Saltar para o conteúdo

Bob Dylan

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Bob Dylan
Bob Dylan
Bob Dylan en 1963.
Nascimento Robert Allen Zimmerman
24 de maio de 1941
Duluth
Residência Malibu
Cidadania Estados Unidos da América
Progenitores
  • Abram Zimmerman
  • Beatrice Stone
Cônjuge Sara Dylan, Carolyn Dennis
Filho(a)(s) Jakob Dylan, Jesse Dylan
Alma mater
  • University of Minnesota system
  • Hibbing High School
  • Sidwell Friends School
Ocupação autor-compositor, ator de cinema, poeta, guitarrista, autobiógrafo, pintor, produtor(a) musical, realizador de cinema, letrista, compositor, argumentista, DJ, ator, cantor, radialista, designer, escritor, músico
Prêmios
  • National Medal of Arts (2009)
  • Medalha Presidencial da Liberdade (2012)
  • Grammy Lifetime Achievement Award (1991)
  • Prémio Princesa das Astúrias para as Artes (El Sistema, 50 000, Pedro Almodóvar, 2007)
  • Rock and Roll Hall of Fame (1988)
  • Cavaleiro da Legião de Honra
  • Óscar de melhor canção original (Wonder Boys, Things Have Changed, Oscar 2001, 2001)
  • Nobel da Literatura (Kazuo Ishiguro, Sara Danius, 8 000 000 coroa sueca, Svetlana Alexijevich, for having created new poetic expressions within the great American song tradition, 2016)
  • Prêmio Kennedy (1997)
  • Doutor Honoris Causa da Universidade de St Andrews
  • honorary doctorate from Princeton University
  • Polar Music Prize
  • Comendador das Artes e das Letras
  • Grammy Award para álbum do ano (1973)
  • Grammy Award para Best Male Rock Vocal Performance (1980)
  • prémio Grammy para Melhor Performance de Rock por um Duo ou Grupo com Vocais (1990)
  • Grammy Award for Best Traditional Folk Album (1995)
  • Grammy Award for Best Contemporary Folk Album (1998)
  • Grammy Award para álbum do ano (1998)
  • Grammy Award para Best Male Rock Vocal Performance (1998)
  • Grammy Award for Best Contemporary Folk Album (2002)
  • Grammy Award para Best Solo Rock Vocal Performance (2007)
  • Grammy Award for Best Americana Album (2007)
  • Terence Donovan Award (Mark Edwards, 2009)
  • Prémio Pulitzer Honorário de Citação (2008)
Obras destacadas Like a Rolling Stone, Highway 61 Revisited, Bringing It All Back Home, Blonde on Blonde, Blood on the Tracks, Blowin' in the Wind, Subterranean Homesick Blues
Instrumento guitarra, harmónica, piano, voz, Richter-tuned harmonica, nyckelharpa
Religião Judaísmo
Página oficial
https://www.bobdylan.com/
Assinatura

Bob Dylan, pseudônimo de Robert Allen Zimmerman (nasceu em 24 de maio de 1941 em Duluth, Minnesota); cantor.


  • "Eu canto tão bem quanto Caruso."
- Fonte: Guia dos RoC(k)uriosos, publicado pela revista Showbiz, na edição 146, citando o documentário Don't Look Back, filmado em 1965.
  • "Eu queria pôr fogo naquela gente. Todos aqueles arrombadores, assombrações, invasores e demagogos atrapalhavam minha vida doméstica (...). O que quer que fosse a contracultura, eu estava farto dela. Estava farto das interpretações malucas de minhas letras e do fato de ter sido ungido o Chefão da Revolta, o Grande Sacerdote do Protesto, o Czar da Discordância, o Duque da Desobediência, o Líder dos Doidões (...)."
-Bob Dylan, cantor e compositor americano, relatando na autobiografia recém-lançada nos Estados Unidos que desprezava os hippies e a contracultura e se recusava a ser visto como líder de uma geração.
- Fonte: Veja essa Revista Veja Edição 1874 . 6 de outubro de 2004
  • "Eu fazia canções, não eram sermões. Se examinarem as canções, não acredito que encontrem nada que digo que sou porta-voz de alguém ou de alguma coisa"
- Bob Dylan, cantor e compositor, desprezando o título de guru da geração dos Anos 60; citado em Revista ISTOÉ Gente, edição 279 (13/12/2004)
  • Considero-me primeiro um poeta e depois um músico. Vivo como um poeta e morrerei como um poeta
- I consider myself a poet first and a musician second. I live like a poet and I'll die like a poet.
- Entrevista com Robert Shelton, Melody Maker (29 de julho de 1978)
  • A arte é o movimento perpétuo da ilusão. O propósito mais elevado da arte é inspirar. O que mais você pode fazer? O que mais você pode fazer por alguém além de inspirá-lo?
- Art is the perpetual motion of illusion. The highest purpose of art is to inspire. What else can you do? What else can you do for anyone but inspire them?
- Bob Dylan: The Rolling Stone Interview por Jonathan Cott (26 de janeiro de 1978)

Atribuídas

[editar]
  • "Sempre fui atraído por certo tipo de mulher. É a voz, mais do que qualquer coisa. Ouço primeiro a voz."
- I've always been drawn to a certain kind of woman. It's the voice more than anything else. I listen to the voice first.
- Bob Dylan como citado in: Performing artist: the music of Bob Dylan - página 187, Paul Williams - Underwood-Miller, 1990, ISBN 0887330894, 9780887330896, 310 páginas
  • "Quando eu ouvi a voz de Elvis pela primeira vez eu sabia que não ia trabalhar para ninguém e ninguém seria meu chefe. Ele é o deus supremo do rock and roll hoje. Ouvir Elvis e como escapar da prisão. Eu agradeço à Deus por Elvis Presley."
- When I first heard Elvis' voice, I just knew that I wasn't going to work for anybody, and nobody was going to be my boss. He is the deity supreme of rock and roll religion as it exists in today's form. Hearing him for the first time was like busting out of jail. [...] I thank God for Elvis Presley.
- Bob Dylan como citado in: Bob Dylan: Performance Artist 1986-1990 And Beyond (Mind Out Of Time): The Life and Music of Bob Dylan, página 58, Paul Williams - Omnibus Press, 2009, ISBN 0857121189, 9780857121189
  • "Um corpo é um corpo. Uma mulher pode ser surda, idiota, mutilada e cega e ainda possuir alma e compaixão. É isso que importa para mim."
- Bob Dylan como citado in: Mulher - Página 188, Vinícius Alves Gomes Cardoso - Clube de Autores, 2009