Bob Dylan

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bob Dylan
Bob Dylan
Bob Dylan em outros projetos:

Bob Dylan, pseudônimo de Robert Allen Zimmerman (nasceu em 24 de maio de 1941 em Duluth, Minnesota); cantor.


  • "Eu canto tão bem quanto Caruso."
Fonte: Guia dos RoC(k)uriosos, publicado pela revista Showbiz, na edição 146, citando o documentário Don't Look Back, filmado em 1965.
  • "Um corpo é um corpo. Uma mulher pode ser surda, idiota, mutilada e cega e ainda possuir alma e compaixão. É isso que importa para mim."
  • "A política mudou. O tema mudou. Na década de 60, havia um monte de gente saindo de escolas onde haviam aprendido política com os professores que eram pensadores políticos, e estas pessoas ocuparam as ruas. A política que aprendi, aprendi nas ruas, porque era parte do meio." [carece de fontes?]
  • "Eu queria pôr fogo naquela gente. Todos aqueles arrombadores, assombrações, invasores e demagogos atrapalhavam minha vida doméstica (...). O que quer que fosse a contracultura, eu estava farto dela. Estava farto das interpretações malucas de minhas letras e do fato de ter sido ungido o Chefão da Revolta, o Grande Sacerdote do Protesto, o Czar da Discordância, o Duque da Desobediência, o Líder dos Doidões (...)." [1]
-Bob Dylan, cantor e compositor americano, relatando na autobiografia recém-lançada nos Estados Unidos que desprezava os hippies e a contracultura e se recusava a ser visto como líder de uma geração.
  • "Canções com mensagens são, como todo mundo sabe, um saco. Só editores de jornais de faculdade e garotas com menos de quatorze anos têm tempo para elas." [carece de fontes?]
  • "Estou contente por ter melhorado. Realmente cheguei a pensar que logo iria ver Elvis." [carece de fontes?]
- Ao receber alta do hospital onde foi internado com uma grave inflamação da membrana cardíaca.
  • "Eu fazia canções, não eram sermões. Se examinarem as canções, não acredito que encontrem nada que digo que sou porta-voz de alguém ou de alguma coisa"
- Bob Dylan, cantor e compositor, desprezando o título de guru da geração dos Anos 60; citado em Revista ISTOÉ Gente, edição 279 (13/12/2004)

Atribuídas[editar]

  • "Sempre fui atraído por certo tipo de mulher. É a voz, mais do que qualquer coisa. Ouço primeiro a voz."
- I've always been drawn to a certain kind of woman. It's the voice more than anything else. I listen to the voice first.
- Bob Dylan como citado in: Performing artist: the music of Bob Dylan - página 187, Paul Williams - Underwood-Miller, 1990, ISBN 0887330894, 9780887330896, 310 páginas
  • "Quando eu ouvi a voz de Elvis pela primeira vez eu sabia que não ia trabalhar para ninguém e ninguém seria meu chefe. Ele é o deus supremo do rock and roll hoje. Ouvir Elvis e como escapar da prisão. Eu agradeço à Deus por Elvis Presley."
- When I first heard Elvis' voice, I just knew that I wasn't going to work for anybody, and nobody was going to be my boss. He is the deity supreme of rock and roll religion as it exists in today's form. Hearing him for the first time was like busting out of jail. [...] I thank God for Elvis Presley.
- Bob Dylan como citado in: Bob Dylan: Performance Artist 1986-1990 And Beyond (Mind Out Of Time): The Life and Music of Bob Dylan, página 58, Paul Williams - Omnibus Press, 2009, ISBN 0857121189, 9780857121189


Referências

  1. Veja essa Revista Veja Edição 1874 . 6 de outubro de 2004