Tora no o wo fumu otokotachi

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Tora no o wo fumu otokotachi (Brasil: Os homens que pisaram na cauda do tigre, Portugal: Sem título em Portugal.) é um filme japonês de 1945, escrito e dirigido por Akira Kurosawa.


  • "Benkei tem mais de 2 metros de altura; um monge gigante. Move uma vara de aço de uma tonelada. Aniquila exércitos de centenas sem ajuda. Pode arrancar a cabeça de um homem como vocês arrancam um daikon!"
O carregador, interpretado por Kenichi Enomoto, contando bravatas acerca de Benkei.
  • "O caminho de depois da barreira é mais importante. Devemos tentar cruzar esta barreira o mais pacificamente possível."
— Benkei sobre o modo pelo qual atravessariam a barreira.
  • "Você não é uma velha ambiciosa escapando na noite."
— Carregador dirigindo-se à Lorde Yoshitsune.
  • "Que caçador machucaria a um pássaro que procura refúgio em seu próprio peito?"
— Carregador oferecendo ajuda com a travessia à Benkei.
  • "Se a valentia fosse o único fator, já teríamos morrido várias vezes."
— Benkei tecendo considerações sobre o método de travessia da fronteira.
  • "Convoco a Aryacalanatha, Deus do Fogo, para dar testemunho de nossa sinceridade. Em nome do Avatar do Kumano, que o castigo divino nos visite de imediato, se nosso compromisso for falso."
— Prece executada por Benkei antes do grupo de sacerdotes ser preso na fronteira.
  • "Os seguidores piedosos julgamos que a lua outonal do iluminado esteve eternamente oculta nas nuvens do Nirvana. Os mortais se satisfazem dos prazeres passageiros desta vida sem ninguém que os surpreenda em seu despertar. Ali viveu um imperador mas ou menos na metade de nossa história cuja fé na doutrina de Buda o fez muito benévolo em seus assuntos. Ele passou a ter um inspirado sonho. E para rezar pela paz e o bem-estar desta gente criou uma grande imagem de Buda e construiu um templo para abrigá-la. Desgraçadamente, este templo foi destruído durante a turbulenta era do Jisho. Nosso Imperador lamenta profundamente sua destruição. Por Ordem Imperial, estamos recriando este Templo de Templos solicitando contribuições de todas as partes deste Império. Aqueles que participem, por pequena que seja a quantidade, gozarão assim de prazeres virtuosos nesta vida sem mencionar o privilégio de encontrar um lugar com milhares de flores de lótus sagradas. Buda ajuda a todos os pecadores! Suplicamo-lo reverentemente."
— Suposto prospecto de arrecadação de doações para a construção do Templo de Tōdai-jide, em Nara, forjado por Benkei em um momento de mais pura inspiração.
  • "As formas de treinamento diferem, assim como são distintas em todas as seitas. Nosso objetivo é o lucro de sabedoria e da rigidez. Assim, nós cruzamos escarpadas montanhas e suas trilhas, destruindo serpentes e animais malignos para ajudar à humanidade. Atendemos à moral e à ética, rezando pela paz e o bem-estar de nossa terra. Por conseguinte, interiormente somos compassivos e misericordiosos, mas externamente combatemos o mau militantemente."
— Benkei discursando sobre os preceitos seguidos pelos sacerdotes, em resposta a pergunta de Togashi.
  • "Os chapéus são nossos elmos como soldados. A túnica que levamos corresponde a uma armadura. A haste de metal é baseada no cajado de Arada Kalema, um ermitão da Dantaloka no Sindhu. Ajuda-nos a limpar o lado selvagem de nossas austeridades obtendo a Verdade e para castigar aos pecadores. A espada representa a 'Amitaba'."
— Benkei discursando sobre os instrumentos carregados pela comitiva, em resposta a pergunta de Togashi.
  • "Vencemos os males materiais com o Feitiço das Nove Palavras. O que chamamos o Feitiço das Nove Palavras consiste em estas nove palavras: Rum, Pyo, To, Sha, Kai, Jin, Zai, Retsu, Zen. Quando a gente faz este Feitiço, ele reverentemente aperta seus dentes trinta e seis vezes. Então, com o dedo polegar de sua mão direita, o desenha quatro linhas horizontais, cinco verticais e então grita: 'Obedeça imediatamente!' Todas as classes de diabos, aparições e pagãos imediatamente se livram do mal."
— Benkei discursando sobre os ensinamentos do bushido, em resposta a pergunta de Togashi.
  • "Um pecado imperdoável, mesmo que fosse uma medida desesperada. O que eu fiz fará que meu braço se apodreça!"
— Benkei resigna-se por ter agredido seu mestre Yoshitsune.
  • "Não é esta a mão que me golpeou. Era amparo divino. A mão Santa do Deus da Guerra me protegeu."
— Lorde Yoshitsune em resposta à resignação de Benkei.
Wikipedia-logo.png
A Wikipédia possui um artigo de ou sobre: Tora no o wo fumu otokotachi.