Bernardo Guimarães

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bernardo Guimarães
Bernardo Guimarães
Bernardo Guimarães em outros projetos:
Trabalhos no Cervantes Virtual

Bernardo Joaquim da Silva Guimarães (Ouro Preto, Minas Gerais, Brasil; 15 de agosto de 1825 - 10 de março de 1884) foi um romancista e poeta brasileiro.


  • Nestes mares sem bonança,
Boiando sem esperança,
Meu baixel em vão se cansa
Por ganhar o amigo porto;
Em sinistro negro véu
Minha estrela se escondeu;
Não vejo luzir no céu
Nenhum lume de conforto.
- poesia "Desalento"
  • Gema embora a humanidade,
Caiam coriscos e raios,
Chovam chouriços e paios
Das asas da tempestade,
Triunfa sempre a verdade
- Mote Estrambótico