Pandeísmo

Origem: Wikiquote, a coletânea de citações livre.
(Redirecionado de Pandeismo)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Pandeísmo (em grego πάν) é uma corrente filosófica que surgiu da mistura do panteísmo com o deísmo. Corrente religiosa sincrética (do grego: πάν (pan), "todo" e do latin deus, "deus") proveniente da junção do panteísmo (identidade de Deus com o Universo) com o deísmo (O Deus criador do universo não mais pode ser localizado, senão com base na razão), ou seja, a afirmação concomitante de que Deus precede o Universo, sendo o seu criador e, ao mesmo tempo, sua Totalidade.


  • Se Deus é tudo isso, envolve tudo, a palavra andorinha, a palavra poço o a palavra amor, é que Deus é muito grande, enorme, infinito; é Deus realmente e o pandeismo de Nejar é uma das mais fortes ideias poéticas que nos têm chegado do mundo da Poesia. E o que não pode esperar desse poeta, desse criador poético, que em pouco menos de vinte anos, já chegou a essa grande iluminação poética?
- Otávio de Faria, "Pandeísmo em Carlos Nejar", Última Hora, Rio de Janeiro, May 17, 1978.
  • Otávio de Faria póde falar, com razão, de um pandeísmo de Carlos Nejar. Não uma poesia panteísta, mas pandeísta. Quero dizer, uma cosmogonia, um canto geral, um cancioneiro do humano e do divino. Mas o divino no humano.
- Giovanni Pontiero, Carlos Nejar, poeta e pensador, 1984, Página 349.
Wikipedia-logo.png
A Wikipédia possui um artigo de ou sobre: Pandeísmo.