Bussunda

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cláudio Besserman Vianna, o Bussunda (foto: José Cruz/ABr)
Cláudio Besserman Vianna, o Bussunda (foto: José Cruz/ABr)
Bussunda em outros projetos:

Bussunda, pseudônimo de Cláudio Besserman Vianna (Rio de Janeiro, Brasil; 26 de junho de 1962 - Munique, Alemanha; 17 de junho de 2006) foi um humorista brasileiro, membro do Casseta & Planeta.


  • "Quanto pior o governo, mais fácil a piada."
- fonte: Revita Caras Edição 660 - Ano 13 - Número 26
  • "A 'Casseta' me deu tudo. A minha e a popular"
- À Tribuna da Imprensa, em 1988
  • "Arrastão é uma espécie de free shop de pobre"
- À Veja, em 1996
  • "Vamos ocupar as terras improdutivas das grandes cidades, como o Rio, a começar pelo círculo central do Maracanã, onde não se produz nada"
- Idem
  • "Me apelidaram de Besserman Sujismundo e depois de Bessermundo, até virar Bussunda. Mas a versão oficial é que o apelido é a mistura das duas coisas que mais gosto"
- Ao Jornal do Brasil, em 1994
  • "Vamos fazer um concurso de lombo, porque não podemos falar bunda"
- Na TV Globo, durante a cobertura do Carnaval de 1990, após ser proibido pela Globo de falar a palavra "bunda" no ar
  • "Aí, ele ligou no celular e liberou a bunda. Isso deu uma enorme repercussão"
- À "Folha de S. Paulo", em 1992, ao comentar a reação do então diretor da Globo à piada anterior
  • "O lugar mais estranho onde fiz amor? São Paulo"
- Ao 'Perfil do Consumidor' do Jornal do Brasil, em 1992
  • "Somos o grupo de humoristas mais politicamente correto do Brasil - debochamos de todas as minorias sem nenhuma distição de sexo, credo ou raça. E temos amparo para isso porque há no grupo dois judeus, dois negros e até uma bicha, que não posso dizer quem é"
- À "Veja", em 1994
  • "Sabe quando uma loura tem dois neurônios? Quando está grávida"
- Ao "Globo", em 1997
  • "Tim Maia ficou irritado comigo por causa da imitação que fiz dele e disse que ia me dar porrada. Mas no dia em que ele marcar a briga não vou ficar preocupado, porque sei que ele vai furar"
- À "Veja", em 1994
  • "Barcelona antes das Olimpíadas parecia governada pelo Cesar Maia. Hoje é uma das cidades mais lindas do mundo. Olimpíada é bom demais"
- Ao "Jornal do Brasil", em 1996
  • "A gente não aceita porque o negócio do Tabajara é ser o pior time do mundo e, se a gente jogar contra o Brasil, corre o risco de vencer"
- Ao "Globo", em 2002, ironizando as dificuldades enfrentadas pela seleção na época
  • "No Brasil, a televisão sofre preconceito. Mas a produção de TV aqui é a melhor. Na Espanha e na Itália, por exemplo, as TVs parecem um enorme SBT"
- Ao Globo, em 2004
  • "Fala sério, aí!"
- Bordão de Marrentinho Carioca, jogador de futebol do fictício Tabajara Futebol Clube
  • "Na faculdade pública meus pais não podiam reclamar que pagavam mensalidade e a faculdade ajudava no meu projeto de vida de não fazer nada. Não me formei, mas foram ótimos anos"
- entrevista a Luís Edmundo Araújo; IstoeGente, edição 225 de 24/11/2003
  • "Nunca desista do seu sonho. Se não encontrar numa padaria, procure na proxima!!" [carece de fontes?]

Morte[editar]

  • "É difícil falar sobre este momento. Somos amigos de infância, moramos juntos, não consigo me lembrar de nenhum momento sem ele. É uma tsunami. Estou soterrado."
-Claudio Manoel. 1
  • "Ele era o ponto de equilíbrio do grupo. Não sabemos como vamos ficar sem ele."
-Helio de la Peña. 1
  • "Bussunda era uma pessoa do bem, um gênio, um grande amigo. É uma perda para o Brasil."
-Beto Silva. 1
  • "Estamos de luto pela morte do Bussunda, nosso amigo, nosso irmão e um gênio do humor brasileiro."
-Casseta & Planeta, no blog do grupo.
  • "É característica do humor de qualidade ser cruel. Não perdoavam nada, nem a esquerda nem a direita. E o Bussunda era um craque" [carece de fontes?]
-Ziraldo.