinado. Para o de mamão verde, idem. Idem, ainda, para a cocada branca seca ao sol e para a cocada em fita. Para as cocadas raladas de tabuleiro e de rua -açúcar preto. E assim por diante..."
- Pedro Nava in: Baú de Ossos

“Quando mocinhas, elas podiam escrever seus pensamento e estados d´alma (em prosa e em verso) nos diários de capa acetinada com vagas pinturas representando flores ou pombinhos brancos levando um coração no bico. Nos diários mais simples, cromos coloridos de cestinhos floridos ou crianças abraçadas a um cachorro. Depois de casadas, não tinha mais sentido pensar sequer em guardar segredos, que segredo de uma mulher casada só podia ser bandalheira. Restava o recurso do cadernão do dia-a-dia, onde, de mistura com os gastos da casa cuidadosamente anotados e somados no fim do mês, elas ousavam escrever alguma lembrança ou confissão que se juntava na linha adiante com o preço do pó de café e da cebola.”

- Lygia Fagundes Telles in: A disciplina do amor
  • "O que as pessoas temem, quando se lançam à luta, não é não poder conseguir um café da manhã no dia seguinte, mas sim não conseguir eclipsar seus vizinhos."
- Bertrand Russell in: Capítulo 3: Competição - Coleção Saraiva de Bolso, página 37


Veja também[editar]

Wikipedia-logo.png
A Wikipédia possui um artigo de ou sobre: Café.


Wikcionário lusófono
O Wikcionário possui o verbete: café