Taliban

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bandeira do Talibã, com a chahada ou profissão de fé dos muçulmanos

O Taliban (também transliterado Taleban, Talibã ou Talebã, do pachto: طالبان, transl. ṭālibān, "estudantes") é um movimento fundamentalista islâmico nacionalista que se difundiu no Paquistão e, sobretudo, no Afeganistão, a partir de 1994 e que, efetivamente, governou o Afeganistão entre 1996 e 2001, apesar de seu governo ter sido reconhecido por apenas três países: Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita e Paquistão.



  • "Se o regime atual desaparecer, as pessoas desse grupo que acreditam nos ensinamentos, sentimentos e crença do movimento Talibã têm o direito de participar da construção de um novo Afeganistão."
- Colin Powell, secretário de Estado americano, admitindo a participação de talibãs moderados num governo de transição no Afeganistão; citado em Revista Veja, Edição 1 723 - 24 de outubro de 2001.
- Richard Holbrooke, ex-embaixador dos Estados Unidos na ONU; citado em Revista Veja, Edição 1 723 - 24 de outubro de 2001.
  • "Quando eu disse que não há negociação, quis dizer que não há negociação."
- George W. Bush, presidente americano, recusando proposta do Talibã para entregar Laden a um país neutro; citado em Revista Veja, Edição 1 723 - 24 de outubro de 2001.


Wikipedia-logo.png
A Wikipédia possui um artigo de ou sobre: Taliban.
Commons-logo.svg
O Wikimedia Commons possui multimídia sobre: Taliban.